Grávida do primeiro filho, Marília Mendonça é proibida de atender fãs no camarim

/ Entretenimento

Marília diz que segue recomendação médica. Foto: Divulgação

Os fãs de Marília Mendonça não terão mais contato direto com a cantora nos próximos shows. Através do stories, em seu perfil oficial do Instagram, nesta sexta-feira (15), a sertaneja de 24 anos contou que por recomendação médica vai suspender os atendimentos no camarim antes e após seus shows. Marília está à espera do primeiro filho, que se chamará Leo, e é fruto da relação com o cantor Murilo Huff.

”A gente cortou o atendimento até o final do mês agora para não ter que cortar os shows. Conversei com minha médica, meu pé está inchando bastante”, contou ela. A cantora, que vai ter um menino que se chamará Leo, disse que sente muita falta de estar mais próxima dos fãs. ”Para não cancelar nenhum show, a gente só cortou isso. Chego e vou direto para o palco. Vamos fazer os shows até o Leozinho deixar”.

 

Dayane Pimentel volta a atacar Bolsonaro pelo Twitter; Alberto questiona ”Cadê Queiroz”

/ Política

Dayane e Alberto Pimentel criticam Bolsonaro. Foto: Divulgação

O secretário municipal do Trabalho, Esportes e Lazer de Salvador (Semtel), Alberto Pimentel, e sua esposa, a deputada federal Dayane Pimentel (PSL), voltaram a utilizar suas contas no Twitter para atacar o presidente Jair Bolsonaro.

As críticas começaram na última sexta-feira (15), após a deputada compartilhar uma matéria sobre a PGR ignorar lei e não responder sobre trabalho da Lava Jato. ”Lutei pela mudança. Cadê a zorra da mudança. Esquerda e Centrão nadando de braçadas no lamaçal que só suja o povo. Deus nos proteja”, disse.

Alberto se juntou a sua esposa e respondeu a postagem questionando a utilização do fundo partidário do PSL. O secretário da Semtel ainda aproveitou para perguntar por Queiroz. ”1 – Eduardo Bolsonaro gastou recentemente em um único dia 1 milhão de reais do fundo partidário do PSL. Alguma reclamação para fazer sobre isso? 2 – Porque tiraram o COAF de Moro? Quero Moro com autonomia! 3 – Cadê Queiroz?”

As críticas da parlamentar não passaram despercebidas pelos seus seguidores. Um eleitor chegou a indagar porque a deputada ficou fora da reunião que decidiu sobre a saída de Bolsonaro do partido. ”As críticas sempre existiram. Mas, depois que os erros se tornaram mais visíveis é inevitável falar. Não fui convidada e nem iria. Ficarei no PSL”, diz a deputada.

”Só contei 3% do que eu sei”, diz Bebbiano, que rebate acusação de Eduardo de ser desleal

/ Política

Bebiano respondeu críticas de Eduardo Bolsonaro. Foto: Estadão

Ex-ministro do governo Jair Bolsonaro, Gustavo Bebianno rebateu as críticas feitas por Eduardo Bolsonaro de que ele teria sido desleal. Eduardo disse que Bebianno ”pressionou para ser ministro, queria poder. Mas rapidamente ele caiu, pois ele seria o vazador oficial da presidência”.

”Só contei 3% do que eu sei. Meu objetivo não é destruir o governo, mas sim proteger o Brasil e sua democracia. Estou de olho o tempo todo no governo e na família Bolsonaro. Quero que o presidente pare de gerar crises, administre o país da melhor forma possível e conclua o seu mandato. É hora de os ânimos arrefecerem, em benefício do povo brasileiro. Não obstante, percebendo a existência de algo capaz de comprometer a nossa democracia, agirei”, retrucou Bebianno.

Ministério da Justiça investiga tentativa de golpe com imagem do ministro Sergio Moro

/ Justiça

Ministro é vítima de tentativa de golpe. Foto:Isaac Amorim

O Ministério da Justiça e Segurança Pública investiga uma tentativa de golpe com a imagem do titular da pasta, o ex-juiz Sergio Moro. Foi divulgada uma palestra que seria ministrada por ele em Natal (RN). O evento custaria R$ 400 e poderia ser pago com cartão de débito e crédito.

Moro, de fato, foi convidado para ser o protagonista do evento, mas apenas um dia depois de o anúncio ter começado a circular nas redes. Ele, no entanto, declinou do convite.

Na suposta palestra, o ministro falaria sobre ”combate à corrupção sistêmica”. A revelação do caso foi feito pela jornalista Mônica Bergamo, da Folha de S.Paulo.

Informalidade recorde no mercado está ajudando a derrubar a produtividade da economia brasileira

/ Economia

A informalidade recorde no mercado de trabalho está ajudando a derrubar a produtividade da economia brasileira, que se recupera lentamente da recessão vivida entre 2014 e 2016. Em condições normais, quando uma economia cresce e gera empregos – situação que, apesar de toda a crise, vem sendo observada no Brasil –, há mais investimentos em inovação, equipamentos, capacitação, e a produtividade aumenta. Ou seja, cada trabalhador consegue produzir mais com menos horas trabalhadas. Mas o que vem ocorrendo é exatamente o contrário.

O País tem hoje 38,8 milhões de trabalhadores na informalidade, um número recorde, equivalente a 41,4% da força de trabalho. As vagas geradas entre 2018 e 2019, quase todas informais, pagam menos e são menos produtivas, com características de “bicos temporários”, como empregadas domésticas, vendedores a domicílio, entregadores de aplicativos e vendedores ambulantes, segundo mostra um estudo inédito do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV).

Cálculos da FGV mostram que a produtividade por hora trabalhada na economia ficou estagnada em 2018, quebrando uma recuperação iniciada em 2017, e passou a cair este ano. No primeiro trimestre, a queda foi de 1,1% e, no segundo, de 1,7%. O movimento causou estranheza ao economista Fernando Veloso, pesquisador do Ibre/FGV. “A tendência natural seria esperar uma alta.”

Segundo Veloso, ainda que esteja quase estagnada, com avanço em torno de 1% ao ano desde 2017, a economia brasileira deveria registrar algum aumento da produtividade. Mas, enquanto as estimativas mais recentes apontam para crescimento de 0,9% este ano, o Ibre/FGV projeta recuo de 0,8% na produtividade por horas trabalhadas.

O o trabalho informal já aparecia como um dos suspeitos de ser responsável pelo fenômeno atípico. O novo levantamento do Ibre/FGV, feito pela pesquisadora Laisa Rachter com dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad Contínua), do IBGE, corrobora a hipótese: pessoas que estavam desempregadas ou que nem procuravam emprego no segundo trimestre de 2018 entraram para a informalidade neste ano ganhando, em média, metade (R$ 823,49 por mês por pessoa) do que os trabalhadores informais que já estavam em atividade (R$ 1.588,06 por mês por pessoa).

Pagar um salário menor é característica típica de ocupações pouco produtivas. O fato de o rendimento dos novos informais ficar abaixo até mesmo do recebido por trabalhadores há mais tempo na informalidade sugere que as pessoas que estão topando entrar no mercado em 2019 estão aceitando qualquer tipo de trabalho, para contribuir com o que for possível para a renda da família, diz Laisa. Estadão

Caso Marielle Franco: Réu visitou só PM em 11 idas a condomínio, indica planilha de controle

/ Polícia

Caso Marielle Franco é investido. Foto: Reprodução/Estadão

O ex-policial militar Élcio Queiroz, acusado de participação no assassinato de Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, entrou ao menos 12 vezes no condomínio Vivendas da Barra de janeiro a outubro do ano passado -a vereadora do PSOL foi morta em março. Apreendidas pela Polícia Civil e analisadas pela Folha de S.Paulo, as planilhas de controle de acesso indicam que, em 11 dessas visitas, Élcio sempre teve como destino a casa 65, de Ronnie Lessa, policial militar aposentado também acusado e preso pelo crime.

A única exceção é a entrada no dia do crime, 14 de março, quando a planilha manuscrita indica que a autorização de acesso na portaria foi dada por algum morador da casa 58, onde vivia o atual presidente Jair Bolsonaro -então deputado federal. Essa menção ao imóvel do presidente passou a ser alvo de averiguação no mês passado quando um dos porteiros declarou, em depoimentos à polícia, que o ex-PM Élcio entrou no condomínio naquele dia após autorização do “seu Jair”, da casa 58.

A citação ao presidente, porém, logo foi considerada equivocada na investigação. Isso porque, no dia do crime, o então parlamentar Bolsonaro estava em Brasília e registrou presença em sessões de votação na Câmara. Além disso, uma perícia feita pelo Ministério Público em gravações da portaria apontou que quem autorizou a entrada de Elcio naquele dia foi Ronnie Lessa. Presos, tanto Élcio como Ronnie afirmaram em interrogatório na Justiça que são amigos de duas décadas e frequentam um a casa do outro.

As tabelas de controle de acesso ao condomínio têm colunas para que os porteiros indiquem as seguintes informações sobre o visitante: nome da pessoa, modelo, cor e placa do veículo, casa de destino, horário de entrada e de saída, identidade e de quem foi a autorização para entrar. A reportagem identificou as entradas de Élcio com base na placa do carro que ele declarou à Polícia Civil. Trata-se de um Renault Logan, de placa AGH-8202, registrado em nome de sua mulher. Folhapress

Jornalista é identificada como vítima fatal da queda de aeronave em pista de um resort em Barra Grande

/ Bahia

Avião caiu na pista de um resort, em Barra Grande. Foto; Reprodução

A aeronave de pequeno porte de propriedade do banqueiro José João Abdalla Filho  que caiu durante o pouso na pista de um resort em Barra Grande, distrito do município de Maraú, baixo-sul da Bahia,  na quinta-feira (14), não apresentou anormalidade durante procedimento de decolagem em Jundiaí, interior de São Paulo, segundo informou o Consórcio VOA-SP. De acordo com a empresa, o avião com prefixo PT-LTJ pousou no Aeroporto Estadual Comandante Rolim Adolfo Amaro de Jundiaí por volta das 13h15, vindo de Sorocaba (SP).

O pouso foi feito em uma pista particular, ao lado do resort Kiaroa Eco-Luxury Resort, que está desativado. A mulher que morreu na queda do avião foi identificada como Marcela Brandão Elias, 37 anos, jornalista e relações públicas que estava no avião com a irmã Maysa Marques Mussi, que é casada com Eduardo Mussi, irmão do deputado federal licenciado Guilherme Mussi (PP-SP).

Outros nove passageiros feridos foram inicialmente, levados para um posto de saúde de Barra Grande e, posteriormente foram encaminhadas para o Hospital Geral do Estado (HGE), uma para o Hospital do Subúrbio e três para o Hospital Municipal de Salvador, em Cajazeiras, em aeronaves do Grupamento Aéreo da Polícia Militar (Graer). Segundo a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), do total de feridos, oito são adultos, sendo cinco homens e três mulheres, e uma criança do sexo masculino.

Celulares pré-pagos de 17 estados, incluindo a Bahia, devem ser recadastrados até segunda

/ Tecnologia

Titulares de linha telefônica pré-paga em 17 estados têm até a próxima segunda-feira (18) para recadastrar e atualizar seus dados, sob risco de ficarem com o serviço bloqueado. A medida faz parte do projeto da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para a criação do cadastro nacional de usuários dos serviços de telefonia celular pré-paga.

A exigência vale para os moradores dos estados de Alagoas, Amazonas, Amapá, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Maranhão, Piauí, Rio Grande do Norte, Pará, Paraíba, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Roraima, Sergipe e São Paulo. Os demais estados e o Distrito Federal já concluíram essa etapa de recadastramento.

Esta é última fase da campanha de comunicação aos consumidores com cadastros desatualizados, realizada pelas prestadoras Algar, Claro, Oi, Sercomtel, Tim e Vivo, dentro do Projeto Cadastro Pré-Pago.

Segundo a agência reguladora, o objetivo da iniciativa é assegurar uma base cadastral correta e atualizada, para evitar a ocorrência de fraudes de subscrição (linhas associadas indevidamente a CPFs) e, dessa forma, ampliar a segurança dos consumidores.

Recadastramento

Os usuários de pacotes pré-pagos serão acionados pelas operadoras por canais como mensagem de texto, ligações ou pop ups em sites. O procedimento é aplicado apenas aos usuários com pendências cadastrais. As operadoras também disponibilizaram canais de atendimento para fornecer mais informações sobre o recadastramento, como páginas específicas nos sites e números.

Pessoas que tiverem a linha pré-paga bloqueada poderão atualizar os dados cadastrais junto à sua prestadora por meio dos canais de atendimento disponíveis, como call center e espaço reservado ao consumidor na internet. Nesse contato, devem ser informados o nome completo e o endereço com o número do CEP. No caso de pessoa física, é necessário informar o número do CPF e, para pessoa jurídica, o CNPJ. Também poderão ser solicitadas informações adicionais de validação do cadastro.

Para evitar fraudes, os usuários podem confirmar se o SMS de solicitação de recadastramento recebido foi, de fato, encaminhado pela prestadora contratada. Da Agência Brasil

Euclides Fernandes defende maior segurança para os usuários dos terminais rodoviários e hidroviário

/ Política

Euclides Fernandes apresenta projeto na AL-BA. Foto: Divulgação

O deputado Euclides Fernandes (PDT) apresentou, na Assembleia Legislativa, o Projeto de Lei 23.649/2019, que dispõe sobre a obrigatoriedade de instalação de sistema de segurança, com detector de metais, nos terminais rodoviários e hidroviários de embarque e desembarque de passageiros, sob concessão pública, às empresas privadas localizadas no estado da Bahia.

No documento, Fernandes proíbe a criação ou majoração de tarifas de qualquer natureza dos passageiros para o aparelhamento do sistema de segurança. O legislador escreve que o PL visa reduzir os problemas de segurança enfrentados pelos cidadãos que utilizam este tipo de serviço.

De acordo com o pedetista, o sistema com detector de metais possibilita o gerenciamento do controle do fluxo de pessoas, proporcionando maior segurança a todos que transitam nos terminais.

Euclides Fernandes explica que, nos últimos meses, a Bahia constatou diversos ataques por meio de assaltos nos ônibus, inclusive com armas de fogo, causando inúmeros transtornos aos consumidores. Ele fala que o sistema de segurança deficiente coloca em risco a integridade física e a própria vida dos trabalhadores e clientes dos terminais de transporte, concluiu o parlamentar.

Projeto deverá passar pelas comissões de Constituição e Justiça; Meio Ambiente, Seca e Recursos Hídricos; Saúde e Saneamento; Educação, Cultura, Ciência e Tecnologia e Serviço Público; e Finanças, Orçamento, Fiscalização e Controle.

 

Morre aos 79 anos, em Salvador, Carlos Luiz Alencar, irmão do senador Otto Alencar

/ Política

Um dos irmãos do senador Otto Alencar (PSD), Carlos Luiz Mendonça de Alencar, morreu na noite desta quinta-feira (14) aos 79 anos. Em nota, o parlamentar lamentou a perda. ”Carlos Alencar cessa de viver aos 79 anos e deixa uma história de vida marcada por sentimentos de amizade, trabalho e solidariedade com todos aqueles que com ele conviveram”, diz o texto enviado pela assessoria de imprensa. O sepultamento será nesta sexta-feira (15), às 16h, no Cemitério Jardim da Saudade, em Salvador.

Ministro da Educação afirma que feriado da República é ”infâmia contra Pedro II”

/ Educação

Ministro da Educação, Abraham Weintraub. Foto: Gabriel Jabur

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, criticou por meio de seu perfil no Twitter as comemorações a respeito da proclamação da República, comemorada nesta sexta-feira (15). De acordo com ele, o imperador Dom Pedro II foi injustiçado. ”Há 130 anos foi cometida uma infâmia contra um patriota, honesto, iluminado, considerado um dos melhores gestores e governantes da História (Não estou restringindo a afirmação ao Brasil)”, disse o ministro.

Dom Pedro II cedeu o comando do país em 15 de novembro de 1889 ao Marechal Deodoro da Fonseca, primeiro presidente do regime republicano. O chefe do MEC também aproveitou para criticar a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) e fez elogios à princesa Isabel, filha de Dom Pedro II ,e à dona Leopoldina, mulher de Dom Pedro I.

Prefeito de Morro do Chapéu é denunciado ao MPE por irregularidades na compra de medicamentos

/ Política

Leonardo Dourado foi denunciado ao MPE. Foto: Reprodução

O Tribunal de Contas dos Municípios julgou, na sessão desta quinta-feira (14), parcialmente procedente denúncia contra o prefeito de Morro de Chápeu (BA), Leonardo Dourado Lima, em decorrência de irregularidades na contratação de empresa para fornecimento de medicamentos, nos exercícios de 2017 a 2019. A denúncia foi feita pelos vereadores do município, Aloyzia de Souza e André Costa.

De acordo com a denúncia – que posteriormente foi comprovada -, a prefeitura vem adquirindo medicamentos, desde 2017, de forma ilegal, sem procedimento licitatório, e de empresa cujos sócios são pessoas ligadas ao prefeito por laços de parentesco.

O Ministério Público de Contas, em seu pronunciamento, também opinou pela procedência parcial da denúncia, chamando atenção para o fato de existir outra denúncia contra o prefeito de Morro do Chapéu.

Esta trata da violação dos princípios constitucionais da moralidade e impessoalidade, em razão de nomeação de parentes da namorada/companheira para cargos administrativos na administração municipal. O prefeito foi multado em R$10 mil. A decisão ainda cabe recurso.

Manchas de óleo aparecem novamente em três cidades do extremo sul da Bahia

/ Bahia

Novas manchas de óleo retornaram às praias de Nova Viçosa, Mucuri e Prado, cidades do extremo sul da Bahia, nesta quinta-feira (14). De acordo com a prefeitura de Prado, os fragmentos chegaram em grande quantidade na praia de Camuruxatiba. Não há informações dos pontos atingidos nas outras cidades.

A Secretaria do Meio Ambiente de Nova Viçosa afirmou que a chegada da substância dessa vez foi maior do que a quantidade que atingiu o município anteriormente. Ainda de acordo com o órgão, o retorno das manchas pode ter sido causado pela mudança climática, com a presença de ventos fortes. As prefeituras das três cidades já iniciaram o processo de limpeza das praias atingidas.

Avião cai durante pouso em pista de resort em Barra Grande, pega fogo, deixa 1 morto e 9 feridos

/ Bahia

Avião cai durante pouso em pista e pega fogo. Foto: Camamu Noticias

Uma aeronave caiu durante o pouso na pista de um resort em Barra Grande, distrito do município de Maraú, no baixo sul da Bahia, na tarde desta quinta-feira (14/11). Segundo informações da assessoria de comunicação da prefeitura do município e da Polícia Civil, o acidente ocorreu pouco depois das 14h, e deixou uma pessoa morta e outras nove ficaram feridas, entre elas uma criança.

Ainda não há informações sobre o número total de pessoas que estavam na aeronave, que é um jato executivo, e nem sobre o que provocou a queda do avião. A pessoa que morreu, segundo a polícia, foi uma mulher, que ficou carbonizada. Os feridos foram encaminhados, inicialmente, para um posto de saúde de Barra Grande. As vítimas não tiveram nomes e idades divulgadas.

Não há informações sobre o estado de saúde dos sobreviventes, que, segundo a prefeitura, devem ser transferidos ainda nesta quinta para Salvador. Conforme registro da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), aeronave, um bimotor Cessna C550 fabricado em 1981, de prefixo PT- LTJ , é de propriedade do empresário José João Abdalla Filho e está em situação regular.

O site G1 publicou que entrou em contato com Banco Clássico, de propriedade de João Abdala, e foi informado pela recepção da instituição que o empresário está no exterior. Por meio de nota, a Polícia Civil informou que equipes da Delegacia Territorial de Maraú realizam os levantamentos iniciais sobre a queda do avião.

Conforme informações iniciais, uma mulher morreu carbonizada e nove pessoas ficaram feridas, entre elas, uma criança. A unidade expediu a guia de remoção da vítima fatal.