Depois de matar jornalista em Salvador, suspeito foi para casa dormir: ”premeditou”, diz polícia

/ Polícia

Suspeito Mateus Viliam Oliveira após a prisão. Foto: Betto Jr/ Correio

Suspeito de matar em Salvador com socos e pedradas a jornalista Daniela Bispo dos Santos, 38,  Mateus Viliam Oliveira Alecrim Dourado Araújo, 32 anos, contou em depoimento que pegou a pedra usada no crime no caminho até o prédio onde encontrou com a vítima. Ainda segundo a polícia, depois de matar Daniela com socos e pedradas, Mateus  foi para casa como se nada tivesse acontecido para dormir. Ele mora no bairro da Saúde, em Salvador. Horas depois do crime, enquanto as pessoas ainda procuravam a jornalista, ele estava a caminho de uma entrevista de emprego quando foi preso na tarde desta terça-feira (14) em Lauro de Freitas. Ele confessou que matou com quem mantinha um relacionamento amoroso há 3 anos. O crime aconteceu na noite de segunda (13). Os dois se conheceram em uma empresa de call center, há quatro anos, e, mesmo depois de deixarem de trabalhar juntos, mantiveram o relacionamento  amoroso, que começou em 2014. Daniela foi morta a sacos e pedradas. O corpo foi encontrado nas escadas do 5º andar do Edifício Catabas Empresarial, na Avenida Tancredo Neves, onde ela trabalhava. Mateus foi flagrado nas câmeras do prédio e identificado por alguns amigos da vítima. Segundo a polícia, Mateus e Daniela se conheceram em 2013, quando trabalhavam em uma empresa de call center. Em 2014, eles iniciaram um relacionamento amoroso que continuou mesmo depois que os dois deixaram de atuar na mesma firma. Ele foi demitido e ela foi trabalhar em outra empresa do mesmo ramo, onde estava até ser assassinada. A polícia contou que no começo da noite de segunda-feira Mateus saiu de casa e foi ver Daniela. Os dois marcaram um encontro no mesmo prédio em que ela trabalhava, na Avenida Tancredo Neves. Ele contou para a polícia que no caminho abaixou, pegou uma pedra e partiu o paralelepípedo em dois. Um dos pedaços ele deixou no local, e o outro colocou dentro da mochila que estava carregando. A delegada Milena Calmon, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), contou que ele conhecia os funcionários que trabalham na portaria e, por isso, conseguiu entrar no edifício com facilidade. Por volta das 19h, Daniela saiu da sala em que trabalhava, no 1º andar, e subiu até o 6º pavimento. Os dois se encontraram, mas a conversa tornou-se uma briga. As informações são do Correio

Governo do Estado promove alinhamento ao salário mínimo nas polícias Civil e Militar

/ Polícia

 Anselmo Brandão, Comandante da PM. Foto: Blog Marcos Frahm

O Governo do Estado vai promover o alinhamento do soldo da Polícia Militar e do vencimento básico da Polícia Civil ao salário mínimo. Com essa medida, mais de 56 mil servidores da Segurança Pública terão significativos ganhos remuneratórios já em 2017 e em 2018. A informação foi divulgada pelo governador Rui Costa durante o #PapoCorreria, transmitido ao vivo pelas redes sociais, nesta terça-feira (7), com a participação do Comandante-geral da Polícia Militar, Anselmo Brandão e do secretário de Segurança Pública, Maurício Barbosa. Ao todo serão contemplados 47,9 mil servidores da PM e 8,6 mil da PC. A medida do Governo vai gerar em 2018 um custo aos cofres públicos de, aproximadamente, 324 milhões ao ano. Os ganhos serão concedidos de forma escalonada: em novembro de 2017 e em novembro de 2018. Na PM, serão contempladas todas as patentes, de soldados a coroneis. Já na PC, serão abrangidos investigadores, escrivães, peritos e delegados. Os ganhos salariais variam de 6,32 a 10,47%. Com esta reestruturação, nenhum servidor da Segurança Pública terá soldo ou vencimento básico abaixo do salário mínimo, atendendo a um pleito das categorias.

Policial que fez disparos em show de Gusttavo Lima é preso em batalhão e diz ter sido agredido

/ Polícia

PM diz ter atirado após ser agredido. Foto: TVCA/Reprodução

O soldado da Polícia Militar suspeito de atirar durante o show do cantor Gustavo Lima em Mato Grosso nesta sexta-feira (3) está preso por tempo indeterminado em um batalhão da PM. Segundo informações do G1, Raimundo Henrique Leal dos Santos, de 22 anos, teria se envolvido em uma briga generalizada e foi detido por outro policial militar que presenciou o caso na cidade de Rondonópolis. O soldado admite que atirou para o alto, mas nega ter participado da briga e relata que foi agredido. O delegado Vinícius Francisco Prezoto ouviu Raimundo neste sábado (4). ”Ele diz que foi atingido por uma garrafa na cabeça e, assim que ele caiu [no chão], começou a ser agredido. Depois, ele diz que fez disparos para o alto para que cessasse a agressão e a briga”, disse em entrevista ao G1. Em seu relato, o soldado afirmou ainda que saiu da briga e foi até o estacionamento do evento, onde foi baleado pelo outro policial militar. Ao ouvir o disparo durante o show, Gustavo Lima deixou o palco

Maracás: Polícia Militar apreende adolescentes com maconha prensada no bairro Irmã Dulce

/ Polícia

Menores foram apreendidos com droga. Foto: CIPM/Maracás

Dois adolescentes foram apreendidos nesta sexta-feira (3), em Maracás, portando um tablete de maconha prensada. Conforme informações da Polícia Militar, a guarnição do Pelotão de Emprego Tático Operacional (PETO) em ronda no bairro Irmã Dulce avistou os menores em atitude suspeita e, ao realizarem revista, os militares encontraram com os mesmos a droga, pesando 20 gramas e uma bicicleta. Os menores infratores e a droga foram apresentados na Delegacia Territorial de Maracás para adoção das medidas cabíveis.

Sede de delegacia é destruída e carros são queimados em protesto contra delegado em Piripá

/ Polícia

Carros foram destruídos na frente de delegacia local. Foto: G1

A sede da delegacia da cidade de Piripá, no sudoeste da Bahia, foi destruída na madrugada desta terça-feira (31), em protesto contra o delegado, Florisvaldo Nery da Cruz. A fachada do imóvel da delegacia foi pichada e as instalações foram destruídas. Objetos também foram roubados e carros foram queimados em frente à delegacia. Segundo os moradores, o delegado Florisvaldo não estaria mais abrindo investigações, efetuando prisões, nem enviando os processos à Justiça. Na quarta-feira passada, eles já tinham feito outro protesto na cidade contra o titular. Segundo publicação do G1,  a assessoria da Polícia Civil foi procurada e ficou de se pronunciar sobre o caso. O delegado disse que o ato desta terça-feira (31) foi feito por pessoas ligadas a um grupo político da cidade, depois que ele teria aberto investigação sobre corrupção no município. ”É um movimento que começou pela Câmara (de Vereadores) e pelo Executivo contra o delegado”, afirmou. Ele afirma que atua na cidade desde o ano de 2006 quando começou a investigação da suposta prática de corrupção na prefeitura. ”O problema é que sou um delegado diferenciado, não aceito propina e combato a corrupção. E nesse combate a corrupção comecei a atuar e tive alguns resultados, inclusive busca e apreensão das pastas de documentos de prestação e contas do prefeito”, contesta. O delegado disse que sofreu duas transferências do cargo na cidade e só retornou no ano de 2011. Florisvaldo também reclama da falta de condições para que consiga atuar e combater a ocorrência de crimes na cidade. Ele diz que ele trabalha sozinho na delegacia, sem nenhum escrivão. O município teria ainda dois policiais militares. O delegado afirma que a delegacia só conta com uma viatura, um aparelho de fax e uma linha de telefone. ”A ineficiência da Polícia Civil decorre da omissão do estado. Hoje sou reduzido como fazedor de ocorrência. Sou delegado 24h por dia, moro na cidade”, disse.

Homem com distúrbios psicológicos surta e depreda viatura da Polícia Militar no Sul da Bahia

/ Polícia


Viatura da PM teve vidro da frente destruído. Foto: Estevão

Um homem atacou uma viatura da Polícia Militar nesta segunda-feira, na cidade de Guaratinga, extremo sul da Bahia, na manhã desta segunda-feira (30). Segundo informações da PM publicadas no G1, o autor do ataque aparenta ter transtornos mentais. Ele já havia tentado agredir algumas pessoas antes de destruir a viatura. Ele entrou no Batalhão da PM, começou a depredar os vidros da viatura e ainda tentou atear fogo no veículo, que estava estacionado no pátio. O homem foi contido pelos policiais e encaminhado para o Hospital Joana Moura. Após ser medicado, ele deverá ser encaminhado para a delegacia da cidade.

Ibirapitanga: Polícia suspeita de execução em morte do cantor gospel Netto Paz

/ Polícia

Netto Paz foi morto a tiros. Foto: Reprodução/TV Santa Cruz

A Polícia de Ibirapitanga, no Baixo Sul do estado, investiga a suspeita de execução na morte do pastor e cantor Netto Paz. O enterro da vítima, Melquiades Santos Neto, de 33 anos, ocorreu nesta quinta-feira (26) e foi marcado por comoção. Segundo a TV Santa Cruz, Netto Paz foi morto a tiros na quarta-feira (25) quando estava no carro dele, no entroncamento de entrada da cidade. Dois homens a bordo de um carro branco chegaram atirando. Os criminosos não levaram nada da vítima, que perdeu o controle do carro, caindo em uma ribanceira. Uma filha dele que estava no carro também foi atingida por dois tiros. A adolescente está na UTI do Hospital Manoel Novaes, em Itabuna, e o quadro de saúde dela é estável. Outra filha, de sete anos, a esposa e um pastor que acompanhava a família não ficaram feridos. Ainda segundo o site, o velório foi feito na igreja quadrangular, onde o pastor atuava. Centenas de pessoas acompanharam o ato. Vestidos de branco, os moradores seguraram cartazes e pediram justiça sobre o caso. Até esta sexta-feira (27), nenhum dos acusados foi encontrado.

Lagedo do Tabocal: Ação da Polícia Militar salva idoso com problema de visão andando no meio da pista

/ Polícia

Carlito Oliveira, de 60 anos, acolhido pela PM. Foto: Divulgação

Um homem no meio da uma estrada, caminhando, correndo sério risco de ser atropelado. A cena que não é corriqueira chamava a atenção nesta quinta-feira (26), por volta das 18h40, pelo cenário inesperado. Uma guarnição do Pelotão de Emprego Tático Operacional (PETO), da 93ª Companhia Independente da Polícia Militar de Maracás, ao trafegar pela Rodovia BA-250, se deparou com o idoso caminhando no meio da pista, e o ancião foi indagado pelo Tenente da PM Alan Dias, e se identificou como Carlito Oliveira, de 60 anos, morador na localidade do Peixe, na área rural do município de Lagedo do Tabocal, para onde o idoso seguia a pé. Ao ser questionado, Seu Carlito disse que acabara de ser atendido no hospital de Lagedo, e que sofre com cataratas, o que dificulta a sua visão. Ainda segundo relato do idoso, o atendimento na unidade hospitalar demorou e por isso ele tentava retornar pra casa a pé. Acolhido pelo Tenente, Carlito Oliveira foi encaminhado ao Pelotão da PM em Lagedo e posteriormente levado até a sua residência no povoado. A ação da polícia preservou a vida do idoso. *Nota original do Blog Marcos Frahm

Polícia Militar conduz cerca de 200 pessoas em uma rinha de galo na cidade de Maracás

/ Polícia

Polícia apreendeu 98 galos de combate na rinha. Foto: CIPM

Cerca de 200 pessoas foram conduzidas pela Polícia Militar de Maracás, neste domingo (22), depois de serem flagradas no interior de uma rinha de galo, na Rua Nestor Sá, no bairro Lagoa Cumprida. A Polícia Militar (CIPM) recebeu uma denúncia anônima e, ao chegar ao local, encontrou uma estrutura montada para briga de galos. A operação comandada pelo Major PM/Caldas as guarnições do 1Pel/3Pel/PETO da 93ª Companhia Independente da Polícia Militar de Maracás, que conduziu pessoas oriundas de Jaguaquara, Itiruçu, Lafaiete Coutinho, Lagedo d Tabocal, Itaquara, Jequié e Iramaia, que foram prestar esclarecimentos à polícia e depois liberadas.

Rinha funcionava na Rua Nestor Sá, no bairro Lagoa Cumprida

Ainda de acordo com informações policiais, foram detidos: Edmundo da Silva Novaes Júnior, 46 anos, Jeilton do Nascimento Lago, 32, e José Henrique Duarte Santos, de 28 anos. Foram apreendidos 15 automóveis, 19 motocicletas, 98 galos de combate e 7 pássaros silvestres. A promoção de briga de galos, além de caracterizar prática criminosa tipificada na legislação ambiental, configura conduta atentatória à Constituição.

Quatro mil pés de maconha são incinerados em operação da polícia na região Norte da Bahia

/ Polícia

Plantação de maconha foi queimada em Juazeiro. Foto: Polícia Civil

Uma plantação com quatro mil pés de maconha incinerada por policiais, na cidade de Juazeiro, no norte da Bahia. O caso ocorreu na última sexta-feira (6) e divulgado nesta segunda pela Polícia Civil. Um homem foi preso na ação. De acordo com a polícia, a droga estava num local conhecido como Riacho da Massaroca, no Distrito de Maniçoba. O suspeito preso foi identificado como Fernando Amâncio de Souza, de 28 anos. Em depoimento, Fernando disse que trabalhava no local há três meses para um homem chamado Zé, que a polícia acredita ser o proprietário da roça. O suposto dono da área fugiu com uma espingarda calibre 32 ao perceber a chegada da polícia. Fernando, que é natural de Pernambuco, estava com nove cartuchos para espingarda calibre 32, além de sementes de maconha. Ele foi autuado em flagrante por tráfico de drogas, associação para o tráfico e posse ilegal de munição. Em seguida, foi encaminhado ao Conjunto Penal de Juazeiro. Amostras da planta.

Homem é preso acusado de matar amante da mulher a pauladas após flagrá-los em momentos íntimos

/ Polícia

Joilson está preso na cidade de Jacobina. Divulgação/Polícia Civil

Joilson dos Santos Maia, de 30 anos, foi preso por policiais da 16ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), com sede em Jacobina, acusado de matar o amante da mulher após flagrá-los em momentos íntimos. Segundo a Polícia Civil, o anúncio foi feito, nesta sexta-feira (6), pela delegada Manuela Rodrigues de Araújo, titular da Delegacia Territorial (DT/Jacobina). A delegada, que coordenou a ação de captura, afirmou que a ação de cumprimento de mandado de prisão preventiva, expedido pela Justiça local, foi deflagrada na quarta-feira (4), na Lagoa do Timbó, zona rural de Jacobina, onde residia. Joilson retornou há alguns dias ao local, depois de longo período sumido. O crime ocorreu em 7 de fevereiro deste ano na Fazenda Pé de Serra, no local onde o casal vivia. A mulher também foi agredida a pauladas pelo marido e sobreviveu porque conseguiu fugir, mas Edson morreu no local. Joilson está custodiado na carceragem do Complexo Policial de Jacobina, à disposição da Justiça.

Mulher é presa com drogas escondidas dentro de ursinho de pelúcia no berço do filho

/ Polícia

Mayara Almeida admitiu que vende drogas. Foto: Polícia Civil

Um ursinho de pelúcia recheado com dez pinos de cocaína, 52 pedras de crack e 63 trouxinhas de maconha foi encontrado, nesta quinta-feira (5), na casa de Mayara Almeida Gomes, 26 anos, na entrada do Buraco da Gia, Ladeira do Acupe, em Salvador, por investigadores da 6ª Delegacia (Brotas). Segundo a assessoria da Polícia Civil, os investigadores foram ao local entregar uma intimação para a própria Mayara, que estava sendo acusada de agredir fisicamente uma vizinha, no mês passado.

Droga era escondida em ursinho de pelúcia do filho da mulher

Ao perceber o nervosismo dela ao atender a porta, os policiais fizeram uma revista no imóvel, encontrando o brinquedo com a droga dentro do berço do filho da mulher, de três meses. Na unidade policial, Mayara foi interrogada pela delegada titular Francineide Moura e acabou autuada em flagrante por tráfico de drogas. A jovem assumiu que estava comercializando entorpecentes. Sem antecedentes criminais, a mulher será encaminhada ao Núcleo de Prisão em Flagrante da Justiça (NPF), na Avenida ACM. O material apreendido passará por perícia no Departamento de Polícia Técnica (DPT).

Corpo de homem crivado de balas é encontrado na margem da BR-116, entre Jaguaquara e Jequié

/ Polícia

Corpo do homem foi removido ao IML. Foto: Blog Marcos Frahm

O corpo de um homem foi encontrado com perfurações à bala, no fim da tarde desta quarta-feira (4//10), na margem da Rodovia Santos Dumont BR-116, no trecho entre os municípios de Jaguaquara e Jequié. De acordo com informações, populares teriam acionado a polícia depois de terem visto o cadáver na margem da estrada, nas proximidades da Fazenda Santo Antônio. As polícias Civil e Militar estiveram no local, com o acompanhamento de uma equipe do Departamento de Polícia Técnica que providenciou o encaminhamento do corpo ao Instituto Médico Legal de Jequié. O homem foi identificado como Cássio de Jesus Souza, apelidado de Gaton, e era morador do bairro Barro Preto, em Jequié. A Polícia Civil de Jequié iniciou as investigações sobre o crime.

Operação desocupa fazendas invadidas e prende uma pessoa em propriedade da família de Geddel

/ Polícia

Operação policial desocupou fazendas invadidas. Foto: Polícia Civil

Doze fazendas que foram invadidas por grupos armados nas cidades de Itapetinga e Potiraguá, sudoeste e sul da Bahia, foram desocupadas durante uma operação da Polícia Civil, com apoio da Polícia Militar, na madrugada desta terça-feira (3), conforme publicação do G1. Outras duas propriedades também invadidas, as fazendas Esmeralda e Tabajara, localizadas em Itapetinga e Potiraguá, respectivamente, pertencem ao ex-ministro Geddel Vieira Lima e a família dele e seguem ocupadas nesta terça-feira, porque não há ordem judicial para fazer a desocupação, segundo a polícia. Em uma delas, na Fazenda Tabajara, um homem foi preso por porte ilegal de arma. Ele estava com uma espingarda. Duas motos e um veículo com irregularidades administrativas também foram apreendidos. Na Fazenda Esmeralda, na zona rural de Itapetinga, ocupada desde o dia 23 de setembro, a polícia encontrou um grupo de indígenas que dizem ser da tribo pataxó hã hã hãe. Eles afirmam que a terra é sagrada e pedem demarcação. Já na Fazenda Tabajara, na cidade de Potiraguá, o delegado disse que um grupo de 10 homens que ocupa o local diz ser do Movimento Livre da Terra. O advogado Fraklin Ferraz, que representa os proprietários das fazendas Tabajara e Esmeralda, informou que a primeira pertence ao ”espólio”, ou seja, bens deixados por Afrísio Vieira Lima, pai de Geddel. Já a Esmeralda pertence ao espólio e ao próprio Geddel. A defesa pediu à Justiça a manutenção da posse das duas fazendas, mas ainda não há decisão sobre os casos. Nas outras 12 fazendas que haviam sido invadidas por homens armados, o delegado Antônio Roberto Gomes da Silva Júnior informou que os invasores fugiram com a chegada dos policiais, durante a operação.