Itaquara: Articulação do prefeito vira o jogo e vereador aliado é eleito presidente da Câmara

/ Itaquara

Prefeito [blusa branca] e o presidente eleito Rogério. Foto: Rede social

O prefeito de Itaquara, Marco Aurélio Costa (PSB), apesar de jovem, 25 anos, demonstrou potencial de diálogo e articulação política ao emplacar, na quarta-feira (12), um vereador aliado para o Comando da Câmara Municipal a partir do Biênio 2019/2020. A avaliação, no entanto, é de que Marco entrou em campo aos 45 do 2º tempo, virando o jogo, após diálogo com integrantes da sua base e até opositores, conseguindo o apoio de um dos críticos do seu governo, o vereador Lúcio de Apolônio (PROS), que abandonou o grupo da oposição e agora integra a base governista na Casa Legislativa, eleito vice-presidente. Além disso, o prefeito ainda acalmou os ânimos do vereador Fabiano Santos (PP), conhecido como Binho Locutor, que estaria integrando a Mesa-Diretora na condição de vice do atual presidente e líder da oposição, Aguinaldo Silva (PPS), que decidiu não disputar à reeleição após articulação do chefe do Executivo e ainda votou no presidente eleito, Rogério Rodrigues (PSL), o Geo de Ricaço, que obteve 7 dos 9 votos no processo de escolha. Na rede social, Marco comentou a eleição e falou em parceria entre os poderes. ”Tenho certeza que nosso poder legislativo não fugirá da responsabilidade de trabalhar pelo bem de todos os cidadãos de Itaquara. Estou certo que a parceria da Câmara com a prefeitura será ainda maior e com isso avançaremos muito mais”, disse o gestor.

Jequié: Câmara aprova LOA de 2019 no valor estimado de R$ 490 milhões e entra em recesso

/ Jequié

Câmara de Jequié entra em recesso. Foto: Blog Marcos Frahm

Foi aprovado em Sessão Extraordinária da Câmara de Vereadores de Jequié, nesta quinta-feira (13), por unanimidade, o Projeto de Lei 38/2018, de autoria do Executivo Municipal, que estima a receita e fixa a despesa do município de Jequié para o Orçamento Geral do Município de Jequié de 2019, no montante de R$ 490.514.000,00 (quatrocentos e noventa milhões, quinhentos e quatorze mil reais) e fixa a despesa em igual valor, nos termos da Lei Orgânica Municipal e do § 5º art. 165 da CF/1988. O Orçamento Fiscal, referente aos poderes Legislativo e Executivo, seus fundos, órgãos e entidades da administração direta e Indireta instituída e mantida pelo Poder Público Municipal totaliza R$ 310.115.000,00 (trezentos e dez milhões cento e quinze mil reais) e, o Orçamento da Seguridade Social, abrangendo os fundos, os órgãos e as entidades da administração direta e Indireta instituída e mantida pelo Poder Público Municipal, cujas ações sejam relativas à Saúde, à Previdência Social e à Assistência Social totaliza R$ 180.399.000,00 (cento e oitenta milhões trezentos e noventa e nove mil reais). A votação da Lei Orçamentária Anual – LOA 2018 – marca o encerramento das atividades parlamentares da Câmara Municipal de Jequié no presente exercício. A próxima sessão está marcada para o dia 02 de janeiro, quando ocorrerá a solenidade de posse dos membros da Mesa Diretora para o mandato 2019/2020 composta por: Emanuel Campos Silva – Tinho (presidente), Gilvan Souza Santana (vice-presidente), Dorival Gerônimo de Oliveira Jr. (1º secretário), Joselane Ferreira da Silva (2ª secretária) e José Augusto Aguiar Filho (3º secretário). Também será empossado Reges Pereira da Silva como Corregedor. O início das sessões legislativas, com a Leitura da Mensagem Anual do Prefeito será no dia 19 de fevereiro.

Ministério da Educaão lança Base Comum de Formação de Professores da Educação Básica

/ Educação

A formação de professores deverá ser mais voltada para a prática e orientada por competências, conforme propostas incluídas na Base Nacional Comum da Formação de Professores da Educação Básica, apresentada hoje (13) pelo Ministério da Educação (MEC). A base deverá orientar a formação de professores em licenciaturas e cursos de pedagogia em todas as faculdades, universidades e instituições públicas e particulares de ensino do país. O documento inclui ainda propostas para ingresso na carreira docente; o estágio probatório; a formação continuada e a progressão ao longo da carreira. De acordo com a base, desde o primeiro semestre, os futuros professores deverão ter atividades práticas em uma escola pelo menos uma vez por semana. Cada faculdade ou instituição de ensino deverá ser associada a uma ou mais escolas de educação básica. O modelo é inspirado na residência médica e na de outros profissionais da saúde. A residência pedagógica inclui supervisão por um professor do curso superior de formação e apoio permanente de profissionais experientes da escola ou do ambiente de aprendizagem no qual se realiza a residência. Além de atividades práticas, os residentes terão que observar, analisar e propor intervenções na escola. A residência deverá ainda ser regulamentada por normas próprias.

Competências

A base sugere também que o aprendizado dos professores seja orientado por competências. Segundo o MEC, uma competência é um conjunto de domínios. ”Não basta que o professor tenha o saber conceitual ou a capacidade transmissiva, ele precisa desenvolver o domínio relacional, a habilidade de conviver na diversidade das situações de sala de aula e estar comprometido com o seu fazer profissional”, diz o texto. Os futuros professores deverão ser formados com base em 10 competências gerais, entre as quais, ”compreender e utilizar conhecimento historicamente construídos para poder ensinar a realidade com engajamento na aprendizagem do aluno e na sua própria aprendizagem, colaborando para a construção de uma sociedade mais justa, democrática e inclusiva” e ”pesquisar, investigar, refletir, realizar análise crítica, usar a criatividade e soluções tecnológicas para selecionar, organizar com clareza e planejar práticas pedagógicas desafiadoras, coerentes e significativas”. Além das competências gerais, o documento menciona quatro competências específicas para serem desenvolvidas em cada uma das seguintes imensões: conhecimento profissional, prática profissional e engajamento profissional.

Estágio probatório

Pela Base Nacional Comum da Formação de Professores da Educação Básica, depois de entrar nas escolas, os professores novatos deverão ser acompanhados pelos mais experientes, que terão papel de mentores, orientando e auxiliando os novatos.
Para sair do estágio probatório, o professor terá que demonstrar domínio de determinadas habilidades e de competências previstas na base. Ele deverá apresentar um portfólio e ser avaliado pelo mentor e pela equipe gestora da escola. Outra proposta é que os professores continuem aprendendo mesmo após deixar a faculdade. Essa formação ocorrerá em três planos: nas redes escolares, onde os gestores deverão organizar cursos e planejar atividades de formação; no âmbito externo, com a participação em eventos educacionais, em cursos e em pós-graduações; e dentro das próprias escolas, que deverão organizar ações formativas com os professores.

Plano de carreira

A sugestão do MEC é que os professores progridam na carreira de acordo com o desenvolvimento de determinadas competências e habilidades. Haverá quatro níveis de proficiência: inicial, para o formado na graduação; probatório, para os novatos; altamente eficiente, para quem está em nível avançado na carreira e deverá demonstrar habilidades complexas; e o líder, que estará no nível mais alto e terá responsabilidades e compromissos mais amplos. De acordo com o ministério, a proposta para plano de carreira e formação continuada deverá ser discutida com as entidades representativas dos estados e municípios. Em um país de dimensões continentais, ”é estruturante ter uma coordenação nacional para estabelecer calibradores de qualidade e acompanhamento das ações nos diferentes níveis de governo”, acrescenta o MEC. A intenção é oferecer instrumento de gestão ”que vai além de cargos e salários”.

Mudanças no Enade

A base traz sugestões de modificação do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) para que seja anual e sirva como habilitação à docência. O Enade avalia os estudantes de graduação ao final da formação. Atualmente o exame é aplicado para grupos diferentes de cursos a cada ano, e um mesmo curso é avaliado a cada três anos. A proposta é que todos aqueles que estejam concluindo licenciaturas façam obrigatoriamente o exame. Segundo a base, os estudantes de licenciatura poderiam fazer o exame ainda durante a graduação ou depois dela e, caso aprovados, poderiam se habilitar para serem professores. Pela proposta do MEC, o exame poderia servir ainda como parte do ingresso em concursos públicos. A pasta pondera que a proposta ainda precisa de discussão e regulamentação. O documento sugere ainda que seja criado um instituto nacional de acreditação e formação de profissionais da educação que concentre todas as ações, hoje em vários setores do MEC, como acreditação de cursos de formação inicial, formulação de políticas de formação, avaliação e monitoramento.

Próximos passos

A Base Nacional Comum da Formação de Professores da Educação Básica será encaminhada ao Conselho Nacional de Educação (CNE) e passará por discussão antes de ser aprovada. Depois, terá que ser homologada pelo MEC para que passe a ter vigência. A partir do documento, as instituições de ensino terão que elaborar os próprios currículos e formar os professores que serão responsáveis por formar os futuros docentes.

Histórico

A Base Nacional Comum da Formação de Professores da Educação Básica faz parte de uma série de mudanças que deverão ocorrer desde o ensino infantil até o ensino médio do Brasil. No fim do ano passado, o MEC homologou a Base Nacional Comum Curricular do ensino infantil e fundamental. O documento estabelece o mínimo que deve ser ensinado em todas as escolas do país, públicas e particulares. No início deste mês, o Conselho Nacional de Educação (CNE) aprovou a Base Nacional Comum Curricular do ensino médio, que deve ser homologada nos próximos dias pelo MEC. [LINK: De acordo com o MEC, a base para a formação dos professores pretende adequar o que é ensinado nas universidades ao que os novos docentes deverão aplicar nas salas de aula. A nova base deverá conversar com resolução aprovada também pelo CNE e homologada pelo MEC em 2015. Entre outras coisas, a resolução estabelece que a formação dos professores será mais longa e mais voltada à prática em sala de aula. Da Agência Brasil

Vereador de Campo Formoso, acusado de ”homicídio”, é eleito para presidência da Câmara

/ Política

Vereador teria matado um homem em 2016. Foto: Reprodução

O vereador da cidade de Campo Formoso, no norte da Bahia, José Alberto Carvalho Pereira, conhecido como ”Zé Lambão” (PSD), foi eleito para a presidência da Câmara de Vereadores na terça-feira (11). Em 2016, o vereador foi acusado de homicídio qualificado, após ser preso em flagrante na cidade de Senhor do Bonfim, sob suspeita de ter matado um homem durante uma discussão em um bar de Campo formoso. Segundo o G1, o crime aconteceu porque a vítima fez uma cobrança eleitoral ao candidato. O vereador teria prometido levar água encanada a uma comunidade caso fosse eleito. Depois da discussão, Zé Lambão teria saído, retornado ao bar portando uma arma e teria efetuado vários disparos. A vítima não resistiu e morreu no local. Em outubro deste ano, a defesa do vereador entrou com recurso alegando legítima defesa. A 2ª Turma da Segunda Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia decidiu por unanimidade a negação do recurso e o caso será levado a júri popular.

Governo do Estado propõe diminuir valor de gratificações para professores em projeto de lei

/ Educação

Medida atinge a pasta de Pinheiro, Educação. Foto: Secom

O governador Rui Costa encaminhou à Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) um projeto que diminui as gratificações pagas a professores que tenham realizado cursos de pós-graduação, mestrado e doutorado. Disciplinada no Estatuto do Magistério Público da Bahia, de 2002, a Gratificação de Estímulo ao Aperfeiçoamento Profissional passa a se chamar Gratificação de Estímulo ao Aperfeiçoamento Profissional e à Melhoria do Ensino, conforme o texto enviado, e terá valores modificados. Além disso, o governo endurece os critérios para o pagamento do benefício, ao promover alterações no texto da lei. O projeto teve a urgência aprovada nesta quarta-feira (12), em meio à apreciação do pacote de austeridade, foi encaminhado para a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia e deve ser votado em plenário nos próximos dias. Para os profissionais com doutorado, o percentual passa de 25% para 20%. No caso dos docentes mestres, o índice será reduzido de 20% para 15%. Já os portadores de certificado de curso com duração a partir de 360 horas passarão a receber uma gratificação de 10%, e não os atuais 15%. O projeto também acaba com o pagamento de outros dois níveis de gratificações, para os professores com certificado de curso com duração inferior a 360 horas. Para ter direito a receber os valores extra, só serão aceitos cursos de instituições reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC), não mais aquelas ”validadas pela Secretaria da Educação do Estado da Bahia”. A pasta também passa a ser responsável, conforme a nova redação, por verificar ”a existência de correlação entre o curso e a respectiva área de atuação” do profissional.

Polícia do Rio de Janeiro intercepta plano para executar Marcelo Freixo neste sábado

/ Política

Agenda do político foi cancelada no Rio. Foto: Reprodução

Dois comerciantes e um policial militar foram citados em um relatório da Polícia Civil do  Rio de Janeiro como suspeitos de envolvimento em um novo plano para executar o deputado estadual Marcelo Freixo (PSOL). O crime estava planejado para o próximo sábado, em Campo Grande. A informação foi divulgada pelo site do jornal O Globo. Os suspeitos são ligados a um grupo de milicianos da Zona Oeste, também investigado pelo assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL) e o motorista Anderson Gomes. Na agenda programada para Campo Grande, Freixo encontraria com militantes e professores da rede particular de ensino, no sindicato da categoria. No entanto, ao saber do plano de execução, ele preferiu cancelar o compromisso. ”Há um grau de veracidade na ameaça. Eu tinha realmente um compromisso público no próximo sábado em Campo Grande, que obviamente vou cancelar. Mas o que chama a atenção, é que os milicianos continuam soltos, ameaçando e matando”, disse o deputado.

Para 75% dos brasileiros, Bolsonaro está no caminho certo, aponta pesquisa CNI/Ibope

/ Política

Brasileiros apostam no Governo Bolsonaro. Foto: Agência Brasil

Uma pesquisa CNI-Ibope divulgada nesta quinta-feira (13) mostra que 75% dos brasileiros – três em cada quatro – acreditam que o presidente eleito, Jair Bolsonaro, e sua equipe estão no caminho certo em relação às decisões tomadas até o momento. De acordo com o estudo, 14% acham que Bolsonaro está no caminho errado e 11% não sabem ou não responderam à pergunta. De acordo com os números, quanto maior a renda familiar, maior o percentual dos que acreditam que o presidente eleito está no caminho certo. O índice é de 70% entre aqueles com renda familiar de até um salário mínimo e chega a 82% entre os que têm renda familiar superior a cinco salários mínimos. Entre os ouvidos, 64% têm expectativa de que o governo Bolsonaro será ótimo ou bom. Para 41% e 40% dos entrevistados, respectivamente, melhorar os serviços de saúde e promover geração de empregos devem ser as prioridades do governo para 2019. Em seguida, aparecem combater a corrupção e combater a violência e a criminalidade, ambos com 36%, e melhorar a qualidade da educação, apontada por 33%. O levantamento mostra que dois em cada três brasileiros acreditam que a situação econômica do país vai melhorar em 2019, enquanto parcela similar espera que a própria vida vai melhorar ou melhorar muito no próximo ano. Cerca de quatro em cada dez brasileiros (43%) acreditam que a segurança pública está entre os principais problemas que vão melhorar no primeiro ano de governo do presidente eleito. Em seguida, aparecem a corrupção (37%) e o desemprego (36%).

Fim do mistério na Câmara de Jaguaquara; governistas vão disputar à presidência no dia 20

/ Jaguaquara

Raimundo e Cristiane irão ao bate-chapa. Foto: Blog Marcos Frahm

Fim do mistério que cercava a eleição para escolha do próximo presidente da Câmara Municipal de Jaguaquara. Depois de um longo período de silencio absoluto e incertezas quanto ao nome a ser escolhido, ficou acertado que não haverá referendo no dia (20) de dezembro, às 10 horas – data da eleição. Sem consenso, ficou acertado que haverá disputa entre dois governistas: Raimundo Louzado (PR) e Cristiane Pinheiro (PP). A escolha entre um ou outro não trará nenhum embaraço as pretensões do prefeito Giuliano Martinelli (PP) de manter o grupo governista unido. Contudo, embora tenta manter neutralidade no processo, há quem diga que, Martinelli, prefere um nome do que outro, entre ambos. Além de ligados ao prefeito, os pré-candidatos são amigos e prometem uma disputa civilizada. Na sessão desta quarta-feira (12),  Raimundo Louzado foi à tribuna, em ritmo de campanha, tendo relembrado seus feitos no período que presidiu a Câmara e pediu apoio dos colegas. Cristiane, por sua vez, foi mais comedida, sequer declarou sua candidatura, mas, nos corredores, já pede voto, conforme alguns parlamentares confidenciaram ao Blog Marcos Frahm. Ela que está no seu primeiro mandato, já foi secretária municipal, é prima do prefeito e, assim como Raimundo, tem trânsito livre e boa relação com os pares. A postulação de Louzado foi posta faz tempo, diferente da de Cristiane, que surge após o nome de Nildo Pirôpo (PSB), que seria o preferido de Martinelli, não ter avançado.  Atualmente, a Câmara de Jaguaquara, com 13 governistas e 2 oposicionistas tem como presidente o vereador Élio Boa Sorte Fernandes (PP), também aliadíssimo do chefe do Executivo e que se manterá no cargo até (31) de dezembro.

Câmara de Jequié aprova, em votação definitiva, projetos dos R$ 90 milhões da Prefeitura

/ Jequié

Câmara aprova projetos por 12 votos a 6. Foto: Blog Marcos Frahm

A Câmara de Jequié aprovou, durante sessão na noite desta quarta-feira (12), em votação definitiva, os projetos de Lei encaminhados pelo prefeito Sérgio da Gameleira (PSB), solicitando autorização do Poder Legislativo para contrair empréstimos no valor total de R$ 90 milhões para a execução de obras na área de infraestrutura. Com todos os 19 vereadores representantes da atual Legislatura presentes na sessão ordinária, a votação não trouxe nenhuma mudança em relação ao resultado da sessão anterior, quando foram aprovados os pareces sobre as propostas. Foram mantidos os 12 votos favoráveis e 6 contrários para ambas as propostas colocadas em votação. O presidente da sessão não vota nesse caso. Votaram favoráveis: Adriano Guião, Beto de Lalá, Ivan do Leite, Gutinha, Guina, Marcinho, José Simões, Pastoleiro, Ramon Fernandes, Eliezer Fiim, Dorival Jr. e Roque Silva. Votos contrários: Admilson Careca, Laninha, Soldado Gilvan, Joaquim Caíres, Colorido e Reges Silva. As galerias da Casa estiveram lotadas durante a votação, inclusive com a presença de representantes da gestão pública municipal, dentre eles secretários municipais. Os edis votaram sob vaias e aplausos. No documento, o prefeito esclarece a necessidade de novas obras e revela que os recursos serão utilizados com pavimentação de 350 vias públicas de Jequié.

Ninguém acertou as dezenas: Mega-Sena acumula e pagará R$ 42 milhões no próximo sorteio

/ Esporte

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2106 da Mega-Sena, sorteado na noite desta quarta-feira (12) na cidade de Criciúma, em Santa Catarina. O prêmio, que era de R$ 36 milhões, acumulou e agora pode pagar R$ 42 milhões no próximo sorteio, no sábado (15). Segundo a Caixa Econômica Federal, 82 apostas acertaram a quina e levarão R$ 35.639,55 cada uma. Já a quadra teve 5610 apostas ganhadoras, que receberão R$ 744,19 cada uma. A arrecadação total é de mais de R$ 50 milhões. Quem pretende levar os R$ 42 milhões no próximo concurso pode fazer as apostas até as 19h (de Brasília) do dia do próximo sorteio em qualquer lotérica do País. A aposta mínima, de 6 números, custa R$ 3,50. Quanto mais números marcar, maior o preço da aposta e maiores as chances de faturar o prêmio mais cobiçado do Brasil.

Câmara dos Deputados aprova projeto de Antonio Brito que institui o Dia Nacional da Filantropia

/ Brasília

Brito emplaca mais um projeto na Câmara. Foto: Divulgação

Foi aprovado, na manhã desta quarta-feira (12), na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC), o Projeto de Lei nº 8.697/2017, de autoria do deputado federal Antonio Brito (PSD/BA), que institui o dia 20 de outubro como o Dia Nacional da Filantropia. De acordo com o parlamentar, ”o estabelecimento desta data visa valorizar e difundir na sociedade o espírito de amor ao próximo, essência das instituições filantrópicas, além de fortalecer o importante trabalho destas entidades em todo o País, que prestam assistência gratuita a milhões de pessoas nas áreas da saúde, educação e assistência social, substituindo, muitas vezes, o papel do Poder Público”. Segundo o Fórum Nacional das Instituições Filantrópicas (FONIF) existem mais 11 mil organizações que atuam com filantropia, beneficiando, anualmente, mais de 100 milhões de pessoas no Brasil. O projeto agora segue para aprovação no Senado.

Começa nesta quinta-feira o pagamento do sexto lote do Abono Salarial PIS de 2017

/ Economia

O pagamento do sexto lote do Abono Salarial PIS (Programa de Integração Social) 2018-2019, referente ao exercício de 2017, começa nesta quinta-feira (13). O valor será disponibilizado para saque aos trabalhadores nascidos em dezembro que estejam cadastrados no programa. Para os servidores públicos, que são inscritos no Pasep (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público),  não haverá mais saques neste ano. A estimativa do Ministério do Trabalho é que mais de R$ 1,3 bilhão sejam pagos a aproximadamente 1,7 milhão de trabalhadores. Os correntistas da Caixa Econômica Federal, instituição bancária responsável pelo pagamento do PIS, tiveram os valores depositados em suas contas na última terça-feira (11). Têm direito ao Abono Salarial PIS 2018-2019 os trabalhadores inscritos no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos, que tenham trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias naquele ano, com remuneração mensal média de até dois salários mínimos e que tiveram seus dados informados corretamente pelo empregador à Relação Anual de Informações Sociais (Rais). O valor do benefício é proporcional ao tempo trabalhado formalmente em 2017. Assim, quem esteve empregado o ano todo recebe o valor cheio, equivalente a um salário mínimo (R$ 954). Quem trabalhou por apenas 30 dias recebe o valor mínimo, que é de um doze avos do salário mínimo, e assim sucessivamente. Com a liberação do sexto lote, o Abono Salarial 2017 já contemplou os nascidos entre julho e dezembro. Em 2019, o benefício será concedido aos trabalhadores nascidos de janeiro a junho. O prazo final de recebimento para todos os trabalhadores favorecidos pelo programa é 28 de junho de 2019.

Carga de cigarro avaliada em quase R$ 3 milhões é apreendida na BR-116, em Milagres

/ Trânsito

Mais de um milhão de cigarros foram apreendido. Foto: PRF

Uma carga com 13 milhões de cigarros contrabandeada do Uruguai foi apreendida nesta quarta-feira (12), no KM-544 da BR-116, na cidade de Milagres, no Vale do Jiquiriçá. De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o material, que estava dividido em 650 mil maços, estava escondido em um caminhão que foi parado em uma abordagem na rodovia. Conforme a PRF, durante a ação, o motorista do veículo, um homem de 35 anos que não teve a identidade divulgada, apresentou um passaporte como documento de identificação e uma nota fiscal referente a óleo de soja refinado. No momento da verificação, segundo a PRF, o homem simulou que iria buscar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), localizada no painel do veículo, e fugiu na direção de um matagal. Ele é procurado. Após o comportamento suspeito, os policiais rodoviários verificaram a carga e encontraram o cigarro ilegal. Além disso, de acordo com a PRF, os elementos identificadores dos semirreboques do caminhão têm indícios de adulteração. O veículo e o material foram encaminhados para a Delegacia de Milagres, onde o caso foi registrado e será investigado.

Jequié define data de apresentação do elenco para disputa do Campeonato Baiano 2019

/ Jequié

Estádio Waldomiro Borges passará por obras. Foto: Secom

A diretoria do Jequié definiu a data de apresentação do elenco que vai disputar a temporada 2019. A torcida do Jipão conhecerá seu novo time na próxima segunda-feira (17), a partir das 9h, no Estádio Waldomiro Borges. O Jequié tem apenas o Campeonato Baiano na sua agenda do ano que vem. O time será comandado pelo técnico Carlos Rabello. Até o momento, o clube contratou 13 jogadores e renovou o contrato do meia-atacante Robert. A estreia do Jipão no Baianão está marcada para o dia 20 de janeiro, um domingo, diante do Jacobina, às 16h, no Waldomirão, pela rodada de abertura da competição.

Confira os jogadores do Jequié anunciados até o momento:

Goleiro: Douglas Palagi
Laterais: Nem, Jorge, Júnior
Zagueiros: Everton Moura, Alisson
Volantes: Marcelo Silva, Douglas Camillo, Moisés
Meia: Robert
Atacantes: Kaio César, Diego, Gustavo, Formiga