Covid-19: Anvisa diz que liberou importação de insumos para produção da CoronaVac

/ Saúde

A Agência Nacional de Vigilância informou que autorizou ontem (28) a importação em caráter excepcional da vacina CoronaVac, na forma de um produto intermediário, ou seja, não envasado, fabricada pela empresa chinesa Sinovac. O pedido foi feito pelo Instituto Butantan, ligado ao governo de São Paulo, que trabalha em parceria com a Sinovac.

A diretoria da agência permitiu, por unanimidade, a importação de 120 bolsas com 200 litros cada de ”formulado em granel de Vacina adsorvida Covid-19”, fabricadas pelo laboratório chinês Sinovac.

A matéria-prima será usada na fabricação da vacina, cujos testes estão em fase III. Ainda não há registro no Brasil do imunizante.

Jovem é socorrido ao hospital de Maracás com suspeita de ser atingido por um raio

/ Região

Homem estava embaixo de árvore quando passou mal. Foto: BMFrahm

Um jovem foi socorrido ao Hospital Municipal Álvaro Bezerra, em Maracás, com suspeita de ser atingido por um raio no início da noite desta quarta-feira (28), quando estava embaixo de uma árvore durante a chuva que caía na cidade.

A informação foi confirmada ao Blog Marcos Frahm, pela Secretaria Municipal de Saúde, depois de procurada pela redação.

Ainda segundo a informação, o rapaz foi socorrido inicialmente por populares, que acionaram uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, que o encaminhou ao Hospital, onde permanece em observação.

Contudo, a Secretaria revelou que ainda não há confirmação de que o mesmo foi vítima de um raio, mas que há suspeita de que ele tenha sido atingido, supostamente pela descarga elétrica de um raio e ficou agonizando. Desde terça-feira (27), Maracás registra fortes chuvas.

Reflexo da tempestade fica nas ruas de Jaguaquara; previsão é de mais chuva na cidade

/ Jaguaquara

Chuva forte deixou o reflexos em Jaguaquara. Foto: Blog Marcos Frahm

As vias públicas de Jaguaquara, inclusive do Centro da cidade, ficaram sujas, tomadas por lama após as fortes chuvas registrada na terça-feira (27) e na quarta-feira (28).

A cidade tem topografia de áreas altas e baixas. O Centro comercial é considerado a parte mais baixa e recebe grande volume de água quando ocorre chuva forte em Jaguaquara. A Rua Gomes e a Praça Guilherme Silva, por exemplo, são as áreas mais afetadas.

Apesar de a Prefeitura ter iniciado ação relâmpago de limpeza com retirada de entulho, lama e desentupimento de canal, em muitas regiões, a sujeira ainda é perceptível, reflexo da tempestade. Nos bairros populares, a situação é ainda mais complicada, pois os problemas se avolumaram.

Não há informações sobre desabamento de casas. Para esta quinta-feira, a previsão é de tempo nublado com chuva a qualquer hora. O tempo chuvoso é registrado em outros municípios do Vale do Jiquiriçá.

Semana Municipal de Trânsito promove blitz educativa na área central da cidade de Jequié

/ Jequié

Blitz educativa ocorre na Rua da Itália. Foto: Divulgação

A Prefeitura de Jequié, através da Superintendência Municipal de Trânsito, a SUMTRAN, deu início, na terça-feira (27), às 8h, a Semana Municipal de Trânsito, conforme Lei Municipal nº 1.972/2015. O evento, que este ano foi feito sem aglomeração e em acordo com todos os protocolos de enfrentamento da pandemia da Covid-19, acontece até esta quinta-feira (29), na Rua da Itália, Centro. Estiveram presentes o superintendente municipal da SUMTRAN, Major Orlando Nonato dos Anjos; o diretor de tráfego, Sinval Guimarães Silva; e agentes municipais de trânsito.

A partir do tema ”Tire suas dúvidas – Multa Passo a Passo”, os agentes de trânsito, devidamente equipados com máscara de proteção contra o novo Coronavírus, promovem uma ”blitz educativa”.

Foi feita a abordagem dos condutores e pedestres, de forma individual, respeitando as orientações de saúde, com o objetivo de conscientizar os cidadãos a respeito do cumprimento das leis de trânsito e, ainda, a atitudes corretas para um trânsito mais seguro, como realizar a manutenção preventiva, respeitar as sinalizações, verificar os documentos, combustível, dirigir com atenção, uso do capacete inclusive do carona, entre outros.

Estado da Bahia registra 1.990 novos casos nas últimas 24 horas, diz boletim da Sesab

/ Bahia

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 1.990 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,6%) e 1.714 recuperados (+0,5%). Dos 349.711 casos confirmados desde o início da pandemia, 334.760 já são considerados recuperados e 7.405 encontram-se ativos. A base de dados completa dos casos suspeitos, descartados, confirmados e óbitos relacionados ao coronavírus está disponível em https://bi.saude.ba.gov.br/transparencia/.

Para fins estatísticos, a vigilância epidemiológica estadual considera um paciente recuperado após 14 dias do início dos sintomas da Covid-19. Já os casos ativos são resultado do seguinte cálculo: número de casos totais, menos os óbitos, menos os recuperados. Os cálculos são realizados de modo automático.

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (26,26%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (8.424,76), Almadina (6.570,28), Itabuna (6.504,46) Madre de Deus (6.452,38), Apuarema (6.098,23).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 713.055 casos descartados e 84.321 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quarta-feira (28).

Na Bahia, 28.760 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Óbitos

O boletim epidemiológico de hoje contabiliza 27 óbitos que ocorreram em diversas datas, conforme tabela abaixo. A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 7.546, representando uma letalidade de 2,16%. Dentre os óbitos, 56,00% ocorreram no sexo masculino e 44,00% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,29% corresponderam a parda, seguidos por branca com 17,74%, preta com 15,11%, amarela com 0,76%, indígena com 0,11% e não há informação em 11,99% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 71,95%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (74,78%).

João Leão garante vitória sobre ACM Neto em 2022, caso grupo governista se mantenha unido

/ Política

”Ele que venha com gosto de gás”, diz Leão. Foto: Divulgação

O vice-governador do estado, João Leão (PP), afirmou, em entrevista ao jornalista José Eduardo, na rádio Metrópole, nesta quarta-feira (28), que seu grupo político vence tranquilamente o prefeito ACM Neto (DEM) em uma eventual disputa pelo governo do estado em 2022.

”Ele que venha com gosto de gás. Agora, se nós nos mantivermos juntos, todos esses companheiros, não tem pra ninguém”, disse o líder do PP na Bahia.

O próprio Neto já admitiu que, caso dispute por um cargo nas próximas eleições, será para ocupar a cadeira de governador da Bahia. Em 2018, o prefeito desistiu de concorrer para disputa.

”Nós temos que nos conservar juntos, um cede uma coisa, o outro ganha outra. Política é assim”, completou o vice-governador. Com informações do BNews

Áudio de Gameleira vaza após voltar à prefeitura de Jequié com críticas a Hassan Iossef

/ Jequié

Gameleira volta à prefeitura criticando Hassan. Foto: Blog Marcos Frahm

Horas após a decisão judicial que reconduziu o prefeito de Jequié ao cargo, vazou áudio de Sérgio da Gameleira (PSB) fazendo críticas ao vice-prefeito Hassan Iossef (PODE), que permaneceu no cargo de chefe do Executivo por mais de 40 dias, durante o seu afastamento.

Gameleira, que é acusado pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA) de improbidade administrativa, por causar prejuízos aos cofres públicos em aproximadamente R$ 4,9 milhões, alfinetou Hassan, que teria distribuído nota pública nesta quarta-feira (28) revelando ter antecipado salários dos trabalhadores no Dia do Servidor: ”Meus amigos, nesses quarenta e cinco dias, muitas coisas aconteceram e contrariaram aquilo que eu queria que acontecesse, mas infelizmente, são coisas que fugiram do nosso controle e determinação judicial a gente tem que cumprir, como eu estou cumprindo hoje, retornando a prefeitura. O primeiro tema que vai ser tratado quando a gente sentar com os secretários vai ser a questão dos cooperados. É muito bom você ir pra rádio e dizer que está pagando salário em dia, abandonando quase mil pais de famílias e eu nunca fiz isso. Estou aqui para ver que de forma a gente vai arrumar a casa, porque destruíram a casa. A gente vai ver de que forma é possível, junto ao Ministério Público, para efetuar o pagamento e se for possível recontratar todos aqueles que estavam trabalhando. Eu dei a orientação para não irem mais trabalhar, mas  fizeram a operação de trabalhar e agora eu vou ver como honrar os compromissos com vocês”, disse Sérgio em áudio direcionado ao servidores terceirizados, que teriam sido afastados das funções, quando a Polícia Federal atuou em Jequié e indicou o encerramento do contrato da Prefeitura com a empresa Ativacoop, investigada na ação.

Conforme apurou o Blog Marcos Frahm, o Ministério Público teria sugerido ao prefeito interino o rompimento do contrato com a Ativacoop.

Jequié: Justiça revoga afastamento de Sérgio da Gameleira, que reassume a prefeitura

/ Jequié

Gameleira reassume a prefeitura de Jequié. Foto: João Lourenço

A desembargadora Maria do Carmo Cardoso, em decisão monocrática no início da tarde desta quarta-feira (28), revogou a decisão que afastava do prefeito de Jequié, Sérgio da Gameleira (PSB), do cargo e o impedia de ingressar nas dependências dos prédios públicos municipais. Com isso, Hassan Iossef (Podemos) deixa a prefeitura.

”As medidas cautelares necessárias à investigação das infrações penais imputadas ao investigado, quanto ao seu cumprimento, lograram, portanto, bom êxito. Sem demonstração de que está, no momento, valendo-se do cargo para delinquir ou impedir a atividade persecutória criminal estatal, deve preponderar, além da presunção de inocência, a vontade popular que o elegeu como prefeito da municipalidade”, argumentou a magistrada, para revogar o afastamento.

Por outro lado, Sérgio da Gameleira segue proibido de manter contato, por meio de qualquer tipo de comunicação, com os demais investigados. Na decisão, a desembargadora afirmou que, caso o prefeito descumpra tal determinação, ele pode ser novamente afastado do cargo ou até ter sua prisão preventiva decretada.

O advogado do gestor, João Daniel Jacobina, afirmou que a expectativa é que Gameleira reassuma o poder executivo de Jequié ainda nesta quarta. ”A defesa sempre acreditou que a reversão do afastamento seria questão de tempo. Sequer há denúncia formalizada contra Sérgio. Não há razão para retirá-lo do mandato, para o qual foi eleito democraticamente”, comentou, conforme informações do site Bahia Notícias.

O prefeito é acusado pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA) de improbidade administrativa, por causar prejuízos aos cofres públicos em aproximadamente R$ 4,9 milhões.

Polícia Civil informa que elucidou assassinato de jovem ocorrido no dia 24 de março em Jequié

/ Jequié

A Polícia Civil/9ª Coorpin elucidou o homicídio ocorrido em Jequié, no dia 24 de março deste ano, tendo como vítima José Vitório Macedo Lima.

De acordo com a Ocorrência Policial 20/01293, o crime teve o caráter de vingança. As investigações revelaram que um dia antes do homicídio, um membro de facção criminosa foi espancado por desafetos, o que motivou que fosse ordenado que fosse morto qualquer um do grupo rival.

O autor do crime, J.E.S, solicitou um favor a vítima e ela deu as costas, efetuou disparos de arma de fogo, ocasionando a sua morte na via pública.

Também foi levantado pela Polícia Civil que a vítima José Vitório,  não participou do espancamento do rival e não tinha envolvimento com atividades ilícitas. Com informações do Jequié Repórter

Pela primeira vez salários de servidores municipais são pagos antecipados , diz o prefeito interino

/ Jequié

Hassan Iossef antecipa salário de servidores. Foto: Divulgação

Na manhã desta quarta-feira (28),  servidores municipais de Jequié comemoram o pagamento antecipado dos seus vencimentos, fato inédito em quase 4 anos de gestão, conforme nota pública divulgada pelo prefeito interino, Hassan Iossef.

”Desde que assumiu a gestão municipal em 15 de setembro, Hassan vem promovendo diversas mudanças administrativas, zelando pelos princípios da economicidade e pela redução dos gastos públicos”, diz a nota.

Foram completados servidores ativos, cargos comissionados, aposentados e pensionistas da Prefeitura de Jequié. O volume de recursos destinados aos pagamentos dos servidores municipais reflete no aquecimento da economia local, num momento importante para a retomada das atividades econômicas no município.

”O nosso propósito é fazer aquilo que é a obrigação do poder público. Parte desse princípio o respeito a todos os servidores que trabalham para servir à nossa população e faz a máquina pública andar. Graças ao nosso Deus, que nos deu essa missão, estamos cumprindo de forma honrada, como deve ser. Os nossos servidores receberam, novamente este mês, dentro do mês trabalhado. Resultado do esforço da nossa equipe administrativa, conseguimos antecipar o pagamento para este dia 28, para que celebrem o Dia do Servidor, com o salário já na conta. Essa é mais uma demonstração de respeito que a nossa gestão tem por aqueles que vestem a camisa e se doam por Jequié.”, destacou o prefeito interino.

Presença de Rui Costa em carreata provocou grande alvoroço no meio político de Jequié

/ Eleições 2020

Rui e Aline desfilaram em carro com Cocá e Poliana. Foto: Divulgação

A presença do governador Rui Costa (PT) na carreata do candidato a prefeito de Jequié, Zé Cocá (PP), no sábado (24), provocou grande alvoroço no meio político. O governador, que não costuma tomar partido nas cidades onde com duas ou mais candidaturas governistas disputam a cadeira de prefeito, resolveu se envolver pra valer na sucessão municipal local e desfilou em carro aberto ao lado da esposa jequieense Aline Peixoto, declarando apoio a Cocá e Poliana.

Além da carreta, Rui Costa também gravou um vídeo em que declara total apoio à postulação de Zé Cocá. Atitude igual vem sendo tomada em relação a outros municípios como Vitória da Conquista.

Analistas políticos avaliam como muito positiva a participação direta do governador na campanha eleitoral, pois tal atitude faz aumentar o seu grau de comprometimento com Jequié, uma cidade bastante carente de investimentos, cuja situação foi agravada em consequência dos estragos econômicos provocados pela pandemia do novo Coronavírus.

Ciclo 3: Caixa Econômica Federal paga auxílio emergencial para nascidos em outubro

/ Economia

A Caixa Econômica Federal paga hoje (28) o auxílio emergencial para 3,6 milhões de brasileiros nascidos em outubro. Serão liberados R$ 1,6 bilhão para beneficiários que não fazem parte do Bolsa Família, no ciclo 3 de pagamentos do programa.

Do total, 1,3 milhão receberão R$ 800 milhões referentes a parcela do auxílio emergencial regular, no valor de R$ 600 (R$ 1,2 mil para mães chefes de família). É o caso de trabalhadores que fizeram o cadastro nas agências dos Correios entre 2 de junho e 8 de julho e trabalhadores que fizeram a contestação pelo site da Caixa ou aplicativo do Auxílio Emergencial de 3 de julho a 16 de agosto e foram considerados elegíveis para receber os recursos.

Os demais, 2,3 milhões beneficiários serão contemplados hoje com a primeira parcela do auxílio emergencial extensão de R$ 300 (R$ 600 para mães chefes de família), num total de R$ 800 milhões.

Os recursos estarão disponíveis na poupança social digital e poderão ser movimentados pelo aplicativo Caixa Tem. Com ele é possível fazer compras na internet e nas maquininhas em diversos estabelecimentos comerciais, por meio do cartão de débito virtual e QR Code. O beneficiário também pode pagar boletos e contas, como água e telefone, pelo próprio aplicativo ou nas casas lotéricas.

O calendário de pagamentos do auxílio emergencial é organizado em ciclos de crédito em conta poupança social digital e de saque em espécie. Os beneficiários recebem a parcela a que têm direito no período, de acordo com o mês de nascimento.

Saques e transferências para quem recebe o crédito nesta quarta-feira serão liberados em 1º de dezembro. A partir dessa data, o beneficiário poderá retirar o auxílio emergencial no caixa eletrônico, nas agências da Caixa ou lotéricas ou usar o aplicativo Caixa Tem para transferir o dinheiro da poupança digital para contas em outros bancos, sem o pagamento de tarifas.

Beneficiários do Bolsa Família

Já os beneficiários do Bolsa Família recebem o auxílio de acordo com o calendário e critérios de pagamento do programa.

Dessa forma, a Caixa faz hoje, o pagamento de R$ 419,8 milhões referentes à segunda parcela do auxílio emergencial extensão para 1,6 milhão de beneficiários do Bolsa Família com final de NIS número 8. Ao todo, mais de 16 milhões de pessoas cadastradas no programa foram consideradas elegíveis para a segunda parcela do auxílio extensão e receberão, no total, R$ 4,2 bilhões durante o mês de outubro.

O auxílio emergencial criado em abril pelo governo federal, pago em cinco parcelas de R$ 600 ou R$ 1,2 mil para mães solteiras, foi estendido até 31 de dezembro, por meio da Medida Provisória (MP) 1000. O auxílio emergencial extensão será pago em até quatro parcelas de R$ 300 cada e, no caso das mães chefes de família monoparental, o valor é de R$ 600.

De acordo com a Caixa, não há necessidade de novo requerimento para receber a extensão do auxílio. Somente aqueles que já foram beneficiados e se enquadram nos novos requisitos estabelecidos na MP, terão direito a continuar recebendo o benefício.

No caso dos beneficiários do Bolsa Família, eles recebem o valor do programa complementado pela extensão do auxílio emergencial em até R$ 300 ou R$ 600 para mães solteiras. Se o valor do Bolsa Família for igual ou maior que R$ 300 ou R$ 600 o beneficiário receberá o valor do Bolsa Família, sempre privilegiando o benefício de maior valor. Da Agência Brasil

No Dia do Servidor, Governador Rui Costa anuncia construção do Hospital do Planserv

/ Bahia

Rui se reuniu com servidores e anunciou hospital. Foto: Divulgação

O Governo da Bahia irá contratar, por processo licitatório, empresa especializada para estudo de viabilização do Hospital do Sistema de Assistência à Saúde dos Servidores Públicos Estaduais (Planserv). A opção que será considerada é a adequação do Hospital Espanhol, localizado no bairro da Barra, em Salvador.

Durante uma reunião realizada na manhã desta quarta-feira (28), ocasião em que se comemora o Dia do Servidor Público, o governador Rui Costa discutiu detalhes da iniciativa com representantes de sindicatos ligados à área da saúde e ao funcionalismo público.

”Hoje, fazemos um anúncio importante, que é um pleito antigo dos servidores. Vamos fazer um hospital de referência, de alta qualidade e de alta performance para atender o servidor. Para isso, definimos como referência o Hospital Espanhol. O estudo vai determinar o perfil, quais serviços serão inclusos e todo o processo legal de conclusão da desapropriação”, detalhou Rui.

Em função do aproveitamento da estrutura do Hospital Espanhol, serão estudadas as adaptações que serão necessárias para a acomodação dos pacientes na unidade, que foi transformada em um centro de tratamento exclusivo para pacientes da Covid-19.

O estudo técnico vai avaliar a infraestrutura necessária à implantação, em aspectos como recursos necessários, localização, adequação de equipamentos, serviços e especialidades a serem oferecidos, número de leitos e modelo de gestão, levando-se em consideração o perfil da carteira da Assistência, hoje com mais de 510 mil beneficiários. A conclusão será um plano de ação a ser avaliado pelo governo estadual.

Participaram da reunião representantes da Federação dos Trabalhadores Públicos do Estado da Bahia e dos sindicatos dos Servidores da Fazenda do Estado da Bahia (Sindsefaz); dos Trabalhadores em Saúde do Estado da Bahia (Sindsaúde); dos professores do Estado da Bahia (APLB); dos Policiais Civis da Bahia (Sindpoc); e dos Delegados de Polícia da Bahia (Adpeb).

Contexto estratégico

O projeto do Hospital do Planserv está incluso num contexto estratégico de políticas públicas direcionadas ao serviço médico-hospitalar, em consonância com as diretrizes de constante aperfeiçoamento e aprimoramento, direcionado aos servidores públicos estaduais, seus dependentes e agregados, beneficiários da Assistência.

Com a implementação da unidade, o Planserv não só vai ampliar os serviços prestados aos beneficiários, como também otimizar a qualidade da assistência oferecida à carteira. A meta é criar um modelo referencial de atendimento, com a prestação efetiva e aderente a protocolos e linhas de cuidado padronizadas, adotando custos mais eficientes e responsáveis.

Por ser um plano solidário e sem fins lucrativos, em que a participação financeira dos servidores estaduais baseia-se na sua remuneração e não nas regras dos planos privados, estes com reajustes regulares fundamentados em índices de mercado, o Planserv necessita cada vez mais gerenciar com austeridade seus recursos orçamentários, visando a sustentabilidade do plano no longo prazo.

A saúde, hoje em constante aumento de demanda e, ao mesmo tempo, aprimoramento de tecnologia, impõe evitar desperdícios e padronizar procedimentos, o que será possível com a criação de uma unidade própria.

O hospital será um equipamento de saúde instalado na capital baiana, e abrangerá toda a Região Metropolitana de Salvador, não restringindo o acesso apenas aos beneficiários dessas localidades, mas a todos aqueles que necessitem dessa prestação de serviço hospitalar, no limite de sua capacidade operacional, em todo o Estado, desde que qualificados como beneficiários do Planserv.

Tiago Correia ”herda” mandato de Marcell Moraes após cassação por abuso de poder econômico

/ Política

Tiago Correia (PSDB) | Foto: Matheus Morais/bahia.ba

Em exercício na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) na condição de suplente de Leo Prates (DEM), o deputado estadual Tiago Correia (PSDB) teve a cadeira de titular confirmada após a cassação do mandato de Marcell Moraes (PSDB) na noite desta terça-feira (28) pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Mesmo com a anulação dos votos obtidos pelo tucano defensor dos animais, o coeficiente eleitoral não sofre alterações, de acordo com o advogado eleitoral Ademir Ismerim.

O caso de Marcell é diferente do episódio envolvendo o também cassado Targino Machado (DEM). No caso de Targino, a anulação dos votos provocou um novo cálculo de coeficiente, reduzindo o número de cadeiras da coligação formada por DEM-PRB-PV-PSDB – o ex-deputado Angelo Almeida (PSB), primeiro suplente da coligação PT-PMB-PSD-PR-PDT-PODE-PRP-PP-PSB-AVA, é quem deve ”herdar” a vaga do ex-líder da oposição na Assembleia Legislativa da Bahia.

VOLTA DE GEILSON?

A formalização da cassação do mandato de Marcell provocaria, então, a convocação do segundo suplente da coligação, Carlos Geilson, já que o primeiro na lista, Tiago Correia, já ocupa a vaga de Leo Prates enquanto o parlamentar permanecer como secretário de Saúde de Salvador. O tempo para a convocação, no entanto, não é tão ágil, o que deve adiar a mudança na bancada oposicionista.

Outro fator relevante é a migração de Geilson para a base aliada do governador Rui Costa, em 2019. Candidato a prefeito em Feira de Santana pelo Podemos, caso tenha uma nova ”oportunidade” na AL-BA o ex-tucano criaria uma situação inusitada: eleito pela oposição, ele exerceria o mandato como aliado de Rui, resultando em uma redução na diminuta bancada da minoria.

TEMPO DIFERENTE

Mesmo que essa situação de Geilson seja considerada, a chance de uma convocação dele em um curto espaço de tempo é pequena. Também com mandato cassado, Pastor Tom (PSL) mantém a cadeira mais de dois meses depois do TSE afastá-lo do cargo. Mesmo notificada no último dia 16, a AL-BA indicou que aguarda a indicação do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA) sobre quem deve ser convocado para o posto.

O rearranjo da oposição dependeria da permanência ou não de um parlamentar licenciado após a notificação para a perda do mandato de Marcell, como é o caso de Leo Prates. O secretário de Saúde soteropolitano não indicou se permaneceria na prefeitura em caso de vitória do grupo político dele com Bruno Reis. Entre os parlamentares da minoria, nenhum é candidato em 2020. Com informações do site Bahia Notícias