Bombeiros atuam em 10 municípios para combater os incêndios florestais na Bahia

/ Bahia

Os bombeiros especialistas em prevenção e combate a incêndios florestais atuam, neste momento, em 10 municípios baianos, além da fronteira com o Piauí.

Luís Eduardo Magalhães – O combate continua às margens do Rio Cabeceira de Pedras. No Setor Industrial, o incêndio está controlado, evitando que atingisse uma lavoura nas proximidades. Três tratores estão dando apoio, além de dois aviões modelo Air Tractor que realiza o combate aéreo e monitora possíveis novos focos na região.

Barreiras – O combate continua na Serra do Saco (Povoado Sapé). Os bombeiros estão realizando o ataque direto e a construção de aceiros, conseguindo proteger roças de pastagem e casas que estavam na direção da propagação do incêndio. Duas aeronaves modelo Air Tractor permanecem sobrevoando as áreas atingidas para apoiarem no combate com o lançamento de agita e identificando possíveis novos focos.

Morpará – Em Mundo Novo e nas Serras da Cascalheira e da Ema, assim como em Caxambeira o combate continua. O trabalho está se desenvolvendo através de combate direto, apagando alguns focos encontrados ao longo da linha de fogo, bem como realizando construção de aceiros. Dois aviões modelo Air Tractors dão apoio no combate aéreo e realizam o monitoramento sobrevoando a área atingida para identificar possíveis novos focos.

Chapada (Lençóis) –  O monitoramento continua área próxima a uma fazenda.

Oliveira dos Brejinhos – O incêndio na localidade de Serra Passo do Cavalo está em fase de monitoramento

Baianópolis – O combate continua na comunidade de Barbosa. Um caminhão pipa está dando auxilio na operação.

Mulungu do Morro – O combate continua na área próxima a duas fazendas. A área é de mata densa e fechada e o local de difícil acesso, fator que dificulta a progressão no terreno. Os militares também atuam através do combate direto, conseguindo reduzir a intensidade do incêndio.

Ituaçu – O incêndio está controlado na Serra do Boqueirão.

Tremedal – No Povoado de Lagoa Preta o incêndio está controlado.

Guaratinga – O incêndio já está controlado. Os bombeiros vão iniciar monitoramento na área.

São Raimundo Nonato – PI – Em Percata, assim como na região da Serra da Estação o monitoramento continua.  Um foco foi identificado às margens da BR e o combate iniciado.

Segundo boletim do Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), o satélite do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) registrou 631 focos de calor na Bahia nesta sexta-feira (17), a maior quantidade desde o início deste mês.

Mesa diretora da Assembleia vai analisar decisão de deputada bolsonarista que decidiu não tomar vacina

/ Bahia

Talita Oliveira decidiu por não se vacinar. Foto: Rede social

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), Adolfo Menezes (PSD), afirmou, neste sábado (18), que encaminhará o caso da deputada estadual Talita Oliveira (PSL), que decidiu não se vacinar contra a Covid-19, para análise da mesa diretora da Casa. De acordo com ele, não é uma decisão pessoal, mas uma demanda que foi colocada.

”Eu não vou acionar, porque não cabe a mim. Cabe a mim, como presidente da Assembleia, encaminhar a demanda. Há a demanda, então a mesa diretora vai avaliar o caso”, disse o presidente da AL-BA, em entrevista ao Bahia Notícias.

Adolfo Menezes afirmou ainda que não sabe ainda qual seria o foro adequado na AL-BA para a avaliação do caso. ”Tudo isso é uma questão nova para todos nós”, ponderou, antes de colocar sua posição pessoal sobre a decisão de vacinar.

”Eu não tenho nada contra a pessoa não se vacinar e ficar em casa. Cada um é livre para fazer o que quiser em sua casa. O problema é não se vacinar e ir às ruas, colocando as outras pessoas em risco. É uma irresponsabilidade”, criticou Menezes.

Na última quarta-feira (15), a deputada Talita Oliveira apresentou um projeto de lei para impedir a obrigatoriedade de um ”passaporte da vacina” para o acesso a espaços públicos. Seguindo o exemplo do presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), ela ainda não se imunizou.

Bahia tem quase 9,5 milhões de pessoas vacinadas com pelo menos uma dose contra o Coronavírus

/ Bahia

Com 9.499.829 vacinados contra o coronavírus com a primeira dose ou dose única, a Bahia vacinou 74,69% da população com 12 anos ou mais. Esse público é estimado em 12.718.840. Cerca de 4.780.205 completaram a imunização, ou seja, 37,58% do público alvo.

Em Salvador, 1.972.655 receberam a primeira dose ou dose única da vacina, o que corresponde a 93% do público alvo (2.119.195 pessoas, sendo 1.977.574 indivíduos com 18 anos ou mais e 141.621 adolescentes cadastrados) vacinado. A parcela da população totalmente imunizada é de 1.086.366 pessoas, ou seja, 51,26%.

Já a terceira dose, de reforço, para os idosos com 70 anos ou mais e imunossuprimidos, foi aplicada em 15.792 indivíduos na capital baiana.

Comissão Intergestores Bipartite da Bahia recomenda retomada imediata da vacinação de adolescentes

/ Bahia

Reunião aconteceu na Secretaria da Saúde. Foto: Divulgação/SESAB

Os 417 municípios da Bahia devem retomar imediatamente a vacinação de adolescentes de 12 a 17 anos contra a Covid-19, independente de terem ou não comorbidades ou deficiência permanente. A decisão da Comissão Intergestores Bipartite da Bahia, que é uma instância deliberativa do SUS e reúne representantes de todos os municípios baianos e o estado, foi tomada na manhã desta sexta-feira (17).

A medida é sustentada por evidências científicas e manifestações de diversas entidades nacionais e internacionais, incluindo, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). ”O Ministério da Saúde implementou unilateralmente decisões sem respaldo técnico e científico. Diferente da posição ministerial, a Bahia reuniu especialistas, a exemplo da presidente da Sociedade Baiana de Infectologia, Miralba Freire, bem como do diretor da Sociedade Brasileira de Infectologia, Antônio Bandeira. Ambos refutam a iniciativa do Ministério da Saúde de suspender a vacinação de adolescentes sem comorbidade ou deficiência permanente”, ressalta a secretária da Saúde da Bahia em exercício, Tereza Paim.

Outras entidades, como o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), também se posicionaram contrárias a decisão do Ministério da Saúde.

Até esta sexta-feira, a Bahia vacinou 129.284 adolescentes com idade de 12 a 17 anos, sendo 109.704 sem comorbidades, 16.437 com comorbidades, 1.856 com deficiência permanente e 1.287 adolescentes gestantes e puérperas.

Em uma semana, mortes por Covid caem 27% e casos, 25%, diz boletim do Ministério da Saúde

/ Bahia

As vidas perdidas para a covid-19 caíram 27% na Semana Epidemiológica (SE) 36, de 5 a 11 de setembro, em comparação com a semana anterior. As informações estão no mais recente Boletim Epidemiológico do Ministério da Saúde sobre a Covid-19, e divulgados pela Agência Brasil.

Na SE 36, autoridades de saúde registraram 3.196 pessoas que não resistiram à covid-19, enquanto o levantamento do Ministério da Saúde na semana anterior marcou 4.352 óbitos.

O resultado representa uma continuidade da queda da curva de mortes. A média móvel de mortes na SE 35 ficou em 622.

Estado diz que Redução do ICMS atraiu voo para Guanambi e retomada da linha para Paulo Afonso

/ Bahia

Depois que o Governo do Estado reduziu a alíquota do ICMS sobre o querosene usado na aviação, as empresas áreas estão investindo na implantação de novos voos e retomada de linhas que estavam desativadas na Bahia. Na próxima segunda-feira (20), acontece o voo inaugural da empresa aérea Azul para Guanambi, no sudoeste baiano, partindo do aeroporto de Confins, em Belo Horizonte, com quatro frequências semanais.

A Azul já tinha anunciado para outubro a retomada dos voos para Lençóis, na Chapada Diamantina, duas vezes por semana. Em dezembro, a empresa vai retomar também os voos para o município de Paulo Afonso, na região norte, mas ainda não anunciou detalhes da operação.

”Outra boa notícia é que a Infraero vai passar a administração do aeroporto de Paulo Afonso para o Governo do Estado. Assim que a transferência for concretizada, vamos fazer intervenções para melhorar o equipamento”, relatou o secretário estadual de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti.

A Latam Linhas Áreas já está realizando o novo voo regular de São Paulo para a Ilha de Comandatuba, no sul do estado, com saída do aeroporto de Congonhas e duas operações por semana. Antes, a empresa fazia somente voos charters para a ilha. Será também da Latam, em dezembro, o voo de São Paulo para Vitória da Conquista, no sudoeste baiano, com partida do aeroporto de Guarulhos e cinco frequências semanais.

”Apesar de o Governo Federal tentar pongar no esforço que o Governo da Bahia tem feito para a retomada do turismo, o trade sabe que os novos voos só estão chegando, por causa da política de incentivo fiscal do Estado e de outras ações no setor. Essa é a verdade. E vamos continuar trabalhando para atrair mais linhas”, ressaltou o secretário estadual do Turismo, Maurício Bacelar.

Incêndios continuam e cresce área de vegetação em 09 cidades; chamas são controladas na Chapada

/ Bahia

Foco de incêndio registrado em Pilão Arcado. Foto: Divulgação

Os incêndios que atingem áreas de vegetação em cidades no interior da Bahia continuam nesta sexta-feira (17), e um novo foco foi registrado na região de Pilão Arcado, no norte do estado. De acordo com moradores, as chamas se espalharam e se aproximam de uma área residencial. Animais foram encontrados mortos na região.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros uma equipe com seis homens foi enviada ao município para tentar conter o avanço do fogo.

Já no oeste baiano, trechos de mata também são atingidos por incêndios. Há focos em Luís Eduardo Magalhães, nas localidades de Recanto da Aroeira, Serra da Cascalheira e Serra da Ema.

Em São Desidério, chamas consomem uma área de vegetação próxima a um povoado. O fogo se alastra e ameaça atingir outros dois municípios vizinhos.

Em Barreiras, um trecho da Serra do Saco ainda registra focos de incêndio, e duas aeronaves auxiliam equipes dos bombeiros que atuam para tentar controlar o fogo. Ainda em Barreiras, os brigadistas controlaram as chamas na Serra da Bandeira, próximo ao aeroporto da cidade.

Segundo o Corpo de Bombeiros, as chamas foram controladas na cidade de Morpará, Oliveira dos Brejinhos e Lençois, na Chapada Diamantina. G1

Itagibá, Caetité e Jacobina reuniram 51% da produção mineral da Bahia comercializada em agosto

/ Bahia

As cidades de Caetité, Jacobina e Itagibá responderam por 51% da produção mineral do estado comercializada em agosto. Os dados da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE) revelam que a variação em relação ao mesmo período do ano passado foi de 58%, saindo de R$ 566 milhões para R$ 895 milhões.

Além desses três municípios, as cidades de Jaguarari, Sento Sé, Piatã, Barrocas, Andorinha, Juazeiro e Brumado também se destacaram. Em agosto, a Compensação Financeira pela Exploração Mineral (CFEM), já registrou uma arrecadação de R$ 91,6 milhões na Bahia. O número ultrapassa o valor de R$ 57 milhões, representando um crescimento de 60% em relação ao mesmo período de 2020.

De acordo com a SDE, os números colocam a Bahia em terceiro lugar no ranking nacional de arrecadação de CFEM, atrás apenas de Pará e Minas Gerais. A expectativa é que, já em setembro, o valor ultrapasse os R$ 94 milhões arrecadados durante todo o ano de 2020. ”Atualmente temos o ferro, o ouro e o níquel como os principais bens minerais produzidos na Bahia, e junto a outros completam uma grande variedade que nos anima num crescimento contínuo e sustentável do setor”, avalia o secretário de desenvolvimento econômico, Nelson Leal.

De acordo com a Agência Nacional de Mineração (ANM), vinculada ao Ministério de Minas e Energia, somente no mês de agosto 74 alvarás de pesquisa foram protocolados na instituição, assim como 152 requerimentos de pesquisa.

Bahia registra 458 novos casos de Covid-19 e mais 23 óbitos pela doença, diz boletim da Sesab

/ Bahia

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 458 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,04%) e 399 recuperados (+0,03%). O boletim epidemiológico desta quinta-feira (16) também registra 23 óbitos. Apesar de as mortes terem ocorrido em diversas datas, a confirmação e registro foram realizados hoje. Dos 1.227.870 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.198.989 já são considerados recuperados, 2.169 encontram-se ativos e 26.712 tiveram óbito confirmado. Os dados ainda podem sofrer alterações devido a instabilidade do sistema do Ministério da Saúde. A base ministerial tem, eventualmente, disponibilizado informações inconsistentes ou incompletas.

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.522.497 casos descartados e 233.796 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quinta-feira. Na Bahia, 51.962 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Vacinação

Com 9.473.639 vacinados contra o coronavírus (Covid-19) com a primeira dose ou dose única, a Bahia já vacinou 85,45% da população adulta (18 anos ou mais), estimada em 11.087.169. A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) realiza o contato diário com as equipes de cada município a fim de aferir o quantitativo de doses aplicadas e disponibiliza as informações detalhadas.

Operação cumpre mandados de prisão contra envolvidos em fraudes no judiciário baiano

/ Bahia

Operação ocorre em Salvador, Lauro e Pombal. Foto: Divulgação/MP-BA

O Ministério Público estadual (MP-BA), por meio do Grupo de Apoio Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco), deflagrou na manhã dessa quinta-feira (16), a segunda etapa da ‘Operação Inventário’. Estão sendo cumpridos três mandados de prisão preventiva e seis mandados de busca e apreensão em Salvador, Lauro de Freitas e Ribeira do Pombal

A operação, que foi deflagrada em setembro de 2020, investiga fraudes identificadas no bojo de processos judiciais em trâmite na extinta 11ª Vara de Família, Sucessões, Órfãos, Interditos, Ausentes da Comarca de Salvador (atual 3ª Vara de Sucessões, Órfãos e Interditos e Ausentes).

Os mandados foram deferidos pela Vara dos Feitos Relativos a Delitos Praticados por Organização Criminosa da Comarca de Salvador (Vorcrim). Foram deferidos ainda o afastamento de duas pessoas de suas funções públicas perante a Justiça baiana.

De acordo com informações do MP-BA, nesta fase o Gaeco apurou indícios da prática de crimes de organização criminosa, corrupção ativa e passiva, fraude processual e uso de documento falso.

Bahia registra 471 novos casos da Covid e 12 mortes pela doença em 24h, diz boletim da Sesab

/ Bahia

A Bahia registrou 471 novos casos de Covid-19 e 12 mortes pela doença em 24 horas, segundo o boletim divulgado nesta terça-feira (15) pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab).

No total, o estado acumula 1.227.412 infecções confirmadas desde o início da pandemia, com 26.689 óbitos pela doença.

A taxa de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para pacientes adultos com coronavírus está em 29%.

Bahia vacinou 85% da população adulta com pelo menos uma dose de vacina contra Covid

/ Bahia

Com 9.431.968 vacinados contra o coronavírus com a primeira dose ou dose única, a Bahia vacinou 85,1% da população adulta (18 anos ou mais) estimada em 11.087.169. Cerca de 4.647.546 completaram a imunização, ou seja, 41,9% do público alvo.

Em Salvador, 1.962.462 receberam a primeira dose ou dose única da vacina, o que corresponde a 92,6% do público alvo (2.119.195 pessoas, sendo 1.977.574 indivíduos com 18 anos ou mais e 141.621 adolescentes cadastrados) vacinado. A parcela da população totalmente imunizada é de 1.065.541 pessoas, ou seja, 50,3%.

Já a terceira dose, de reforço, para os idosos com 80 anos ou mais e imunossuprimidos, foi aplicada em 14.831 indivíduos na capital baiana.

Secretário de Segurança Pública volta a defender regulamentação do comércio de drogas

/ Bahia

Secretário da Segurança Pública, Ricardo Mandarino. Foto: Secom

O secretário da Segurança Pública da Bahia, Ricardo Mandarino, voltou a defender a regulamentação do comércio de drogas como uma estratégia de combate ao narcotráfico e o crime organizado. A declaração foi dada na última terça-feira (14), em uma entrevista para tratar da violência contra policiais militares na Bahia.

Embora tenha enfatizado que ”não suporta drogas”, o titular da SSP-BA considerou que a política de guerra adotada no Brasil contra o tráfico é falida e, segundo ele, coloca em risco os próprios PMs, citando como exemplo a situação que vitimou o tenente da Rondesp Mateus Grec, morto durante uma operação contra traficantes em Cosme de Farias, domingo passado.

”Eu acho que isso [guerra às drogas] não funciona, apenas minimiza, mas não é a solução. Solução é a sociedade acabar com essa hipocrisia e discutir a regulação. Eu não sou a favor do consumo, eu não suporto droga. Mas só vamos ter um combate efetivo quando você regularizar o comércio e fazer propagandas para incentivar as pessoas a não consumirem droga, como ocorreu com o cigarro. Essa é a política ideal”, analisou. ”Esse é um debate sério, uma questão de saúde e segurança pública. Se você regular e tributar a droga, primeiro você quebra as pernas do crime organizado, que não vai mais precisar matar para conquistar novos territórios. E com o dinheiro arrecadado com impostos, você constrói hospitais para recuperar usuários e faz propagandas contra o uso”, acrescentou. *Metro1

Porto Seguro: MPF abre inquéritos contra ex-prefeita em casos da Operação Fraternos

/ Bahia

A ex-prefeita de Porto Seguro, na Costa do Descobrimento, Cláudia Oliveira, virou alvo de três inquéritos do Ministério Público Federal (MPF) na Bahia. Os casos se referem ao ano de 2016 e estão ligados a contratos da prefeitura investigados pela Operação Fraternos, da Polícia Federal (PF).

Deflagrada no dia 7 de novembro de 2017, a ação chegou a prender e afastar Cláudia Oliveira; além do marido então prefeito de Eunápolis, Robério Oliveira. O irmão da ex-gestora e prefeito de Santa Cruz Cabrália, Agnelo Santos, também foi afastado à época.

Os inquéritos vão investigar as contratações das empresas HN CONST. CIVIL, TERRAPLANAGEM E LOC. LTDA, COMERCIAL DE ALIMENTOS BURANHÉM LTDA e ÉBANO DERIVADOS DE PETRÓLEO LTDA. Os inquéritos ficam sob responsabilidade do procurador Andre Sampaio Viana.

Deflagrada em conjunto com a Controladoria Geral da União (CGU), a operação apurou que as prefeituras contratavam empresas com ligação com o grupo familiar para fraudar licitações, simulando a concorrência entre elas.

Ainda segundo a PF, após a contratação, parte do dinheiro repassado pelas gestões era desviado, utilizando-se de ”contas de passagem” em nomes de terceiros, de forma a dificultar a identificação do destinatário final dos valores arrecadados. *Com informações do site Bahia Notícias