Após romper com ACM, PSC-BA promove encontro de Jerônimo com lideranças evangélicas em Salvador

/ Política

Jerônimo ganha apoio do PSC da Bahia. Foto: Divulgação

O Partido Social Cristão na Bahia (PSC/BA), realizou na segunda-feira (24), um encontro, com o tema, ”Família, Vida e Fé”, entre o candidato ao Governo do Estado, Jerônimo Rodrigues (PT), Geraldo Júnior, candidato a vice, e lideranças evangélicas da capital baiana e de outras cidades do estado.

Presente na reunião estavam pastores (as) de várias denominações, diáconos, presbíteros, bispos, apóstolos e o público do segmento cristão de maneira geral. No ato, também estavam prefeitos de outras cidades baianas, vereadores de Salvador e do interior, deputado estaduais e federais.  Além do vice – presidente nacional do PSC, Eliel Santana, o presidente estadual da legenda, Heber Santana, a presidente nacional do PSC Mulher, Jemima Santana e outros dirigentes partidários.

O evento 

A programação iniciou com a fala de lideranças evangélicas do Grupo de Trabalho que atuam no PT da Bahia, ressaltando a importância do encontro e externando a felicidade por ter o PSC no mesmo campo político, todos pontuando a união, a fé em Deus e o amor.

Nesse contexto, o pastor Roberto Amorim enfatizou a contribuição social da igreja, com sua capacidade de ser parceira do estado, implantando diversas atividades que gerem a paz e o bem estar social. Durante o seu discurso, Heber Santana reafirmou a fé que tem em Deus e disse que pode e tem muito interesse em trabalhar pela Bahia.

”Primeiramente, eu quero dizer que, tenho muita fé em Deus, e acredito em você, Jerônimo.  A minha decisão em está aqui foi por convicção. A relação aqui não está pautada no que o senhor pode me dar, mas sim, no que eu posso lhe oferecer, como eu posso servir a minha Bahia e Brasil no seu governo. Eu quero ser parceiro, não me veja apenas como político, mas como um servo de Deus, que viu em sua pessoa alguém que tem amor por esses estado e, por isso, estamos juntos”, disse Heber.

Jerônimo Rodrigues chamou a união com o PSC de ”casamento”, onde foi colocado à mesa alguns temas de suma importância para o partido. ”Nós nos demos um sim, com base nas temáticas  de políticas públicas do PSC, ser contra o aborto, contra a legalização das drogas, e dentre outros. Sei que nos próximos quatro anos esses debates virão à tona, mas não iremos baixar a cabeça, pois é um compromisso”, afirmou Rodrigues.

Por fim, o candidato ao Governo da Bahia assinou em público um documento ciente das pautas prioritárias do PSC e, se comprometeu, em trabalhar para a implementação das mesmas durante sua gestão.

”Jerônimo foge dos debates para evitar problemas de trajetória política”, diz o candidato ACM Neto

/ Política

ACM critica Jerônimo por ausência em debate. Foto: Divulgação

O candidato a governador ACM Neto (União Brasil) voltou a criticar a ausência do candidato do PT baiano nos debates do segundo turno. Neto afirmou que Jerônimo foge para tentar esconder o legado deixado por ele nos cargos públicos que ocupou. ”Como é que, numa eleição em segundo turno onde temos apenas dois candidatos, um deles é desafiado a debater e não tem coragem de aparecer?”, questionou o ex-prefeito de Salvador durante evento em Cruz das Almas.

Nesta terça-feira (25), em entrevista à rádio Sociedade, o ex-prefeito de Salvador voltou a criticar o seu oponente. ”Se ele está se escondendo agora para não debater comigo, imaginem como ele seria se tivesse a oportunidade de ser governador, na hora de encarar os problemas de violência, os problemas da regulação na saúde pública, do número de desempregados e de pessoas vivendo abaixo da linha da extrema pobreza na Bahia?”, apontou.

Em discurso em Cruz das Almas, Neto lembrou que durante as passagens de Jerônimo Rodrigues pela Secretaria de Desenvolvimento Rural, o candidato do PT foi o responsável por validar a extinção da EBDA, uma das agências mais importantes no apoio ao micro e pequeno produtor rural do estado.

”Aqui em Cruz das Almas nós temos uma zona rural forte, no Recôncavo nós temos milhares de famílias que vivem da agricultura familiar e o que fez Jerônimo? Ele, que é agrônomo, virou as costas para o pequeno produtor e acabou com a EBDA”, disse. ”Ele também é professor. Foi Secretário de Educação e o resultado do trabalho dele foi deixar a Bahia em penúltimo lugar na qualidade de ensino do Brasil. Uma vergonha”, acrescentou Neto.

Outra situação mencionada pelo candidato do União Brasil foi o tratamento dado por Jerônimo aos alunos da rede pública de ensino da Bahia durante a pandemia. Enquanto em Salvador o ex-prefeito organizou a estrutura municipal para garantir entrega de cestas básicas para as famílias, seu adversário precisou ser obrigado pela Justiça a garantir a merenda escolar para as crianças e jovens que não podiam frequentar as salas de aula.

”Além de tudo isso, Jerônimo foi secretário na cidade onde ele nasceu, em Aiquara. À época, o prefeito da cidade, que ele apoiava e fazia parte da gestão, foi cassado. A gestão que ele participou ficou oito meses sem pagar os funcionários”, salientou durante discurso aos presentes.

ACM Neto também citou o dado que mostra que apenas este ano, em Feira de Santana, 339 pessoas morreram na fila da regulação enquanto esperavam atendimento médico na Bahia. ”E eles ainda têm coragem de dizer que defendem os pobres. Como é que defende o pobre deixando o pobre morrer sem ter atendimento de saúde? Deixando o pobre sem segurança, deixando as fábricas fecharem os empregos, irem embora e fazendo da Bahia a campeã do desemprego? Como defendem os pobres deixando a nossa juventude sem oportunidade de estudar para conseguir um lugar no mercado de trabalho ou para fazer o seu curso superior?”, ponderou.

”Esse é o resultado do trabalho de Jerônimo Rodrigues. Na propaganda eles sabem mentir, mas, quando chega na realidade, a vida mostra que a coisa é bem diferente”, acrescentou Neto.

Na cidade de Cruz das Almas o candidato ACM Neto foi recebido por lideranças políticas da região. O prefeito Ednaldo Ribeiro (Republicanos), que declarou apoio ao projeto político de Neto ao Governo da Bahia no segundo turno, acompanhou o ex-prefeito durante toda a carreata e durante o comício.

”Do lado de cá, com muito orgulho, eu falo da minha história. Falo dos mais de 20 anos que tenho na vida pública. Lembro, inclusive, que com o apoio do povo de Cruz das Almas fui três vezes o deputado mais votado da Bahia. Duas vezes prefeito de Salvador. Jerônimo foi testado e reprovado. Eu fui testado e considerado pelos soteropolitanos o melhor prefeito do Brasil por oito vezes. Saí com mais de 80% de aprovação da prefeitura. Essa é a comparação que os baianos precisam fazer”, defendeu Neto.

Também estiveram presentes vereadores e os deputados Elmar Nascimento (União Brasil), Sandro Régis (União Brasil); os prefeitos de Governador Mangabeira, Marcelo Pedreira (PP), a prefeita de Nazaré, Eunice (União Brasil), de Maragogipe, Valdir, e o prefeito de São Félix, Alex (União Brasil).

Pesquisa Ipespe: Lula segue na liderança, com 50% das intenções de voto; Bolsonaro aparece com 47%

/ Brasil

A Pesquisa Ipespe divulgada nesta terça-feira (25), aponta que o candidato do PT à Presidência, Luiz Inácio Lula da Silva, segue na liderança na corrida ao Palácio do Planalto, com 50% das intenções de votos. Já seu adversário, o  presidente Jair Bolsonaro (PL), atingiu a marca de 44%.

Além disso, 4% dos entrevistados afirmaram que pretendem votar em branco ou nulo, e 2% não sabem ou preferiram não responder.

Desta forma, Lula conquista 53% na contagem das intenções de votos válidos, e Bolsonaro, 47%. Com isso, de acordo com os dados apresentados, se o 2° turno das eleições presidenciais fossem hoje, o candidato petista seria eleito oficialmente como presidente do país.

Este levantamento se baseou em entrevistas realizadas pelo Instituto com 1.100 eleitores, entre os dias de 22 e 24 do mês de outubro. O nível de confiança é de 95,45%, e o número de registro no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) é BR-08044/2022.

Supremo Tribunal Federal confirma decisão de suspender afastamento do governador de Alagoas

/ Política

Paulo Dantas é candidato à reeleição. Foto: Rede social

A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) confirmou hoje (25) a decisão de suspender o afastamento do governador de Alagoas, Paulo Dantas. O colegiado referendou liminares (decisões provisória) concedidas no dia anterior pelo ministro Luís Roberto Barroso. 

Além de Barroso, outra decisão favorável a Dantas foi proferida pelo ministro Gilmar Mendes, que integra a Segunda Turma, em outro processo. Na Primeira Turma, da qual Barroso é membro, o caso foi pautado nesta terça-feira para julgamento em sessão de 24h do plenário virtual.

O julgamento segue até as 23h59, mas já acompanharam Barroso os ministros Dias Toffoli, Alexandre de Moraes e Cármen Lúcia. O único que ainda não se manifestou é Luiz Fux.

Com a confirmação do Supremo, ficou revertido entendimento da Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça (STJ), que no início deste mês manteve decisão monocrática da ministra Laurita Vaz, primeira responsável pelo afastamento de Dantas.

Entenda

Em 11 de outubro, o governador de Alagoas foi um dos alvos da Operação Edema, deflagrada pela Polícia Federal (PF) para apurar supostos desvios de recursos públicos no Legislativo alagoano, que teriam se iniciado em 2019, quando Dantas era deputado estadual.

Na ocasião, foram feitas buscas e apreensões e determinou-se o bloqueio de aproximadamente R$ 54 milhões em bens e valores na forma de ressarcimento e decidiu-se o afastamento de Dantas do cargo de governador. De acordo com a investigação, o caso envolve supostos desvios de recursos da Assembleia Legislativa de Alagoas por meio de funcionários fantasmas.

Filiado ao MDB, Dantas ocupa o cargo de governador desde maio, quando foi escolhido em eleição indireta pela Assembleia Legislativa. Ele agora tenta a reeleição, com o apoio do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, e disputa o segundo turno das eleições contra Rodrigo Cunha (União Brasil).

A decisão do STJ não impediu a campanha de Dantas ao governo do estado. Após a operação, ele disse que a ação foi ”encenação de uma ala da PF” para prejudicar sua candidatura.

Liminares

Em seu voto na Primeira Turma, Barroso replicou a liminar do dia anterior em que já havia revertido o afastamento de Dantas. O ministro escreveu não ver indícios mínimos de que o governador praticou ilícitos enquanto chefiava o Executivo alagoano ou em função do cargo. Por esse motivo, há dúvida se o STJ teria competência para afastá-lo.

”Com efeito, os crimes sob investigação (entre os quais o desvio de remunerações percebidas por “funcionários fantasmas” da Assembleia Legislativa de Alagoas), embora graves e reprováveis, não parecem estar relacionados com as atribuições inerentes ao cargo de governador”, entendeu Barroso.

Em paralelo, o ministro Gilmar Mendes disse que o afastamento não poderia ter sido autorizado porque a legislação proíbe medidas cautelares contra candidatos a cargos majoritários. Da Agência Brasil

Motorista fica gravemente ferido após colidir carro com reboque na BA-120, entre Cravolândia e Santa Inês

Carro Siena fica destruído após colisão. Foto: Joedson Soares/BMFrahm

Um homem foi vítima de um acidente de trânsito no início da tarde desta terça-feira (25), na Rodovia BA-120, trecho entre os municípios de Cravolândia e Santa Inês, no Vale do Jiquiriçá.

De acordo com informações apuradas pelo Blog do Marcos Frahm, um automóvel Fiat Siena trafegava no sentido Santa Inês quando colidiu, por volta das 13h, com um reboque transportado por outro carro que seguia no sentido contrário.

Com o impacto da colisão, o Siena saiu da pista e capotou, indo parar em uma ribanceira às margens da estrada. A pancada foi tão violenta que parte do motor do Siena foi arrancada.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência socorreu a vítima, de pre-nome Jeferson, que depois de dar entrada no Hospital Maria Leandra, em Santa Inês, foi transferido ao Hospital Geral Prado Valadares – HGPV com lesões graves.

Polícia Civil conclui inquérito sobre morte de homem durante implante capilar e indicia médico responsável

/ Bahia

A Polícia Civil concluiu o inquérito que apura a morte de Claudio Marcelo de Almeida, de 50 anos, após um procedimento em uma clínica de implante capilar. Segundo o órgão, o médico responsável pelo procedimento foi indiciado por homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

O inquérito foi instaurado pela 1ª Delegacia Territorial (DT) de Feira de Santana e, na segunda-feira (24), após a finalização, foi encaminhado à Justiça. De acordo com a Polícia Civil, o laudo pericial apontou intoxicação por agente químico como sendo a causa da morte.

A delegada responsável pelo caso, Dra. Ludmilla Vilas Boas, afirmou que a intoxicação não configura processo alérgico. A informação inicial obtida é que a aplicação não foi realizada por um médico anestesista, mas não há detalhes se isso também teve relação com o óbito.

Caso

Cláudio Marcelo de Almeida morreu após passar mal em uma clínica de implante capilar, no dia 27 de março deste ano em Feira de Santana, a 100 quilômetros de Salvador.

Na ocasião, Cláudio foi socorrido para o Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), mas não resistiu. A equipe da unidade informou que ele chegou no local com uma parada cardiorrespiratória. Na época, a polícia informou que a clínica acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), contudo, o paciente já chegou no hospital sem vida.

Após a morte, familiares do comerciante e pessoas da equipe responsável pelo transplante capilar foram ouvidos. A viúva de Cláudio afirmou que o encontrou deitado no chão do consultório e acusou o médico de negligência. O profissional foi ouvido pela polícia em abril e negou informações repassadas pela família da vítima. Com informações do G1

”Peço que votem no ACM Neto”, diz Jair Bolsonaro durante ato de campanha em Guamanbi/BA

/ Política

Bolsonaro durante visita a Guanambi. Foto: Lay Amorim/Achei Sudoeste

Em campanha, o presidente Jair Messias Bolsonaro (PL) pousou pela cidade baiana de Guanambi, nesta terça-feira (25). Em coletiva de imprensa, Bolsonaro voltou a atacar o Partido dos Trabalhadores ao afirmar que o PT é inimigo do Brasil. Se eleito, o presidente e candidato à reeleição garantiu que terá o caminho asfaltado para aprovar projetos e melhorias para a população, fazendo referência a maioria dos parlamentares eleitos com viés de direita.

Do contrário, segundo Bolsonaro, o seu adversário terá um caminho muito diferente do que ele esperaria ou sonharia ter para trilhar, caso seja o vencedor do processo no próximo dia (30). Com relação às eleições na Bahia, o presidente pediu o apoio dos baianos para eleger ACM Neto (União Brasil) governador do estado. ”O adversário do Brasil todo é o PT e, assim sendo, peço que votem no ACM Neto. Esse é o nosso posicionamento”, declarou.

Carro roubado com cinco crianças em Salvador é localizado; estudantes foram encontrados

/ Polícia

O veículo modelo Doblô, roubado na manhã desta terça-feira (25) na região da Liberdade (veja aqui), foi localizado na cidade de Simões Filho, Região Metropolitana de Salvador. Cinco estudantes que estavam no automóvel foram localizados, nas imediações do assalto, sem ferimentos.

Equipes das polícias Militar e Civil realizam diligências na região da Liberdade, buscando mais detalhes do crime e também no município de Simões Filho. As superintendências de Inteligência, de Telecomunicações e de Tecnologia da SSP dão suporte com informações e possíveis imagens de câmeras de segurança.

Informações sobre os criminosos podem ser repassadas, de forma sigilosa, através do telefone 181 (Disque Denúncia da SSP). As informações são do site Bahia Notícias

Capitão Alden e Raissa Soares se reúnem no interior em busca de votos para o presidente Bolsonaro

/ Política

Deputado Capitão Alden e Raíssa em Paulo Afonso. Foto: Reprodução

Faltando poucos dias para o segundo turno, o deputado federal eleito Capitão Alden (PL) e a ex-candidata ao Senado Federal, Doutora Raissa Soares (PL) estiveram no município de Paulo Afonso, na última segunda-feira (24), em reunião com patriotas da cidade para enfatizar maneiras de ”virar voto’ para que o presidente Jair Bolsonaro (PL) alcance a reeleição.

”Estamos chegando na reta final. Temos certeza que o resultado será proveitoso e que teremos mais quatro anos de Bolsonaro no Palácio do Planalto. A Bahia terá papel fundamental neste processo, vamos expulsar o PT do estado e enterrar de vez no Brasil”, disse o Capitão.

As duas lideranças bolsonaristas também estarão ao lado do chefe do Poder Executivo Nacional nos municípios de Guanambi e Barreiras. Já na próxima quarta-feira (26), está programado um grande comício com as presenças da primeira-dama Michelle Bolsonaro, do senador eleito Magno Malta, do deputado federal eleito Nikolas Ferreira, bem como dos baianos Capitão Alden e Raissa Soares.

Rede Sustentabilidade e PSDB pela Base Salvador oficializam apoio a Jerônimo Rodrigues

/ Política

Jerônimo se reúne com lideranças. Foto: Jamile Amine

A Rede Sustentabilidade oficializou seu apoio a Jerônimo Rodrigues, candidato do Partido dos Trabalhadores ao Governo do Estado, nesta terça-feira (25). Com o novo apoio, a campanha já conta com cinco novos partidos aliados – Rede, PSOL, PSC, PROS e Patriota. No total, a Coligação Mais Bahia, Mais Brasil chega ao segundo turno com um arco de alianças de onze legendas. A decisão por apoiar a chapa de Jerônimo Rodrigues se dá pelo alinhamento nacional do partido, fortalecimento das pautas ambientais,  compromisso em garantir mais inclusão social e uma Bahia mais forte.

”No segundo turno, com alinhamento para nós da Rede, não é ”tanto faz”. Nós estamos aqui porque entendemos a importância da temática ambiental, porque precisamos alinhar esse projeto estadual ao projeto nacional, isso significa que nós precisamos fortalecer os órgãos ambientais, precisamos implementar as políticas públicas de meio ambiente das águas, alinhada com o novo governo Lula que vem por aí. Significa que a Bahia, onde tudo começou, precisa contribuir com esse projeto da sustentabilidade nacional, e é muito importante a gente estar aqui com Jerônimo para afirmar isso”, destacou o representante da executiva nacional da sigla. ”A gente está mobilizado para eleger aqueles que têm compromisso em combater as injustiças sociais contra as mulheres, contra os negros, contra os indígenas e criar um novo ciclo de prosperidade com proteção ao meio ambiente, democracia e sustentabilidade”, afirmou Marina Silva, presidenta nacional da Rede, por meio de vídeo.

Na ocasião, Jerônimo agradeceu a oportunidade de estar recebendo o apoio público da legenda. ”A chegada do PSOL traz um apoio firme, crítico e pautas importantes. A Rede oferece uma esperança muito forte e com três frentes muito fortes: o partido, que traz a sustentabilidade como parte da sua construção, por muitas vezes já colocaram o meio ambiente e a pauta ambiental como um atraso, não é assim. Nós faremos sim o esforço necessário para construirmos o fortalecimento de um partido com pauta relevante, como a Rede; o segundo tema é o ambiental, a gente sabe que ele é maior que os partidos. Ontem nós nos reunimos e recebemos o apoio do PSC com os evangélicos, pastores. O papel dos ambientalistas além do partido é fundamental para o nosso estado; o terceiro tema é que eu quero estabelecer  que o debate feito com a Rede é de abertura e fortalecimento dos espaços de diálogo, existem temas que são relevantes e precisam ser tratados”, afirmou.

PSDB pela Base

grupo denominado PSDB pela Base Salvador confirmou nesta terça-feira (25) o apoio ao candidato a governador Jerônimo Rodrigues (PT). No estado, os tucanos mantêm aliança com o concorrente ao Palácio de Ondina ACM Neto (UB), desde o primeiro turno. ”As figuras que realmente representam a social democracia e fundaram o PSDB estão com Lula”, afirmou Tiago Assis um dos integrantes do grupo e membro Juventude da legenda. O apoio foi anunciado no ato que formalizou a aliança da Rede Sustentabilidade.

Segundo Assis, a ideia básica do PSDB pela Base é retomar o conteúdo programático de social democracia da legenda, tirando o partido dos gabinetes e levando às comunidades. O segmento defende o legado do ex-candidato a presidente e ex-governador paulista, Mário Covas. ”Como Covas apoiou Lula em momentos difíceis e como Lula já apoiou Covas, eu não tenho dúvida de que se vivo estivesse Covas estaria na linha de frente, correndo os quatro cantos do país, defendendo o mínimo de civilidade e democracia contra a barbárie que é materializada por Bolsonaro”.

Quarta de decisão no Waldomirão, em Jequié, terão Doce Mel e Astro decidindo vaga na final

/ Esporte

Doce Mel e Astro vão se enfrentar em Jequié. Foto: Emanuel Jr.

Após uma maratona de jogos da primeira fase em um mês de competição, totalizando 7 jogos nas quartas e finais de semana, além da rotina de treinos e amistosos, a equipe do Doce Mel decidi a vaga na grande final contra a forte equipe do Astro pelo Campeonato Baiano de Futebol Feminino 2022, organizado pela (FBF) Federação Baiana de Futebol, a semifinal está marcada para quarta-feira, as 15 horas, no Estádio Waldomiro Borges, em Jequié.

Os ingressos serão vendidos ao preço de 10 reais, o vencedor do jogo único, decide o título contra quem passa do outro confronto da dupla BAVI, ambas equipes fizerem grandes campanhas e deve proporcionar o grande jogo no Waldomirão, sonhando com o título e vaga no Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino 2023 (Série A3)

Bolsonaro fala em suposta fraude de rádios, e ministro Alexandre de Moraes pede provas em 24 horas

/ Brasil

Jair Bolsonaro e Alexandre de Moraes. Foto: Estadão / Conteúdo

O presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Alexandre de Moraes, afirmou nesta segunda-feira (24) que não há provas sérias na tese apresentada pela campanha do presidente Jair Bolsonaro (PL) de que rádios do Norte e Nordeste estariam privilegiando a propaganda do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Moraes abriu prazo de 24 horas para os advogados de Bolsonaro mostrarem os documentos que comprovam a suposta fraude, sob pena de determinar a apuração de crime eleitoral por parte da campanha do chefe do Executivo.

Bolsonaro havia pedido ao TSE, horas antes, a suspensão da propaganda eleitoral de Lula em rádios de todo o país sob argumento de que emissoras estariam deixando de veicular as inserções da campanha à reeleição do chefe do Executivo. Bolsonaro tem histórico de questionar o sistema eleitoral e insinuar em tom golpista que pode não aceitar resultado diferente da própria vitória.

”Os fatos narrados na petição inicial não foram acompanhados de qualquer prova e/ou documento sério, limitando-se o representante a juntar um suposto e apócrifo ‘relatório de veiculações em rádio’, que teria sido gerado pela empresa ‘Audiency Brasil Tecnologia”, afirma Moraes na decisão tomada na noite desta segunda.

O ministro diz ainda que o pedido de Bolsonaro e o relatório ”apócrifo” não indicam as ”rádios, dias ou horários em que não teriam sido veiculadas as inserções de rádio” do presidente. ”Nem tampouco [há] a indicação de metodologia ou fundamentação de como se chegou à determinada conclusão.

”Tal fato é extremamente grave, pois a coligação requerente aponta suposta fraude eleitoral sem base documental alguma, o que, em tese, poderá caracterizar crime eleitoral dos autores, se constatada a motivação de tumultuar o pleito eleitoral em sua última semana”, disse Moraes.

O anúncio da entrega do relatório foi feito pelo ministro das Comunicações, Fábio Faria, em entrevista a jornalistas no Palácio da Alvorada. O titular da pasta havia divulgado em suas redes sociais que faria a ”exposição de um fato grave”. O pedido apresentado ao TSE diz que a suposta fraude tem potencial de ”assentar a ilegitimidade do pleito”, se não for corrigida ”imediatamente”.

A campanha de Bolsonaro pede a suspensão da propaganda de Lula no rádio em todo o país ”até que se atinja o número de inserções usurpadas da Coligação peticionária”. Também requer apuração administrativa do caso, ”com vistas à responsabilização dos envolvidos”.

Os advogados do presidente apresentaram um relatório feito pela empresa Audiency Brasil Tecnologia, sediada em Florianópolis (SC), para sustentar o argumento da fraude. A empresa afirma em seu site que faz a ”distribuição, gerenciamento e acompanhamento de veiculações das campanhas de mídias offline (rádio) em tempo real”, e oferece serviços a anunciantes, artistas musicais e emissoras.

Moraes já chamou de mentiroso e fraudulento um parecer do PL, partido de Bolsonaro, que levantava dúvidas sobre a segurança das eleições dias antes do primeiro turno. Também disse que os militares parecem querer agradar o chefe do Executivo no trabalho de auditoria do pleito realizado pelas Forças Armadas. Fábio Faria afirmou que uma segunda empresa também da área estaria fazendo a checagem das inserções nas rádios que supostamente teriam reduzido o espaço de Bolsonaro.

Na ação apresentada ao TSE, os advogados de Bolsonaro afirmam que houve ”beneficiamento ilegal e fraudulento” a Lula e por ter aumentado a exposição no Nordeste, ”onde, justamente, teve melhor desempenho eleitoral proporcional no primeiro turno de votação”. O documento principal da ação tem sete páginas e cita seis vezes a palavra fraude. O processo é acompanhado por dois relatórios que somam 18 páginas e apresentam o levantamento feito pela empresa sobre o número de inserções de Bolsonaro e Lula veiculadas em emissoras de rádio nos estados do Norte e Nordeste.

O ministro afirmou que o documento entregue ao TSE é um relatório preliminar que trata da primeira semana de campanha eleitoral no segundo turno no Norte e Nordeste. No entanto, disse que a campanha já possui uma auditoria referente a duas semanas nestas regiões que somou 154.085 inserções a menos da propaganda de Jair Bolsonaro, na comparação com seu rival. Sem detalhar os dados e o método utilizado na auditoria, Faria disse que um dos principais problemas teria ocorrido na Bahia. Segundo ele, em algumas rádios da região, a cada quatro inserções, três teriam ido para Lula e apenas uma para Bolsonaro.

O ministro afirmou que o rádio é um dos meios de comunicação de maior audiência no Nordeste e que o PT teve mais votos ”exatamente nessas pequenas cidades onde essas rádios estão e onde nós não chegamos com o nosso programa”. ”O que queremos é que seja restabelecido o direito igualitário de disputar as eleições. Não sei se dá tempo para que seja restabelecido todas essas horas. Tem que fazer uma conta. Mas que seja feito rápido isso. O TSE vai fazer agora sua própria checagem, buscar lá a sua auditoria para que a gente possa ter as mesmas condições de tratamento”, disse Faria.

O ministro das Comunicações se encontrou nesta segunda com o presidente do TSE, Alexandre de Moraes, para tratar da acusação de fraude. Integrante da campanha de Bolsonaro, o ex-chefe da Secom (Secretaria Especial de Comunicação Social) Fabio Wajngarten disse que as campanhas eleitorais enviam para o TSE as inserções de rádio e televisão, que ficam armazenadas em uma espécie de repositório. Esse material depois é baixado digitalmente pelas emissoras, que o veiculam em sua grande, nos horários específicos destinados para a propaganda eleitoral.

”Constatamos que na região Nordeste, tivemos 29.160 inserções a menos na nossa candidatura, o que corresponde a 241 horas de programação impedida de ser transmitida.”, disse Wajngarten.

*por Matheus Teixeira/Renato Machado/Mateus Vargas/Folhapress

Tribunal Superior Eleitoral envia ao TCU boletins de urna do 1º turno para realização de auditoria

/ Brasil

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) concluiu ontem (24) a entrega de 4,1 mil boletins de urna do primeiro turno das eleições ao Tribunal de Contas da União (TCU). Os documentos fazem parte de uma das etapas de auditoria do TCU sobre o pleito.

O trabalho de auditoria realizado pelos técnicos do TCU consiste na análise dos boletins, que são emitidos pelas urnas eletrônicas ao final do dia de votação e possuem os dados da totalização dos votos. Segundo os auditores, para obter resultado de 99% de certeza sobre a integridade dos boletins, é necessária a checagem dos 4 mil documentos.

A auditoria do TCU sobre o resultado das eleições deve ser encerrada no início do ano que vem.

De acordo com o tribunal, a atuação da Corte de contas no trabalho de auditoria das urnas tem o intuito de garantir a confiabilidade das informações públicas repassadas à sociedade. O tribunal também faz parte da comissão de transparência das eleições, grupo que é presidido pelo TSE. Da Agência Brasil

Vale do Jiquiriçá: Com chuva, problemas estruturais se avolumam na BR-420, trecho de Santa Inês

Trecho de Santa Inês é o pior da BR-420. Foto: Blog Marcos Frahm

Os problemas estruturais da Rodovia BR-420, somados ao grande volume chuvas que caíram no Vale do Jiquiriçá nesta segunda-feira (24) causaram alagamentos, provocando transtornos aos usuários da via, no perímetro de Santa Inês, considerado o pior trecho da região.

Crateras dificultam a trafegabilidade no trecho e as águas das chuvas trouxeram ainda mais dificuldades. O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), responsável pela conservação da BR-420 realiza, através de uma empresa contratada, a operação tapa-buracos na estrada federal que interliga a BR-116 – Entroncamento de Jaguaquara a BR-101 – Entroncamento de Laje, mas na área de Santa Inês os serviços chegam de forma lenta e a qualidade dos remendos é questionada pelos motoristas.