Transbordamento de rio provoca alagamentos e transtornos em Apuarema; famílias saíram de suas casas

Águas das fortes chuvas alagam a cidade. Foto: Diego/Instagram Apuarema Acontece

As fortes chuvas que atingiram o Médio Rio de Contas na tarde desta terça-feira (20) provocaram o transbordo do Rio Mineiro, na divisa entre os municípios de Apuarema e Itamari.

E enxurrada superou uma ponte sobre a Rodovia BA-547 e invadiu casas, na comunidade, causando transtornos na zona rural e também na área urbana da cidade. Imagens que circulam nas redes sociais mostram vários pontos do município completamente alagados e famílias evacuando suas casas com a elevação do nível das águas no rio.

Uma operação de resgate foi realizada por voluntários, com apoio da Prefeitura de Apuarema que viabilizou um abrigo provisório para acolher as pessoas que residem em casas alagadas e áreas de risco, inclusive os acamados.

O prefeito da cidade,  Rogério Costa, participou da ação. Apesar das chuvas, moradores falam na possibilidade de rompimento de uma represa na região.

Câmara de Vereadores de Jequié faz entrega simbólica à Prefeitura de cheque de R$ 1 milhão de verbas economizadas

Zé Cocá recebe cheque simbólico em sessão da Câmara. Foto: Marcos Frahm

Seguindo o que determina o Regimento Interno da Câmara Municipal de Jequié, foi iniciado, nesta terça-feira (20), o primeiro Período Legislativo de 2024. Sob o comando do presidente da Casa, vereador Emanuel Campos Silva (Tinho), a Sessão contou com a presença do prefeito Zenildo Brandão, o Zé Cocá, ao qual, coube fazer a leitura da Mensagem Anual do Prefeito, em que o mesmo mencionou realizações de 2023 bem como enumerou obras e outras ações em andamento e/ou planejadas para o atual exercício.

O prefeito enfatizou o quanto tem sido importante as contribuições dadas pela Câmara de Vereadores para a construção de uma cidade melhor. O presidente Tinho aproveitou a ocasião para fazer a entrega simbólica do cheque de R$ 1.000,000,00 (hum milhão de reais), valor transferido da Câmara para a Prefeitura. ”São recursos financeiros que a Câmara conseguiu economizar do doudécimo ao longo do ano passado para ajudar o Município a investir no Centro Administrativo e em outras ações”, frisou o vereador. 

Antes, o líder do prefeito na Câmara, vereador Daubti Rocha (Colorido), ao fazer a saudação ao chefe do Executivo Municipal, fez questão de destacar a importância da união de todos em torno do progresso de Jequié, citando as parcerias que vêm sendo firmadas envolvendo não somente os poderes Legislativo e Executivo como também outros organismos da sociedade e cujos resultados estão sendo observados no município inteiro.

Chuvas deixam mais de 3800 pessoas desalojadas e seis mortos na Bahia, é o que aponta o balanço mais recente da Defesa Civil

Um total de 3.811 pessoas estão desalojadas em toda a Bahia em decorrência das fortes chuvas que atingem o estado desde janeiro, é o que aponta o balanço mais recente da Defesa Civil do Estado da Bahia (Sudec). Em quase dois meses, seis pessoas morreram vítimas das consequências das chuvas.

Além dos milhares de baianos desalojados, pessoas impossibilitadas temporariamente de ficar em seus imóveis, outras 202 vítimas estão desabrigadas após perderem seus imóveis em decorrência de alagamentos, deslizamentos ou desabamentos.

Segundo o Decreto Estadual nº 22.617, publicado em 02 de fevereiro, a Sudec contabilizou 21 municípios baianos em situação de emergência por conta dos altos níveis pluviométricos. Entre os municípios, 30 já decretaram alerta de emergência. A maioria dos municípios afetados está localizado na região centro-sul/sul do estado, como Maiquinique, Santa Luzia, Valença e Ilhéus.

Ainda nesta terça-feira (20), o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) manteve o alerta laranja para a maior parte do estado, incluindo toda a região sul, sudoeste e centro-oeste e norte da Bahia. A região norte, na divisa com o estado do Alagoas, ainda se encontra em alerta amarelo.

Confira a lista completa dos municípios afetados:

Anagé

Barra

Cansanção

Cicero Dantas

Contendas do Sincorá

Cotegipe

Cravolândia

Dário Meira

Ibicuí

Iguaí

Ilhéus

Itaju do Colônia

Lagoa Real

Medeiros Neto

Milagres

Monte Santo

Muquém de São Francisco

Mutuipe

Nova Canaã

Quijingue

São Miguel das Matas

Saubara

Ubaíra

Wanderley

Maiquinique

Nordestina

Valença

Itororó

Pedro Alexandre

Santa Luzia

Policiais militares do Pronto Emprego Operacionalsalvam vida de criança de 54 dias engasgada na Avenida Contorno

Ação ocorreu na segunda-feira à noite. Foto: Divulgação SSP

Policiais militares do Batalhão de Polícia de Pronto Emprego Operacional (Bpeo) prestaram os primeiros socorros a um bebê engasgado na noite de segunda-feira (19). A técnica e a rapidez no procedimento adotado pelos PMs, salvou a vida do recém-nascido.

Os militares, durante rondas na Avenida Contorno, nas imediações da Gamboa, foram acionados por transeuntes pois estavam com um bebê de 54 dias de vida engasgada com leite materno.

Rapidamente os pms iniciaram a manobra de Heimlich, realizada para desobstruir as vias aéreas superiores e conseguiram fazer com que o neném voltasse a respirar, emocionando a todos os presentes no local. O recém-nascido posteriormente foi encaminhado ao HGE onde foi verificada a plena saúde do bebê.

Imagens particulares podem ajudar a solucionar casos de estupro no Carnaval, afirma secretário de Segurança Pública

Secretário de Segurança Pública da Bahia. Foto: Carine Andrade / Bahia Notícias

O secretário de Segurança Pública, Marcelo Werner, falou na noite desta terça (20), sobre o andamento das investigações dos casos de estupro registrados no circuito Dodô, durante o Carnaval de Salvador 2024. Segundo ele, algumas imagens particulares ainda devem ser recolhidas e podem facilitar na identificação dos envolvidos.

Werner lamentou os casos e se solidarizou com as vítimas, afirmando que este tipo de ocorrência não poderia acontecer em nenhum momento, nem no Carnaval, que segundo ele, foi o maior de todos os tempos e teve um investimento grandioso em segurança pública.

”De imediato, todas as diligências foram realizadas, tanto periciais quanto diligências investigativas. As investigativas ainda estão em andamento, a gente deve ter algumas revelações, algumas conclusões num futuro espero que breve, os detalhes eu não posso dizer até por conta da sensibilidade do caso. Esses casos de crimes sexuais são revestidos de segredo judicial para a preservação da vítima, das pessoas envolvidas e lógico da investigação, mas posso dizer sim que a gente adotou todas as medidas não só periciais, não só de oitiva das pessoas, não só na busca de testemunhas, deixamos de imediato o canal do disque denúncia para que alguma outra pessoa que possa contribuir com mais informações, recebemos informações por lá que também foram checadas e continuam sendo e a gente espera o mais rápido possível, confiamos na Polícia Civil, a gente espera que as investigações cheguem à conclusão e entreguem à Justiça os responsáveis destes delitos”, disse o secretário.

Marcelo Werner também afirmou que a equipe está avaliando todas as imagens possíveis, principalmente as particulares, por conta de delitos que aconteceram fora do alcance das câmeras do circuito. ”A equipe de investigação ainda está avaliando, lógico que em alguns locais as imagens foram recolhidas e estão sendo trabalhadas, e em outros locais a gente busca por imagens particulares, pois temos no circuito propriamente dito cerca de 400 câmeras, mas alguns destes delitos ocorreram em ruas adjacentes dos circuitos, então algumas não tinham câmeras”, concluiu. As informações são do site Bahia Notícias

Educação: Diego Castro ajuíza ação para tentar derrubar medida do governo Jerônimo que institui ”aprovação em massa”

Diego Castro ajuíza ação para tentar derrubar medida do governo Jerônimo. Foto: Divulgação

O deputado estadual Diego Castro (PL) entrou com uma ação nesta terça-feira (20) com o objetivo de anular a portaria emitida pelo governo estadual, que incentiva os professores da rede a aprovarem os estudantes, mesmo aqueles que não frequentaram as aulas ou não obtiveram sucesso em todas as disciplinas.

Diego Castro alega que a Portaria da Secretaria de Educação do Estado (SEC) nº 190/2024 contém dispositivos que violam o direito fundamental à educação, conforme estabelecido no artigo 6º da Constituição Federal, seguindo os princípios delineados nos artigos 205 a 214 da mesma Constituição.

”Além das diretrizes da Constituição e do PNE, é importante ressaltar que a Portaria 190/2024 da Secretaria de Educação vai de encontro ao disposto na Lei nº 13.559/2016, que trata do Plano Estadual de Educação da Bahia. Essa lei busca melhorar tanto a qualidade quanto a quantidade dos indicadores educacionais no estado, e medidas como essa só pioram uma situação já preocupante”, defendeu Diego.

”O estado caiu da 22ª para a penúltima posição em aprendizagem de português e matemática, e tem a quarta pior nota no índice geral do ensino médio oferecido na rede estadual. De acordo com o Ideb, a nota do ensino médio na Bahia é a quarta pior do Brasil, ao lado de Alagoas e Maranhão”, acrescentou o deputado.

”O desempenho da Bahia só é melhor que o do Amapá, Pará e Rio Grande do Norte. Em comparação com 2019, o estado melhorou apenas três décimos”, completou.

Na ação, o deputado solicita a suspensão imediata dos efeitos da portaria, “devido ao temor justificado de prejuízo à comunidade e à violação coletiva do Direito Fundamental à Educação”.

Mosquito transgênico, sangramento e uso de repelentes: Quais os mitos e verdades da dengue?

Medicamentos, ar condicionado, ventiladores e usos de repelentes podem auxiliar no combate ou tratamento da dengue? Manchas no corpo e sangramento no nariz são indicações de infecção pela doença? Mesmo o Brasil já enfrentando e sofrendo a doença há muitos anos,algumas dessas perguntas ainda fazem parte do cotidiano de brasileiros e baianos.

A situação ainda cresce por conta do aumento de casos e óbitos no país neste ano. Diante disso, o Bahia Notícias entrevistou a infectologista Lorena Galvão, para montar uma lista de mitos e verdades sobre as principais formas de combater ou enfrentar a dengue e os principais sintomas da enfermidade.

CONFIRA

  1. Existem medicamentos que podem tratar e curar a dengue?

R- É um mito. O que a gente tem sobre isso é que a dengue é uma doença viral, mas não existe nenhum antiviral recomendado para o tratamento. O que fazemos é controle de sintomas e hidratação. O que é verdade é que existem remédios contraindicados para o paciente com dengue como os anti-inflamatórios.

  1. Perder o olfato e o paladar são sintomas de dengue?

R- Não. Esses são sintomas que nós observamos com muita frequência na Covid-19, mas que não são sintomas relatados por pacientes com quadros de dengue. Na verdade, sintomas respiratórios de forma geral devem nos direcionar a outros diagnósticos de infecções de vias aéreas superiores e não ao quadro de dengue.

  1. O uso de repelentes pode contribuir para combater e enfrentar a dengue?

R – Com certeza. O repelente é uma arma importante no combate à dengue. Existem várias substâncias diferentes que precisam de reaplicação com diferentes períodos. Então é importante o uso do repelente sobretudo nesse período, em pacientes gestantes, em crianças e idosos e também na população geral. Mas é importante estar atento à necessidade de reaplicação que varia conforme o fabricante. Os repelentes utilizados atualmente no Brasil têm efeito no Aedesaegypti então podem ser utilizados. Mas cada um deles tem um tempo de aplicação diferente, alguns não devem ser reaplicados. Por isso que é importante checar exatamente que repelente está sendo utilizado e qual é a recomendação de reaplicação. Alguns têm uma meia vida mais curta, outros têm um tempo de ação mais prolongado.

  1. Todo o quadro de dengue grave tem sangramento?

R- Mito. Muitas pessoas associam que todo quadro de dengue grave precisa ter sangramento e não necessariamente. Você pode ter um quadro de dengue grave com disfunção orgânica, inclusive com óbito sem necessariamente o paciente se manifestar com sangramento. Por isso é importante estar atento a outros sinais de alarme como dor abdominal intensa, vômito que não melhora, falta de ar, queda da pressão e tontura são todos sinais que sugerem uma gravidade maior ainda que o paciente não apresente sangramento.

  1. Tem algum horário específico que o mosquito da dengue mais atua e aparece?

R – Sim. Os ”hábitos” do mosquito são sobretudo no início da manhã e final da tarde. Então são os momentos que a gente precisa estar mais atento.

  1. Existem estações que os mosquitos aparecem com maior intensidade?

R – Períodos em que a gente tem uma temperatura mais elevada e que a gente tem uma quantidade de chuva maior, de precipitação maior vão ser momentos em que a gente vai ter uma maior transmissão porque a gente sabe que ele gosta da água parada e da Água Limpa, por isso que é importante que sobretudo nesses momentos a gente esteja bem protegido.

  1. Deixar água parada aumenta a chance de contaminação por dengue?

R- Aumenta a proliferação do aedes que é o nosso vetor. Então se você tem o vetor em maior frequência e você tem o vírus circulando isso pode acontecer com maior frequência.

  1. Utilizar ar condicionado ou ventilador pode auxiliar no enfrentamento ao mosquito da dengue?

R- O mosquito da dengue já pode estar dentro de casa. Então obviamente o ar condicionado e ventilador não vai prevenir como um todo. Porém, fechar as janelas pode impedir a entrada desses mosquitos nos domicílios. Em alguns contextos o uso do mosquiteiro também é um alternativ,  justamente no intuito de impedir o contato do vetor que é o aedes com o paciente, com o indivíduo

  1. O uso de produtos alternativos a exemplo da folha de mamão entre outros alimentos é uma maneira de combater a dengue?

R – Inicialmente não. Não existe uma recomendação formal nesse sentido. Está atento a qualquer reservatório de água parada. É preciso lembrar que os ovos do aedes são bastante resistentes. Então mesmo depois de um período em que aquele recipiente está seco, caso ele volte a se encher de água esse ovo ainda pode ser viável. Então segue representando perigo, daí a importância da gente sempre ter a higienização desses recipientes, não deixar qualquer recipiente que possa acumular água parada exposto ao ambiente e evitar o acúmulo mesmo de água nesses locais.

  1. A técnica dos mosquitos geneticamente modificados podem auxiliar a conter o avanço da dengue?

R –  Isso existe sim. É o método chamado Wolbachia. Esse método consiste na liberação de Aedes com Wolbachia, que é uma bactéria, o que impede que o vírus da Dengue se desenvolva dentro do vetor. Com isso, ele contribui para a redução da disseminação do vírus.

*Bahia Notícias

Empossado no CNJ, José Rocha Rotondano fala em contribuir para resgate da imagem do TJ-BA: ”Em boa hora assumo”

Desembargador José Edivaldo Rotondano. Foto: Edu Mota / Bahia Notícias

Mais novo membro do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o desembargador do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), José Edivaldo Rocha Rotondano, acredita que o assento em Brasília irá contribuir para a luta da restauração da imagem do judiciário baiano. Isso porque nos últimos anos a Corte estadual esteve sob holofote nacional, principalmente, por conta de notícias ligadas a suspeitas de má conduta e esquema de venda de sentenças, como a Operação Faroeste, e a mudança de regime de prisão de um líder do tráfico.

”O Tribunal de Justiça da Bahia passou por algumas dificuldades, todo mundo sabe, então nós estamos tentando resgatar a dignidade do nosso tribunal e em boa hora eu assumo essa função de conselheiro Nacional de Justiça’, pontuou Rotondano em entrevista ao Bahia Notícias nesta terça-feira (20), durante a cerimônia de posse na capital federal.  Ele chega ao CNJ indicado na vaga destinada ao Supremo Tribunal Federal (STF), órgão ao qual agradece e promete fazer ”como eu sempre fiz”.

Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) volta a negar, por unanimidade, vínculo de emprego a entregador

A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) voltou a derrubar, por unanimidade, o vínculo de emprego de um trabalhador por aplicativo, que havia sido reconhecido pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST). 

O processo é julgado no plenário virtual, em que os ministros têm um período para votar por via eletrônica. A sessão, neste caso, termina no fim desta terça-feira (20), mas todos os membros da Primeira Turma já votaram: Alexandre de Moraes, Cristiano Zanin, Luiz Fux e Cármen Lúcia.  Todos seguiram o entendimento de Zanin, relator da reclamação sobre o assunto. Esse tipo de processo resulta numa decisão não vinculante, ou seja, que não precisa ser aplicada de forma automática pelas demais instâncias judiciais.

O caso trata de um entregador do aplicativo Rappi, que teve seu vínculo empregatício reconhecido pela Sexta Turma do Tribunal Superior do Trabalho (TST). Zanin já havia concedida liminar (decisão provisória), pedida pela empresa, para suspender a decisão da justiça trabalhista.  A liminar foi agora confirmada pelos demais ministros da Primeira Turma. Eles seguiram o entendimento de Zanin, segundo o qual o TST tem desrespeitado decisões anteriores do Supremo sobre formas alternativas de contrato de trabalho.

”No caso em análise, ao reconhecer o vínculo de emprego, a Justiça do Trabalho desconsiderou os aspectos jurídicos relacionados à questão, em especial os precedentes do Supremo Tribunal Federal que consagram a liberdade econômica, de organização das atividades produtivas e admitem outras formas de contratação de prestação de serviços”, escreveu Zanin.

Os ministros concordaram com o argumento da empresa Rappi, para quem o Supremo já se manifestou sobre o assunto quando permitiu a terceirização de atividades-fim e autorizou, em ações anteriores, formas alternativas de contratação, que não precisam necessariamente seguir as regras da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

Para a Sexta Turma do TST, contudo, o modo de contratação entre o aplicativo e o entregador é fraudulento, pois apesar de prever uma forma alternativa de vínculo, na prática o trabalho tem as mesmas características e deveres de um trabalho formal, com carteira assinada, mas sem os direitos garantidos pela CLT.

Plenário

Na semana passada, o Supremo chegou a pautar uma outra reclamação sobre o assunto para ser julgada em plenário, por todos os ministros que compõem a Corte, mas o processo acabou não sendo julgado e não há nova data para análise.

No ano passado, a Procuradoria-Geral da República (PGR) defendeu que o tema seja levado a plenário, pois há a necessidade de se equilibrar diferentes comandos constitucionais, como a valorização social do trabalho e a garantia da livre iniciativa econômica.

Na próxima sexta-feira (23), o Supremo começa a julgar se declara a repercussão geral de um recurso extraordinário sobre o tema. Esse é o primeiro passo para que a Corte produza uma tese vinculante, isto é, que deva ser aplicada obrigatoriamente por todos os magistrados do país. Da Agência Brasil

Apagão afeta economia e provoca grandes transtornos por mais de seis horas, em cidade do Vale do Jiquiriçá e do Médio Rio de Contas

Comércio de Jaguaquara sofre prejuízos com apagão. Foto: Blog do Marcos Frahm

Prejuízos incalculáveis e muitos transtornos. Depois de mais de seis horas após um apagão afetar as regiões do Vale do Jiquiriçá e Médio Rio de Contas, a energia foi restabelecida nos dois territórios por volta das 14h34 desta terça-feira (19).

O fornecimento foi interrompido por volta das 08h, quando os munícipes se preparavam para iniciar mais um dia de trabalho e se depararam com a falta de energia, afetando  também os sistema de telefonia e internet.

Com céu nublado e possibilidade de fortes chuvas, que já começaram a cair nesta tarde em Jequié, ainda não há, por parte da Coelba, justificativa para o motivo do apagão. Nas redes sociais, comentários são de que uma rede de alta tensão teria se rompido na região do município de Ipiaú, no Médio Rio de Contas e que teria provocado o apagão.

Em Jaguaquara, maior cidade do Vale do Jiquiriçá, o comércio considerado pujante sofreu prejuízos e as ruas da área central por exemplo ficaram com fraca movimentação de pedestres e veículos por um longo período.

Delegacias de Polícia Civil da Bahia ampliam serviços de agendamento online através do Portal de Serviços do Estado

As delegacias de Polícia Civil da Bahia agora oferecem um novo serviço através do Portal de Serviços do Estado. A novidade permite que os cidadãos agendem oitivas online, além de receberem atendimento cartorial e registrar boletins de ocorrência. Com essa expansão, a capacidade de atendimento semanal é de 2.280 vagas, proporcionando mais praticidade e agilidade aos procedimentos.

O serviço é destinado a todos os cidadãos que necessitem prestar depoimento ou testemunho em investigações policiais. Por exemplo, vítimas de crimes, testemunhas ou pessoas envolvidas em processos judiciais podem utilizar este novo serviço para agendar o serviço, evitando, assim, longas esperas e deslocamentos desnecessários.

Segundo Ilma Paiva, coordenadora-geral do Escritório de Projetos da Polícia Civil, o objetivo desta iniciativa é proporcionar maior comodidade e eficiência no atendimento aos cidadãos: ”a disponibilização do agendamento através do portal de serviços online visa tornar a vida do cidadão mais prática, facilitando o acesso aos serviços da Polícia Civil, de forma ágil e conveniente, o que garante ainda mais efetividade ao trabalho policial”.

Para agendar um atendimento, os cidadãos podem utilizar o aplicativo ou acessar o Portal de Serviços do Estado. O novo serviço abrange as delegacias territoriais da capital e interior.incluindo delegacias especializadas. Além das oitivas, as delegacias especializadas oferecem serviços específicos, como o registro de violência doméstica contra a mulher e violência contra o turista.

A implantação dos serviços agendados nas delegacias é fruto de uma parceria entre a Polícia Civil do Estado da Bahia e a Secretaria da Administração do Estado da Bahia (Saeb), através da Rede SAC. A superintendência da SAC disponibilizou o Sistema Atende, de gerenciamento do atendimento, e capacitou delegados e agentes para atuar dentro do Modelo SAC.

A plataforma https://www.ba.gov.br/ abriga todos os serviços anteriormente oferecidos pelo SAC Digital. Ela foi desenvolvida com os mais altos padrões de segurança e confiabilidade, oferecendo uma experiência pioneira e intuitiva no Estado para garantir resolutividade a todos os públicos.

Mortes por dengue chegam a 113 no país; 438 óbitos são investigados, dizpainel de monitoramento Ministério da Saúde

Desde 1º de janeiro, 113 pessoas morreram em todo o país em decorrência de infecção por dengue. De acordo com o painel de monitoramento de arboviroses do Ministério da Saúde, há ainda 438 mortes em investigação para a doença.

Os números mostram que, em menos de dois meses, o Brasil contabiliza 653.656 casos prováveis de dengue, o que leva a um coeficiente de incidência de 321,9 casos para cada grupo de 100 mil habitantes.

As mulheres respondem pela maioria das infecções (55%), enquanto os homens registram 45%. A faixa etária dos 30 aos 39 segue na liderança de casos de dengue, seguida pelo grupo de 40 a 49 anos e pelo grupo de 50 a 59 anos.

O Distrito Federal registra, atualmente, o maior coeficiente de incidência (2.814,5), seguido por Minas Gerais (1.061,7), Acre (644,7), Paraná (611,6) e Goiás (569,6). Em número de casos absolutos, Minas Gerais aparece em primeiro lugar (218.066). Em seguida estão São Paulo (111.470), Distrito Federal (79.287), Paraná (69.991) e Rio de Janeiro (49.263). Da Agência Brasil

Federação do União Brasil, Republicanos e PP deve caminhar com debate sobre eleição da Câmara dos Deputados

O desfecho da possível federação entre o Progressistas, o Republicanos e o União Brasil deve ter uma condicionante para ocorrer. A resolução do processo partidário pode sofrer influência da disputa pela presidência da Câmara dos Deputados, ajustada para o início de 2025.

Lideranças partidárias na Bahia indicaram ao BN que a federação deve avançar mediante ”caminhar” do debate sobre a reeleição na Câmara dos Deputados. O movimento vive de forma colateral à disputa pela sucessão de Arthur Lira (PP), que teria como um dos trunfos na disputa, justamente, a federação das legendas. A articulação multipartidária faria parte das tratativas de Lira para conseguir eleger um nome ligado ao seu grupo: Elmar Nascimento (União).

Apesar de fazer parte de um ”projeto maior”, a federação já tem tirado o sono de algumas lideranças municipais, que vão às urnas, neste ano. Um dos exemplos claros é Salvador, onde as três legendas possuem 15 vereadores, dificultando a reeleição da totalidade de edis. Informações de bastidores apontam que o próprio prefeito da capital, Bruno Reis (União) estaria tentando ”contornar” o momento desta federação, ressaltando a importância de que ocorra somente após o pleito.

O prefeito de Salvador, Bruno Reis (União) indicou recentemente que as conversas estariam ‘bem avançadas” e a federação ”praticamente certa” para acontecer. A dúvida que paira é em relação a quando o movimento será concretizado. ”Se ela ocorrer depois das eleições, cada partido poderá lançar 44 candidatos. Eles estão mais ou menos formados, falta só um fortalecimento final de cada um deles e eu vou me dedicar para cuidar disso pessoalmente em março”, garantiu.

Ao BN, algumas lideranças do PP no estado indicaram que as negociações ainda são iniciais, podendo não ocorrer em 2024. “É a vontade dele. Ele pode até falar pelo União. Pelo Progressistas falamos nós”, indicou uma liderança do PP no estado ao Bahia Notícias. O entendimento da legenda é de tentar “segurar” o movimento, em razão dos interesses no estado. “Conversa fiada. É mais um desejo do União do que do Progressistas. Para acontecer os dois precisam querer”, completou outra liderança do partido.

VISITA À BAHIA

Um café da manhã com o governador Jerônimo Rodrigues, no Palácio de Ondina, foi um dos eventos que o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP) teve, quando veio a Salvador, durante o carnaval. O encontro escancarou a disputa entre Elmar Nascimento (União), nome de Lira para a disputa, com o também baiano Antônio Brito, líder do PSD na Câmara, também presente no café.

O governador Jerônimo Rodrigues fez um balanço das ações do Executivo Estadual no Carnaval de Salvador e comentou o ”inusitado’ encontro. Na visão de Jerônimo, o fato de Lira e os pré-candidatos à presidência da Câmara Baixa do Congresso Nacional terem dividido a mesma mesa só reforça o clima de “civilidade” em que o evento ocorreu. As informações são do site Bahia Notícias

 

Kokó, líder da Banda Lordão, não resiste e morre aos 72 anos após ser submetido a um transplante de fígado

Clóvis Figueiredo, conhecido como Kokó

O vocalista da banda Lordão Clóvis Figueiredo, conhecido como Kokó, morreu na tarde desta segunda-feira (19). O cantor já estava internado há algum tempo em Salvador enfrentando complicações em seu estado de saúde.

A informação foi confirmada por familiares do cantor para o site Políticos do Sul da Bahia, parceiro do Bahia Notícias. Nas últimas 24 horas, seu quadro se agravou e tornou-se irreversível pela manhã.

Até o momento, não há informações sobre a data e o local do velório. Kokó liderou a banda Lordão por mais de 50 anos. É uma das grandes figuras da cena cultural regional, deixando uma marca indelével no coração dos que apreciaram seu talento ao longo dos anos.

De acordo com um pronunciamento dado pela banda antes do anúncio da morte do cantor, Kokó tinha realizado o transplante de fígado há 15 dias, e estava se recuperando em um hospital na capital baiana.