Boletim epidemiológico: Bahia tem 267 casos confirmados de Covid-19, segundo SESAB

/ Bahia

Bahia registra 267 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19), o que representa 4,1% do total de casos notificados. Até o momento, 1763 casos foram descartados e houve três óbitos, todos residentes em Salvador que apresentavam comorbidades associadas. Este número contabiliza todos os registros de janeiro até as 17 horas desta quinta-feira (2). Ao todo, 43 pessoas estão curadas e 33 encontram-se internadas.

Estes números representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais.

Dentre os casos confirmados, 50,94% são do sexo masculino e 49,06% do sexo feminino. O coeficiente de incidência por 100.000 habitantes foi maior na faixa de 70 a 79 anos (3,66), indicando o maior risco de adoecer entre os idosos.

Diferente do que foi divulgado anteriormente, o município de Irecê não possui casos confirmados de Covid-19. Ressaltamos que os números são dinâmicos e, na medida em que as investigações clínicas e epidemiológicas avançam, os casos são reavaliados, sendo passíveis de reenquadramento na sua classificação. Outras informações em saude.ba.gov.br/coronavirus. Para acessar o boletim completo, clique aqui.

Promotoria do consumidor apura superfaturamento de 1000% no valor de máscaras hospitalares

/ Bahia

Máscaras hospitalares estão caras na Bahia. Foto: Reprodução

Ministério Público da Bahia (MP-BA), por meio da 2ª Promotoria de Justiça do consumidor da capital, apura uma denúncia de que duas empresas – uma de Salvador e a outra de Vitória da Conquista – teriam superfaturado os preços de máscaras hospitalares em mais de 1000%.

O promotor Cristiano Chaves que instaurou na última quinta-feira (26) um procedimento administrativo de investigação para apurar denuncia realizada um dia antes, em 25 de março, por três consumidores acostumados a adquirir o produto junto a estas empresas.

“Para você ter uma ideia, o que custava aproximadamente R$30 passou a custar R$320 – a caixa com 100 máscaras”, conta. A partir da instauração do procedimento, denunciantes e denunciados foram notificados para que em um prazo de 10 dias, respectivamente, possam apresentar notas fiscais das compras e se manifestarem sobre as alegações.

Sendo comprovado de que de fato houve um aumento abusivo nos valores, o episódio será judicializado. Nessa hipótese, os estabelecimentos poderão ter de pagar multa, além de ficarem sujeitas a uma série de outras sanções – que incluem a interdição – até que os valores sejam reestabelecidos a cifras consideradas razoáveis.

“O que a gente recebe de denuncia de outros consumidores é que essa tem sido uma prática de vários distribuidores de material cirúrgico e hospitalar”, lamentou Chaves. Indicadas principalmente para profissionais de saúde e pessoas com quadro confirmado ou suspeito de Covid-19, o item tornou-se essencial no contexto da pandemia.

A reportagem do site BNews buscou contato com as empresas denunciadas – a Vital Procifar da Vila Laura, em Salvador, e a J Sul Distribuidora, localizada em Vitória da Conquista.

Por meio de contato telefônico, um funcionário da J Sul que preferiu não informar seu cargo hierárquico dentro da organização, comunicou que a empresa não recebeu qualquer notificação a respeito da investigação e disse que ”todas as compras tem notas fiscais”.

A reportagem tentou contato com a assessoria de comunicação da Atrial Saúde, associada a Vital Procifar, desde o início da tarde desta quarta-feira (1º), mas não teve um posicionamento da empresa até o instante de publicação deste texto. Assim que houver uma resposta, a publicação será atualizada com o posicionamento da instituição.

”Estamos colhendo provas de que houve realmente esse abuso na prática comercial, para que possamos adotar providências. Não queremos prejudicar ninguém. Se as empresas tiverem o compromisso de regularizar, estaríamos abertos a celebrar um Termo de Ajustamento de Conduta. O que a gente quer é evitar que a sociedade seja prejudicada”, conclui o promotor.

Governo estadual prepara maternidade especial para atender gestantes com coronavírus

/ Bahia

O governador Rui Costa (PT) anunciou nesta quinta-feira (2) durante entrevista coletiva, que a Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) prepara uma maternidade para atender somente gestantes diagnosticadas com o novo coronavírus.

”Já temos casos de grávidas infectadas. Estamos preparando uma maternidade exclusiva com isolamento só para atender as gestantes”, explicou.

As crianças, no entanto, serão atendidas nos hospitais especializados no atendimento ao coronavírus. A Bahia já registra cinco casos da doença em crianças com menos de cinco anos. Entre eles, dois bebês. Um de sete meses e outro de seis meses de vida.

Governo do Estado vai isentar conta de água para integrantes do Cadastro Social

/ Bahia

Rui anuncia nova medida de apoio social. Foto: Elói Correia

O governo estadual vai isentar, por três meses, os consumidores do Cadastro Social da Embasa. A medida visa diminuir o impacto social gerado pela pandemia do novo coronavírus e foi anunciada nesta quinta-feira (2) em uma live do governador Rui Costa para a imprensa do interior do estado. Somente terá acesso ao benefício quem usar no máximo 25 metros cúbicos por mês, que deve atender cerca de 860 mil pessoas.

Ontem, o gestor anunciou que o Estado vai bancar as contas de luz para 677 mil famílias do cadastro social da Coelba. Neste caso, o consumo máximo é de 80Kw mensais. O benefício também terá vigência de três meses.

”Isso significa recurso imediato na mão das pessoas, são recursos que as pessoas teriam que (usar para) pagar uas contas de água e de energia”. Nos dois casos, o Executivo enviará projeto de lei para a Assembleia Legislativa. No caso da Embasa, por ser empresa estadual, haverá isenção, enquanto na concessionária Coelba o estado entrará com os recursos.

Governo investe R$ 3,5 milhões e entrega UBS em Salvador, entregue por Rui Costa e ACM Neto

/ Bahia

Rui e ACM voltam a entregar obra juntos. Foto: Mateus Pereira

Dando sequência à série de investimentos feitos pelo Governo do Estado na atenção primária à saúde, em Salvador, foi inaugurada, na manhã desta quinta-feira (2), uma Unidade Básica de Saúde (UBS), em Itapuã. O governador Rui Costa, acompanhado pelo prefeito ACM Neto, fez a entrega do equipamento, que contou com mais de R$ 3,5 milhões em investimentos e terá um setor para atendimento de casos suspeitos do novo coronavírus, enquanto durar a crise da Covid-19.

De acordo com Rui, por conta da pandemia do novo coronavírus, as salas que abrigariam os consultórios odontológicos serão utilizadas como boxes de observação de pacientes com suspeita da doença. ”Essa medida se soma a diversas ações executadas pelo Estado para conter o avanço do novo coronavírus no território estadual. A Bahia vem tendo uma projeção abaixo da curva prevista para o estado, mas atualmente há 17 pacientes em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Couto Maia, o que significa que o volume de pessoas que precisam de cuidados intensivos está aumentando progressivamente, por isso não podemos baixar a guarda. Quem puder, deve usar máscara, inclusive confeccionadas com tecido, para proteger a si e aos outros”, aconselhou o governador.

Rui ainda falou de novos leitos que estão sendo abertos para o tratamento da doença. ”Vamos implantar, no Hospital do Subúrbio, leitos adicionais exclusivos para o tratamento de pacientes com a Covid-19. Além disso, o Centro de Tratamento montado no Hospital Espanhol também será aberto nos próximos dias”, informou.

A UBS em Itapuã será administrada pela Prefeitura Municipal de Salvador, assim como outras unidades construídas pelo Estado, na capital. ”Essas unidades são a porta de entrada de um trabalho permanente de prevenção, que aproxima o atendimento de saúde das famílias, garantindo que no futuro possamos ter menos pressão e menos necessidade de serviços mais complexos no sistema público de saúde. Por isso a importância dessa parceria com Governo do Estado , que construiu mais esta UBS na capital e que, a partir de hoje, será gerida pelo Município”, destacou o prefeito ACM Neto.

Além da odontologia, que será ativada quando a situação da pandemia for normalizada, a UBS oferece, ainda, consultas médicas, inalações, injeções, curativos, vacinas, bem como encaminhamento para especialidades e fornecimento de medicação básica.

Bahia poderá ter 1,1 milhão de infectados pelo novo coronavírus em maio, aponta pesquisa

/ Bahia

Projeção feita por pesquisadores da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) aponta que o número de infectados pelo novo coronavírus pode atingir 1,1 milhão em meados de maio, segundo reportagem do jornal Correio. De acordo com o estudo, a quantidade de casos vai triplicar nos próximos 10 dias se as medidas de isolamento social forem abandonadas.

A pesquisa leva em consideração o crescimento diário de casos confirmados da doença entre 6 e 31 de março, que tem sido de 23%. O possível contingente de baianos infectados representa 7,4% da população de 14,9 milhões. A pesquisa afirma ainda que na Bahia a incidência de casos é maior entre 70 e 79 anos.

Estado vai pagar conta de luz de 677 mil baianos pelos próximos três meses, diz governador

/ Bahia

Rui anuncia apoio a baianos com Cadastro Social. Foto: Carol Garcia

Um anúncio feito pelo governador Rui Costa, na sede da Governadoria, no fim da tarde desta quarta-feira (1º), garantiu duas boas notícias para os baianos. Em função da crise gerada pelo novo coronavírus, o Estado vai assumir, pelos próximos 90 dias, o pagamento da conta de luz de mais de 677 mil pessoas que tenham Cadastro Social e consumam até 80 kilowatt (kW) por mês. Além disso, após atualização da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), a Bahia passou a registrar 34 pacientes curados da Covid-19, o que representa quase o dobro do número informado no último boletim divulgado pelo órgão.

De acordo com Rui, um projeto de lei que viabiliza a ação será enviado, já nesta quinta-feira (2), para a Assembleia Legislativa da Bahia (Alba). ”Espero que esse projeto seja aprovado o mais rápido possível. Trata-se de mais uma iniciativa para ajudar quem mais precisa, pessoas em situação de extrema pobreza. Todo aquele consumidor que, atualmente, consome até 80kW por mês terá a conta de energia elétrica paga pelo Governo do Estado durante 90 dias. Ao todo, são 677.524 mil ligações, ou seja, mais de 677 mil famílias baianas ajudadas por essa iniciativa e com o dinheiro economizado pelos próximos três meses”, informou.

O governador reforçou que, mesmo chegando a 34 pacientes curados do novo coronavírus, as medidas de proteção à vida devem continuar. ”É importante que todos fiquem em casa e saiam apenas se for absolutamente necessário”, concluiu.

Boletim epidemiológico: Bahia tem 246 casos confirmados de coronavírus, diz Sesab

/ Bahia

A Bahia registra 246 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19), o que representa 3,8% do total de casos notificados. Até o momento, 1763 casos foram descartados e houve dois óbitos, ambos de pessoas residentes em Salvador que apresentavam comorbidades associadas. Este número contabiliza todos os registros de janeiro até as 17 horas desta quarta-feira (1º). Ao todo, 34 pessoas estão curadas e 33 encontram-se internadas.

Estes números representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais.

Dentre os casos confirmados, 52,03% são do sexo masculino e 47,97% do sexo feminino. O coeficiente de incidência por 100.000 habitantes foi maior na faixa de 70 a 79 anos (3,44), indicando o maior risco de adoecer entre os idosos.

Diferente do que foi divulgado no boletim anterior, o município de Catu não possui casos confirmados de Covid-19. Ressaltamos que os números são dinâmicos e, na medida em que as investigações clínicas e epidemiológicas avançam, os casos são reavaliados, sendo passíveis de reenquadramento na sua classificação. Outras informações em saude.ba.gov.br/coronavirus. Para acessar o boletim completo, clique aqui.

Cem mil testes rápidos serão feitos nas ruas de Salvador para identificar casos da Covid-19

/ Bahia

ACM Neto comenta ações na capital. Foto: Vagner Souza/BNews

Cem mil testes rápidos para identificação de casos do novo coronavírus começarão a ser feitos nas ruas de Salvador na próxima segunda-feira (6). A informação foi divulgada nesta quarta (1°) pelo prefeito ACM Neto, durante uma coletiva de imprensa para o anúncio da parceria entre prefeitura e Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

Segundo Neto, os testes serão feitos com motoristas nas ruas da capital baiana, em um esquema similar aos das blitze da Lei Seca. Profissionais da saúde vão medir a temperatura corporal dos passageiros e, caso identificado febre, o procedimento para identificação da doença será aplicado.

A confiabilidade do teste, explicou, chega a 86% e, caso o resultado seja positivo, o paciente deve fazer uma contraprova no Laboratório de Saúde Pública do Estado da Bahia (Lacen). O resultado chega por SMS no celular do paciente em até dois dias.

”Os testes já foram adquiridos e se chegarem neste final de semana, a partir de segunda, já começamos a realizar em larga escala. Será medida a temperatura e, logo em seguida, aplicado o teste. O motorista dá o número de celular e o resultado chega em até dois dias por SMS”, explicou.

Governador Rui Costa sobe tom contra os bancos privados: ”eles têm que ser solidários”

/ Bahia

”Os bancos têm que coçar o bolso”, diz Rui. Foto: Carol Garcia

O governador Rui Costa subiu o tom contra os bancos privados durante a apresentação do programa Papo Correria, nesta quarta-feira (1º).

”Os bancos têm que coçar o bolso nesse momento. Eles têm que ser solidários. Podem e devem comprar máscaras para todos os seus funcionários. Eles podem e devem disponibilizar máscaras higienizadas para todo mundo que precise entrar no banco”, declarou Rui.

”Os bancos podem e devem colocar álcool em gel para as pessoas passarem nas mãos, assim como podem e devem comprar pistolas pra medir a temperatura de todo mundo que vai entrar na agência”, acrescentou.

O chefe do Palácio de Ondina pediu, também, que as filas sejam formadas do lado de fora das agências, como maneira de evitar aglomerações em locais fechados.

”É melhor que os bancos contratem funcionários para organizar a fila do lado de fora, garantindo uma distância de dois metros de uma pessoa para outra”, relatou.

Hospital de Base de Itabuna atenderá pacientes com suspeita do novo coronavírus

/ Bahia

O Hospital de Base de Itabuna, no Sul baiano, passará a atender casos de urgência e pacientes com suspeita de novo coronavírus. Segundo o G1, devido à mudança no atendimento, o diretor da fundação que gere o hospital, Juvenal Maynart, pediu demissão do cargo. Segundo último boletim da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), desta terça-feira (31), a cidade registra quatro casos de novo coronavírus.

Ainda segundo informações, o hospital vai atender os casos da Covid-19 após a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) avaliar que não daria conta da demanda, concentrando os atendimentos para pacientes da doença no hospital da Costa do Cacau e na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) local.

Ainda segundo informações, pacientes com suspeita de novo coronavírus serão encaminhados para salas que vão acomodar enfermaria e UTI. Nos casos graves, a pessoa com novo coronavírus deve ficar no hospital ou ser encaminhado para a Santa Casa, como disse o novo diretor do Hospital de Base, Eduardo Kowalsky,

Bahia registra total de 217 confirmações de Covid-19 nesta terça-feira, diz boletim da Sesab

/ Bahia

A Bahia registra 217 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19), o que representa 3,7% do total de casos notificados. Até o momento, 1393 casos foram descartados e houve dois óbitos, ambos de pessoas residentes em Salvador que apresentavam comorbidades associadas. Este número contabiliza todos os registros de janeiro até as 17 horas desta terça-feira (31). Ao todo, 17 pessoas estão curadas e 42 encontram-se internadas.

Estes números representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais.

Dentre os casos confirmados, 54,38% são do sexo masculino e 45,62% do sexo feminino. O coeficiente de incidência por 100.000 habitantes foi maior na faixa de 70 a 79 anos (3,44), indicando o maior risco de adoecer entre os idosos.

Ressaltamos que os números são dinâmicos e na medida em que as investigações clínicas e epidemiológicas avançam, os casos são reavaliados, sendo passíveis de reenquadramento na sua classificação. Outras informações em saude.ba.gov.br/coronavirus. Para acessar o boletim completo, clique aqui.

Prefeito de Paramirim reduz salário em 50% devido a custos do município com novo coronavírus

/ Bahia

Gilberto Brito reduz o salário em Paramirim. Foto: Reprodução

O prefeito de Paramirim, no Oeste baiano, reduziu o salário dele e do vice-prefeito, em 50%. A medida foi tomada em decreto, publicado na segunda-feira (30) pelo prefeito, Gilberto Brito.

Segundo o Decreto 028, a redução dos salários vale a partir desta quarta-feira (1°) e vai até quando durar a situação de emergência no município devido ao novo coronavírus. Até o momento, a cidade não registrou nenhum caso da Covid-19. As informações são do site Bahia Notícias

ACM Neto prorroga decreto que fecha escolas, universidades e academias durante pandemia

/ Bahia

ACM prorroga decreto na capital baiana. Vagner Souz

O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), decidiu nesta terça-feira (31) prorrogar por mais 15 dias o decreto que determinou o fechamento de escolas públicas e privadas, universidades, autoescolas, parques públicos e privados, espaços culturais e academias no período da pandemia do novo coronavírus.

A proibição foi publicada no Diário Oficial no dia 18 deste mês, com validade até esta quarta (1º). A prorrogação da medida restritiva foi anunciada pelo prefeito durante a inauguração de uma lavanderia industrial móvel para atender pessoas em situação de rua no terminal do Aquidabã.

Segundo ACM Neto, na sexta (3), ele anunciará se estenderá ou não os decretos que suspendem o funcionamento de shoppings e centros comerciais semelhantes, clubes sociais, recreativos e esportivos, comércio de rua com mais de 200 metros quadrados, assim como o acesso às praias da capital.