Federação Bahiana de Futebol confirma que jogo entre Juazeirense e Jequié é transferido para domingo

/ Esporte

Jequié treina para enfrentar a Juazeirense. Foto: Divulgação/ADJ

A Federação Bahiana de Futebol (FBF) anunciou, nesta quarta-feira (14), o adiamento do duelo entre Juazeirense e Jequié, pela sexta rodada do Campeonato Baiano. O jogo foi transferido para domingo (18), às 16h, no Estádio Adauto Moraes, em Juazeiro. A mudança foi feita a pedido da Juazeirense. Na última terça-feira (13), o meio-campista Danilinho, do Cancão de Fogo, faleceu após sofrer uma arritmia cardíaca durante um treino da equipe. A Juazeirense lidera a tabela de classificação do Baianão com 13 pontos, três a mais do que segundo colocado Vitória. No entanto, o time da capital tem um jogo a menos. O Jequié ocupa a quarta posição com dez.

Real Madrid vira sobre Paris Saint Germain e abre vantagem na Liga dos Campeões

/ Esporte

Cristiano Ronaldo marcou dois gols. Foto: Twitter/premierleague
Real Madrid e Paris Saint Germain se enfrentaram pelas oitavas de final da Liga dos Campeões no confronto mais esperado da temporada até aqui. O jogo terminou 3 a 1, de virada. A partida marcou o primeiro encontro entre Cristiano Ronaldo e Neymar, depois que o brasileiro se transferiu para o PSG. Em campo, ambos foram decisivos. O camisa 10 deu uma bela assistência, mas o português marcou dois gols e foi o nome do duelo. Marcelo fechou o placar no fim. Com o resultado, o Real Madrid tem a vantagem de perder por até um gol de diferença na partida de volta, em Paris. para o PSG se classificar, tem que vencer por três gols de diferença ou por 2 a 0.

 

Após morte de jogador, FBF aguarda solicitação da Juazeirense para adiar jogo contra o Jequié

/ Esporte

Ednaldo lamenta morte de Danilinho. Foto: Blog Marcos Frahm

O presidente da Federação Bahiana de Futebol (FBF), Ednaldo Rodrigues, foi mais um a lamentar a morte do jogador Danilinho, da Juazeirense . Em entrevista ao SITE Bahia Notícias, o mandatário apontou a sua consternação e deixou um alerta sobre a importância do cuidado com os atletas. ”A gente recebeu a notícia com muita tristeza e dor, assim como todos. Foi um momento de muita tristeza, com o atleta em suas atividades. Isso choca todo mundo. Estamos sentindo muito e é um motivo a mais para que cada clube esteja sempre os exames periódicos, independente do clube. Isso chama atenção para que todos se cuidem, façam seus exames. Às vezes acontece o problema e o jogador não sabe. Eles dependem muito”, declarou. Ainda segundo Ednaldo, a FBF aguarda um posicionamento da Juazeirense para decidir sobre o adiamento do jogo contra o Jequié, marcado para o próximo sábado (17), às 18h30. ”Conversei com o presidente Roberto Carlos e ele estava cuidando do transporte do corpo. Estamos aguardando e a Federação vai ser sensível para o que vier. É um momento de dor e vamos analisar da melhor maneira possível o adiamento. Não podemos falar em hipóteses. Deixamos o clube livre para tomar decisão”, explicou. Na sexta rodada do Campeonato Baiano, todas as partidas contarão com um minuto de silêncio para homenagear o atleta.

Sorteio da Mega-Sena poderá prêmio de R$ 71 milhões nesta Quarta-feira de Cinzas

/ Esporte

A Mega-Sena poderá pagar R$ 71 milhões nesta quarta-feira (14) para quem acertar as seis dezenas do concurso 2.014. Nenhum apostador acertou os números da sorteados no último sábado (10), em Santana, no Estado do Amapá, e o prêmio acabou acumulando. As apostas para o certame podem ser feitas até uma hora antes do sorteio, marcado para às 20h (horário de Brasília). Os jogos podem ser feitos em qualquer lotérica do País, e a aposta mínima custa R$ 3,50.

Meio campista Danilinho, da Juazeirense, sofre parada cardíaca e morre durante treino

/ Esporte

Danilinho atuando contra o Vitória, de camisa branca. Foto: Divulgação

O meio-campista Danilinho, da Juazeirense, faleceu na tarde desta terça-feira (13), durante o treino coletivo do time. A informação foi confirmada pela reportagem do site Bahia Notícias. O atleta tinha 32 anos e deixa uma esposa e um filho. Danilinho estava no campo quando se sentiu mal e caiu no campo. Ele tentou se levantar e não conseguiu. O jogador chegou a ser socorrido e foi levado ao hospital próximo do local do treino, mas já chegou sem os sinais vitais. As causas da morte só serão reveladas após laudo do Instituto Médico Legal (IML), mas a suspeita é que o jogador tenha sofrido uma arritmia cardíaca que evoluiu para uma parada. Também conhecido por Danilo Caçador, ele chegou na Juazeirense no início deste ano. Danilinho disputou apenas um jogo com a camisa do Cancão de Fogo, que foi no empate de 2 a 2 contra o Vitória, começando no time titular, pela primeira rodada do Campeonato Baiano, no dia 21 de janeiro. Nascido em São Paulo, ele tinha passagens pelo Itumbiara-MG, Chapecoense, Figueirense, Atlético-GO, Remo-AC e Ypiranga de Erechim-RS, último clube antes de acertar com a Juazeirense. Inclusive, o atleta havia rompido o contrato com a equipe gaúcha para jogar no time baiano.

Apostas da Mega-Sena poderão ser feitas até as 19h deste sábado; prêmio é de R$ 70 mi

/ Esporte

O prêmio principal da Mega-Sena poderá pagar R$ 70 milhões a quem acertar as seis dezenas do concurso 2.013. O sorteio será neste sábado (10). Segundo a Caixa, aplicado na poupança, o prêmio renderia cerca de R$ 280 mil por mês. No sorteio de quinta-feira (8), realizado na cidade de Santana, no Amapá, nenhum apostador acertou os seis números do concurso 2.012.  Os números sorteados foram:  8, 11, 27, 35, 36 e 51. A aposta mínima na Mega-Sena custa R$ 3,50 e pode ser feita até as 19h (horário de Brasília) de hoje, em qualquer uma das mais de 13 mil casas lotéricas do país.

Após marcar três gols contra o Conquista, Hernane acerta com o Grêmio e vai deixar o Bahia

/ Esporte

Hernane Brocador vai deixar o Bahia. Foto: Felipe Oliveira

A atuação histórica de Hernane na quarta (7), contra o Vitória da Conquista, quando marcou três gols e deu uma assistência no triunfo de 6×1 do tricolor, tem boas chances de ter sido a última do atacante com a camisa do Bahia. O jogador está próximo de trocar o Esquadrão pelo Grêmio. Segundo apurou o Jornal Correio, os clubes já se acertaram quanto à transferência do atleta, que seria gratuita, e Hernane também se entendeu com os gaúchos, faltando apenas os exames médicos para o martelo ser batido. A negociação, por sinal, já havia sido iniciada antes da partida contra o Bode. O bom desempenho de Hernane na partida fez o acerto acelerar-se. Por meio de sua assessoria, o Bahia afirmou que não iria comentar sobre o assunto. Pela negociação, o clube ficará com parte dos direitos econômicos do atacante em caso de uma negociação futura por parte do tricolor gaúcho. Hernane chegou ao Esquadrão para a temporada 2016, com contrato de dois anos. Mas o ótimo desempenho no início do ano atraiu interessados e o tricolor renovou o contrato do atacante por mais um ano. Em 2017, o Brocador era titular até quebrar a perna no primeiro Ba-Vi da semifinal da Copa do Nordeste. Passou cerca de quatro meses afastado e, quando voltou, não conseguiu retomar a vaga de titular. Neste ano, Hernane  estreou entrando no decorrer da partida contra o Botafogo-PB, pela Copa do Nordeste. No jogo seguinte, pelo Baiano, foi titular na derrota contra o Bahia de Feira. Só voltou a campo contra o Conquista. Ao todo, ele defendeu o tricolor por 71 vezes, marcando 31 gols.  O jogador participou normalmente do treino desta sexta (9).

Mega-Sena acumula pela 8ª vez consecutiva e pode pagar R$ 70 milhões neste sábado

/ Esporte

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.012 da Mega-Sena, na noite desta quinta-feira (8) na cidade de Santana (AP). O prêmio acumulou. Veja as dezenas sorteadas: 08 – 11 – 27 – 35 – 36 – 51. A quina teve 107 apostas ganhadoras; cada uma levará R$ 32.506,98. Outras 6.828 apostas acertaram a quadra; cada uma ganhará R$ 727,72. Excepcionalmente, serão três concursos nesta semana, como parte da “Mega Semana do Carnaval”. O primeiro foi na terça (6); o último será no sábado (10). Normalmente, os sorteios ocorrem às quartas e sábados. No concurso de sábado, o prêmio previsto é de R$ 70. As apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país. A aposta mínima custa R$ 3,50.

Em casa, Jequié vence o Atlântico com placar magro, mas chega aos dez pontos no Baianão

/ Esporte

Jequié se recupera após derrota para o Flu. Foto: Divulgação/ADJ

O Jequié se recuperou da derrota sofrida na última rodada para o Fluminense de Feira e, nesta quarta-feira (7), jogando em casa, venceu o Atlântico com placar magro, na estreia do técnico Carlos Rabello. Logo aos 6 minutos de jogo, o ADJ abriu o marcador com um golaço de Tite, que fez uma meia bicicleta e a bola cobriu o goleiro Ferrari, da equipe adversária. O jogo foi marcado pela ocorrência de muitas faltas, em razão do gramado pesado por conta da chuva registrada à tarde em Jequié. Ao vencer por 1×0, o Jipão chegou aos dez pontos e figura na quarta colocação, enquanto o Tubarão só tem um e é o penúltimo. O Atlântico de Ricardo Silva retornou para Lauro de Freiras, de ônibus, após amargar mais uma derrota no Baianão 2018. A equipe havia se hospedado em Jaguaquara, antes do confronto com a Associação Desportiva Jequié. O público no Estádio Waldomirão foi de 1.548 torcedores, para uma renda de R$ 45.540. *Por Marcos Frahm

Hernane Brocador faz três e Bahia atropela o time do Vitória da Conquista por 6×1 no Baianão

/ Esporte

Hernane desencanta e faz três gols. Foto: Arisson Marinho/Correio

Se o torcedor do Bahia estava na bronca e queria um bom resultado, ele veio com sobra. Na noite desta quarta-feira (7), o tricolor goleou o Vitória da Conquista por 6×1, na Fonte Nova, e encerrou o jejum de dois jogos sem vencer no Campeonato Baiano. A partida foi marcada pelo retorno de Hernane, e em grande estilo: não só voltou a fazer gol depois de quase um ano como marcou logo três de vez. Os 4.414 torcedores pagantes na Fonte Nova viram um jogo fraco tecnicamente no primeiro tempo. O Bahia voltou a apresentar os velhos problema na criação das jogadas de ataque e conseguiu chegar com perigo poucas vezes. Para tentar mudar o panorama e encerrar o jejum de gols e de triunfos, Guto Ferreira voltou do intervalo com Hernane no lugar de Kayke. Não demorou muito e o time deslanchou. *Correio

Jequié anuncia contratação do técnico Carlos Rabello, ex-Juazeirense, para substituir Eduardo Bahia

/ Esporte

Carlos Rabello foi técnico da Juazeirense. Foto: Reprodução/Agência CH

A Associação Desportiva Jequié (ADJ) confirmou a contratação do técnico Carlos Rabello, de 53 anos. Rabello é um técnico com vasta experiência no futebol de São Paulo e no Nordeste do país. Em 2017, esteve no comando da Juazeirense, na campanha de  acesso à Série C do Campeonato Brasileiro. Rabello traz ainda no currículo o período em que foi auxiliar de Vanderlei Luxemburgo no Palmeiras. Carlos Rabello traz na bagagem o comando de equipes do interior paulista: Bragantino, Novorizontino, São Bento, Atlético Sorocaba, Mirassol, Ferroviária, Taquaritinga, Ituano e Marília. No Nordeste, treinou o Coruripe-AL, CRB-AL, América-RN, Sergipe-SE, Galícia-BA, Juazeirense-BA e Ferroviário-CE. No Centro-Oeste, Rabello comandou a equipe do Atlético Goianiense-GO. O novo treinador da ADJ chegou a jogar futebol profissionalmente, mas deixou para se dedicar ao curso de Educação Física, onde é formado pela Universidade de São Paulo (USP), iniciando a carreira de preparador físico. Após oito anos na profissão, tornou-se técnico de futebol. O novo treinador chega em Jequié nesta terça-feira (6) e na  quarta-feira (7) acompanha o jogo do Jequié com o Atlântico, pela 5ª rodada do Campeonato Baiano, à noite no Estádio Waldomiro Borges.

Após derrota para o Fluminense de Feira, Jequié anuncia demissão do técnico Eduardo

/ Esporte

Eduardo Bahia não quis comentar a demissão. Foto: Divulgação/ADJ

Apesar da boa campanha no retorno à Série A do Baianão, com sete pontos e dentro do G-4, o Jequié surpreendeu ao anunciar, na noite desta segunda-feira (5), a demissão do técnico Eduardo Bahia. O treinador não resistiu à primeira derrota do clube na competição. A ADJ sofreu revés para o Fluminense de Feira, neste domingo, por 2 a 1, em Feira de Santana. O comandante, que assumiu o clube ainda na pré-temporada, conseguiu duas vitória e um empate em quatro jogos disputados no estadual. Em nota oficial, a diretoria do Jequié afirmou que o novo técnico será anunciado nas próximas horas.

Confira a nota:

A Associação Desportiva Jequié (ADJ) informa que Eduardo Bahia não é mais técnico da equipe. Toda a família ADJ agradece ao técnico Eduardo Bahia pelos bons serviços prestados ao clube e deseja sorte e sucesso de agora em diante. O novo técnico da ADJ será anunciado nas próximas horas.

Após novo revés no Baianão, Washington deixa comando técnico do Vitória da Conquista

/ Esporte

Treinador chegou Bode em outubro. Foto: Globoesporte.com

A passagem do técnico Washington Stecanela pelo Vitória da Conquista foi curta. O ”Coração Valente” não resistiu à sequência ruim no início do Campeonato Baiano e entregou o cargo após novo revés no torneio. Neste domingo (4), o Bode foi derrotado em casa por 2 a 1 pela equipe do Juazeirense. O treinador foi anunciado pelo time alviverde em outubro do ano passado. Washington tem 42 anos e atuou dentro das quatro linhas até 2011. Em sua carreira como jogador, teve passagens pelo Fluminense, Atlético-PR, Grêmio, Ponte Preta, Caxias, Paraná, Fenerbahçe, da Turquia, Tokyio Verdy, do Japão, e Internacional, além de vestir a camisa da Seleção Brasileira em nove oportunidades.

Esporte: Jequié perde invencibilidade contra o Flu de Feira, mas é favorecido pela rodada

/ Esporte

ADJ perdeu a primeira. Foto: Facilita.Digital/Emanuel Júnior

Em partida bastante equilibrada, Jequié (ADJ) e Fluminense fizeram um grande jogo, em Feira de Santana, na tarde deste domingo (4), pela quarta rodada do Baiano 2018. A derrota (a primeira na atual temporada) não tirou o Jequié do G4, mas viu o Flu, com uma partida a menos, abrir 3 pontos de vantagem. Atuando em casa, o tricolor feirense não teve vida fácil no começo, ainda assim conseguiu abrir o placar, aos 24 minutos, quando o Jequié estava melhor em campo. Os visitantes sentiram o golpe e demoraram a se acertar. No segundo tempo, porém, já com Fabiano Tanque e Luiz Henrique em campo, a ADJ foi senhora da situação. Domínio quase que total do primeiro ao último minuto da segunda etapa, tendo criado boas oportunidades de gols. Mas teve a infelicidade de sofrer (de novo) gol de bola parada. Foi aos 6 minutos, em cobrança de falta. Diferente dos 45 minutos iniciais, os atletas não se abateram. Pelo contrário, eles mantiveram o ritmo com grande força ofensiva, reforçada mais tarde com a entrada de Xandy. As mudanças feitas pelo treinador Eduardo Bahia deram certo e Peixoto, em um belo gol, diminuiu o placar. Ao fim do jogo, muitas lamentações com a arbitragem central que teria deixado de marcar um pênalti sofrido por Arnold. O lateral foi tocado dentro da área e mesmo desequilibrado finalizou, mas para fora. O árbitro deixou entender que o jogador do Jequié deu sequência a jogada. Deola, goleiro do Fluminense fez uma defesa incrível no apagar das luzes. Antes, o Flu chutou uma bola na trave. Peixoto, além de ter feito mais um gol, voltou a ter grande atuação. Foi um dos destaques da partida. Em geral, o time da ADJ inteiro jogou bem, o que, de certa forma, deixou o torcedor intrigado, porque em outras ocasiões, a equipe mesmo não tendo boa atuação conseguiu vencer, enquanto que ontem amargou a derrota. O time perdeu na hora certa, pois os demais resultados acabaram, de certa forma, favorecendo ao Jequié que permanece entre os 4 mais bem colocados no Campeonato. *Por Souza Andrade/Blog Jequié e Região