PRF recupera em trecho da BR-116, em Vitória da Conquista, caminhonete furtada de locadora

/ Trânsito

PRF apreendeu Nissan/Frontier, placas de Minas Gerais. Foto: PRF

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) recuperou, na tarde de quinta-feira (19), um carro de locadora. A ação foi registrada durante uma abordagem no Km 830 da BR 116, trecho do município de Vitória da Conquista (BA).

Em fiscalização ostensiva na rodovia, policiais abordaram uma Nissan/Frontier, placas de Minas Gerais, com um ocupante. Após consultas aos sistemas de segurança, policiais constataram que a caminhonete pertencia a uma empresa de aluguel de veículos e que havia uma ocorrência registrada na Delegacia de Santo André (SP) pelo crime de furto (art. 155 CP).

O condutor, um homem de 29 anos, informou que é apenas funcionário da empresa proprietária do o veículo. Disse também que costuma dirigir a caminhonete para atender demandas do trabalho .

O veículo apreendido e o motorista, foram apresentados na Delegacia de Polícia Civil local, para registro da recuperação e demais procedimentos.

SISTEMA SINAL – Para cadastrar casos de roubo, furto, clonagem, adulteração ou apropriação indébita de veículos, as pessoas podem acessar o site www.prf.gov.br/sinal e inserir informações sobre o crime e as características do automóvel. De imediato, uma mensagem é enviada para os celulares dos policiais que estejam mais próximos da ocorrência, para auxiliar na recuperação do veículo. Vale ressaltar que o registro no sistema não substitui a confecção do Boletim de Ocorrência na Polícia Civil.

Após caixa coletora ceder, frutas e verduras são descartadas no chão da Ceasa de Feira de Santana

/ Bahia

Produtos são descratados na Ceasa. Foto: Paulo José/ Acorda Cidade

Os consumidores que se dirigiram, na manhã desta sexta-feira (20), ao setor de frutas e verduras do Centro de Abastecimento, em Feira de Santana, se depararam com uma cena lamentável.

O fundo de uma caixa coletora cedeu, espalhando restos de alimentos, frutas e verduras estragadas pelo chão. Como se não bastasse o incidente, comerciantes da área passaram a jogar mais lixo no local, o que piorou a situação e aumentou ainda mais a fedentina.

Às sextas-feiras, o movimento no Centro de Abastecimento é intenso, com muitos veículos e pessoas circulando.

Enquanto colocava caixotes com alimentos no caminhão para seguir viagem, o trabalhador autônomo Osmar Ribeiro, que realiza fretes de mercadorias, lamentou, em entrevista ao Acorda Cidade, a situação do Centro de Abastecimento.

”Aqui está horrível, pegaram a policaçamba e derramaram frutas, o lixo, e está a maior porcaria. Os banheiros estão fechados, e a gente tem que urinar no chão, em qualquer lugar. Eu não sei o motivo, mas o banheiro está fechado”, reclamou.

Um dos agentes da empresa Sustentare, responsável pela coleta de lixo em Feira de Santana, afirmou que os comerciantes costumam descartar o lixo de forma irregular no entreposto, piorando a sujeira do local.

Juntamente com outras pessoas da equipe, ele foi acionado para realizar a limpeza dos alimentos espalhados pelo chão do setor de frutas e verduras.

”Vamos recolher o lixo aqui, que cedeu o fundo da caixa, e a Sustentare nos trouxe para fazer essa limpeza hoje aqui. Os comerciantes também não facilitam, jogam o lixo de qualquer forma e fica essa bagunça”, informou. Com informações do repórter Ed Santos do Acorda Cidade.

Mulher que ganhou bebê de 7,3 kg no Amazonas já deu a luz a outro filho ”grande” de 4 kg

/ Saúde

Com histórico de ter “bebês grandes”, a amazonense, Cleidiane Santos, de 27 anos, deu à luz a uma criança de 7,3 kg na última quarta-feira (18). O curioso é que a mulher também já teve outro recém-nascido ”gigante”, que registrou 4 kg.

De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), a criança de 7,3 kg se trata do maior recém-nascido da história do Amazonas.

Segundo o G1, Claudiane é moradora do bairro Castanhal, em Parintins, e se surpreendeu com o peso do filho mais novo. A mulher achava que o bebê nasceria com o peso similar ao do irmão: 4kg.

”Eu não esperava essa surpresa. Eu pensei que seriam quatro quilos, mas veio sete quilos. Quero agradecer à equipe do Hospital Padre Colombo, que está me dando força e me tratando muito bem, desde quando eu entrei aqui, se não fossem eles, eu não sei o que seria de mim. Então, eu agradeço cada um”, disse a mãe da criança. Apesar do tamanho, o hospital informou que o bebê possui um quadro de saúde estável e está saudável.

Atriz Claudia Raia é criticada após autorização para captar R$ 5 milhões pela Lei Roaunet

/ NOTÍCIAS

Atriz entre os assuntos mais comentados do Twitter. Foto: Reprodução

Após Claudia Raia receber autorização para captar R$ 5.057.203,63 dentro da Lei Lei de Incentivo à Cultura conhecida como Lei Rouanet, internautas criticaram a atriz. O Ministério da Cultura desbloqueou cerca de R$ 1 bilhão em recursos captados pela lei. 

”A atriz Cláudia Raia, recebeu a autorização para captação de mais de R$ 5 milhões de reais via Lei Rouanet. O seu dinheiro voltando a bancar boa vida de artistas. Mas o importante é que o amor venceu”, escreveu um. ”Foi desbloqueado 1 bilhão para a Lei Rouanet e uma das primeiras a receber parte dessa verba é Claudia Raia com o total de 5 milhões de reais. Quem mais precisa dessa verba são os pequenos artistas da favela, que tem pouca oportunidade e geralmente esquecidos. Até quando isso?”, escreveu outro.  

Atriz ficou entre os assuntos mais comentados do Twitter na tarde desta quinta-feira (19).

”Claudia Raia – Os Musicais tem por objetivo a pesquisa, montagem e temporada de dois espetáculos produzidos e encenados pela atriz Claudia Raia, levando aos palcos emocionantes histórias selecionadas com base em importante pesquisa”, diz parte do resumo do projeto, que está descrito na portaria que aprova o valor. 

Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) anuncia novas restrições de produtos para cabelo

/ Saúde

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou nesta quinta (19) a restrição e o recolhimento de quatro pomadas capilares para modelar tranças. Ao todo, a venda de 11 pomadas modeladoras está suspensa .

De acordo com a Anvisa, os produtos são alvo de investigação por parte da própria agência reguladora e dos órgãos de Vigilância Sanitária locais devido a relatos de pacientes sobre a ocorrência de eventos adversos graves após o uso. Todos esses produtos podem oferecer risco à saúde.

A Anvisa explica que a interdição do produto é uma medida cautelar que visa proteger a saúde da população em caso de risco à saúde e que permanece vigente enquanto são realizados testes, provas, análises ou outras providências são requeridas para investigação mais aprofundada do caso.

O que fazer se tiver adquirido o produto

No caso de o consumidor ter um dos produtos em casa, a recomendação é que não o utilize e entre em contato com a empresa para verificar a forma de devolução.

Se o produto já tiver sido usado, em caso de qualquer efeito adverso, o conselho da agência é procurar imediatamente o serviço de saúde e informar a Anvisa pelas páginas de cidadão e profissional que maneja o produto ou de ermpresas e profissionais da saúde. Da Agência Brasil

Prefeitura de Jequié destinará espaço para feirantes do CEAVIG que atuam com artesanato e raízes

/ Jequié

Feirantes de artesanato e de folhas, sementes e raízes tradicionais, que atuam no Centro de Abastecimento Vicente Grilo (CEAVIG), em Jequié, irão contar com um local específico para a comercialização: o Centro de Artesanato e Raízes, que funcionará integrado ao projeto de reforma e modernização do CEAVIG, que vem sendo executado pela Prefeitura, através da Secretaria de Infraestrutura e Secretaria de Serviços Públicos.

Segundo a Prefeitura,o local, que ocupará 200 metros quadrados, será construído na área ao lado onde os feirantes mantinham suas antigas barracas e estas serão substituídas pelo novo equipamento, que contará com nove boxes, onde os trabalhadores poderão abrigar as plantas medicinais da cultura popular e os produtos de artesanato, a grande maioria dos itens são feitos de forma manual por artesãos e artistas locais.

Com investimentos de mais de R$ 7 milhões de reais, a primeira etapa das obras de reforma e modernização do CEAVIG está sendo executada com recursos próprios do município e, entre as novas intervenções que serão implementadas, será construído o novo módulo de hortifruti, edificação que ocupará 6.600 m², contando com 528 unidades padronizadas, com revestimento em cerâmica e dotadas com bancadas de granito, todas equipadas com sistema elétrico e hidráulico modernos.

Terno de Reis e Samba de Roda ganham espaço na programação do Festival de Cultura de Santa Inês

Apresentações de jovens e pessoas da terceira idade. Foto: Prefeitura

Aberta no último dia dia (13/1), a programação do Festival de Cultura de Santa Inês, no Vale do Jiquiriçá, segue até sábado (21). A celebração, que voltou a ser realizada depois de dois anos, em razão da pandemia, conta com uma gama extensa e variada de atrações e com uma estrutura de depois palcos, que vem sendo bastante elogiada pelos foliões.

O sétimo dia da tradicional festa da padroeira, que leva o nome da cidade, Santa Inês, foi marcado por apresentações culturais. Do Terno de Reis ao samba de roda, grupos da região do Vale do Jiquiriçá se apresentaram na Praça Araújo Pinho, na tarde desta quinta-feira (19), envolvendo jovens e pessoas da terceira idade.

Do Terno de Reis ao samba de roda, grupos se apresentam na festa

A animação continuou à noite, com shows musicais de Nélio Silva, Banda WE, George Tavares e Jaldo Rodrigues. Paixão Amada, Xanddy Harmonia, Ricardo Alencar e Nadson o Ferinha são as atrações desta sexta-feira.

Bahia registra 640 casos de Covid-19 e mais 10 óbitos, informa o boletim epidemiológico da SESAB

/ Bahia

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 640 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,04%), 766 recuperados (+0,04%) e 10 óbitos. Dos 1.782.592 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.749.850 já são considerados recuperados, 1.396 encontram-se ativos e 31.346 tiveram óbito confirmado. Os dados ainda podem sofrer alterações.

O boletim epidemiológico desta quinta-feira (19) contabiliza ainda 2.082.829 casos descartados e 374.030 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até às 17 horas desta quinta-feira. Na Bahia 71.737 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Vacinação

Até o momento a Bahia contabiliza 11.716.650 pessoas vacinadas com a primeira dose, 10.962.699 com a segunda dose ou dose única, 7.702.647 com a dose de reforço e 3.087.764 com o segundo reforço. Do público de 5 a 11 anos, 1.104.937 crianças já foram imunizadas com a primeira dose e 747.184 já tomaram também a segunda dose. Do grupo de 3 a 4 anos, 81.437 tomaram a primeira dose e 37. 192 já tomaram a segunda dose. Do grupo de 6 meses a 2 anos, 11.062 tomaram a primeira dose e 611 tomaram a segunda dose.

Revoltado, homem deita em via para impedir acesso de motoristas ao ferry boat, em Salvador

/ Trânsito

Home deitou em via para protestar. Foto: Reprodução / Blog do Valente

Um homem, que esperava cerca de cinco horas na fila do ferry boat, desceu do veículo e se deitou na via na noite desta quinta-feira (19) impedindo motoristas de ter acesso ao Terminal de São Joaquim, em Salvador.

De acordo com o Blog do Valente, parceiro do Bahia Notícias, antes do ocorrido, o usuário já havia bloqueado a via com pedras, que haviam sido retiradas pelos funcionários do terminal.

O caso foi relatado pelo influenciador digital de Santo Antônio de Jesus, Israel Pires, que reportou o ocorrido em suas redes sociais. Segundo as publicações, tanto Israel quanto o motorista , estavam esperando desde 15h30 na fila para embarque de veículos, o que teria levado o homem a realizar a ação como forma de protesto. No momento que o vídeo foi gravado, passavam das 20h.

Ainda conforme informações, as queixas sobre o sistema ferry boat têm sido constantes, principalmente neste período do ano, quando aumenta o fluxo de passageiros em busca das praias da Ilha de Itaparica, Baixo Sul e Salvador. Passageiros têm reclamado do atraso das embarcações, falta de limpeza e das condições estruturais dos transportes marítimos.

Zé Ronaldo desconversa sobre disputar prefeitura de Feira em 2024: ”Sei o que leio da imprensa”

/ Política

Ex-prefeito de Feira, Zé Ronaldo. Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

Ex-prefeito de Feira de Santana por quatro mandatos, José Ronaldo (União) nega que, neste momento, almeje pavimentar seu caminho como um player numa nova disputa eleitoral rumo ao Paço Maria Quitéria, em 2024.

Distante dos holofotes desde o fim da campanha de ACM Neto (União) ao governo do estado – quando num primeiro momento chegou a ser cotado como vice e acabou atuando como coordenador – o líder político do grupo na maior cidade do interior do estado afirma não ter pensado ou dialogado sobre o assunto.

”Eu estou cuidando da vida. O pessoal esta muito adiantado”, disse o político ao Bahia Notícias nesta quinta-feira (19). Segundo Ronaldo, o prazo para que haja qualquer tipo de definição do grupo sobre os nomes que irão compor a chapa para concorrer ao processo eleitoral ”é longo”.

O pós-campanha está sendo de resolução de questões pessoais, revelou o político. “Saí da campanha politica e [estou] vendo minha vida. Vendo a vida pessoal. Não tenho pensado nisso, nem conversado com ninguém”, acrescentou.

Ao mesmo tempo que evita falar sobre o futuro, os principais oponentes e até aliados ronaldistas encampam incursões pensando na briga que está por vir, considerada por pessoas próximas como uma ”eleição pegada”.

O secretário de Desenvolvimento Econômico do estado Angelo Almeida (PSB), o vereador e ex-deputado federal Fernando Torres (PSD), deputado federal Zé Neto (PT) e o deputado estadual eleito Pablo Roberto (PSDB) são fortes candidatos ao pleito.

O próprio governador Jerônimo Rodrigues (PT) acusou ter um leque com ”bons nomes” e admitiu fazer ”uma agenda política” para dialogar sobre a participação deles para a sucessão em municípios estratégicos como Salvador, Vitória da Conquista, nos municípios do Oeste e em Feira de Santana.

”Confesso que o que eu sei sobre 2024 é o que leio da imprensa”, finalizou Ronaldo ao ser convocado a opinar sobre os aliados ventilados e os possíveis opositores.

Empresário do ramo de combustíveis e pecuarista de Jitaúna morre na BR-116; prefeito lamenta acidente

/ Trânsito

Empresário Clóvis ao lado do prefeito Marcelo. Foto: Rede social

Um empresário do ramo de combustíveis e pecuarista do município de Jitaúna, no Médio Rio de Contas morreu vítima de acidente de trânsito na tarde desta quinta-feira (19/1), quando capotou a caminhonete que conduzia na BR-116.

Clóvis José dos Santos Pereira, de 67 anos, dirigia uma caminhonete Ford Ranger de cor branca quando perdeu o controle do veículo e capotou às margens da estrada, na altura do KM 707 da BR-116, caindo em uma ribanceira, trecho que compreende o município de Manoel Vitorino. O empresário foi a óbito no local.

Um amigo que lhe fazia companhia sofreu ferimentos e foi socorrido ao Hospital Geral Prado Valadares – HGPV, em Jequié, por uma equipe de resgate da Concessionária ViaBahia. Ambos retornavam do distrito de Caatingal.

Na rede social, o prefeito de Jitaúna, Marcelo Pecorelli, lamentou a morte do empresário usando uma fotografia em que aparece ao lado de Clóvis. ”Figura ímpar e tão importante em nossa cidade”, disse o gestor. O acidente foi registrado pela Polícia Rodoviária Federal, que apura as causas.

Câmara de Jequié é palco de audiência da Defensoria Pública com moradores sobre reflexo das enchentes

/ Jequié

Defensor público federal Vladimir Correia discursa. Foto: Emanuel Jr.

O plenário da Câmara Municipal de Jequié foi palco de uma Audiência Pública promovida nesta quinta-feira (19/1) pela Defensoria Pública do Estado da Bahia em parceria com a Defensoria Pública da União e atraiu grande público ao prédio do Legislativo com a finalidade de debater a garantia dos direitos da população vulnerabilizada pela enchente da Usina Hidroelétrica da Pedra, bem como discutir as possíveis sugestões para a solução das questões decorrentes desse tema.

O evento, aberto a população em geral foi conduzido pela coordenadora da 12ª Defensoria Pública Regional de Jequié, Yana de Araújo Melo. Ao justificar a realização da Audiência Pública, a DP argumenta tratar-se de um debate de suma importância depois dos estragos provocados pelo aumento das vazões da Barragem da Pedra, de responsabilidade da Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf). Entende que as vazões defluentes chegaram a valores extremos, acima da capacidade do rio, o que provocou inundações de diversas áreas da cidade de Jequié e região, deixando inúmeras pessoas desabrigadas.

O encontro reuniu os representantes da Defensoria DP, secretários municipais representando o Poder Executivo, com representação das Secretarias Municipais de Desenvolvimento Social, de Desenvolvimento Econômico, de Infraestrutura, de Agricultura, de Governo e de Serviços Públicos, o  Procurador-geral de Jequié, Daniel Quadros, representantes do Centro de Abastecimento Vicente Grillo, do Ministério Público, do 8º Grupamento do Corpo de Bombeiros, do Instituto Nacional do Meio Ambiente (INEMA), da Área de Proteção Ambiental de Jequié, Defesa Civil Municipal, do Movimento dos Atingidos da Barragem, além de integrantes da Sociedade Civil e do Poder Legislativo. ”A gente idealizou essa audiência em um tempo curto, porque voltávamos do recesso judiciário, mas sabíamos da urgência da realização desse momento. A quantidade de pessoas e de órgãos presentes demosntra que estávamos certos, porque a gente sabe que houve uma tragédia aqui e que essa população sofreu na pele. É uma surpresa grata para a gente a quantidade de pessoas que estão aqui, saber que a comunidade está ibuída no intuito de tentar saber mais sobre o que aconteceu, mas principalmente tomar daqui encaminhamentos que possam reduzir os impactos sofridos. Eu acho que a nossa audiência tem basicamente três objetivos: primeiro é dar visibilidade ao que aconteceu, trazer à tona, para tentar reparar essas famílias e que isso não volte a acontecer. O segundo seria ouvir vocês, entender melhor o que está acontecendo, para sabermos no que cada órgão pode contribuir para a melhoria das condições que as pessoas enfrentam e, o terceiro, é para que possamos, órgãos públicos presentes, firmar compromissos no sentido de que cada um, dentro de suas atribuições possam atuar de forma efetiva. Temo a Defensoria Pública do Estado e da União, prestando assistência jurídica a vocês. Já estamos organizando um multirão de atendimentos, nos dias 30 e 31, aqui em Jequié. Nesse momento, é para discutirmos os temas gerais”, disse no evento o defensor público federal Vladimir Correia, coordenador da área de Direitos Humanos e Tutela Coletiva na Bahia.

Audiência pública lotou as galerias da Câmara de Jequié

Defensora Pública em Jequié, Thiene Vanilda de Souza explicitou as ações do órgão na Cidade Sol. ”Eu falo especialmente para a população que foi vulnerabilizada pela enchente. A Defensoria é tudo aquilo que está na constituição federal, mas ela também é muito mais do que isso. Ela presta serviço público de assistência jurídica aos necessitados, é uma instituição que é permanente, que não pode ser extinta e é por isso que ela é tão essencial  à Justiça. A DP convocou essa audiência porque ela é regida pela democracia e precisa ouvir vocês, antes de atuar. E por isso a importância da ouvidoria externa aqui presente, que tem como função primordial a orientação jurídica aquelas pessoas mais necessitadas. Ela deve promover, de maneira fundamental e muito firme a defesa dos direitos humanos e é por isso que estamos aqui”, disse a defensora, afirmando ter ficado contente com a presença da população em grande número

João Souza Machado, representando moradores do bairro Joaquim Romão, uma das áreas mais afetadas, fez elogios ao CRAS, Defesa Civil e outros setores do Município pelo atendimento prestado no período das enchentes. ”O que perdemos está anotado no papel, e sobre indenização é com a justiça, que vai resolver, mas nós não podemos abaixar a cabeça, temos que lutar. Não perdemos vidas, estamos com saúde e eu peço a prefeitura que mande fiscais olhar a situação”, afirmou o morador, que foi contestado pelos demais afetados quando disse que órgãos estariam de parabéns.

Ademário, morador da Rua Corredor Costa Brito, no bairro Jequiezinho, argumentou que os estragos provocados na via onde ele reside poderiam ser evitados se hovesse planejamento. ”A gente sabe que muitos moradores não tem condição de comprar os móveis, imagine sua casa invadida, a água destruindo tudo. Eu sou autônomo, decorador de festa, mas não só eu como outros moradores não temos emprego fixo e perdemos móveis. A gente está aqui buscando uma resposta positiva da defensoria, para não ficar só no papel. Estão exigindo que a gente tenha documentos de móveis que perdemos e a gente não tem. A água levou muita coisa”, disaprou, em clima de tensão entre os afetados.

O Senhor Rubenildo Plínio, representante dos comerciantes do CEAVIG revelou que colegas comerciantes não tem condições de recomeçar o trabalho em razão das destruições provocadas pelas águas do Rio de Contas, pediu apoio do poder público e punição a Chefesf. ”Perdemos tudo e eu peço que as autoridades vejam a situação de cada um”.

O Promotor de Justiça, Fábio Aguiar, ao fazer uso do microfone disse que o que acomnteceu foi uma tragédia anunciada. ”Todos os anos, como é sabido, durante o período chuvoso vem ocorrendo enchentes na região. As pessoas que moram nas proximidades dos rios sabem que é normal isso acontecer. Um colega nosso nos alertou que era de costume a Chesf avisar a população e que dessa vez, apesar da enchente de 2021, que já foi grave, infelizmente, isso não foi respeitado pela Chesf. Essa situação climática é presumida que dava para ser controlada”.

Eduardo Topázio, dirertor do INEMA, pediu para antecipar a sua fala, alegando ter compromissos na capital do estado e inicou se solidarizando com as famílias atingidas. ”É muito triste. Quero me solidarizar com vocês e dizer que o papel do Estado é está presente e quero me colocar a dosposição para ajudar o MP no que for necessário em relação a dar suporte técnico e cooperativo. Nós já multamos a barragem para que apresente os elementos de justiificativa do que causou isso. O estado está entrando com uma ação e nós nos colocamos também a disposição para qualquer suporte jurídico, porque de fato a gente entende que havia a questão do princípio da precaução que não foi feito. Nós emitimos inúmeros alertas climáticos, não eram específicos a barragem da pedra, mas sobre toda a bacia. Como engenheiro, eu possso dizer a vocês que uma das funções da barragem é proteger a população de cheias. Eles tinham que trabalhar com volumes bem menores e com descargas de prevenção e isso não ocorreu e é uma das causas que estão permitindo que a gente entre com uma ação de punição a empresa”, justificou.

Coordenador da Defesa Civil Municipal, Murilho Bulhões explicou as primeiras medidas adotadas pela Prefeitura de Jequié. Enumerou os trabalhos preventivos realizados pela pasta em parceria com a Secreatria de Infraestrutura em 2022, citando como exemplo que não estavam presentes pessoas residentes no Loteamento Flamboyant, onde era comum o registro de alagamentos em períodos de chuva, mas reconhece os transtornos enfrentamos pelos munícipes de outras áreas e que segundo ele foram afetados  não pela intensidade da chuva, mas pela cheia do Rio de Contas decorrente da abertura das comportas da barragem. ”A gente não está vendo aqui ninguém do Flamboyant, do Beta Ville, do Pompílio Sampaio. Infelizmente, por conta da eleveção do nível do rio, por culpa da Chesf, estamos vendo aqui o Residencial Mandacaru, Beira Rio e Vila Jequié. Nós fizemos um trabalho preventivo no ano passado, nas olarias que tem lagoas, e se não fosse a enchente vocês não teriam sido atingidos. O nosso trabalhho de resposta foi dividir as equipes e colocar em todo o município. Infelizmente, nós não temos como estar em todos os locais se não fomos chamados. Temos um número bastante divulgado nas mídas. Algumas casas caíram e nós estamos buscando o recurso para resolver esses problemas. Estamos fazendo todo o levantamento para dimunir essa problemática. Tivemos um levantamenro prévio, entre residenciais e comércios de duas mil e novecentas (2.900) famílias que foram atingidas e estamos tentando diminuir esse impacto”, disse Murilo, enfatizando que o recurso da ordem de R$ 4,8 milhões destinado a Jequié pelo Governo Federal é específico para custeio com alimentação, kits dormitório e de limpeza, que ainda não foram disponibilizados para distribuição.

Vereadores participam da audiência promovida pela Defensoria

O presidente da Casa, o vereador Emanuel Campos, Tinho, lamentou o sofrimento das famílias e destacou a recente aprovação, por unanimidade em sessão extraordinária da Câmara de um projeto de Lei enviado pelo pprefeito Zé Cocá, que autoriza a Prefeitura a socorrer comerciantes do Ceavig. ”Continuamos unidos. Em 1914, houve a maior enchente e a população da época se uniu, reergueu a nossa cidade. Antes da enchente de 2022, haviam reuniões e a Chesf a todo o momento passava tranquilidade e a prefeitura vinha alertando a população ribeirinha sobre os riscos. Dias antes do que aconteceu em Jequié, a comunidade de Areião foi inundada pelas águas e já era um sinal. A Chesf tem sim a responsabilidade. Foi o Natal mais triste da nossa história. Parabenizo a Defensoria e o Ministério Público por estarem defendendo a nossa população, pois o momnento é de união”.

Além do presidente, participaram da audiência os vereadores: Ramon Fernandes, Valmiral Marinho, Marcos do Ovo, Joaquim Caires, João Paulo, Bui Bulhões, Gutinha, Ziel, Soldado Gilvan, Sidnei Magal, Corolrido, San e Júnior Braga. As informações do do Blog do Marcos Frahm

 

 

 

BR-324 terá desvio temporário no tráfego de veículos na altura da Brasilgás, trecho da capital baiana

/ Trânsito

A instalação de uma passarela elevada para pedestres próximo à Brasilgás, em Salvador, provocará um desvio temporário no tráfego de veículos na BR-324, tanto no sentido Simões Filho, quanto no sentido Acesso Norte. A alteração no trânsito deve começar às 20h desta quinta-feira (19) e terminar às 5h de sexta (20).

A nova passarela será integrada à Estação Campinas, pertencente ao tramo 3 do metrô de Salvador, que deverá ligar a Estação Pirajá ao bairro de Águas Claras, na periferia da capital baiana.

O Consórcio Metrô Tramo III, responsável pelas obras de expansão do sistema metroviário de Salvador, pediu para os motoristas redobrarem a atenção, ficando atentos à sinalização e ao limite de velocidade implantado na região.

De acordo com a ViaBahia, concessionária que administra a BR-324, painéis de mensagens variáveis (PMVs) indicarão os desvios, feitos através das vias marginais, durante toda a operação. As informações são do site Bahia Notícias

Laboratório de refino de drogas é desarticulado durante operação da Polícia Militar em Itabuna

/ Polícia

A ação ocorreu nesta quinta-feira. Foto: Divulgação/Polícia Militar

Uma prensa hidráulica para até 15 toneladas, maconha, cocaína e outros acessórios usados no tráfico de entorpecentes foram apreendidos, na manhã desta quinta-feira (19), em um laboratório clandestino de refino de drogas, na cidade de Itabuna.

Equipes da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Cacaueira e do 15° Batalhão da Polícia Militar (BPM) faziam ações na localidade de Manoel Leão para coibir o tráfico, quando encontraram o local.

Segundo o major Fábio Rodrigo de Melo Oliveira, comandante da Cipe Cacaueira, a droga iria abastecer o tráfico nos bairros de Lomanto, Novo Lomanto e Santa Catarina.

Foram apreendidos grande quantidade de pasta base de cocaína, maconha, cocaína pronta para a venda, prensa hidráulica, balança e outros itens usados na mistura das drogas. Com informações do site Bahia Notícias