Fake news: Polícia rechaça informação sobre prisão de suspeitos de tentar sequestrar empresário

/ Jaguaquara

Polícia segue a procura de suspeitos. Foto: Blog Marcos Frahm

Após frustrar uma tentativa de sequestro a um empresário da cidade, fato ocorrido na noite da última terça-feira (16/07), a polícia de Jaguaquara enfrenta fake news que são espalhadas nas redes sociais sobre a possível prisão de três autores da ação criminosa, que acabaram evadindo na noite do crime [relembre].

A polícia ainda não conseguiu identificar o suspeito de criar e disseminar notícias falsas sobre a prisão dos criminosos, que até a manhã desta quinta-feira não teria ocorrido. Em grupos do WhatsApp da cidade, notícias com a imagem de três jovens, de costas e no interior de uma unidade policial anuncia a prisão dos três suspeitos e ainda revelava a identidade da vítima, que havia sido preservada pela Polícia Militar, que atuou no caso.

A notícia falsa informa que a prisão ocorreu por volta das 13h30 desta quarta-feira (17). Contudo, a PM rechaça a informação e pede que a população desconsidere a nota. ”Essa conduta não tem o nosso apoio. É preciso que procurem a polícia, a fonte oficial antes de divulgar qualquer informação. Pessoas que agem dessa forma, além de atrapalhar o trabalho da polícia prestam um desserviço a população. Pedimos que tenham mais responsabilidade ao fazer uso da rede social”, ressaltou o comandante da 3ª Cia da PM, o Tenente Hianderson Ribeiro. Segundo ele, as buscas pelos indivíduos continuam.

O crime foi registrado por volta das 19h, na Rua 15 de Novembro, no bairro Muritiba e a vítima libertada incólume. Uma caminhonete roubada utilizada pelos criminosos foi apreendida.

Os comentários estão fechados.