Blog Marcos Frahm


Síndrome Respiratória Grave está em queda em maior parte do Brasil diz a Fundação Oswaldo Cruz

/ Saúde

O Boletim InfoGripe divulgado nesta sexta-feira (3) pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) mostra que a maioria das unidades da federação (UF) mantém queda ou estabilidade em um patamar relativamente baixo para casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) quando comparado com o histórico dos últimos anos. Os dados são referentes à Semana Epidemiológica (SE) 4, período de 22 a 28 de janeiro, inseridos no Sistema de Vigilância Epidemiológica da Gripe (Sivep-Gripe) até 30 de janeiro.

O levantamento ainda aponta para um sinal de queda nas tendências de longo prazo e de curto prazo. Durante o período, entre os pacientes com SRAG, os números indicam predomínio dos casos positivos para Sars-CoV-2 (covid-19) em todas as faixas etárias a partir de 5 anos, com maior destaque na população adulta. Já entre crianças de 0 a 4 anos o vírus sincicial respiratório (VSR) mantém presença expressiva especialmente no Espírito Santo, Distrito Federal, Minas Gerais, São Paulo e nos três estados da região Sul. Desses, apenas o Distrito Federal aponta manutenção de patamar elevado de casos de SRAG nessa faixa etária. Os demais já apontam redução nas semanas recentes.

”Eventualmente, temos uma pequena elevação em uma semana ou outra – isso faz com que a tendência aponte para um possível crescimento, mas dentro de um cenário compatível com uma flutuação natural”, avaliou o coordenador do InfoGripe, Marcelo Gomes.

Das 27 unidades da federação, apenas Acre, Amazonas e Maranhão apresentaram crescimento na tendência de longo prazo até a semana 4. No boletim, os estados de Macapá (AP), Manaus (AM), Palmas (TO), Rio Branco (AC) e Vitória (ES) mostraram crescimento na tendência de longo prazo até o mesmo período. Com informações do site Bahia Notícias

Homem de 36 anos foi assassinado a tiros dentro de distribuidora de bebidas na cidade de Ibirataia

O crime aconteceu na noite desta sexta-feira. Foto: Rede social

Um homem identificado como Welton Pereira Mendes, de 36 anos, conhecido popularmente como ”Eto”, foi assassinado com vários tiros na noite dessa sexta-feira (03), no centro comercial da cidade.

Populares informaram que dois homens armados chegaram a pé e dispararam contra a vítima, que ainda tentou fugir, mas acabou caindo dentro de uma distribuidora de bebidas da família dele. Os criminosos fugiram em seguida em direção às barracas.

Welton ainda chegou a ser socorrido até a Fundação Hospitalar de Ibirataia, onde recebeu os primeiros socorros, mas não resistiu e faleceu na unidade médica. A Polícia Militar foi acionada e realiza rondas e abordagens na cidade a fim de prender os assassinos. A Polícia Civil investigará o caso, informa o Blog Ocorrência Policial.

Vereador do PSB de município baiano de Caculé morre aos 47 anos após luta contra câncer

/ Bahia

Fábio Rocha de Brito (PSB) faleceu. Foto: Achei Sudoeste

Morreu nesta sexta-feira (3) em Caculé, no Sertão Produtivo, Sudoeste baiano, Fábio Rocha de Brito (PSB). Conhecido como Fabiano de Rael, o legislador fazia tratamento para combater um câncer e estava internado em Vitória da Conquista, também no Sudoeste, quando faleceu.

Em nota, a prefeitura de Caculé lamentou o ocorrido e decretou luto oficial de três dias. Segundo o Achei Sudoeste, parceiro do Bahia Notícias, Fábio de Rael, que tinha 47 anos, trabalhou por anos como motorista de caminhão pipa na zona rural de Caculé antes de ingressar na política. A primeira eleição dele ocorreu em 2012 quando se elegeu pelo Partido Republicano Progressista (PRP), atual Patriota.

Em 2016, foi eleito pelo DEM atual União Brasil. Em 2019, filiou-se ao Partido Socialista Brasileiro (PSB). Atualmente, Fabiano de Rael fazia parte da Mesa Diretora da Câmara Municipal como segundo secretário e também era presidente da Comissão de Justiça e Redação. Ele deixa esposa e uma filha.

Lojas Americanas afasta toda a diretoria após investigação sobre o rombo de R$ 20 bilhões

/ Brasil

A empresa Americanas informou, nesta sexta-feira (3), que afastou toda a sua diretoria, 23 dias após a divulgação do fato relevante que escancarou um rombo contábil de R$ 20 bilhões no seu balanço (ver mais aqui).

Em comunicado ao mercado, a varejista informa que o conselho de administração da companhia decidiu afastar Anna Saicali (presidente da Ame Digital), Timotheo Barros (vice-presidente, responsável por lojas físicas, logística e tecnologia) e Márcio Meirelles (vice-presidente, responsável pelas áreas digital, consumo e marketing).

Eles eram remanescentes da diretoria anterior à posse de Sergio Rial, ex-presidente da varejista que anunciou as “inconsistências contábeis” que culminaram com o pedido de recuperação judicial no último dia 19.

São alvo de investigações da CVM (Comissão de Valores Mobiliários) sobre omissão de informações relevantes e possível uso de informações privilegiadas em vendas de ações que recebem em bônus, que dispararam no segundo semestre de 2022.

São também alvo de ações movidas por bancos credores da varejista, que querem acesso a seus computadores para buscar provas de fraude contábil em e-mails.

A Americanas afastou ainda os executivos Fábio da Silva Abrate, Flávia Carneiro e Marcelo da Silva Nunes –os nomes não constam do site de relações com investidores da empresa. Até a publicação deste texto, a assessoria da varejista não soube informar quem são.

O afastamento vale enquanto estiver sendo apurado o escândalo contábil. A empresa afirma, porém, que a medida não representa ”qualquer antecipação de juízo.”

O conselho da companhia é formado pelos representantes dos acionistas de referência: Carlos Alberto Sicupira (fundador do 3G Capital, ele próprio um dos principais acionistas); Paulo Alberto Lemann (filho de Jorge Paulo Lemann, outro acionista de referência e também fundador do 3G); Cláudio Moniz Barreto Garcia e Eduardo Saggioro Garcia.

Participam como membros independentes do conselho Mauro Muratorio Not, Sidney Victor da Costa Breyer e Vanessa Claro Lopes. A Americanas afirma ter tomado a decisão considerando as novas lideranças internas e externas que vão dar continuidade aos negócios: a nova diretora financeira Camille Loyo Faria (que tomou posse no último dia 1º e trabalhou na recuperação judicial da Oi), as consultorias Alvarez & Marsal (reestruturação) e Deloitte Touche Tohmatsu (assessoria contábil).

Apenas Camille Loyo Faria e João Guerra —o presidente interino da Americanas, indicado quando Rial renunciou ao comando da rede, em 11 de janeiro— permanecem na empresa.

A varejista diz que várias medidas foram implementadas para garantir a integridade da preservação de informações e documentos da companhia. Cita a contratação do IBPTECH, instituto de perícias forenses, da FTI Consulting, consultoria internacional, e da ICTS Security, consultoria especializada em segurança da informação.

‘NATURAL DA TERRA NÃO ESTÁ À VENDA’

Em comunicado divulgado também nesta tarde, a Americanas rechaça a ideia de vender a rede de hortifrútis Natural da Terra. ”Em vista de infundados rumores e especulações veiculados em canais de mídia, vem esclarecer aos seus acionistas e ao mercado em geral que não estão em curso quaisquer negociações visando a alienação, pela companhia, do Hortifruti Natural da Terra”, informou.

”A companhia informa, ainda, que estuda continuamente formas de garantir que a recuperação judicial permita ganho de valor para a Americanas e seus stakeholders e mantenha o alto nível de experiência de seus consumidores e parceiros e reitera que manterá seu esforço na busca por uma solução com os seus credores, para manter seu compromisso como geradora de milhares de empregos diretos e indiretos, amplo impacto social, fonte produtora e de estímulo atividade econômica.”

Governo Lula vai alterar Lei Rouanet e aumentar cachê de artistas, reduzido sob Bolsonaro

/ Cultura

Ministra da Cultura de Lula, Margareth Menezes. Foto: Veja

O Ministério da Cultura planeja publicar um decreto no dia 15 de fevereiro desfazendo algumas das mudanças que o governo Bolsonaro fez na Lei Rouanet, o principal mecanismo de fomento da cultura do Brasil.

Fontes ouvidas pela reportagem, sob condição de anonimato, dizem que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) pretende fazer uma cerimônia em Brasília para apresentar o novo decreto e as ações do Ministério da Cultura.

Uma das principais mudanças será fortalecer a Comissão Nacional de Incentivo à Cultura, a Cnic, que chegou a ser paralisada sob Bolsonaro. Criado em 1991 junto com a Lei Rouanet, o colegiado tem como objetivo avaliar se os projetos apresentados estão aptos ou não a captar recursos por meio da medida.

O órgão é formado por 21 membros, que representam a sociedade civil. Eles trabalham de forma voluntária para garantir transparência na aprovação dos projetos  Apesar de sua importância, a Cnic foi desativada em 2021, durante a gestão do ex-secretário de Cultura Mario Frias. Com isso, coube ao ex-policial militar André Porciúncula, que não tem experiência na área, decidir sozinho quais projetos poderiam ou não captar recursos.

O colegiado voltou a funcionar em janeiro de 2022, mas como um órgão que analisa recursos de quem não foi autorizado a captar dinheiro por meio da Rouanet. Na prática, a Cnic ficou sem seu caráter consultivo, função que o novo decreto deve devolver. O comissão poderá, inclusive, opinar sobre o teto de captação dos projetos.

Um mês depois que o decreto for publicado, a expectativa é que seja divulgada uma instrução normativa aumentando o cachê dos artistas, que o governo Bolsonaro diminuiu de R$ 45 mil para R$ 3 mil no ano passado. O teto de captação dos projetos também deve aumentar.

Saiba quais artistas e eventos já tiveram o uso da Lei Rouanet liberado neste ano O historiador Danilo César, integrante da Frente Ampla em Defesa da Cultura SP, diz ser fundamental fortalecer o setor cultural por meio da Rouanet. ”É um incentivo para que empresas e bancos invistam em negócios culturais. A lei é importante para que recursos públicos cheguem de forma indireta nessa cadeia produtiva por meio da renúncia fiscal.”

Ele diz ainda que a cultura recebe pouco incentivo fiscal, embora seja um setor importante da economia. ”A grande maioria dos trabalhadores da cultura têm dificuldade para conseguir um trabalho estável. A perspectiva de aposentadoria para artistas no Brasil é coisa rara. A gente precisa de muito mais incentivo e mais recurso, porque investir na cultua é de interesse público”, afirma ele.

ENTENDA COMO A LEI ROUANET FUNCIONA

Sancionada em 1991, a Lei Rouanet permite que artistas possam captar recursos com empresas e pessoas físicas que estejam dispostas a patrocinar projetos culturais. Em contrapartida, o valor direcionado à cultura é abatido totalmente ou parcialmente do imposto de renda do patrocinador, num mecanismo conhecido como renúncia fiscal.

Ou seja, os recursos que seriam pagos ao Estado por meio de impostos são direcionados para estimular a atividade cultural, setor que empregava em 2020 quase 5 milhões de pessoas, segunda dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o IBGE. No entanto, mesmo que um projeto tenha sido aprovado, isso não quer dizer que ele conseguirá a totalidade dos recursos. Isso porque o proponente precisa bater na porta dos patrocinadores, que nem sempre estão dispostos a pagar o valor integral.

Além disso, um dos requisitos para a aprovação de um projeto é a necessidade de apresentar uma contrapartida social. Isso quer dizer que a obra precisa beneficiar de alguma forma o setor cultural. No caso dos dois musicais da atriz Claudia Raia –projetos que viraram alvo de polêmica nas redes sociais recentemente– a contrapartida proposta foi uma atividade formativa de 40 horas para atores sobre artes cênicas e o mercado profissional.

MATHEUS ROCHA/FOLHAPRESS

Presidente Lula avalia ampliar isenção do IR para quem ganha até dois salários mínimos ainda este ano

/ Brasília

Presidente eleito Lula durante entrevista coletiva. Foto: Reprodução

O presidente Lula (PT) avalia iniciar a ampliação da faixa de isenção do imposto de renda ainda este ano para quem ganha dois salários mínimos (R$ 2.604), informa o jornal ”O Estado de S. Paulo”. A faixa de isenção está atualmente em R$ 1.903, o que faz com que o trabalhador que ganha menos do que um salário mínimo e meio já tenha que pagar o imposto.

De acordo com a publicação, essa questão tem incomodado o presidente, que vem sendo muito criticado nas redes sociais por não dar o início à correção da tabela do IR, mesmo que de forma gradual. Na campanha, Lula prometeu isentar quem ganha até R$ 5 mil.

Bahia registra 290 casos de Covid-19 e mais 1 óbito, informa o boletim epidemiológico da SESAB

/ Bahia

Diante do cenário de estabilidade de casos confirmados, casos ativos e óbitos da Covid-19 na Bahia, a publicação dos boletins epidemiológicos da Covid-19 no estado será semanal. Os dados serão atualizados toda terça-feira. Esta mudança em nada compromete a ação da vigilância à saúde no monitoramento da doença.

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 290 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,02%), 294 recuperados (+0,02%) e 1 óbito. Dos 1.787.303 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.755.599 já são considerados recuperados, 309 encontram-se ativos e 31.395 tiveram óbito confirmado. Os dados ainda podem sofrer alterações.

O boletim epidemiológico desta sexta-feira (03) contabiliza ainda 2.090.233 casos descartados e 374.941 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até às 17 horas desta sexta-feira. Na Bahia 71.942 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Vacinação

Até o momento a Bahia contabiliza 11.735.494 pessoas vacinadas com a primeira dose, 10.990.077 com a segunda dose ou dose única, 7.730.909 com a dose de reforço e 3.156.099 com o segundo reforço. Do público de 5 a 11 anos, 1.094.302 crianças já foram imunizadas com a primeira dose e 746.799 já tomaram também a segunda dose. Do grupo de 3 a 4 anos, 84.673 tomaram a primeira dose e 40.268 já tomaram a segunda dose. Do grupo de 6 meses a 2 anos, 12.556 tomaram a primeira dose e 3.206 tomaram a segunda dose.

Ferrovia entre Salvador, Feira de Santana e Chapada Diamantina está na mira de Jerônimo Rodrigues

/ Política

Jerônimo em entrevista ao BN. Foto: André Carvalho / Bahia Notícias

O governador Jerônimo Rodrigues (PT) planeja a elaboração de um projeto para a construção de um ”trem regional’ interligando os dois maiores municípios da Bahia – Salvador e Feira de Santana – à Chapada Diamantina, na região central do estado. A ideia da ferrovia já constava no programa de governo do petista, divulgado no período eleitoral, mas foi reforçada nesta quarta-feira (1º) durante entrevista na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA).

Questionado pelo Bahia Notícias sobre o tema, Jerônimo afirmou que ainda não levou a ideia para o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), porque é um projeto de interesse exclusivamente estadual e ainda não foi realizado um estudo de viabilidade técnica e econômica nesse sentido.

”Nós colocamos lá [no plano de governo] a elaboração de um projeto, para ver essa possibilidade. O Nordeste ofereceu três propostas a Lula e os estados, mais três. A região Nordeste ofereceu uma com água – transposição do Rio São Francisco, cisternas, etc. –, uma outra com linhas de transmissão – porque a gente produz energia eólica e solar, mas não tem como exportar por linhas de transmissão – e uma terceira, de mobilidade, com rodovias e ferrovias”, disse Jerônimo.

Em Brasília, durante reunião com Lula, Jerônimo pediu a duplicação de rodovias federais que atravessam a Bahia, a conclusão da Ferrovia Integração Oeste-Leste (Fiol), apoio do governo federal para a construção da Ponte Salvador-Itaparica e a implantação de um projeto nacional de Segurança Pública.

Segundo Jerônimo, o trem regional não esteve entre as prioridades listadas para Lula, mas a ideia da ferrovia permanece como um objetivo de sua gestão.

”Quando chegou na parte de cada estado, essa parte [o trem regional entre Salvador, Feira e a Chapada] não interessava a todos os estados. Interessa só à Bahia. E ela não tem um projeto definitivo. A gente tem que elaborar esse projeto”, explicou o governador. As informações são do site Bahia Notícias

Implantação de câmeras nas fardas dos policiais depende da reavaliação do processo de aquisição

/ Bahia

Secretário de Segurança, Marcelo Werner. Foto: Reprodução

O secretário de Segurança Pública, Marcelo Werner, se manifestou na manhã desta sexta-feira (3) sobre a implementação de câmeras nas fardas dos agentes da Polícia Militar da Bahia (PM-BA). De acordo com ele, a ferramenta será instituída, mas que questões burocráticas ainda não permitiram a aquisição dos equipamentos.

”Temos um mês de pasta e fomos nos assenhorando da pasta para poder entender o processo. Isso é um compromisso de governo e vamos instituir as câmeras. O que está faltando é a burocracia”, afirmou.

Werner acusou que houve, com a mudança da gestão estadual, uma retomada do procedimento de compra. ”Tem que haver uma reavaliação dos preços, uma cotação de preços, o processo licitatório tem que passar novamente. Isso já está em trâmite”, revelou o secretário acerca das etapas que devem ser cumpridas a partir de agora.

Apesar de alegar que haja a meta de implantar o quanto antes a tecnologia na corporação baiana, o secretário se recusou a estipular um prazo de conclusão. ”Esse é um dado que está na minha competência como secretário”, pontuou. Com informações do site Bahia Notícias

Valença: Justiça obriga Município a não permitir sepultamentos sem certidão de óbito na cidade

/ Bahia

O Município de Valença foi obrigado pela Justiça a não permitir a realização de sepultamentos sem a apresentação de certidão de óbito. A decisão judicial, tomada em caráter liminar, atende a pedidos apresentados pelo Ministério Público estadual, em ação civil pública movida pela promotora de Justiça Cláudia Didier Pereira.

Segundo a decisão, o Município deverá implementar todas as medidas técnicas e administrativas para que não ocorram sepultamentos sem a apresentação da certidão do oficial de registro do lugar do falecimento ou do domicílio do falecido, nos exatos termos da Lei de Registros Públicos.

De acordo com a promotora de Justiça, o Município tem exigido apenas guia de sepultamento para realizá-lo. A prática, explica ela, ”viola, direta e frontalmente, as normas de registros públicos”. Com a decisão liminar, o Município também está obrigado a registrar e controlar, rigorosamente, em livro ou sistema eletrônico, os sepultamentos realizados, observando as disposições legais, sob pena de multa, por sepultamento realizado em desconformidade da lei, no valor de R$ 2 mil. As informações são do site Bahia Notícias

Santa Inês: Polícia Civil cumpre prisão de homem por descumprimento de medida protetiva

Polícia cumpre mandado na cidade de Santa Inês. Foto: 9ª Coorpin

Um homem procurado por desobedecer a medidas protetivas impostas pela Justiça teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Civil, nesta sexta-feira (03/02), na cidade de Santa Inês, no Vale do Jiquiriçá. De acordo com informações da 9ª Coorpin, ”ao receber notícia crime de situação envolvendo delito cometido no contexto de violência doméstica, a Polícia Civil tomou as medidas cabíveis com consequente instauração de Inquérito Policial e requerimento de medida protetiva de urgência. Ocorre que, ao tomar conhecimento do descumprimento por parte do autor, foi feita comunicação ao Judiciário que decretou a prisão preventiva do mesmo”, diz a polícia.

A equipe da Polícia Civil de Santa Inês e CATI DEPIN / JEQUIÉ localizou o homem e efetuou a sua prisão, estando o referido na carceragem de unidade de polícia a disposição da Justiça.

Ainda de acordo com a polícia, também foi cumprido um mandado de busca e apreensão pela Polícia Civil, ocasião em que foi apreendido um aparelho celular com a finalidade de servir como elemento de prova nna investigação em curso na Delegacia local.

Esta foi a segunda prisão realizada Polícia Civil de Santa Inês no ano de 2023 com relação a descumprimento de medidas protetivas de urgência no contexto de violência doméstica. ”Devendo-se ressaltar que a Polícia Civil está alerta para repressão desse tipo de crime, salientando que as vítimas devem procurar a Delegacia de Polícia que tomará as medidas adequadas ao caso” diz a 9ª Coorpin.

Hassan teve aval de Zé Cocá para fazer aliança com Jerônimo e desembarcar no Governo? Entenda

/ Política

Hassan Iossef é o novo aliado de Jerônimo. Foto: Rede social

O secretário de Relações Institucionais do Governo do Estado, Luiz Caetano, é tido como um estrategista de primeira linha no meio político baiano. Foi ele quem apareceu ao lado do governador Jerônimo Rodrigues (PT), nesta semana, no primeiro encontro com o novo chefe do Executivo com os seis deputados do Progressistas, que fizeram oposição à campanha petista nas eleições 2022, inclusive Hassan Iossef, batizado como ”Hassan de Zé Cocá”, por ser um liderado do prefeito de Jequié, que até então era considerado um adversário de Jerônimo, depois da ruptura com o PT de Rui Costa na gestão estadual anterior.

Com a foto de Hassan e Jerônimo circulando na rede social, já ventilam o nome de Cocá como possível novo aliado do Governo. Há quem diga que, a participação de Hassan no encontro do PP com Rodrigues não foi meramente partidária e a sua ida aos braços do Governo perpassou pelo aval de Cocá, seu padrinho político, que apostou numa candidatura considerada duvidosa pelos adversários, mas que terminou com vitória expressiva nas urnas, conquistando 60.714 votos. Destes, mais de 26 mil sugrágios foram obtidos em Jequié, onde contou com o apoio da máquina municipal sob o comando de Cocá que, agora, deve ter feito seus cálculos políticos, pesando os ganhos do afilhado ir para a base governista e os de permanecer na oposição, cujos líderes do grupo derrotado, ACM Neto, João Leão e Cacá não tem as benesses que o Estado pode oferecer para sustentar um mandato de muitos compromissos assumidos.

Por outro lado, nota um guru político ouvido pelo Blog do Marcos Frahm, que tudo isso é fruto de uma articulação, que o Governo pode ter agido de maneira antecipada para compor com os ex-oposicionistas para garantir votações de projetos importantes, e quem sabe a futura votação na Assembleia Legislativa para a vaga da ex-primeira-dama Aline Fernanda Peixoto, que seria indicada ao cargo de Conselheira do Tribunal de Contas dos Municípios e passaria pelo crivo do Legislativo.

Entretanto, mesmo que não se fale abertamente, tradicionais militantes petistas da Cidade Sol e interlocutores de grupos liderados por outros parlamentares estaduais, a exemplos de Euclides Fernandes (PT) e Patrick Lopes (AVANTE), estes que vestiram a camisa do PT na emblemática disputa sucessória que deu a vitória a Jerônimo não estariam contentes com a coalizão de Rodrigues com Hassan de Zé Cocá, já que o novo aliado do Governo foi a principal força contrária aos seus respectivos projetos em Jequié e região, além de ter remado na canoa de Neto. Até pouco tempo, o discurso dos aliados de primeira hora em Jequié era só elogios a Jerônimo nas redes sociais. Nos últimos dias, porém, o silêncio paira no ar com a foto do governador e o estadual que chega da oposição, apesar de representar um partido que no passado recente já integrou a ala governista, o PP.

Morre no Hospital Prado Valadares o empresário do setor de publicidade, Francisney Vieira

/ Jequié

Francisney Figueredo Vieira, o Francys. Foto: Reprodução

Jequieenses lamentam, desde as primeiras horas desta sexta-feira (03/02) a morte do empresário do setor de publicidade, Francisney Figueiredo Vieira, figura bastante conhecida na cidade. Francys, como era apelidado, teria sido submetido a procedimento cirúrgico na quinta-feira (02), no Hospital Geral Prado Valadares – HGPV, onde permanecia internado na UTI da unidade hospitalar, mas não resistiu.

Ele teria sido acometido por problemas intestinais e lutava contra a enfermidade. Editor do site Teleshop Jequié, teria dedicado grande parte da sua vida à comunicação, com destaque no setor publicitário em Jequié e Região.

Atuou também como profissional da Contabilidade em prefeituras e era membro do Rotary Clube Jequié-Norte. A sua morte, tão logo anunciada nos meios de comunicação da Cidade Sol foi lamentada por representantes de várias classes, com manifestações de pesar. O corpo está sendo velado na Pax Nacional, na Avenida Lyon Club e será sepultado no Cemitério São João Batista.

PRF apreende maconha e crack despachados em ônibus de viagem durante aboardagem na BR-116

/ Trânsito

A apreensão ocorreu no trecho de Vitória da Conquista. Foto: PRF

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu, na tarde desta quinta-feira (02), em Vitória da Conquista, 1 Kg de maconha e 1 Kg de crack que foram encontrados durante inspeção no compartimento de bagagem de um ônibus que saiu de São Paulo (SP) com destino a Salvador (BA).

Por volta das 16h50, durante ações de combate ao crime em frente a unidade operacional (Km 830 da BR 116), uma equipe da PRF abordou o ônibus interestadual para uma fiscalização detalhada.

Durante a vistoria no compartimento de bagagens, os cães farejadores da PRF sinalizaram que dentro de papelão havia droga. Ao abrirem a embalagem, os policiais encontraram os tabletes de maconha e crack.

O motorista do ônibus relatou que a encomenda apreendida foi embarcada na cidade de São Paulo. Disse também que o destino final de entrega seria a cidade de João Pessoa (PB).

A bagagem possuía identificação e será possível rastrear e investigar os responsáveis pelo transporte dos produtos ilícitos.

Diante dos fatos, a ocorrência e as drogas apreendidas foram apresentadas a autoridade de plantão da Delegacia de Polícia Civil de Vitória da Conquista (BA), para instauração do inquérito policial e continuidade das investigações.