Boletim epidemiológico: Estado da Bahia registra 34.665 casos confirmados de Covid-19

/ Bahia

Bahia registra 34.665 casos confirmados de coronavírus (Covid-19), o que representa 19,19% do total de notificações no estado. O boletim epidemiológico ainda contabiliza 14.976 pessoas recuperadas, 1.039 óbitos e 18.650 indivíduos monitorados pela vigilância epidemiológica e com sintomas da Covid-19, o que são chamados de casos ativos.

Os casos confirmados ocorreram em 347 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (55,37%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 1.000.000 habitantes foram Itajuípe (9.272,36), Ipiaú (8.785,12), Uruçuca (7.797,65), São José da Vitória (7.601,20) e Salvador (6.624,20).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 50.011casos descartados e 95. 960 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta sexta-feira (12).

Na Bahia, 4.961 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui.

Taxa de ocupação

Na Bahia, dos 2.036 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para coronavírus, 1.214 possuem pacientes internados, o que representa uma taxa de ocupação de 59,6%. No que se refere aos leitos de UTI adulto e pediátrico, dos 850 leitos exclusivos para o coronavírus, 634 possuem pacientes internados, compreendendo uma taxa de ocupação de 74%.

Cabe ressaltar que o número de leitos é flutuante, representando o quantitativo exato de vagas disponíveis no dia. Intercorrências com equipamentos, rede de gases ou equipes incompletas, por exemplo, inviabilizam a disponibilidade do leito. Ressalte-se que novos leitos são abertos progressivamente mediante o aumento da demanda.

Óbitos

1014º óbito – homem, 67 anos, residente em Valença, sem informação de comorbidades, data de admissão não informada, veio a óbito dia 21/05, em unidade da rede filantrópica, em Valença;

1015º óbito – mulher, 86 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e diabetes, foi internada dia 03/06 e veio a óbito dia 08/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1016º óbito – mulher, 36 anos, residente em Lauro de Freitas, portadora de obesidade, foi internada dia 04/06 e veio a óbito dia 06/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1017º óbito – homem, 44 anos, residente em Lauro de Freitas, portador de obesidade, veio a óbito dia 31/05, em trânsito, em Lauro de Freitas;

1018º óbito – mulher, 63 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e diabetes, data de internação não informada, veio a óbito dia 08/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1019º óbito – homem, 45 anos, residente em Feira de Santana, portador de diabetes e obesidade, data de admissão não informada, veio a óbito dia 29/05, em unidade da rede pública, em Feira de Santana;

1020º óbito – homem, 64 anos, residente em Tucano, portador de hipertensão arterial, diabetes, neoplasias e imunodeficiência, foi internado dia 30/05 e veio a óbito dia 04/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1021º óbito – homem, 77 anos, residente em Brumado, sem comorbidades, data de admissão não informada, veio a óbito dia 10/06, em unidade da rede pública, em Vitória da Conquista;

1022º óbito – homem, 50 anos, residente em Salvador, portador de doença cardiovascular, foi internado dia 04/06 e veio a óbito dia 07/06, em unidade da rede pública, em Salvador.

1023º óbito – homem, 86 anos, residente em Itabuna, sem informações acerca de comorbidades. Sem informação da data de internação, veio a óbito dia 11/06, em hospital filantrópico, em Itabuna;

1024º óbito – mulher, 65 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial. Internada dia 01/06, veio a óbito dia 05/06, em hospital da rede pública, em Salvador;

1025º óbito – mulher, 36 anos, residente em Itabuna, sem informação acerca de comorbidades. Sem informação da data de internação, veio a óbito dia 08/06, em hospital da rede pública, em Itabuna;

1026º óbito – homem, 79 anos, residente em Feira de Santana, portador de hipertensão arterial, diabetes mellitus e doença cardiovascular. Sem informação acerca da data de internação, veio a óbito dia 01/06, em unidade da rede pública, em Feira de Santana;

1027º óbito – homem, 79 anos, residente em Paulo Afonso, portador de diabetes mellitus. Sem informação acerca da data de internação, veio a óbito dia 25/05, em unidade da rede pública, em Paulo Afonso;

1028º óbito – mulher, 76 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e outras comorbidades não descritas. Internada dia 24/05, veio a óbito dia 07/06, em hospital da rede pública, em Salvador;

1029º óbito – homem, 91 anos, residente em Camamu, sem informação sobre comorbidades. Veio a óbito dia 28/05, em domicílio;

1030º óbito – mulher, 71 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial, diabetes mellitus e doença cardiovascular. Internada dia 04/06, veio a óbito dia 09/06, em hospital da rede pública, em Salvador;

1031º óbito – homem, 60 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial, foi internado dia 20/05 e veio a óbito dia 29/05, em unidade da rede pública, em Salvador;

1032º óbito – homem, 54 anos, residente em Santa Inês, portador de hipertensão arterial, data de admissão não informada, veio a óbito dia 11/06, em unidade da rede pública, em Vitória da Conquista;

1033º óbito – homem, 56 anos, residente em Salvador, tabagista, foi internado dia 28/05 e veio a óbito dia 07/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1034º óbito – homem, 56 anos, residente em Salvador, portador de diabetes, foi internado dia 05/06 e veio a óbito dia 06/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1035º óbito – mulher, 86 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e diabetes, foi internada dia 31/05 e veio a óbito dia 08/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1036º óbito – mulher, 95 anos, residente em Cansanção, sem informações de comorbidades, data de admissão não informada, veio a óbito dia 04/06, em unidade da rede pública, em  Cansanção;

1037º óbito – mulher, 87 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e neoplasias, foi internada dia 27/05 e veio a óbito dia 09/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1038º óbito – mulher, 95 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e diabetes, foi internada dia 04/06 e veio a óbito dia 08/06, em unidade da rede pública, em Salvador;

1039º óbito – homem, 35 anos, residente em Salvador, portador de obesidade, foi internado dia 08/06 e veio a óbito dia 09/06, em unidade da rede pública, em Salvador.

Em nota, mineradora Vanádio de Maracás diz que um colaborador foi infectado pelo coronavírus

/ Região

Mineradora diz que colaborador foi afastado de suas atividades

A mineradora Largo Resources, que explora  Vanádio no município de Maracás, emitiu nota pública, nesta sexta-feira (12), tendo informado no comunicado que foi registrado na empresa o primeiro caso do novo coronavírus. Segundo a nota, um colaborador da mineradora contraiu o vírus, por ter contato com a esposa que teria mantido contato com pessoas infectadas em um hospital de Jequié.

Diz ainda que o trabalhador foi afastado das atividades, estando o mesmo em isolamento há 16 dias. Com o anúncio da Vanádio, saltou de 08 para 12 o número de casos confirmados no município, conforme boletim epidemiológico emitido pela Secretaria de Saúde de Maracás, com mais 04 pessoas apresentando sintomas da Covid-19.

Leia abaixo a nota da Vanádio

A Vanádio de Maracás informa que hoje foi registrado o primeiro caso de colaborador da empresa com a Covid-19 e que ele passa bem, sem apresentar qualquer sintoma.

Esclarecemos que este colaborador está há 16 dias em isolamento voluntário devido ao fato da sua esposa ter tido contato com pessoas contaminadas no hospital de Jequié. Desde o retorno a Maracás, a esposa está em isolamento obrigatório e passa bem.

Esclarecemos que este colaborador e sua esposa não tiveram qualquer contato com outros trabalhadores da Vanádio de Maracás, respeitando todas as medidas e protocolos de saúde. Desde o início do isolamento voluntário está sob observação e orientação da equipe de Saúde do Município. A empresa também acompanha o caso e disponibilizará toda assistência necessária.

A VMSA continua adotando todas as medidas de prevenção desde o início do mês de março e reforça o cuidado com seus colaboradores e com toda a comunidade de Maracás. Acreditamos que a principal forma de evitar o contágio é através da prevenção, ou seja, distanciamento social, higiene e uso de máscara. Gostaríamos de agradecer as costureiras, que participam do programa da VMSA, pela produção de mais de 110 mil máscaras, que foram doadas à comunidade de Maracás.

Juntos vamos superar essa pandemia. Cada um fazendo sua parte, por nossos colegas, nossas famílias e por toda a cidade de Maracás.

Em Jaguaquara, boletim da Prefeitura confirma mais 05 casos, chegando a 58 o número de infectados

/ Jaguaquara

Cresce o número de casos em Jaguaquara. Foto: Blog Marcos Frahm

A Prefeitura de Jaguaquara, ao emitir o novo boletim epidemiológico do coronavírus, na noite desta sexta-feira (12), informou a ocorrência de mais 05 casos confirmados da doença no município, sendo 03 mulheres e 02 homens os novos infectados pelo vírus, perfazendo um total de 58 casos.

Leia abaixo a publicação da Prefeitura

A Prefeitura de Municipal de Jaguaquara, através da Secretaria Municipal de Saúde, informa que mais 05 casos de COVID-19 foram registrados no Município.

Tratam-se de 03 mulheres e 02 Homens.

Duas mulheres são moradoras do bairro São Jorge e possuem idade de 19 e 76 anos.

No bairro Popular registramos mais um caso de Covid em uma mulher, dessa vez com idade de 18 anos.

Um homem de 65 anos testou positivo e é morador do bairro Palmeira. Na Muritiba outro de 35 anos também testou positivo para Covid 19.

Todos encontram-se em isolamento domiciliar desde a notificação e estão sendo acompanhados pela equipe de saúde.

Não houve notificação de casos recuperados para a data.

Os dados atualizados de hoje são:

58 casos confirmados (pessoas que testaram positivo para Covid-19).

Destes, 31 casos já recuperados;

– 416 Casos suspeitos (pessoas que apresentaram sinais e sintomas de síndrome gripal e foram notificados para Covid-19);

– 357 Casos descartados (pessoas que testaram negativo para Covid-19);

– 01 caso aguardando resultado (pessoas que realizaram o exame e aguardam o resultado);

– 247 casos em quarentena (pessoas que apresentam sinais e sintomas respiratórios/contatos com casos suspeitos e confirmados de covid-19/casos confirmados de covid-19/pessoas que vieram de outras cidades).

– 31 Casos Curados;

– 27 Casos Ativos.

Covid-19: Jequié registra mais 1 óbito, de uma mulher do bairro Joaquim Romão, e chega a 574 casos

/ Jequié

Portão de entrada do Prado Valadares. Foto: Blog Marcos Frahm

A Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Saúde, apresentou, na noite desta sexta-feira (12), o boletim epidemiológico do coronavírus, atualizado às 19h, que registrou mais um óbito, sendo uma mulher, de 73 anos, com comorbidades, moradora do bairro Joaquim Romão.

O Boletim trouxe o registro de mais 7 pessoas confirmadas com a doença, perfazendo um total de 574 casos positivos. Destes, 258 foram diagnosticados por meio do método laboratorial RT-PCR. 280 pacientes encontram-se recuperados e não apresentam mais os sintomas da doença. Os que estão em quarentena somam 1256 pessoas.

O boletim local conta, agora, com os dados encaminhados pelo Hospital Geral Prado Valadares (HGPV) relativos a ocupação de adultos nos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Até às 12h a taxa de ocupação era de 89,5%.

Deputado estadual Euclides Fernandes luta em defesa das entidades do terceiro setor

/ Bahia

Sob a luz de todo fenômeno decorrente da Covid-19, entende-se necessária uma medida estatal que busque amenizar os danos enfrentados pelas entidades sociais do terceiro setor”. Esse entendimento é do deputado Euclides Fernandes (PDT), que apresentou indicação ao governador Rui Costa sugerindo a antecipação de ”auxílios e subvenções às entidades preestabelecidas na Lei no 2.488 de 1967, por conta das consequências oriundas da pandemia gerada pelo novo coronavírus”.

Euclides cita Maria Tereza Fonseca Dias, que, na avaliação dele, ”preleciona com muita propriedade: ‘Tem-se como terceiro setor o conjunto de pessoas jurídicas de direito privado, institucionalizadas e constituídas conforme a lei civil, sem fins lucrativos, que perseguem finalidades de interesse público”. Por conta disso e, ”diante das ilimitadas necessidades da sociedade hodierna, o Estado, exclusivamente, não consegue satisfazer a totalidade das respectivas demandas, logo, as entidades do terceiro setor figuram lugar de extrema importância na busca de minimizar tais carências e proporcionar o mínimo de dignidade e cidadania aos baianos”.

O parlamentar alerta o governador para os prejuízos provocados pela pandemia aos beneficiários das instituições filantrópicas. ”Diante do quanto exposto, apelo, em nome dos beneficiários(as) que estão temporariamente sem os serviços, que Vossa Excelência viabilize uma medida capaz de minimizar os prejuízos aqui mencionados”.

Jequié: Reunião discute retomada gradual das das academias de ginástica e centros esportivos privados

/ Jequié

Secretário de Desenvolvimento Econômico e empresários. Foto: Secom

Membros do Comitê Municipal de Enfrentamento à Covid-19 e representantes do seguimento empresarial das academias de ginásticas e centros esportivos privados de Jequié estiveram em reunião, na manhã desta sexta-feira (12), no salão nobre da Prefeitura. Estiveram presentes o secretário de Desenvolvimento Econômico, Celso Galvão; o secretário de Esporte e Lazer, Marcelo Pires; o diretor da Vigilância Sanitária, Alberto Costa Pinto Filho; e os empresários Cirilo Rodrigues; Diego Santos; João Neto; e Jorge Bastos, representantes do setor.

A pauta do encontro tratou sobre o protocolo de medidas operacionais de prevenção à Covid, para o setor das academias de ginástica e dos espaços esportivos privados, como as academias de judô e karatê, quando estes estabelecimentos já estiverem autorizados a funcionar. Se aprovado, o protocolo deverá colocar em prática, de forma obrigatória, uma série de ações de segurança que deverão ser adotadas para retomada gradual das atividades comerciais desses estabelecimentos sem oferecer riscos, evitando, assim, a contaminação pelo novo Coronavírus.

”O que desejamos é, fazer de forma conjunta e respeitando todas as orientações de saúde, iniciarmos a retomada gradual e cuidadosa das academias e centros esportivos da cidade. Claro, de acordo com um rígido protocolo de funcionamento. E não somente por conta da questão econômica, mas também, por questões de saúde. Dentre seus inúmeros benefícios, a atividade física pode fortalecer o sistema imunológico e desta forma, contribuir na prevenção ao Coronavirus. Além disso a atividade física é muito importante no controle de comorbidades que são fatores de risco relacionadas ao Covid-19, obesidade e cardiopatias por exemplo, além de atenuar a prevalência de doenças psicossomáticas como a depressão e ansiedade, tão comuns em situações de isolamento social”, disse Cirilo Rodrigues, um dos representantes do setor.

”Estamos iniciando essa discussão. Deveremos ter, ainda, algumas reuniões nesse sentido. Sabemos que todos querem trabalhar, produzir e manter os empregos, principalmente nesse período da pandemia. Mas vamos fazer isso com muita segurança e procurando respeitar todas as orientações de saúde. Esse deverá ser um trabalho conjunto, unidos com os representantes do setor para encontrarmos os meios de flexibilizar a reabertura das academias e centros de prática esportiva”, destacou o secretário Desenvolvimento Econômico, Celso Galvão.

Santa Inês: Corpo do ex-prefeito Zé Afrânio é sepultado sob forte comoção e homenagens

Cortejo fúnebre percorreu ruas em carreata. Foto: Blog Marcos Frahm

O sepultamento do empresário e ex-prefeito de Santa Inês, Zé Afrânio, que morreu na quinta-feira (11) vítima da Covid-19 em um hospital privado de Vitória da Conquista, onde estava internado há 23 dias, foi realizado por volta das 11h desta sexta-feira (12), no cemitério municipal de Santa Inês.

O corpo chegou por volta das 10h20, transladado de Conquista ao município em um carro funerário fechado, que foi aguardado por amigos e familiares na entrada da cidade. Com o acompanhamento da Polícia Militar, o cortejo fúnebre saiu em carreata pelas principais vias da cidade, a pedido de amigos, que mantiveram o distanciamento do carro funerário, fazendo uso de máscara e álcool e gel.

Afrânio era uma figura muito querida na cidade, tendo sido eleito prefeito de Santa Inês nas eleições de 2012, abrindo mão da reeleição em 2016, quando voltou a atuar na iniciativa privada, no ramo supermercadista. Sua postura e perfil ético eram reconhecidos até pelos adversários. 

Atualmente, estava à frente de um supermercado em Jaguaquara, cidade vizinha, onde deve ter sido acometido pela doença. O empresário deixa esposa e um casal de jovens. *Nota original do Blog Marcos Frahm

Católicos em Jaguaquara levaram ás ruas o Santíssimo Sacramento, no feriado de Corpus Christi

/ Jaguaquara

O Santíssimo Sacramento, em carro aberto. Foto: Romildo Fagundes

Com a pandemia provocada pelo novo coronavírus, o feriado de Corpus Christi não foi celebrado como de costume, não havendo missa presencial ou procissão em Jaguaquara.

Sem a tradicional procissão com os tapetes montados nas ruas, os católicos do município, se adaptando a situação, durante esse período inusitado, percorreram ruas de Jaguaquara com o Santíssimo Sacramento, em carro aberto, fazendo uso de máscaras e álcool em gel. O Corpus Christi celebra a eucaristia: um dos sacramentos católicos.

Consumidor inadimplente não poderá ter nome inscrito no SPC e Serasa durante pandemia

/ Economia

Consumidores inadimplentes não podem ter o nome inscrito em cadastros negativos de órgãos de proteção ao crédito, como SPC e Serasa, pelo prazo de 90 dias.

De acordo com o projeto, o prazo de suspensão da inclusão de nomes nos cadastros negativos é contado retroativamente a partir de 20 de março, data da decretação de calamidade pública causada pela pandemia do novo coronavírus, mas os 90 dias poderão ser prorrogados.

Justificativa da proposta é que, durante a pandemia, inúmeros trabalhadores e microempresários tiveram ou terão as rendas comprometidas, em parte ou totalmente, e o objetivo é proteger o consumidor, possibilitando acesso a créditos e empréstimos neste período.

Jequié: Secretário diz que verba de R$1 milhão voltada para Cultura ainda não chegou aos cofres do município

/ Jequié

Secretário de Cultura e Turismo, Alysson Andrade. Foto: Secom

Os recursos financeiros de R$1.169.941,39 voltados para a cultura, a que o Blog jequieeregiao.com.br se referiu com liberados pelo Governo Federal ainda não chegaram aos cofres do município de Jequié, para socorrer os trabalhadores do setor, pois ainda aguarda todos os trâmites governamentais e que não tem nenhuma confirmação até este momento.

As informações são do secretário de Cultura e Turismo, Alysson Andrade. Em nota, o secretário enfatiza que, o cadastro dos trabalhadores da cultura, que deve ser feito até 30 de junho, anunciado no início desta semana, diz respeito a continuação do Censo Cultural que vem sendo realizado desde março de 2017.

ACM Neto prorroga restrições e diz que capital chegou à fase mais crítica; ”Os números não são confortáveis”

/ Bahia

Prefeito ACM Neto. Foto: Valter Pontes/Prefeitura de Salvador

O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), anunciou na manhã desta sexta-feira (12) que prorrogará por mais sete dias as medidas restritivas para conter o avanço do novo coronavírus no bairro de São Marcos.

Segundo o prefeito, a decisão ocorre porque o número de casos positivos de Covid-19 no bairro é superior a 30%. Já em Pernambués, as ações chegam ao fim após uma semana de intervenções, o que incluiu a proibição de atividades não essenciais e a aplicação de testes rápidos.

Ao mencionar a possibilidade de um iminente colapso no sistema de saúde, ACM Neto informou que, de um modo geral, a capital vive o seu momento mais crítico da pandemia, apesar da ampliação do número de vagas em hospitais.

Atualmente, as taxas de ocupação de leitos de UTI chegam a 85% nas unidades particulares e 80% no SUS (Sistema Único de Saúde).

”Os números não são confortáveis. Não nos permitem relaxar. Pelo contrário, estamos vivendo a fase mais crítica”, disse o gestor, conforme informações do site bahia.ba, em uma coletiva de imprensa na Ilha de Maré, onde inaugurou um gripário e anunciou ações de enfrentamento à crise sanitária na região.

Alcolumbre devolve MP que autoriza ministro da Educação a escolher reitores de universidades

/ Brasília

”O Parlamento permanece vigilante”, diz Davi. Foto: Ag. Senado

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, deve devolver a Medida Provisória que autoriza o ministro da Educação, Abraham Weintraub, a escolher reitores da universidades federais durante a pandemia. O anúncio foi feito pelo próprio senador no Twitter.

”Acabo de assinar o expediente de devolução da MP 979, que trata da designação de reitores, por violação aos princípios constitucionais da autonomia e da gestão democrática das universidades”, postou.

”Cabe a mim, como Presidente do Congresso Nacional, não deixar tramitar proposições que violem a Constituição Federal. O Parlamento permanece vigilante na defesa das instituições e no avanço da ciência”, acrescentou.

Recuperado do coronavírus, ex-prefeito de Feira de Santana, Tarcízio fala sobre luta contra doença

/ Saúde

Tarcízio Pimenta se recuperou do coronavírus. Foto: Reprodução

Após confirmar que se recuperou do novo coronavírus, nesta quarta-feira (10), o ex-prefeito de Feira de Santana, Tarcízio Pimenta, contou detalhes da luta contra a doença. ”Realmente venci a Covid-19, venci com fé, com persistência, pelas orações das pessoas, as pessoas daqui de Feira oram muito, rendem Graças, tive muitas mensagens positivas, tive o apoio da minha família, apoio dos meus amigos de quem esteve naquele momento, mas foi importante porque eu coloco sempre a fé que tive em Deus, nunca desisti da cura, nem na fase mais difícil da doença. Estou sarado, estou curado, Deus me deu a graça”, disse ele, em entrevista ao site Acorda Cidade.

O ex-prefeito, que é médico, contou que no dia 25 de maio trabalhou normalmente na linha de frente, cuidando de pacientes da Covid-19 e no dia seguinte sentiu os primeiros sintomas. Ao perceber que estava com o corpo quente, fez um teste rápido, que deu negativo. Um dia depois ele resolveu fazer outro teste e se afastar do trabalho. ”Fiz o exame e começou a minha penitência. O resultado saiu com três dias, de lá para cá, eu já tinha comunicado minha família, alguns amigos, já tinha conversado com alguns colegas e no sábado, por volta de 22h, recebi o resultado confirmando a Covid-19. De início o sintoma foi a febre, depois perdi o paladar, o olfato, dores musculares, o que menos tive foi a febre, depois desse pico de febre, nunca mais eu tive, porque eu passei a ter o instrumento do termômetro na minha mão”, relatou.

Tarcízio conta que fez o isolamento e seguiu os protocolos, com o apoio e assistência de colegas médicos e da própria esposa, que é enfermeira. ”Eu tive esse recurso e cheguei a pedi a minha família que não me levasse para um hospital, iriam ficar preocupados com isso, minha mulher que é enfermeira cuidou de tudo junto com meus filhos e eu tentava tirar a preocupação deles, mas o momento não foi fácil. Foi então, quando fui a um laboratório em Salvador, não consegui acessar o elevador, tive que ficar aguardando para ver qual seria minha reação. Quando voltei para o laboratório, comecei a sentir aquela angústia respiratória e muita taquicardia, foi quando tomei a decisão de ir para o hospital. Liguei para um amigo infectologista que orientou que eu fosse. Mas eu orei, aguardei e fui melhorando. Fiquei uns 40 a 60 minutos parado sozinho, fui me recuperando, subi e consegui ver como estava meu oxigênio. Então tomei a decisão de continuar em casa fazendo todo o protocolo e falando com os médicos a todo momento”, lembrou, o político, que chegou a achar que teria que ser hospitalizado.

”Não fique em casa sem assistência, porque você pode morrer, eu estive a beira de uma internação, tive o aparelho na minha frente, ouvi o som do aparelho que a gente coloca no coração para ouvir, sei o que é entubar, então é importante a prevenção. Não fique ouvindo sobre remédio A, B, ou C, não siga cabeça de muitos políticos que querem apenas tumultuar o internamento ou querem sair distribuindo remédio, querendo medicar as pessoas sem saber o que está fazendo. Tomem muito líquido, procurem dormir pelo menos oito horas por dia, se gostar de chá, tome muito chá, tudo isso faz bem”, alertou Tarcízio, destacando a importância de seguir os protocolos médicos e científicos.

Ele contou também ter usado a controversa hidroxicloroquina, destacando, no entanto, que a medida deve ser adotada somente com acompanhamento médico e salientando a necessidade de avaliar a indicação de paciente para paciente. ”Inicialmente, usei azitromicina e depois usei a hidroxicloroquina. Eu não posso negar isso. Eu sei. Fiz todo o cenário para usar, porque eu até, x dias, melhorava, mas continuava sentindo sintomas que incomodavam. Continuava tendo falta de ar, tive apneia, taquicardia. Naquele momento que foi acertado essa opção, tomei a decisão de usar, usei e não me arrependi. A hidroxicloroquina não é ela só, ela tem que ser usada através de uma associação, com antibióticos e seguida de outras medicações”, explicou. ”Antes de usar a cloroquina eu fiz o eletrocardiograma”, afirmou. “Então, tudo tem que ter um acompanhamento. Eu não aconselho a ninguém sair por aí comprando cloroquina porque não vai nem achar. Para eu achar, deu trabalho”, acrescentou, lembrando que também utilizou corticoide, de acordo com que lhe foi receitado pelos médicos.

O ex-prefeito contou ainda sobre o estigma sofrido por pacientes com o novo coronavírus. ”Somos seres humanos. Eu sofri quando entrei para fazer uma tomografia e as pessoas nem sabiam que eu estava com Covid, mas estava abatido, tava com a máscara, e quando fui fazer o exame falei que estava com Covid e quando estava na sala de espera, pessoas correram, pessoas do grupo de saúde”, contou. Com informações do site Bahia Notícias

Brasil ultrapassa 40 mil mortes e mais de 800 mil casos confirmados, diz Ministério da Saúde

/ Saúde

Em três dias, o Brasil teve uma alta de quase 100 mil novos casos confirmados do novo coronavírus, apontam os dados mais recentes do Ministério da Saúde. No boletim divulgado nesta quinta-feira (11), o Ministério informa que já foram infectadas 802.828 pessoas desde o início da pandemia, com 30.412 confirmações nas últimas 24 horas. O balanço apontou 1.240 novas mortes. Com esses números, o país chegou a 40.919 falecimentos e 802.828 pessoas infectadas.

De acordo com a pasta, o país conta ainda com 416.314 pessoas em observação e 345.595 recuperados. O balanço traz um aumento de 3,9% no número de casos em relação a ontem, quando o total estava em 772.416. Já as mortes aumentaram 3,1% em comparação com o dado de ontem, quando foram contabilizadas 39.680.

A taxa de letalidade (número de mortes pela quantidade de casos confirmados) ficou em 5,1%. A taxa de mortalidade (falecimentos por 100.000 habitantes) foi de 19,5.

Os estados com maior número de óbitos são São Paulo (10.145), Rio de Janeiro (7.363), Ceará (4.663), Pará (4.030) e Pernambuco (3.633). Ainda figuram entres os com altos índices de vítimas fatais em função da pandemia Amazonas (2.400), Maranhão (1.360), Bahia (1.013), Espírito Santo (962), Alagoas (681) e Paraíba (570).

Os estados com mais casos confirmados são São Paulo (162.520), Rio de Janeiro (75.775), Ceará (73.879), Pará (64.126) e Amazonas (53.989).