Saque extraordinário: trabalhadores nascidos em julho já podem retirar até R$ 1 mil no FGTS

/ Economia

Trabalhadores nascidos em julho já podem sacar até R$ 1 mil das contas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) a partir deste sábado (21). A Caixa Econômica Federal depositará o dinheiro na conta poupança digital usada para o pagamento de benefícios sociais e previdenciários.

Os valores só podem ser movimentados por meio do aplicativo Caixa Tem (disponível para sistemas operacionais Android e iOS), o que permite o pagamento de contas domésticas e a realização de compras virtuais em estabelecimentos não conveniados. O Caixa Tem também libera o saque em caixas eletrônicos e a transferência para a conta de terceiros.

Em todo o calendário de pagamento serão liberados cerca de R$ 30 bilhões para aproximadamente 42 milhões de trabalhadores com direito ao saque. Pelo calendário, divulgado em março, a liberação dos recursos segue cronograma baseado no mês de nascimento. O dinheiro será liberado em etapas até 15 de junho, quando recebem os nascidos em dezembro.

Todo o processo para pedir o saque será informatizado. O trabalhador não precisará ir a uma agência da Caixa, bastando entrar no aplicativo oficial do FGTS, disponível para smartphones e tablets, e inserir os dados solicitados.

Eleito pelos sócios em 2019, Paulo Carneiro é destituído da presidência do Esporte Clube Vitória

/ Esporte

Paulo não é mais presidente. Foto: Arisson Marinho/Arquivo Correio

Eleito e destituído pelos sócios. Após um comemorado retorno com vitória esmagadora nas urnas rubro-negras em eleição que aconteceu em 2019, Paulo Carneiro se tornou vítima dos mesmos votos que o elegeram. Na manhã desde sábado (21), o presidente do Vitória foi destituído em Assembleia Geral Extraordinária (AGE) que aconteceu no Barradão.

Paulo Carneiro, o PC, estava afastado da presidência desde setembro de 2021 após o Conselho Deliberativo do Vitória aprovar parecer da Comissão de Ética que apontou indícios de gestão temerária.

A Comissão apontou, entre outras irregularidades, a ausência de um contrato entre o clube e a empresa Magnum, que recebeu R$ 3.586.068,00 do Vitória; e o adiantamento de remunerações feito por Paulo Carneiro durante a pandemia, iniciada em março de 2020.

A expulsão de um presidente após votação dos associados é feito inédito na história do clube, que vive o momento mais turbulento de seus 123 anos recém-completados. Desde o final do mandato de Alexi Portela Júnior, em 2013, nenhum presidente eleito do Vitória conseguiu terminar seu mandato.

Raimundo Viana, entre 2015 e 2016 foi o único a conseguir o feito – mas era um mandato tampão cumprido após renúncia de Carlos Falcão, eleito em 2013, e quem justamente abriu essa série maldita na história do clube. *Correio da Bahia

Brasil registra 16.194 novos casos de covid-19 e 35 mortes em 24 horas, diz boletim d Ministério

/ Brasil

Com 16.194 casos de covid-19 em 24 horas, o Brasil registrou 30.778.607 infecções pelo novo coronavírus, desde o início da pandemia. Os dados estão no boletim diário, divulgado pelo Ministério da Saúde.

O número de mortes chegou a 665.528, com 35 registradas em 24 horas. Os pacientes recuperados somam 29.816.521 (96,9% dos casos).

O estado de São Paulo tem o maior número de casos acumulados desde o início da pandemia, com 5.459.629. As mortes foram 168.864.

Em seguida, na lista de estados com maior número de casos, aparecem os estados de Minas Gerais (3.383.874 casos e 61.458 óbitos); do Paraná (2.510.336 e 43.247 mortes) e do Rio Grande do Sul (2.392.924 casos e 39.441 óbitos).

Várias unidades da federação não atualizaram os dados neste sábado: Distrito Federal, Minas Gerais, Maranhão, Mato Grosso do Sul (não atualizou número de mortes), Mato Grosso, Rio de Janeiro, Roraima, São Paulo e Tocantins.

Novo coordenador da 7ª Ciretran de Jequié diz que atua para colaborar com investigação

/ Jequié

Coordenador Ricardo Tuacha

No cargo de Coordenador da 7ª Ciretran de Jequie desde o dia (17) de março de 2022, quando foi nomeado pelo governador Rui Costa, o administrador Ricardo Tuacha esclarece que não foi alvo das diligências deflagradas na sexta-feira (20) pela Polícia Civil, que dá continuidade à investigações iniciadas no ano de 2019.

A Operação Dolus mira possíveis crimes cometidos por servidores do órgão estadual. Na época, foi instaurado Inquérito Policial, o qual conta atualmente com cerca de 2.000 páginas. Diante dos fatos verificou-se um esquema de falso reconhecimento de firma em um dos cartórios da cidade e, paralelamente a isso fraudes no primeiro emplacamento de veículos praticados por um despachante na 7ª Ciretran/Jequié, conforme informações divulgadas pelo delegado Moabe Macêdo, que comandou a ação de sexta-feira.

Já o Coordenador, Tuacha, em contato com o BMFrahm disse que o órgão colabora com as investigações e que adotará todas as providências para aumentar o controle e transparência na Ciretran. Segundo Ricardo, na ação, foram detidas três pessoas, mas ele afirma que não tem como detalhar uma operação que é de competência da Polícia Civil. ”Não posso opinar sobre a operação, apenas colaborar com as autoridades para que possam apurar as possíveis irregularidades. Essa operação nos surpreendeu na manhã de sexta-feira, mas informamos que, a partir desta segunda-feira, a Ciretran estará funcionando normalmente”, esclareceu.

Servidora efetiva do município, secretária de Saúde de Apuarema entrega carta de demissão ao prefeito

/ Saúde

Cássia Cristina deixa o cargo de secretária. Foto: Rede social

A secretária de Saúde do Município de Apuarema, no Médio Rio de Contas, Cássia Cristina, entregou, na sexta-feira (20), ao prefeito Rogério Costa, uma carta com pedido de exoneração do cargo que exercia desde o início da atual gestão municipal.

A agora ex-secretária é servidora efetiva do Município, atuando como Agente Comunitária de Saúde e não se sabe o que motivou o seu desligamento do cargo.

Em rede social, Cássia fez agradecimentos ao prefeito, aos munícipes e disse ter saído feliz pelas conquistas para a pasta durante sua passagem pela Saúde. ”Caros colegas e amigos, gostaria de agradecer a Deus pela oportunidade de estar a frete da pasta da saúde durante esse período, agradeço ao gestor por confiar em mim e em meu trabalho, me despeço aqui com coração grato e muito feliz por tudo que conquistamos para o município e a saúde. Gostaria de agradecer a todos vocês, colaboradores”, escreveu ela em rede social.

Jaguaquara: artista da terra diz ter ficado de fora da grade do São João por questão política

/ Entretenimento

Wisley Moraes fica de fora do São João

O cantor Wisley Moraes, um dos talentosos artistas da Jaguaquara usou as redes sociais para informar que ficará de fora da grade de atrações do São João da cidade, que não era realizado há dois anos em razão da pandemia do Coronavírus e voltará a ser promovido neste ano, cuja grade já foi anunciada pela Prefeitura.

Em tom de indignação, Wisley, um dos prejudicados pelo cancelamento de eventos durante o período pandêmico e que sobrevive diretamente da música disse ter ficado de fora por ter se posicionado contrário ao projeto político defendido pela equipe da administração, que elegeu a prefeita Edione Agostinone (PP) em 2020.

”Independente de política esse é um direito que o artista tem, passei 2 anos de sofrimento perdi tudo em relação a música nesse período, procurei primeiro a atual gestão pra saber quais eram as propostas pra minha área e pra mim e não tive resposta positiva  Não acho feio reclamar por um direito que tenho fui contra porque fui pago pelo meu trabalho de Studio trabalhei e ganhei meu dinheiro, tenho família e contas pra pagar. Durante a pandemia fui um dos músicos da minha cidade que mais fez live solidária arrecadando alimentos pra ajudar as pessoas que mais precisavam e eu não esperei por Prefeitura pra fazer isso, corri atrás de patrocínio e meti a cara. Fiquei de fora por ser contra!”, desabafou o cantor em texto publicado em seu Facebook.

Wisley Moraes entrou em contato com a redação, fazendo apelo para que a sua mensagem fosse reproduzida e disse ainda ter conhecimento de que outros artistas locais que votaram contrários ao projeto da prefeita no processo democrático também ficaram de fora da festa. Atitudes como essas demonstram  que a cultura do ”revanchismo” predomina na gestão pública municipal de Jaguaquara em pleno ano de 2022. A Prefeitura ainda não se pronunciou sobre o assunto, que repercute nas redes sociais.

Jovem de 20 anos é morto com facada no tórax em Jaguaquara, durante a madrugada deste sábado

/ Jaguaquara

Davi de Jesus Farias foi golpeado e morto. Foto: Reprodução/Polícia

Um jovem de 20 anos foi morto com um golpe de arma branca – faca no tórax depois de se envolver numa confusão na madrugada deste sábado (21), no bairro São Jorge.

As informações preliminares são de que a confusão entre a vítima e autor ou autores teria iniciado num bar, nas proximidades da Unidade de Saúda da Família José Joaquim Tosta Lima, no bairro São Jorge, e que de lá saíram em discussão, tendo Davi de Jesus Farias, tentado se livrar, mas foi alcançado e agredido.

A Polícia Militar e uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência foram acionados, mas Davi, golpeado, não resistiu e tombou numa via pública. O caso será apurado pela Delegacia Territorial. A motivação e autoria são investigadas. O corpo do jovem foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Jequié.

Gandu: Barraca pega fogo em feira livre após botijão de gás vazar, diz Polícia Militar

/ Bahia

fogo teve início após um vazamento de botijão. Foto: Rede social

Uma barraca pegou fogo na feira livre de Gandu, no Baixo Sul do estado, na manhã deste sábado (21). O caso ocorreu na Praça Ulisses Monteiro da Costa. Pessoas que passavam pelo local, que vende amendoim, se assustaram. Segundo o G1, a suspeita é que o fogo teve início após um vazamento de botijão de gás.

Segundo o capitão da Polícia Militar Walter Guanaes, dois policiais que faziam rondas isolaram a área para evitar que pessoas saíssem feridas. O fogo foi controlado pelo dono da barraca com ajuda de um extinto entregue por comerciantes vizinhos.

Mesmo com o susto, não houve feridos. As chamas também não atingiram barracas vizinhas. Não se sabe a estimativa do prejuízo causado.

Polícia Civil dá continuidade à investigação iniciada em 2019 na Ciretran de Jequié e conduz pessoas

/ Jequié

Operação Operação Dolus teve como alvo a Ciretran de Jequié

A Delegacia Territorial de Jequié desencadeou, na manhã desta sexta-feira (20), a Operação Dolus, dando continuidade às investigações no ano de 2019 quando registro em Boletim de Ocorrência que um veículo teria sido transferido para o nome de outra pessoa sem assinatura do legítimo proprietário no CRV (DUT – Documento Único de Transferência). Na época foi instaurado Inquérito Policial, o qual conta atualmente com cerca de 2.000 páginas. Diante dos fatos verificou-se um esquema de falso reconhecimento de firma em um dos cartórios da cidade e, paralelamente a isso fraudes no primeiro emplacamento de veículos praticados por um despachante na 7ª Ciretran/Jequié.

Desencadeada a investigação foram representadas prisões e buscas domiciliares, culminando com a prisão de três envolvidos. Em continuidade às investigações observou-se que o crime se estendia a outras fraudes perpetradas por funcionários e terceirizadas da Ciretran, envolvidos em falsificação de documento público, falsificação de documento particular, corrupção passiva, corrupção ativa, uso de documento falso e organização criminosa.

De acordo com o DPC Moabe Macêdo, da DT/Jequié, nesta fase foram representadas por novas prisões e buscas domiciliares, sendo decretadas pelo Poder Judiciário 08 mandados de prisões preventivas e 17 mandados de buscas e apreensões domiciliares, sendo duas delas na cidade Lauro de Freitas e Salvador. A ação é apoiada pela 10ª  Coorpin (Vitória da Conquista), CATI/DEPIN.

Entenda como funcionam algumas das fraudes:

– No primeiro emplacamento não é obrigatória a vistoria veicular, diante disso os criminosos conseguiam dados das notas fiscais, falsificando este documento além de outros necessários à apresentação da documentação junto à 7ª Ciretran.. Nomes de “laranjas” eram utilizados para constar na documentação do veículo inexistente que estava sendo licenciado. Com essa situação algumas concessionárias de veículos tiveram prejuízo em torno de R$ 7  pois os verdadeiros veículos ficavam “presos” nos pátios sem poderem ser vendidos, visto que os sinais identificadores deles eram utilizados nas fraudes;

– Havia também fraude da mesma forma que a anterior, entretanto em veículos furtados e/ou roubados, quando outros criminosos adulteravam os sinais identificadores de veículos para poderem passar na vistoria veicular em novo emplacamento. Neste caso também era praticado o crime de falso reconhecimento de firma no CRV (DUT);

– Documentos particulares e públicos eram falsificados para facilitar as fraudes, sendo constatada também durante a investigação a falsificação de outros documentos para acelerar os emplacamentos de veículos regulares.

Prefeito de Jequié entrega mais uma nova praça; moradores do bairro KM 4 comemoram

/ Jequié

Moradores do KM 4 comemoram entrega de praça. Foto: Divulgação

Moradores do bairro KM 4, ganharam um agradável espaço para o lazer. Na noite desta sexta-feira (20), o prefeito de Jequié, Zé Cocá, entregou a construção da Praça Ademar de Barros. Estiveram presentes, além do gestor municipal, os secretários municipais; vereadores, os moradores e representantes da localidade.

O momento da entrega foi marcado por um culto religioso, com a participação do público das igrejas do bairro. O novo espaço contempla um antigo anseio das pessoas que residem no entorno.

Onde, antes, era um local usado para descarte irregular de lixo, foi executado um projeto paisagístico, com pergolado, bancos e mesa de jogos e iluminação com modernas luminárias LED, criando um ambiente mais aprazível para os moradores. Durante sua fala, o prefeito enfatizou que os serviços foram executados como forma parte do projeto de urbanização, que vem sendo implementado no município.

Prefeitura de Maracás entrega novos uniformes a servidores do SAMU 192; ”valorização”

/ Saúde

Equipe se reuniu com prefeito e secretária. Foto: Divulgação

A Prefeitura de Maracás, por meio da Secretaria de Saúde, fez a entrega de novos uniformes aos profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU 192, em cerimônia que contou com a presença do prefeito Soa Novaes e da secretária Darlene Rosa.

A equipe da unidade de Maracás é composta por 11 servidores, entre condutores, técnicos, enfermeira e coordenadora. ”Esta ação, liderada pela Secretaria de Saúde é mais uma demonstração de valorização e reconhecimento ao SAMU pela  importância desta categoria que atua na linha de frente da assistência à saúde pública da população maracaense, salvando vidas, dia e noite, faça chuva, faça sol. As novas fardas vão garantir melhores condições para o desenvolvimento das atividades destes profissionais, além de facilitar a identificação por parte da comunidade, que recebe os atendimentos. Parabéns a todos pelo trabalho e obrigado a nossa secretária de Saúde Darlene Rosa, por acompanhar esse processo de gestação e conhecer as demandas prioritárias da Saúde”, disse o prefeito.

Número de transplantes de rim caiu nos últimos dois anos , informa Sociedade Brasileira de Urologia

/ Saúde

A Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) alerta que a pandemia de covid-19 impactou a realização de transplantes no Brasil. Em 2021, o índice de transplante renal de 22,4 pmp (número de transplantes por milhão de pessoas) ficou 26% abaixo da taxa anterior à pandemia. Para incentivar a doação de rim e esclarecer os procedimentos, a entidade médica lançou nessa semana a campanha ”SBU pela doação de órgãos”.

Quando os rins param de funcionar, o paciente deve se submeter a sessões de hemodiálise, cuja periodicidade pode variar de duas a sete vezes por semana, dependendo do caso do paciente. Cada sessão pode durar de três a cinco horas.

De acordo com a SBU, para uma melhor qualidade de vida, o transplante renal pode ser indicado em muitos casos. A insuficiência renal pode ocorrer devido a problemas como diabetes, pressão alta, inflamação nos vasos que filtram o sangue, doença renal policística, doença autoimune e obstrução do trato urinário, entre outros.

Segundo o presidente da SBU, Alfredo Canalini, a campanha foi criada devido à necessidade de conscientizar a população sobre a doação de órgãos, principalmente no que diz respeito a doadores falecidos.

De acordo com dados da Associação Brasileira de Transplante de Órgãos (ABTO), houve diminuição no número de doações de órgãos e de transplantes devido à pandemia. Segundo a ABTO, 15.640 pacientes ingressaram na lista de espera por um rim em 2021, dos quais 3.009 faleceram.

”Isso ocorreu principalmente pelo aumento na contraindicação ao transplante na época, pois não se sabia da potencialidade de transmissão do vírus”, afirmou o coordenador do Departamento de Transplante Renal da SBU, John Edney dos Santos.

Transplante renal – O transplante renal é indicado para pacientes com diagnóstico de insuficiência renal crônica, principalmente aqueles em diálise.

Como doar?
Para que o transplante renal seja realizado, é necessário verificar por meio de exames a compatibilidade entre doador e receptor para que haja menos chances de rejeição. É preciso ter mais de 18 anos e estar em boas condições de saúde.

A doação pode ser feita por doadores vivos ou falecidos.

Para receber o órgão de um doador falecido, o paciente deve estar inscrito no Cadastro Técnico Único do Ministério da Saúde. O cadastramento é feito pela equipe médica de transplante responsável pelo atendimento.

A distribuição de órgãos doados é controlada pelo Sistema Nacional de Transplante do Ministério da Saúde e pelas Centrais Estaduais de Transplantes.

”Aqui não tem lugar para vaidade e ambição pessoal”, diz Jerônimo Rodrigues durante evento em Barreiras

/ Política

Jerônimo discursa durante evento em Barreiras. Foto: PT Bahia

Em pré-campanha pelo governo da Bahia, Jerônimo Rodrigues (PT) alfinetou a chapa de ACM Neto (UB), durante plenária territorial do Programa de Governo Participativo (PGP) em Barreiras, no oeste baiano, neste sábado (21). ”A sensação que eu tenho é que a oposição está cansada, não aguenta acompanhar o Correria”, disse o petista, em referência ao governador Rui Costa (PT).

Em seu discurso, Jerônimo disse estar confiante na vitória de Lula (PT) na disputa pelo Palácio do Planalto, e defendeu o alinhamento com o projeto do ex-presidente para trazer de volta a esperança e o trabalho para o Brasil. “Aqui não tem lugar para vaidade e ambição pessoal. É assim que vamos voltar a governar esse país e continuar cuidando de toda a Bahia”, afirmou o ex-secretário de Educação em palanque ao lado do pré-candidato a vice-governador, Geraldo Júnior (MDB), do senador Jaques Wagner (PT) e de Otto Alencar (PSD), pré-candidato à reeleição no Senado.

Jerônimo Rodrigues rechaçou ainda críticas da oposição a respeito dos 16 anos da administração do PT no estado. ”Rui vai ultrapassar 860 visitas aos municípios da Bahia”, disse ele. ”O que cansa são 500 anos de escravidão e preconceito”, acrescentou.

Dentre as presenças de destaque no evento estava a prefeita de Wanderley, Fernanda Sá Teles (PP). Outras 40 lideranças regionais, entre ex-prefeitos, vice-prefeitos e vereadores, também compareceram ao evento com Jerônimo, que assinalou o ”compromisso de colocar o Oeste da Bahia, cada vez mais, no lugar de destaque e merecimento”.

Em Macaúbas, ACM Neto diz que a Bahia vai ter o senador mais jovem da história: ”Cacá Leão”

/ Política

ACM Neto e Cacá visitam cidade de Macaúbas. Foto: Divulgação

ACM Neto, pré-candidato ao governo do estado pelo União Brasil, disse em Macaúbas, na noite de sexta-feira (20), que o deputado federal Cacá Leão (PP) pode vir a ser o senador mais jovem da história política da Bahia. Para o ex-prefeito da capital, além da juventude e ideias inovadoras, Cacá já tem experiência e influente atuação parlamentar.

”Muitos acham que o Senado é a casa para aposentar os políticos, mas nós pensamos diferente. Queremos no Senado um cara com garra, disposição, energia, juventude, ideias novas. Um cara que vá para Brasília e brigue por nós, mas também que já tenha experiência. Cacá foi três vezes deputado, líder do PP no Congresso Nacional e, se Deus quiser, o futuro senador para atender a Bahia”, reforçou.

O líder baiano do UB disse ainda que Cacá Leão não foi a Brasília para ser só mais um parlamentar. ”Aqueles que se destacam é porque trabalham mesmo, porque são competentes”.

E ressaltou a importância que um senador tem: ”O responsável pela defesa dos interesses do nosso estado é o senador. Quem tem que estar no Congresso Nacional brigando pela Bahia, lutando pelos baianos, é o senador”.