Explosão de casos da Covid-19 em Jequié acende sinal de alerta, com 313 confirmados e 11 óbitos

/ Jequié

Jequié tem curva ascendente de casos. Foto: Blog Marcos Frahm

O município de Jequié tornou-se um dos principais focos de disseminação do novo coronavírus no interior baiano, atingindo, nesta quarta-feira (27), a marca de 313 casos positivos da doença.

O novo boletim epidemiológico divulgado às 19h pela Secretaria Municipal de Saúde, traz o registro de mais 3 óbitos por Covid-19, sendo duas mulheres, de 47 e 58 anos, dos bairros Brasil Novo e Curral Novo, e um homem, de 82 anos, do bairro Jequiezinho, somando 11 óbitos até aqui.

Mais 17 pessoas contraíram o vírus, conforme dados entre os boletins de terça-feira (26), e o desta quarta. Dos 313 casos, 176 foram diagnosticados por meio do método laboratorial RT-PCR. 116 pacientes encontram-se recuperados e não apresentam mais os sintomas da doença. Os que estão em quarentena somam 1560 pessoas.

O rápido aumento de casos em Jequié vem preocupando com relação à estrutura limitada no sistema de saúde, apesar dos novos 10 leitos de UTI instalados no Hospital Geral Prado Valadares – HGPV, pelo Governo do Estado.

O município de Jequié segue com o decreto de toque de recolher, com restrições no comércio local e, para esta quinta (28) e sexta-feira (29), o governador Rui Costa anunciou ponto facultativo nas repartições públicas estaduais na Cidade Sol.

Na área privada, poderão funcionar mercados, farmácias, unidades de saúde, serviços de segurança, serviços funerários, postos de combustíveis, indústrias, bancos e lotéricas poderão funcionar. O decreto com a determinação ainda será publicado do Diário Oficial do Estado.

Os comentários estão fechados.