Presidente Bolsonaro nomeia aliados para mandatos de três anos na Comissão de Ética Pública

/ Brasília

A pouco mais de um mês de deixar o cargo, o presidente Jair Bolsonaro (PL) nomeou dois aliados para mandatos de três anos, renováveis, como membros da Comissão de Ética Pública da Presidência da República (CEP).

As nomeações foram publicadas em edição extra do Diário Oficial da União na sexta-feira (18). Os cargos funcionam com mandatos —portanto, são indemissíveis e integrarão o colegiado durante boa parte do terceiro mandato do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Um deles é Célio Faria Júnior, ministro-chefe da Secretaria de Governo, e o outro é João Henrique Nascimento de Freitas, assessor especial da Presidência.

Os dois são da ala mais próxima de auxiliares do chefe do Executivo. Célio está com ele desde 2019, e já chegou ao posto de chefe de gabinete. João Henrique, por sua vez, é assessor direto de Bolsonaro. A Comissão de Ética Pública é uma instância consultiva do presidente e dos ministros. Ela é responsável, por exemplo, sobre consultas a respeito de conflitos de interesses e também é responsável por apurar eventuais condutas em desacordo com o Código de Conduta da Alta Administração Federal.

Ela é integrada por sete pessoas que preencham requisitos como ”idoneidade moral, reputação ilibada e notória experiência em administração pública”. Na mesma edição do Diário Oficial em que fez as duas nomeações, Bolsonaro dispensou Roberta Muniz Codignoto da função de integrante da comissão. Ela renunciou ao cargo. A interlocutores Célio Faria Jr. tem dito que gosta da área e que já foi presidente da Comissão de Ética da Marinha. Além de não ver problema algum em ter sido nomeado na reta final da gestão de Bolsonaro. Michel Temer teria feito o mesmo, relembrou.

Os indicados à CEP não são os primeiros aliados do chefe do Executivo a conquistar um cargo com mandato, no apagar das luzes. Gilson Machado, ex-ministro do Turismo, para a presidência da Embratur (Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo). A nomeação para o comando da Embratur prevê um mandato de quatro anos no cargo. A lei que trata do órgão, porém, afirma que o chefe do Executivo pode demiti-lo. Assim, Lula pode retirá-lo do posto quando assumir o Palácio do Planalto, em 1º de janeiro.

Machado ficou conhecido como o sanfoneiro de Bolsonaro e se tornou um dos nomes mais próximos do presidente. Ele participou de diversas lives semanais em que o mandatário expunha as realizações do governo. No último dia 7, a Comissão de Ética Pública da Presidência da República impôs reveses a três pessoas próximas ao presidente Jair Bolsonaro.

O colegiado instaurou processos para apurar as condutas do ex-presidente da Caixa Pedro Guimarães e do assessor internacional do Planalto, Filipe Martins. A comissão aplicou ainda pena contra o ex-presidente da Fundação Palmares Sérgio Camargo.

As decisões da Comissão de Ética ocorrem após a derrota de Bolsonaro para o presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Camargo deixou o governo para concorrer a deputado federal por São Paulo. Ele não foi eleito. O ex-presidente da Fundação Palmares levou a mais alta punição aplicada a um ex-funcionário do Executivo federal: uma reprimenda da administração pública, que fica marcada no currículo do profissional.

A aplicação de censura ética contra Camargo ocorre por prática de assédio moral, discriminação às religiões e lideranças de matriz africana, além de manifestação indevida em redes sociais. A comissão não divulgou mais detalhes sobre o processo. No caso do ex-dirigente da Caixa, as acusações dizem respeito a relatos de assédio sexual e moral de funcionárias do banco surgidas em julho. A Comissão de Ética também determinou abertura de apuração contra Filipe Martins por suposto gesto racista feito no Senado em maio de 2021.

Ele chegou a ser denunciado pela Procuradoria da República no Distrito Federal pelo crime de racismo, mas foi absolvido pela 12ª Vara Federal de Brasília — o juiz responsável não viu elementos suficientes para comprovar a acusação.

José Marques e Marianna Holanda / Folha de São Paulo

Agência de Vigilância aprova venda em farmácias de Paxlovid, remédio da Pfizer contra Covid

/ Saúde

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou nesta segunda-feira (21) a venda do Paxlovid em farmácias do país.

Segundo o G1, p Paxlovid consiste em dois medicamentos antivirais em conjunto: o nirmatrelvir e o ritonavir que atuam em conjunto bloqueando uma enzima que o vírus da Covid-19 precisa para se replicar no corpo.

De acordo com a agência, o medicamento poderá ser fornecido tanto para farmácias como para hospitais particulares do país. Nas farmácias, é necessário uma prescrição médica (receita). O Paxlovid, porém, estará com bula e rotulagem em português de Portugal e em espanhol.

Ainda segundo a orientação da Anvisa, o remédio deverá ser utilizado somente por adultos e é indicado para o tratamento da Covid naquelas pessoas que não requerem oxigênio suplementar e que apresentam risco aumentado de progressão para Covid grave.

Além disso, para que o tratamento seja efetivo, os dois comprimidos devem ser tomados juntos por via oral, duas vezes ao dia, durante 5 dias. A Anvisa afirma que aprovação da droga levou em consideração a venda do produto no mercado privado em outros países, com a aprovação de autoridades internacionais de referência, como Estados Unidos e Canadá.

A medida também considerou o cenário epidemiológico atual, com a circulação das novas subvariantes da Ômicron e o aumento de casos da doença no país. A diretora relatora da Anvisa, Meiruze Freitas, destacou porém que a vacinação continua sendo a melhor estratégia para evitar a infecção pela doença assim como hospitalizações e mortes, mas lembrou que a venda do medicamento no mercado privado irá aumentar a facilidade de acesso ao tratamento contra a doença.

”O diagnóstico precoce e o tratamento ambulatorial, quando necessário, são importantes para evitar a progressão da doença para casos graves”, disse.

Porto Seguro: Dois homens foram presos acusados de aplicar golpe de R$6 milhões em chinês, diz polícia

/ Polícia

Dois homens foram presos no município de Porto Seguro, na quinta-feira (17), acusados de aplicar um golpe de R$6 milhões em um cliente chinês que investiu em compra de soja. Segundo o g1, o produto nunca chegou e o mesmo fez a denúncia.

A Polícia Civil apreendeu notebooks, computadores, tablets, celulares, joias, documentos, dinheiro, armas e um carro. Além disso, os homens de 51 e 55 anos tiveram R$ 1 milhão bloqueados nas contas bancárias.

Conforme detalhou a polícia, os homens se passaram por sócios de uma empresa para um cliente chinês e acordaram a venda de toneladas de soja pelo preço de R$ 30 milhões. Após a vítima pagar os R$ 6 milhões, os suspeitos sumiram e a soja nunca foi entregue na China. O caso será investigado pela Polícia Civil, e deve ser concluído em 30 dias.

Preço da gasolina sobe pela sexta semana seguida, diz Agência Nacional do Petróleo

/ Economia

O preço da gasolina nos postos brasileiros subiu pela sexta semana consecutiva, segundo a pesquisa da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis). Na semana passada, o produto foi vendido, em média, a R$ 5,05 por litro.

É uma alta de 0,6% sobre o valor verificado na semana anterior. Desde o início da sequência de altas, pouco antes do segundo turno das eleições, o preço médio da gasolina no país subiu 5,4%, ou R$ 0,26 por litro.

A subida de preços reflete aumento nas cotações do etanol anidro, que é misturado à gasolina vendida nos postos. Desde o início de setembro, a Petrobras não mexe nos preços de venda de suas refinarias, que vinha sendo constantemente reduzido durante a campanha eleitoral.

A estatal passou semanas operando com defasagens em relação às cotações internacionais, mas os sinais foram invertidos na abertura do mercado desta segunda-feira, diante da queda das cotações internacionais do petróleo nos últimos dias.

Segundo a Abicom (Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis), o preço médio da gasolina nas refinarias brasileiras está 3% acima da paridade internacional, ou R$ 0,08 por litro.

Também impactado pelas cotações nas usinas, o preço médio do etanol hidratado vem ficando mais caro nas bombas: na semana passada, o preço médio do produto subiu 1,3%, para R$ 3,84 por litro. Foi a sétima semana consecutiva de alta.

Já o preço do diesel caiu 0,3%, de acordo com a pesquisa da ANP. Na semana passada, o litro do combustível foi vendido no país, em média, a R$ 6,57.

Sem mudanças nas refinarias desde meados de setembro, o preço médio do diesel nas refinarias brasileiras está 6%, ou R$ 0,28 por litro, abaixo da paridade de importação, segundo a Abicom.

O preço do gás de cozinha ainda não trouxe grande reflexo do corte de 5,3% promovido pela Petrobras em suas refinarias na semana passada. Segundo a ANP, o botijão de 13 quilos foi vendido no país, em média, a R$ 110,19 na semana passada, valor apenas 0,2% inferior ao verificado na semana anterior.

A queda menos intensa dos preços dos combustíveis levou o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) a voltar a subir em outubro, após três meses de queda. Puxado pelos alimentos, o indicador oficial de inflação do país teve alta de 0,59% no mês passado.

por Nicola Pamplona / Folha de São Paulo

PRF e Polícia Militar apreendem caminhão carregado de cigarros na BR-116, no trecho de Jequié

/ Trânsito

A Polícia Militar da Bahia (PMBA) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF), em ação conjunta, apreenderam na noite deste sábado (19), na BR 116 em Jequié, no Médio Rio de Contas, um caminhão carregado com 359.000 maços de cigarros.

De acordo com a PRF, agentes do posto fiscal da SEFAZ-BA de Vitória da Conquista informaram que o condutor de um caminhão emplacado no Rio de Janeiro havia evadido o posto de fiscalização sem efetuar os trâmites administrativos relativos ao pagamento de tributos, sendo necessário que equipes da PRF e PMBA montassem pontos de bloqueio na rodovia.

Ainda segundo a Polícia Rodoviária Federal, o motorista de 31 anos disse que a documentação da carga estava legal e por isso recebeu autorização do seu advogado para continuar a viagem.

O caminhão e a carga foram recolhidos ao pátio da PRF e estão à disposição da Secretaria de Fazenda Estadual (SEFAZ/BA) para os procedimentos administrativos e apuração das irregularidades e inconsistências tributárias, o que incluí pagamento do imposto sonegado e multas.

Levantamento da Fiocruz confirma aumento dos casos de Covid-19 no país, principalmente entre

/ Saúde

O boletim InfoGripe, divulgado nesta sexta-feira (18) pela Fiocruz, reforça o crescimento dos casos de Covid-19 no país, principalmente entre adultos.

De 16 de outubro a 12 de novembro, entre os casos com resultado laboratorial positivo para algum vírus respiratório, 10,3% foram de Influenza A, 0,3% de Influenza B, 24,2% de vírus sincicial respiratório e 47% de SARS-CoV-2, o vírus responsável pela Covid-19.

Nos óbitos, no mesmo período, os testes indicaram a presença de Influenza A (4,1%), vírus sincicial respiratório (1,4%) e majoritariamente de SARS-CoV-2 (83,6%).

Para efeito de comparação, entre 18 de setembro e 15 de outubro, a prevalência do SARS-CoV-2 nos exames era de 30,2% e, nos óbitos, de 79,5%. Desde o início da pandemia, 688.886 pessoas morreram no país em decorrência do coronavírus.

Em relação aos estados, o levantamento aponta sinal de aumento de casos de Covid-19 entre a população adulta nos estados do Amazonas, Paraíba, Rio de Janeiro e São Paulo.

Bahia, Pará, Pernambuco e Santa Catarina também apresentam indícios de que podem estar iniciando o processo de ampliação de casos positivos da doença.

O documento mostra ainda que, quando consideradas as 118 macrorregiões de saúde, 38 têm nível alto de casos de síndrome respiratória aguda grave, o equivalente ao registro de 1 a 5 ocorrências a cada 100 mil habitantes na última semana.

A região do Pantanal, em Mato Grosso do Sul, é a única que aparece com níveis de casos semanais muito alto, ou seja, de 5 a 10 novas ocorrências. Nas últimas 30 semanas, a localidade apareceu 22 vezes nesse patamar.

Nos últimos dias, duas novas sublinhagens da variante ômicron do coronavírus foram identificadas pela primeira vez no Brasil. As duas cepas, já conhecidas no resto do mundo, foram encontradas em amostras da capital e do interior do estado de São Paulo.

E, no último sábado (12), a Fiocruz divulgou a identificação de uma nova subvariante no Amazonas, a BE.9. Ela teve origem a partir da sublinhagem BA.5.3.2 da ômicron e foi responsável pelo aumento de casos no estado de setembro a outubro.

Essas subvariantes possuem mutações que podem estar associadas ao maior escape imunológico, porém são necessários mais testes para compreender esse processo frente às vacinas e se as sublinhagens são mais agressivas.

Folha de S. Paulo

Adolfo convoca sessão extraordinária para a terça-feira (22) para apreciar LDO e projetos do Executivo

/ Bahia

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), deputado Adolfo Menezes (PSD), convocou uma sessão extraordinária para a próxima terça-feira (22), às 15h, com o objetivo de apreciar cinco proposições que constam na ordem do dia. O ato convocatório foi publicado na edição do Diário Oficial do Legislativo nesta sexta-feira (18). A sessão será realizada no formato misto (presencial e virtual).

Dentre as propostas que constam na pauta, quatro são oriundas do Poder Executivo. O Projeto de Lei nº 24.548/2022 dispõe sobre as diretrizes orçamentárias para o exercício de 2023. O texto prevê receitas do governo de R$ 66,53 bilhões para o próximo ano, superior em 25,9% às do ano em curso, de R$ 52,8 bilhões. O PL nº 24.562/2022 trata da revisão da pensão destinada aos policiais militares e estabelece regras para concessão do benefício para viúvas e filhos dos servidores.

No Projeto nº 24.649/2022, o governo baiano pede autorização do Parlamento para contratar operação de crédito interno junto à Caixa Econômica Federal até o montante de R$ 100 milhões. Os recursos, conforme prevê a matéria, vão viabilizar investimentos em infraestrutura urbana e implantação do Sistema Viário de Acesso à nova Rodoviária de Salvador, localizada no bairro de Águas Claras.

O PL nº 24.650/2022, por sua vez, dispõe sobre a criação e manutenção de polos de apoio presencial do Sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB). O modelo educacional foi criado com objetivo de promover, consolidar e expandir políticas de educação a distância voltadas para a formação inicial e continuada dos professores e demais profissionais da educação básica.

Por último, na pauta de votação consta o Ofício nº 2.554/2020, enviado pelo Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia (TCM-BA) e que trata da prestação de contas e do relatório anual de atividades do órgão em 2019.

Ibovespa opera em queda com mercado à espera das definições sobre PEC da Transição

/ Economia

O principal índice da bolsa de valores (B3) abriu a sessão desta quarta-feira (16) com leve alta, mas reverteu os ganhos e recuou. Às 11h45, o Ibovespa operava com queda de 1,33%, aos 111.645 pontos. No mesmo horário, o dólar também caía 0,35%, aos R$ 5,3117.

Entre as maiores altas, as ações da Embraer, com ganhos de 5,18%, seguida da Estacio Part, em alta de 1,84% e da CSN Mineração, subindo 1,59%.

Do outro lado, os papéis das Americanas caem 5,98%, seguida da Hapvida, em queda de 5,78% e da Minerva, com perdas de 5,57%.

No pregão desta quarta, o mercado brasileiro segue atento ao cenário político, à espera das definições sobre PEC da Transição e custos fiscais.

No exterior, as bolsa em Wall Street operam no terreno negativo. O  Dow Jones tem leve queda de 0,10%, já o S&P 500 recua 0,57%, enquanto o Nasdaq cai 1,19%.

 

Ícone do vôlei brasileiro, Isabel Salgado morre aos 62 anos em São Paulo; estava internada no hospital Sírio-Libanês

/ Esporte

Isabel Salgado morreu nesta quarta aos 62 anos. Foto: Reprodução

A ex-jogadora da seleção brasileira de vôlei, Isabel Salgado morreu nesta quarta-feira (16) aos 62 anos, em São Paulo. Umas das principais referências do Brasil na modalidade, ela estava internada no hospital Sírio-Libanês. A causa da morte não foi divulgada. A ex-atleta deixa cinco filhos e cinco netos. Na última segunda (14), ela havia sido anunciada para integrar o grupo técnico de esportes para a transição de governo do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva, cujo mandato começa em janeiro.

Isabel fez parte da seleção feminina nos anos de 1980, ao lado de Vera Mossa e Jaqueline. Ela disputou os Jogos Olímpicos de Moscou em 1980 e de Los Angeles em 1984, mas não conquistou nenhuma medalha. Ainda na quadra, ela conquistou medalha de bronze nos Jogos Pan-Americanos de 1979, em San Juan, Porto Rico. E foi a primeira brasileira a atuar numa liga estrangeira, quando jogou pelo Modena, da Itália, em 1980.

Outro pioneirismo de Isabel foi a migração para o vôlei de praia em 1990. Seis anos depois, a modalidade passou a integrar o programa olímpico em Atlanta. A ex-jogadora disputou etapas do Circuito Mundial e brasileiro entre 1993 e 2001, tendo como parceiras ao longo desse período Roseli, Jerusa, Tatiana Minello e Jaqueline.

Três dos filhos de Isabel seguiram carreira no vôlei de praia. Pedro Solberg, disputou as Olimpíadas da Rio-2016. Além de Maria Clara e Carol Solberg, esta última foi medalhista olímpica ao lado de Bárbara Seixas e está entre as melhores do mundo na atualidade. Com informações do site Bahia Notícias

 

Senado quer votar ainda neste ano o projeto que libera jogo do bicho, cassino e bingo no País

/ Brasília

Texto deve ser relatado por Alcolumbre. Foto: Edilson Rodrigues

O Senado quer votar ainda neste ano o projeto que libera jogo do bicho, cassino e bingo no país. A medida enfrenta forte oposição de evangélicos no Congresso, mas é visto como uma saída para aumentar a arrecadação do governo. A informação é do jornal Folha de S.Paulo.

O projeto foi aprovado na Câmara em fevereiro deste ano e, desde então, estava na gaveta do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD). A expectativa é que, no Senado, o texto seja relatado pelo ex-presidente da Casa Davi Alcolumbre (União).

Senadores avaliam que a votação ainda neste ano é uma forma de manter um eventual desgaste sobre o tema circunscrito ao governo de Jair Bolsonaro (PL).

Jequié: Homem sofre tentativa de homicídio com tiro no pescoço, nas proximidades da Rodoviária

/ Jequié

Crime ocorreu nas proximidades da Rodoviária. Foto: WhatsApp

O Centro Integrado de Comunicações (Cicom) informou que foi acionado por volta das 22h desta quarta-feira (15), Feriado da Proclamação da República após uma tentativa de homicídio nas proximidades do Terminal Rodoviário de Jequié, onde houve tumulto e correria por parte das pessoas que trabalhavam e outras que aguardavam ônibus no local.

Uma guarnição da Polícia Militar foi encaminhada ao local, constatando a veracidade da informação e acionando uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência para levar a vítima ao Hospital Geral Prado Valadares, onde permanece internado.  

Conforme o registro policial, o homem de identidade não revelada teria sido atingido com disparo de arma de fogo no pescoço e ainda não há informações sobre autoria e motivação, que deverão ser investigadas pela Delegacia Territorial de Jequié.

Veículos sofrem saques após acidentes em trechos da BR-101 de Laje e Conceição do Almeida

/ Trânsito

Um caminhão tombou em Laje, no Vale. Foto: Blog do Valente

Dois saques de veículos acidentados foram registrados nesta terça-feira (15) em trechos da BR-101 de Laje, no Vale do Jiquiriçá, e Conceição do Almeida, no Recôncavo. O primeiro caso ocorreu após um veículo com seis pessoas capotar perto de Conceição do Almeida.

Segundo informações do Blog do Valente, parceiro do Bahia Notícias, três homens que passavam pelo local teriam saqueado o veículo, levando pneu e caixa de som enquanto as vítimas eram atendidas pelo Samu. Não se sabe o estado de saúde dos ocupantes do carro nem se precisaram ser encaminhados para uma unidade de saúde.

Já pela tarde, um caminhão teve a carga saqueada depois de tombar próximo ao Entroncamento de Laje por volta das 17h30. Imagens obtidas pelo site mostram moradores saqueando a mercadoria do caminhão, aparentemente frutas e legumes. Apesar do acidente, o motorista do caminhão passa bem.

Saques de carga são configurados como crimes, previsto no artigo 169 do Código Penal brasileiro, com detenção de um mês a um ano de prisão.

Morre músico de Edson Gomes que teve parada cardíaca em cima do palco, antes do início de show

/ Entretenimento

O guitarrista Antônio Ramos de Oliveira, 64 anos. Foto: Rede social

Morreu na terça-feira (15) o guitarrista Antônio Ramos de Oliveira, 64 anos, músico da banda do cantor Edson Gomes, que teve uma parada cardíaca em cima do palco, antes do início de um show em João Pessoa, no dia 24 de setembro. A informação foi confirmada pelo artista na madrugada desta quarta (16).

Após a primeira parada cardíaca, Antônio Ramos, que era conhecido como Tony, teve outras duas paradas cardíacas quando estava internado em estado grave no Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, na Paraíba.

Uma nota publicada nas redes sociais do cantor Edson Gomes informou que Tony era um dos integrantes com mais tempo de banda. O sepultamento do corpo do guitarrista vai acontecer na tarde de quinta-feira (17), no Cemitério Bosque da Paz, em Salvador

Assalto após show

Após a parada cardíaca do músico, Edson Gomes seguiu com o show em João Pessoa e cumpriu agenda em Campina Grande, no Jardins Club. Na saída da apresentação, quatro homens armados abordaram a equipe e anunciaram o assalto.

Foi levada uma quantia em dinheiro, conforme informações da Polícia Militar. Não foi informado o valor exato saqueado pelos assaltantes. Os shows fizeram parte da turnê de comemoração aos 50 anos de carreira do artista.

O show de João Pessoa, que aconteceu no Clube Cabo Branco, foi o primeiro da noite. Quando a banda estava preparada para começar, o guitarrista teve a primeira parada cardíaca em cima do palco. Pessoas que estavam na plateia ajudaram no socorro até a chegada do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

O músico foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Oceania e transferido ainda na tarde do dia 25 de setembro para o hospital. As informações são do G1

Equipe de transição de Luiz Inácio Lula tem apenas 40% de mulheres, aponta coluna

/ Brasil

Dos integrantes anunciados até o momento para a equipe de transição ao governo do presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), 51 são mulheres. Este número corresponde a quase 40% dos nomes anunciados. A informação é da coluna Radar, da revista Veja.

Os grupos técnicos de Economia e de Indústria, Comércio e Serviços têm apenas homens. Já o das Mulheres é a única equipe exclusivamente feminina. Os de Educação e de Cultura, por exemplo, têm paridade de gênero.

Segundo a publicação, a proporção é mais desequilibrada no Conselho Político da transição, que tem 15 integrantes representando 14 partidos. Apesar de ser comandado pela presidente nacional do PT, a deputada federal Gleisi Hoffmann, o grupo tem apenas três mulheres (20% do total). Na primeira reunião do conselho, na quinta-feira passada, a própria Gleisi reconheceu a disparidade.

”Somos poucas mulheres aqui por enquanto, mas valentes. Sei que o pessoal tem cobrado participação mais efetiva das mulheres no processo político e a gente tem lutado muito para que isso aconteça. Eu tenho certeza que vamos conseguir aumentar aí a presença das mulheres nesse processo todo”, declarou a petista, ladeada pela vice-governadora de Pernambuco e presidente nacional do PCdoB, Luciana Santos, e pela senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA).

Dos cinco cargos de coordenação do gabinete de transição, dois são ocupados por mulheres: Gleisi e a futura primeira-dama, Janja da Silva, responsável pela organização da posse do marido, no dia 1º de janeiro.

O coordenador da transição, o vice-presidente eleito, Geraldo Alckmin, começou a nomear os integrantes dos grupos técnicos na terça-feira passada e fez o último anúncio nesta segunda, quando apresentou 61 novos membros. A maior parte dos integrantes do grupo vai atuar de forma voluntária. Apenas 50 serão nomeados a cargos comissionados com salários entre 2.000 reais e 17.000 reais. O gabinete de transição pretende indicar nesta quarta mais integrantes de grupos técnicos.

Abaixo as mulheres que integram a transição e os grupos técnicos que integram:

Gleisi Hoffmann – Coordenação de Articulação Política e Conselho Político
Janja da Silva – Coordenação de Organização da Posse
Luciana Santos – Conselho Político
Eliziane Gama – Conselho Político
Simone Tebet – Desenvolvimento Social e Combate à Fome
Márcia Lopes – Desenvolvimento Social e Combate à Fome
Tereza Campello – Desenvolvimento Social e Combate à Fome
Bela Gil – Desenvolvimento Social e Combate à Fome
Alessandra Orofino – Comunicações
Maria do Rosário – Direitos Humanos
Maria Victoria Benevides – Direitos Humanos
Margarida Quadros – Direitos Humanos
Janaína Barbosa de Oliveira – Direitos Humanos
Maria Luiza Moura Oliveira – Direitos Humanos, subgrupo Infância
Isabela Henriques – Direitos Humanos, subgrupo Infância
Nina Lino Gomes – Igualdade Racial
Givânia Maria Silva – Igualdade Racial
Iêda Leal – Igualdade Racial
Preta Ferreira – Igualdade Racial
Tatiana Conceição Valente – Indústria, Comércio e Serviços, subgrupo Micro e pequenas empresas
Arielle Franco – Mulheres
Roseli Faria – Mulheres
Roberta Eugênio – Mulheres
Maria Helena Guarezi – Mulheres
Eleonora Menicucci – Mulheres
Aparecida Gonçalves – Mulheres
Esther Duek – Planejamento, Orçamento e Gestão
Andressa Pellanda – Educação
Macaé Evaristo – Educação
Maria Alice (Neca) Setúbal – Educação
Priscila Cruz – Educação
Rosa Neide – Educação
Teresa Leitão – Educação
Ana Moser – Esporte
Isabel Salgado – Esporte
Marta Sobral – Esporte
Nádia Campeão – Esporte
Verônica Silva Hipólito – Esporte
Miriam Belchior – Esporte
Fernanda Batista – Esporte
Bruna Chaves – Juventude
Kelly dos Santos Araújo – Juventude
Nádia Beatriz Martins Garcia Pereira – Juventude
Sabrina Santos – Juventude
Ermínia Maricato – Cidades
Evaniza Lopes Rodrigues – Cidades
Maria Fernanda Ramos Coelho – Cidades
Inês Magalhães – Cidades
Áurea Carolina – Cultura
Lucélia Santos – Cultura
Margareth Menezes – Cultura