Blog Marcos Frahm


Itabuna lança programa assistencial para vítimas das enchentes; cada família receberá crédito de R$ 3 mil

/ Bahia

Prefeito anuncia o ”Auxílio Recomeço”. Foto: Divulgação

A prefeitura de Itabuna lançou, nesta quarta-feira (26), o ‘Auxílio Recomeço’ para 3.500 famílias desabrigadas pela enchente que inundou pelo menos40% da área urbana do município em dezembro. O projeto foi aprovado pela Câmara Municipal do município e sancionado pelo prefeito Augusto Castro (PSD).

A estimativa é de que o Auxílio beneficie, diretamente, 14 mil pessoas. Cada uma das famílias vai receber R$ 3.000,00, após cadastro e entrega do cartão, que após apresentado vai dar direito a compra de R$ 3 mil em eletroeletrônicos, móveis e material de construção. A compra só vai poder ser feita em lojas credenciadas pelo município.

O primeiro beneficiário a ter acesso ao cartão foi João Goulart de Jesus, pai de sete filhos, e Joaldo Andrade de Jesus, pai de dois filhos. De acordo com a Prefeitura, os dois moram em uma das regiões mais afetadas pelas chuvas. A entrega dos cartões está marcada para a manhã desta quinta-feira ,27, no Grapiúna Tênis Clube, para 183 famílias.

De acordo com a Prefeitura, a distribuição dos cartões vai ser de forma escalonada, com prioridade de entrega para as famílias que estão desabrigadas nos pontos de acolhimento mantidos pelo município.

“Esta semana representa um recomeço para centenas de famílias que estão desabrigadas. O primeiro momento foi salvar as pessoas. Agora é a hora de acolher, de dar assistência”, disse o prefeito Augusto Castro.

Vao ser R$ 10,5 milhões de auxílio às famílias, resultado de cerca de R$ 2,7 milhões doados por meio do PIX da Defesa Civil, mais aporte da prefeitura, de acordo com Augusto. Além do Auxílio, o município também vai pagar R$ 480,00 de Auxílio Aluguel a famílias que tiveram casas destruídas.

Augusto ainda lembrou que o Governo do Estado vai construir 1.100 casas para famílias que tiveram suas residências destruídas pela enchente de dezembro passado. Ainda de acordo com o prefeito, o governo baiano vai investir R$ 90 milhões na construção das casas.

Com alta de casos, Prefeitura de Jequié mantém ações de orientação à Covid nas academias da cidade

/ Jequié

Prefeitura intensifica fiscalização em academias. Foto: Divulgação

A Prefeitura de Jequié, informou que, através da Secretaria de Saúde, por meio da Vigilância Sanitária, segue atuando com ações de orientação nos estabelecimentos destinados à prática esportiva coletiva, para o cumprimento das medidas de prevenção à Covid-19, conforme o Decreto Municipal Nº 22.978, publicado nesta terça-feira (25).

Na manhã desta quarta-feira (26), os agentes de prevenção à Covid-19, visitaram academias de ginástica, com vistas a prestar esclarecimentos técnicos, elucidar dúvidas junto aos responsáveis pelo estabelecimentos e usuários, reforçando assim, o que está determinado pelos órgãos de Saúde para controle da disseminação da doença, nestes espaços.

”As equipes de agentes de prevenção à Covid-19 e da Vigilância Sanitária estão nas ruas, visitando as academias, reforçando as ações de prevenção e de enfrentamento da pandemia, orientando os proprietários, clientes e população em geral sobre a importância do cumprimento das medidas sanitárias que têm o intuito de frear a disseminação do vírus na cidade. Como todos temos acompanhado, os casos positivos voltaram a subir e isso demanda que tenhamos mais cuidado e que redobraremos a atenção e fica aqui o aviso: A Vigilância Sanitária retornará aos locais para a fiscalização, assim como fará com os estabelecimentos comerciais, buscando fazer cumprir as normas sanitárias vigentes.”, destacou a secretária de Saúde, Polliana Leandro.

Jequié registra 254 casos de Covid em 24h e chega a 1.221 o número de ativos com a nova onda da doença

/ Jequié

Covid volta a assustar em Jequié. Foto: Blog Marcos Frahm

O Boletim desta quarta-feira (26), em Jequié, mais uma vez, registra o maior números de novos casos num período de 24 horas, desde a confirmação do primeiro caso de Covid-19, em 22/03/2020: de terça para quarta, 254 novos casos positivos foram registrados, perfazendo um total de 19.354 pessoas confirmadas com a doença, chegando a 1.221 casos ativos com a nova onda da Covid-19.

Até agora 17.724 pacientes encontram-se recuperados da Covid-19 e o número de mortes até 2021 é de 409.

De acordo com o número de leitos de UTI-Covid do Hospital São Vicente, a taxa de ocupação é de 70%. Destes, não existem leitos ocupados por residentes de Jequié e 7 leitos estão ocupados por pessoas de outro município.

A Secretaria de Saúde reforça a urgente necessidade de que sejam mantidos todos os protocolos sanitários necessários ao enfrentamento da pandemia: o uso obrigatório de máscara, a higienização das mãos, o distanciamento social e, principalmente, a vacinação contra a Covid-19. Jequié tem mais de 7 mil pessoas em atraso com a segunda dose!

Morre no HGPV uma das vítimas do acidente na BA-545; outros três jovens seguem internados

/ Trânsito

Vítimas estavam em um carro Celta. Foto: Blog Marcos Frahm

Faleceu na madrugada desta quarta-feira (26), no Hospital Geral Prado Valadares – HGPV, em Jequié, uma das vítimas do trágico acidente envolvendo um automóvel Crevrolet / Celta que teria capotado na noite de domingo (23), na Rodovia BA-545, em Jaguaquara [relembre]

O jovem Wesley Araújo dos Santos, 25, que era apelidado de ”Menininho”, morador na cidade de Cravolândia, no Vale do Jiquiriçá, não resistiu e foi a óbito na unidade hospitalar. O corpo foi sepultado no final da tarde de hoje, em Cravolândia.

Outras três pessoas que estavam no veículo, o condutor e duas jovens, seguem internados no HGPV, após serem submetidos a procedimentos na unidade de Saúde.

As vítimas voltavam de uma comemoração entre amigos quando ocorreu o capotamento em uma curva sinuosa da pista de rolamento.

Bahia atinge 23.985 casos ativos de Covid-19; 18 óbitos são registrados, diz boletim da Sesab

/ Bahia

O boletim epidemiológico desta quarta-feira (26) registra 23.985 casos ativos de Covid-19 na Bahia, número superior a todos os registros de 2021. Anteriormente, o estado só havia atingido patamar maior em 02 de julho de 2020, quando foram alcançados 24.068 casos ativos.

O boletim epidemiológico de hoje ainda indica que, foram registrados 6.455 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,49%) e 4.087 recuperados (+0,32%) e 18 óbitos. Dos 1.331.776 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.279.954 já são considerados recuperados, 23.985 encontram-se ativos e 27.837 tiveram óbito confirmado.

Os dados ainda podem sofrer alterações devido à instabilidade do sistema do Ministério da Saúde. A base ministerial tem, eventualmente, disponibilizado informações inconsistentes ou incompletas.

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.724.530 casos descartados 299.477 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até às 17 horas desta quarta-feira. Na Bahia, 55.966 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Vacinação

Até o momento temos 11.063.130 pessoas vacinadas com a primeira dose, 263.710 com a dose única, 9.356.997 com a segunda dose e 2.202.272 com a dose de reforço. Do público de 5 a 11 anos, 33.206 crianças já foram imunizadas.

Jaques Wagner revela desejo de João Leão para as eleições de 2022; ”ser candidato ao senado”

/ Política

Segundo Wagner, Leão quer ser senador. Foto: Rede social

O senador e pré-candidato a governo da Bahia Jaques Wagner (PT) revelou, em entrevista à Piatã FM, nesta segunda-feira (24), o desejo do atual vice-governador e presidente estadual do PP no estado, João Leão, para as eleições de 2022, segundo publicação do BNews.

Segundo Wagner, o pepista quer ser candidato ao Senado Federal, assim como o presidente do PSD-Bahia, o senador Otto Alencar, quer ser candidato à reeleição. O grupo, liderado por Rui Costa e Wagner, tenta achar uma solução para definir a chapa completa.

O desejo do PT é manter a mesma estrutura. PT indica o candidato ao governo, o PP indica o postulante a vice-governador e o PSD lança candidato ao Senado. Outro problema na construção da chapa é que Leão deseja assumir por um tempo o governo do Estado. Para isso, Rui teria que deixar o Palácio de Ondina antes do dia 31 de dezembro de 2022.

Hoje oficialmente Leão ainda se coloca como pré-candidato à administração estadual. ”João Leão governador. Bote isso na cabeça, com o apoio do PT, por isso, estou aqui [no evento]. Agora, é aquela velha história, como eu cantei: ‘Quem eu quero não me quer, quem não me quer mandei embora’ […] Aí vou caminhar, procurar outra coisa”, cantarolou, em entrevista em dezembro do ano passado. No entanto, as chances desta candidatura ser efetivada é quase nula.

Na entrevista também, Wagner admitiu que o prazo que ele havia dado – até 31 de janeiro – não deve ser cumprido para anunciar a chapa completa. Conforme apurado, o grande imbróglio é m, de fato, achar uma equação com o PP.

ACM rebate críticas por sumiço diante das enchentes e diz que optou por não fazer ”politicagem”

/ Política

”A minha obrigação eu cumpri”. Foto: Prefeitura/Salvador

O pré-candidato ao governo da Bahia, ACM Neto (DEM/UB), reagiu às críticas da qual foi alvo no final do ano. Os opositores do democrata aproveitaram sua viagem à Europa durante a tragédia causada pelas chuvas que atingiram grande parte do estado para atacá-lo.

Quando questionado sobre o assunto, em entrevista coletiva realizada nesta quarta-feira (26), o ex-prefeito de Salvador subiu o tom contra os adversários.

”Qual era a minha obrigação? Eu sou governador? Eu sou senador? Eu sou ministro? Não sou. A minha obrigação eu cumpri no limite do que eu sou hoje, que foi conversar com os prefeitos, mobilizar doações, viabilizar recursos, cestas básicas, material de higiene, água para muitas cidades, mas fiz isso em silêncio. E lamento ter que dizer agora que fiz, e tenho testemunho e a prova de prefeitos de muitas cidades”, disse Neto.

”Fiz uma opção por não fazer politicagem em um momento tão dramático e tão sério. Rui Costa, Jaques Wagner, João Roma e os perfeitos não fizeram nada mais do que a obrigações deles, que têm mandato”, disparou o democrata.

 Apesar de evitar polêmica em relação às enchentes, ainda em dezembro, Neto sugeriu um auxílio de três salários mínimos para as famílias que tiveram prejuízos e perderam as casas por conta das chuvas. ”É fundamental ter solidariedade, proximidade, união de todas as autoridades, de todo o poder público, para chegar junto, para dar toda assistência”, disse na época. Com informações do site Bahia Notícias

Eventos são autuados por descumprirem decreto estadual em 32 municípios baianos; fiscalização será intensificada

/ Bahia

O cumprimento das determinações estabelecidas para a realização de eventos na Bahia está sendo acompanhado de perto pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab). Em decreto publicado na última sexta-feira (21), o governador Rui Costa anunciou uma nova redução do público presente de 3 mil para 1,5 mil pessoas.

Desde o mês de novembro, quando passou a vigorar o Decreto nº 20.907, autorizando a execução de eventos e atividades com a presença de público no estado, equipes da Diretoria de Vigilância Sanitária e Saúde Ambiental (Divisa) e dos Núcleos Regionais de Saúde realizam ações voltadas para o monitoramento do cumprimento das ações de combate a propagação da Covid-19 e do vírus da Influenza H3N2. As ações funcionam de forma complementar ao trabalho realizado pelos municípios, e já resultaram na fiscalização de 177 eventos com 38 Termos de Recomendação lavrados, além de duas autuações aplicadas.

As fiscalizações ocorreram no período entre 26 de novembro de 2021 a 24 de janeiro de 2022 nos municípios de Utinga, Serra Dourada, Senhor do Bonfim, Santana, Ruy Barbosa, Juazeiro, Itapetinga, Itapé, Ipirá, Ilhéus, Ibicaraí, Floresta Azul, Filadélfia, Elísio Medrado, Baixa Grande, Camaçari, Vitória da Conquista, Paulo Afonso, Paratinga, Jequié, Feira de Santana, Ibotirama, Porto Seguro, Eunápolis, Teixeira de Freitas, Alagoinhas, Mata de São João, Lauro de Freitas, Itabuna, Salvador, Lauro de Freitas e Camaçari.

Destes, 38 tiveram o Termo de Recomendação lavrado por não cumprirem as exigências do decreto estadual e outros dois foram autuados. A Diretora da Vigilância Sanitária da Bahia, Mariza Eduane Costa, explica que os técnicos verificam o uso de máscaras e disponibilização de álcool gel, distanciamento social, comprovação da cobertura vacinal contra Covid e o limite de público dos eventos. ”No período de novembro e dezembro, o que a gente mais encontrava eram os locais que não exigiam a comprovação vacinal. Isso passou a diminuir no decorrer do trabalho de fiscalização. Os organizadores começaram a se organizar e a informar essa obrigatoriedade da comprovação. Percebemos uma progressão bem importante”, destaca.

Duas autuações em Janeiro

As últimas fiscalizações aconteceram entre os dias 20 e 24 de janeiro nas cidades de Salvador, Lauro de Freitas, Vitória da Conquista e Teixeira de Freitas e não encontraram irregularidades. Porém, na semana anterior, de 13 a 16 de janeiro, dois eventos tiveram os autos de infração lavrados: um que acontecia em uma casa de show em Lauro de Freitas, e outro realizado em Salvador. Na ocasião, os técnicos ainda encontraram um evento que não exigia comprovação vacinal, outros dois onde as pessoas não faziam o uso correto da máscara e quatro festas onde não existia o controle de fluxo externo de público.

”Nós vamos, geralmente, duas vezes ou três vezes no mesmo evento. A primeira vez é antes de começar, quando a gente checa como está a organização, se tem organização de fila, se a equipe técnica e organizadores estão vacinados e usando máscara e a quantidade de ingressos vendidos. Na segunda visita, quando vai começar o evento, vamos vistoriar a entrada para ver se estão cobrando carteirinha, se está organizado. Se encontramos alguma irregularidade, a gente já notifica e pede para corrigir imediato. Por último, voltamos para checar se está tudo sendo cumprido”, detalha a diretora.

Fiscalização vai continuar

A ação, que conta com o apoio da Polícia Militar da Bahia, vai ser intensificada nos próximos dias. ”Toda quarta-feira fechamos a programação dos municípios e eventos da capital e interior que serão vistoriados. A ação segue ainda mais forte para coibir toda e qualquer irregularidade que coloque em risco a saúde da população”, finaliza Mariza Eduane.

Covid-19: casos em acompanhamento mais do que dobram em uma semana, diz Ministério da Saúde

/ Brasil

Os casos de covid-19 em acompanhamento mais que dobraram em uma semana. Segundo o Ministério da Saúde, há 1.761.197 casos da doença em acompanhamento no país. A expressão designa casos notificados nos últimos 14 dias em que os pacientes não tiveram alta, nem evoluíram para morte. Há uma semana, no dia 18, o total de pessoas nessa condição era menos da metade: 817.292 infectados.

Divulgada diariamente, a atualização do Ministério da Saúde consolida informações enviadas por secretarias municipais e estaduais de Saúde sobre casos e mortes associados à covid-19.

Com o avanço da doença puxado pela variante Ômicron, o Brasil chegou a 23.311.317 de infectados pelo coronavírus desde o início da pandemia. Novos diagnósticos confirmados de ontem para hoje foram 183.722. Ontem, o painel de informações da pandemia marcava 24.127.595 casos acumulados.

Já o número de pessoas que morreram por complicações da covid-19 chegou a 623.843. Em 24 horas, foram registradas 487 mortes. Ontem o sistema de informações registrava 623.356 óbitos em decorrência da doença.

Ainda há 3.110 óbitos em investigação, porque a definição da causa da morte demanda exames e procedimentos posteriores. Até o momento, 21.926.277 pessoas se recuperaram da covid-19, o que corresponde a 90,2% dos infectados desde o início da pandemia.

 Nela, são consolidadas as informações enviadas por secretarias municipais e estaduais de saúde sobre casos e mortes associados à covid-19.

Estados

Segundo o balanço do Ministério da Saúde, o estado que registra mais mortes por covid-19 é São Paulo (156.778), seguido por Rio de Janeiro (69.700), Minas Gerais (56.976), Paraná (41.034) e Rio Grande do Sul (36.692).

Os estados com menos óbitos resultantes da doença são Acre (1.857), Amapá (2.041), Roraima (2.086), Tocantins (3.986) e Sergipe (6.077).

Vacinação

Até esta terça-feira (25), foram aplicados 348,7 milhões de doses de vacinas contra covid-19 no Brasil. Receberam a primeira dose 163,2 milhões de pessoas. A segunda, ou a dose única, foi aplicada em 150,5 milhões de pessoas e a dose de reforço, a 33,9 milhões. Da Agência Brasil

Mais 130 novos casos da Covid registrados nas últimas 24h em Jequié; 1016 o número de casos ativos

/ Jequié

Houve o registro de 130 novos casos positivos da Covid-19, nas últimas 24 horas, em Jequié, de acordo o Boletim Epidemiológico desta terça-feira (25),  perfazendo um total de 19.100 pessoas confirmadas com a doença. Até agora 17.675 pacientes encontram-se recuperados e não apresentam mais os sintomas da Covid-19, segundo o boletim e o número de óbitos é de 409.

De acordo com o número de leitos de UTI-Covid do Hospital São Vicente, a taxa de ocupação é de 60%. Destes, não existem leitos ocupados por residentes de Jequié e 6 leitos estão ocupados por pessoas de outro município.

Até o presente momento 128.084 pessoas foram vacinadas com primeira dose em Jequié.

Onda de cancelamento: Elton John adia shows nos EUA após testar positivo para Covid -19

/ Entretenimento

”É sempre uma grande decepção adiar os shows”. Foto: Rede social

A onda de cancelamento e adiamento de shows entre artista por conta da testagem positiva para Covid-19 não está acontecendo apenas no Brasil. 

Nesta terça-feira (25), o cantor britânico, Elton John, precisou cancelar shows no Estados Unidos após positivar para o vírus. 

”É sempre uma grande decepção adiar os shows e sinto muito por qualquer pessoa afetada por isso, mas quero manter a mim e minha equipe em segurança”, disse o artista em comunicado publicado nas redes sociais. 

Jaguaquara: Decreto da prefeita suspende grande evento e limita público máximo de 200 pessoas

/ Jaguaquara

Decreto de Edione reduz público em Jaguaquara. Foto: Rede social

A prefeita Edione Agostinone assinou, um decreto publicado no Diário Oficial de Jaguaquara nesta terça-feira (25), que suspende a realização de grandes eventos no município, e limita o público máximo de 200 pessoas.

A medida de prevenção à disseminação da Covid-19 vale a partir de hoje. O decreto do Governo do Estado, determinado pelo governador Rui Costa reduziu, a partir desta semana, o público de eventos em áreas públicas e privadas para até 1.500 pessoas.

Com a alta de casos da Covid na Bahia, a Prefeitura de Jaguaquara informou, através de arte gráfica, que contabiliza 354 casos ativos do vírus com a nova onda da doença. O número de vacinados com a 1ª dose, conforme o boletim da gestão municipal, é de 37.914 pessoas.

Com o decreto de Edione, promotores de evento da cidade, inclusive ligados a mandatária cancelaram a realização de uma grande festa que aconteceria no próximo sábado (29), tendo como atrações Tarcísio do Acordeom, Adelmário Coelho, Márcia Felipe e Sem Retoque. Segundo a produção, o evento será realizado no dia (8) de maio, com as mesmas atrações anunciadas.

Brasil tem maior taxa de transmissão de Covid-19 registrada desde julho de 2020

/ Bahia

A taxa de transmissão da Covid-19 no Brasil atingiu o patamar mais alto desde julho de 2020, chegando a 1,78 nesta semana. A informação é do Imperial College de Londres. Na última semana, o índice estava em 1,35.

A taxa significa que cada 100 pessoas infectadas transmitem a doença para outras 178. Pela margem de erro, o número pode ser variar de 1,61 a 1,94. Nestes casos, 100 pessoas contaminam outras 161 e 194, respectivamente.

O fator Rt indica o potencial de propagação de uma doença. Quando ele está acima de 1, quer dizer que uma pessoa infectada transmite a doença para mais de uma pessoa e a doença avança. Quando está menor, significa que a doença está recuando.

Na 1ª reunião do ano, prefeitos e prefeitas pregam união em torno da UPB para fortalecer os municípios

/ Bahia

Zé Cocá liderou reunião de prefeitos baianos. Foto: Divulgação/UPB

A primeira reunião do ano com prefeitos e prefeitas realizada pela União dos Municípios da Bahia (UPB), nesta terça-feira (25), reforçou a necessidade de unidade do movimento municipalista baiano para avançar nas demandas dos municípios. O evento reuniu mais de 200 gestores na sede da entidade, em Salvador, e teve como objetivo alinhar a pauta prioritária que será defendida pela entidade junto ao governo do estado, Congresso Nacional e governo federal, com foco na melhoria da governança local e na reconstrução das cidades atingidas pelas chuvas.

”A nossa palavra de ordem é união e sempre de respeito entre os prefeitos, porque é importante que a gente esteja unido, neste momento, para oxigenar a luta dos municípios e não deixar parar. Hoje, observamos pontos importantes como a questão dos pisos que podem quebrar os municípios e vamos trabalhar para buscar nossas demandas, em Brasília e com o governo do estado. Então, foi uma reunião bem debatida, fizemos questão que a maioria dos prefeitos participasse e tenho certeza que saímos com bons frutos”, avaliou o presidente da UPB e prefeito de Jequié, Zé Cocá.

Entre os encaminhamentos das demandas no Congresso Nacional, ficou estabelecida a defesa de algumas propostas. Para a PEC da Redução da Alíquota do INSS foi criada uma comissão com cinco prefeitos para coordenar a articulação a favor da matéria. Sobre a PEC 13 dos 25% da Educação, a UPB acredita que a matéria está pacificada para aprovação. Já sobre a PEC 122, a entidade defende uma ampla mobilização dos prefeitos de todo Brasil, liderada pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM), para pressionar o Congresso pela aprovação.

O vice-presidente da UPB e prefeito de Belo Campo, José Henrique Tigre (Quinho), ressaltou que em 2021 o movimento municipalista baiano obteve grandes vitórias e que 2022 é o ano importante. ”Esse ano é de eleição e cabe aos que pleiteiam os cargos um tratamento diferenciado para ouvir os prefeitos. O lugar de destaque de quem constrói o Brasil é dos prefeitos”, afirmou. Quinho também disse que a UPB apertará o cerco para a liberação de emendas dos deputados estaduais, que estão paradas nas secretarias do estado, em uma atuação municipalista independente.

Entre as demandas estaduais que a entidade defenderá estão: o pedido para o governo apresentar um plano de ações para reconstrução das cidades afetadas pelas chuvas; a necessidade de desburocratizar os convênios dos municípios com a CONDER; o enfrentamento às dificuldades com a regulação da saúde; e o pagamento dos royalties do petróleo, que está em fase avançada de estudo na Procuradoria Geral do Estado e a UPB já prestou todo apoio possível destravar o repasse.

Presente na reunião, o secretário de relações Institucionais da Bahia, Luiz Caetano, explicou sobre os convênios com a Conder e afirmou que a orientação do governador é atender os prefeitos o mais rápido possível e ajustar os projetos dentro da própria secretaria, pela deficiência que os municípios têm de equipe técnica. Ele citou o apoio que a UPB tem dado pela estrutura que a atual diretoria montou na área de projetos. ”Os municípios com decreto de emergência, os 143 que já estão homologados, vão poder apontar três estradas vicinais mais importantes para o consórcio fazer. O governador tem orientado que, no caso dos municípios que estejam adimplentes, seja feito o convênio direto com o município para andar mais rápido”, adiantou. Caetano recebeu a pauta apresentada pela UPB e disse que levará ao conhecimento do governador Rui Costa e do secretariado estadual.

Artigos

O SBT parando no tempo

No SBT, desde o seu primeiro dia, 19 de agosto de 1981, Silvio Santos sempre chamou para si todas as …

Leia Mais


As operadoras de Internet e celular

As empresas de telefonia no Brasil e notadamente as operadoras de conexão de internet em plena era G5, parecem ainda …

Leia Mais