Mulher de 59 anos é resgatada após 34 de trabalho análogo à escravidão em cidade do interior da Bahia

/ Bahia

Caso ocorreu na cidade de São Gonçalo dos Campos. Foto: Divulgação

Uma mulher de 59 anos que vivia em situação análoga à escravidão foi resgatada na última quarta-feira (30) pela Auditoria Fiscal do Trabalho, na cidade de São Gonçalo dos Campos, a 115 km de Salvador. Ela trabalhava como empregada doméstica e residia no local há quase 35 anos.

De acordo com a Superintendência Regional do Trabalho e Emprego na Bahia, a mulher fazia manutenção da casa da família empregadora sem receber salário ou ter acesso a direitos trabalhistas. Os empregadores afirmaram que os serviços domésticos não eram trabalho, mas uma colaboração voluntária no âmbito familiar.

O órgão fez a inspeção no local de moradia e pegou depoimentos dos membros da família para quem a mulher prestava os serviços, além de pessoas que a conheciam. Houve relatos de maus-tratos, violências psicológicas e diversas violações de direitos.

De acordo com o Ministério do Trabalho e Previdência, a ação de fiscalização ainda não terminou e segue em aberto a negociação para pagamento dos salários e direitos atrasados.

A família chegou a aposentar a doméstica judicialmente por invalidez e a fazer contribuições previdenciárias em nome da empregada como contribuinte individual, mas, desde a concessão do benefício, ela nunca administrou a quantia.

Eram eles também que administravam as contas bancárias e repassavam valores em torno de R$ 50 a R$ 100 por mês para a mulher, para utilização em despesas com higiene pessoal, vestuário e comida.

Desde o resgate, ela está em um abrigo para o acolhimento e cuidados necessários, de acordo com a Auditoria. O órgão informou que ela poderá morar com a própria família logo que estiver em condições para isso.

ANTECEDENTE

De acordo com a fiscalização, a mãe e o irmão da resgatada também prestaram serviços domésticos, sem salários, para essa mesma família da cidade de São Gonçalo, em período anterior à chegada dela à casa.

A mãe trabalhava em uma fazenda da mãe da empregadora. Quando faleceu, a filha continuou a trabalhar para a família. O irmão da resgatada trabalhou na residência, mas conseguiu fugir da situação aos 27 anos de idade.

Aos 24 anos, a resgatada se mudou para a residência da atual proprietária para realizar serviços domésticos. Ao todo, eles serviram a duas gerações da família.

Aos auditores, familiares da vítima e vizinhos confirmaram que ela era tratada como empregada doméstica pelos moradores da casa e não como um membro da família. Segundo eles, a empregadora controlava visitas e telefonemas, dificultando o contato com o mundo externo.
O resgate foi coordenado pela Auditoria-Fiscal do Trabalho na Bahia e contou com a participação do Ministério Público do Trabalho, da Defensoria Pública da União, da Polícia Militar da Bahia e do Serviço de Assistência Social do Estado da Bahia, que garante o atendimento psicossocial. *Folhapress

 

 

Bahia registra 2.941 casos de Covid-19 e mais 15 óbitos, diz boletim epidemiológico da SESAB

/ Bahia

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 2.941 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,17%), 2.120 recuperados (+0,13%) e 15 óbitos. Dos 1.732.712 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.692.793 já são considerados recuperados, 9.001 encontram-se ativos e 30.918 tiveram óbito confirmado. Os dados ainda podem sofrer alterações.

boletim epidemiológico desta quarta-feira (07) contabiliza ainda 2.062.433 casos descartados e 365.644 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até às 17 horas desta quarta-feira. Na Bahia, 70.151 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Vacinação

Até o momento a Bahia contabiliza 11.710.352 pessoas vacinadas com a primeira dose, 10.874.266 com a segunda dose ou dose única, 7.589.950 com a dose de reforço e 2.778.398 com o segundo reforço. Do público de 5 a 11 anos,1.075.460 crianças já foram imunizadas com a primeira dose e 744.558 já tomaram também a segunda dose. Do grupo de 3 a 4 anos, 67.791 tomaram a primeira dose e 27.399 já tomaram a segunda dose. Do grupo de 6 meses a 2 anos, 1.937 tomaram a primeira dose.

Assembleia irá criar ‘Comitê de Crise” para acompanhar chuvas no estado; Correia e Rosemberg farão parte

/ Bahia

Com o grande volume de chuvas na Bahia desde o último mês (reveja aqui e aqui), a Assembleia legislativa da Bahia (AL-BA) deve instalar um Comitê de Crise focado em atuar nas cidades que estão sendo impactadas pela água. O requerimento foi feito pelo deputado estadual Tiago Correia (PSDB).

A medida também terá participação de diversos órgãos vinculados ao Governo da Bahia, visando ”atendimento às vítimas de demandas causadas pelas fortes chuvas”. ”Mediante estruturação de toda a logística ao encaminhamento e aplicabilidade dos recursos necessários, à exemplo de fornecimento de cestas básicas, estrutura de colchões e ajuda humanitária possíve”, indica o pedido obtido pelo Bahia Notícias e que foi endereçado ao presidente da Casa, deputado Adolfo Menezes (PSD).

Um parlamentar ligado ao governo e outro da oposição devem ser destacados para realizar as atividades. De acordo com informações obtidas pelo Bahia Notícias, o ajuste feito entre as bancadas foi de indicar o próprio Tiago e o líder governista, deputado Rosemberg Pinto (PT).

Até o momento 17 municípios já decretaram situação de emergência na Bahia.

SITUAÇÃO NA BAHIA

A Superintendência de Proteção e Defesa Civil da Bahia (Sudec) atualizaram os números referentes à população atingida pelas enchentes que ocorrem em regiões do estado. Até o momento, são 552 desabrigados e 13.806 desalojados. O número total de atingidos chega a 78.365 pessoas. A pasta também contabilizou um óbito em decorrência das chuvas intensas.

Os números correspondem às ocorrências registradas em 53 municípios afetados. É importante destacar que, desse total, 31 estão com decreto de Situação de Emergência, são eles: Aiquara, Baixa Grande, Cachoeira, Cardeal da Silva, Cícero Dantas, Dário Meira, Eunápolis, Ibicaraí, Ibicuí, Ilhéus, Inhambupe, Itabuna, Itajuipe, Itambé, Itapé, Itapicuru, Itarantim, Itororó, Jussari, Medeiros Neto, Nova Soure, Nova Viçosa, Olindina, Pau Brasil, Prado, Ribeira do Pombal, Santa Cruz Cabrália, São Félix, Teodoro Sampaio, Vereda e Wenceslau Guimarães. Com informações do site Bahia Notícias

Bahia registra 2.433 casos de Covid-19 e mais 24 óbitos, diz boletim epidemiológico da SESAB

/ Bahia

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 2.433 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,14%) e 1.908 recuperados (+0,11%) e 24 óbitos. Dos 1.729.771 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.690.673 já são considerados recuperados, 8.195 encontram-se ativos e 30.903 tiveram óbito confirmado. Os dados ainda podem sofrer alterações.

O boletim epidemiológico desta terça-feira (6) contabiliza ainda 2.061.849 casos descartados e 364.876 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até às 17 horas desta terça-feira. Na Bahia, 70.029 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Vacinação
Até o momento a Bahia contabiliza 11.712.056 pessoas vacinadas com a primeira dose, 10.874.666 com a segunda dose ou dose única, 7.576.148 com a dose de reforço e 2.753.277 com o segundo reforço. Do público de 5 a 11 anos, 1.074.769 crianças já foram imunizadas com a primeira dose e 743.150 já tomaram também a segunda dose. Do grupo de 3 a 4 anos, 66.981 tomaram a primeira dose e 27.019 já tomaram a segunda dose. Do grupo de 6 meses a 2 anos, 1.599 tomaram a primeira dos

Bahia registra primeira morte por causa das chuvas; vítima tentava atravessar riacho e foi levada

/ Bahia

Serviços na ponte sobre o Rio Santo Antônio. Foto: Divulgação/Seinfra

A primeira morte por causa da chuvas na Bahia foi registrada nesta segunda-feira (5). A vítima é um idoso de 71 anos que tentava atravessar um riacho e foi levado pela correnteza. O caso aconteceu em Itapicuru, no sul do estado.

Segundo informações do Governo da Bahia, o riacho estava com o nível de água elevado por causa do temporal que atinge a região sul desde o mês de novembro. A cidade já havia ficado alagada em 2016.

De acordo com a Superintendência de Proteção e Defesa Civil (Sudec), até a tarde desta segunda-feira o número era de 546 desabrigados e 13.800 desalojados. O total de atingidos chega a 78.291 pessoas.

Até essa segunda, são 51 municípios afetados pelas chuvas. Desse total, 21 estão com decreto de situação de emergência. São eles: Baixa Grande, Cachoeira, Cardeal da Silva, Cícero Dantas, Eunápolis, Ibicuí, Itabuna, Itambé, Itapé, Nova Viçosa, Olindina, Prado, Ribeira do Pombal, Santa Cruz Cabrália, Teodoro Sampaio, Vereda, Aiquara, Itapicuru, Medeiros Neto, Inhambupe e Itororó.

Municípios afetados

Na lista dos municípios afetados estão: Baixa Grande, Cachoeira, Cardeal da Silva, Cícero Dantas, Eunápolis, Ibicuí, Itabuna, Itambé, Itapé, Nova Viçosa, Olindina, Prado, Ribeira do Pombal, Santa Cruz Cabrália, Teodoro Sampaio, Vereda, Aiquara, Caravelas, Floresta Azul, Ibotirama, Itamaraju, Marcionílio Souza, Medeiros Neto, Wenceslau Guimarães, Catu, Ibicaraí, Itanhém, Itapicuru, Alcobaça, Aurelino Leal, Belo Campo, Cipó, Dário Meira, Gandú, Guaratinga, Inhambupe, Ipiaú, Itapetinga, Itarantim, Itororó, Jitaúna, Juazeiro, Jucuruçu, Maragojipe, Pau Brasil, Santo Antônio de Jesus, São Félix, Sátiro Dias, Itajuípe, Ilhéus e Teixeira de Freitas.

Poções: Ministério Público aciona justiça e representa ao TCM pedindo cancelamento de concurso

/ Bahia

O Ministério Público estadual (MP), por meio do promotor de justiça Ruano Leite, ajuizou uma ação e uma representação perante o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) contra o município de Poções e o Instituto Brasileiro Educar Conquista (Ibec) pedindo, em caráter liminar, a suspensão do concurso público 01/2022.

Voltado ao provimento de vagas e formação de cadastro de reserva no quadro municipal de Poções, o concurso foi elaborado pelo Ibec e, segundo apurou o MP, apresentou diversas irregularidades que resultaram em um dano ao patrimônio público de ”pelo menos R$442.890,00”, afirmou o promotor de justiça.

Na ação, além da anulação e suspensão do concurso, o promotor pede o ressarcimento dos danos, a condenação ao pagamento de danos morais coletivos, a aplicação das sanções previstas na lei anticorrupção e a realização de novo concurso público. Dentre as irregularidades detectadas estão vícios na dispensa de licitação, apropriação ilegal pelo instituto das receitas auferidas com as inscrições e diversas irregularidades na execução das provas ”que comprometeram a seriedade, lisura e segurança do certame”.

As investigações se iniciaram após o MP receber diversas notícias de fato relatando, entre outras irregularidades, entrada de candidatos portando celulares, deslocamentos dos candidatos para o banheiro portando celulares, falta de cadernos de provas impressos suficientes, fotocópia de provas no momento da aplicação, ausência de participação da OAB no certame de procurador e aprovação de candidatos e parentes que supostamente possuem vínculos com a gestão do município.

De acordo com o promotor, o valor recebido pelo Ibec  em decorrência da contratação ”seria suficiente para realizar cinco concursos públicos da mesma natureza, em comparação com o certame realizado pela mesma empresa no município de Brumado no início deste ano”. Com informações do site Bahia Notícias

Mais de 50 municípios sofrem com transtornos causados pelas chuvas; 65,5 mil pessoas afetadas

/ Bahia

Subiu para 51 o número de municípios afetados pelas chuvas na Bahia. Além disso, 65.521 pessoas foram afetadas segundo informações da Superintendência de Proteção e Defesa Civil da Bahia (Sudec), divulgadas neste domingo (4).

Ainda de acordo com a Sudec, não há registro de desaparecidos e nem de pessoas mortas. Estima-se que 8.803 pessoas estão desalojadas e 495 desabrigadas.

Dos 51 municípios afetados, 16 decretaram situação de emergência: Prado, Baixa Grande, Itabuna, Santa Cruz Cabrália, Cícero Dantas, Ibicuí, Itambé, Nova Viçosa, Vereda, Olindina, Cachoeira, Eunápolis, Cardeal da Silva, Itapé, Ribeira do Pombal e Teodoro Sampaio.

Também neste domingo, o Corpo de Bombeiros Militar da Bahia (CBMBA) distribuiu 80 cestas básicas e 70 pacotes de água e remédios. Os donativos foram entregues nos distritos de Japu, Apout, Vilela, Maria Jape, Campinho, Sambaituba e São Bento, pertencentes a zona rural de Ilhéus.

Em Itajuípe, também no sul da Bahia, os bombeiros resgataram, utilizando embarcação, pessoas que ficaram ilhadas em uma fazenda na zona rural do município. O CBMBA também permanece realizando o monitoramento e prevenção das áreas atingidas pelo alto índice pluviométrico que atinge a Bahia. Com informações do G1

Estado atualiza dados e ações sobre população afetada pelas chuvas na Bahia; 65.515 pessoas atingidas

/ Bahia

Até então, são 495 desabrigados. Fotos: Divulgação/CBMBA

Com base em informações recebidas das prefeituras, a Superintendência de Proteção e Defesa Civil da Bahia (Sudec) divulgou, na tarde deste sábado (3), os números referentes à população atingida pelas enchentes que ocorrem em algumas regiões do estado. Até então, são 495 desabrigados e 8.786 desalojados. O número total de atingidos chega a 65.515 pessoas. Não há registro de desaparecidos ou de óbitos.

Os números correspondem às ocorrências registradas em 50 municípios afetados. Desse total, 16 estão com decreto de Situação de Emergência, são eles: Prado, Baixa Grande, Itabuna, Santa Cruz Cabrália, Cícero Dantas, Ibicuí, Itambé, Nova Viçosa, Vereda, Olindina, Cachoeira, Eunápolis, Cardeal da Silva, Itapé, Ribeira do Pombal e Teodoro Sampaio.

Na lista dos municípios afetados estão: Baixa Grande, Cachoeira, Cardeal da Silva, Cícero Dantas, Eunápolis, Ibicuí, Itabuna, Itambé, Itapé, Nova Viçosa, Olindina, Prado, Ribeira do Pombal, Santa Cruz Cabrália, Teodoro Sampaio, Vereda, Aiquara, Caravelas, Floresta Azul, Ibotirama, Itamaraju, Marcionílio Souza, Medeiros Neto, Wenceslau Guimarães, Catu, Ibicaraí, Itanhém, Itapicuru, Alcobaça, Aurelino Leal, Belo Campo, Cipó, Dário Meira, Gandú, Guaratinga, Inhambupe, Ipiaú, Itapetinga, Itarantim, Itororó, Jitaúna, Juazeiro, Maragojipe, Pau Brasil, Santo Antônio de Jesus, São Félix, Sátiro Dias, Itajuipe, Ilhéus e Teixeira de Freitas.

Corpo de Bombeiros

O Corpo de Bombeiros Militar da Bahia (CBMBA) atua nas áreas atingidas pela chuva no interior da Bahia. Neste sábado (3) os bombeiros realizaram o transporte de uma parturiente do distrito de Água Limpa, a 56 km de Jucuruçu. Devido à chuva, a estrada vicinal que dá acesso à localidade está com acesso prejudicado. Após o resgate, a mãe e o recém-nascido foram deixados no hospital de Jucuruçu.

Em Itabuna, os militares deram apoio da travessia de cerca de 350 funcionários do Hospital Costa do Cacau. Além do resgate de pessoas ilhadas num condomínio da cidade.

“Permanecemos dando todo suporte para a população, atuamos no resgate de moradores ilhados e no monitoramento das áreas atingidas. Nossos bombeiros também estão dando orientações à população, sobre o que fazer em casos de alagamentos. Nossa principal meta é a preservação das vidas”, explicou o tenente-coronel BM Gabriel Penna, comandante da Operação Chuva.

Serviços em rodovias

A Secretaria de Infraestrutura da Bahia (Seinfra) está com a equipe técnica do órgão nas rodovias estaduais afetadas pelas chuvas desde a última semana realizando ações emergenciais a fim de permitir a trafegabilidade de veículos. A execução dos serviços também conta com o apoio dos Consórcios Intermunicipais de Infraestrutura. Segue relação com os 16 trechos de rodovias baianas e quatro pontes que foram atingidas durante o período chuvoso:

BA-463: São Desidério – Roda Velha

A água invadiu a pista na BA-463, entre São Desidério e Roda Velha, por conta do aumento do nível do rio Santo Antônio devido às fortes chuvas na região na última quinta-feira (01/12). A equipe técnica da empresa responsável pela restauração e manutenção da rodovia está no local recuperando a erosão provocada pelas cheias do rio. O tráfego no trecho já está normalizado.

Ponte sobre o Rio Santo Antônio, na BA-142: BR-242 – Andaraí

Uma das cabeceiras da ponte sobre o Rio Santo Antônio, que fica localizada na BA-142, nas proximidades da sede municipal de Andaraí e na ligação com a BR-242, cedeu com as chuvas da última sexta-feira (02/12). A Seinfra acionou a empresa responsável pela manutenção da rodovia e os serviços emergenciais já foram concluídos. O local está sinalizado e o tráfego liberado para veículos.

BA-130: Ibicuí – Ibitupã

O desvio criado na ponte sobre o Riacho Doce, que havia se rompido devido à enchente do ano passado, cedeu no sábado (26/11). O mesmo desvio na BA-130, entre Ibicuí e Ibitupã, cedeu novamente na tarde da última terça-feira (29/11). A Seinfra recompôs o aterro a fim de normalizar o tráfego. O fluxo foi totalmente liberado e o órgão está com equipe no local para eventuais intervenções em decorrência da chuva.

BA-502: São Félix – Muritiba

Um deslizamento de terra na BA-502, entre São Félix e Muritiba, ocorreu na última sexta-feira (02/12). Os serviços de limpeza da pista foram realizados pela Seinfra. O fluxo de veículos na rodovia já está normalizado.

Ponte no município de Teodoro Sampaio, que liga a BA-515 à BR-101

A ponte em Teodoro Sampaio, que liga a BA-515 à BR-101, está com a situação comprometida. A inspeção no equipamento foi realizada pela equipe técnica da Seinfra e as providências necessárias já estão sendo tomadas para recuperação estrutural da ponte. O órgão acompanha a situação do equipamento e o tráfego está normal.

BA-233: Sátiro Dias – Inhambupe

As fortes chuvas na região do Litoral Norte e Agreste baiano causaram erosões no aterro da BA-233, entre Sátiro Dias e Inhambupe, na última quinta-feira (01/12). A empresa responsável pela manutenção da rodovia está realizando os serviços emergenciais a fim de que a pista de rolamento não seja afetada. O tráfego de veículos no trecho está normal.

BA-001: Prado – Cumuruxatiba

Houve o rompimento total da pista na BA-001, que liga Prado à Cumuruxatiba, no último domingo (27/11). A rodovia está passando por obras de pavimentação e a empresa responsável pela mesma está realizando a implantação do desvio. No trecho, o fluxo de veículos já foi normalizado na rodovia após a construção do aterro provisório.

BA-690: Vereda – BA-284 (Próx. Itamaraju)

Os aterros da cabeceira da ponte cederam e dois bueiros romperam na BA-690, em Itamaraju, que liga o distrito de Pirajá à sede municipal, por conta das fortes chuvas na região na última quinta-feira (01/12). A equipe responsável pela manutenção na rodovia está no local dos pontos afetados a fim de iniciar os serviços emergenciais e liberar o tráfego de veículos nas próximas horas. O fluxo ainda permanece interrompido.

A ponte sobre o Rio do Sul, na BA-690, que liga Vereda à Itamaraju, cedeu na última quinta-feira (01/12). O Consórcio Construir está monitorando a situação e irá esperar diminuir o nível da água para avaliar quais intervenções serão necessárias. O tráfego está interrompido.

BA-126: Vereda – ItaBrasil – Bisogue – Buqueirão – Nova Alegria

Na BA-126, quatro pontilhões romperam no trecho entre Vereda e o distrito de Nova Alegria, em Itamaraju, por conta das chuvas no último fim de semana. A equipe técnica do Consórcio Construir, responsável pelo trecho, está realizando ações emergenciais para retomar o tráfego de veículos no local. O acesso ao povoado de ItaBrasil já foi liberado. Os operários do Consórcio Construir estão trabalhando para recuperar os acessos às localidades de Bisogue e Buqueirão. Apesar das fortes chuvas, a previsão é que o tráfego seja liberado nas próximas horas.

BA-690: Medeiros Neto – Vereda

Na BA-690, houveram registros de queda de árvore e erosões na pista na ligação de Medeiros Neto com Vereda na última quinta-feira (1º). Um desvio na rodovia foi implantado pelo Consórcio Construir. As ações de recomposição na pista serão iniciadas assim que melhorarem as condições climáticas na região. O tráfego de veículos na rodovia está normal.

 

Estado da Bahia tem 355 desabrigados e quase sete mil desalojados devido as chuvas, diz Sudec

/ Bahia

Chuvas provocam dados em várias regiões. Foto: Divulgação/Sudec

A Superintendência de Proteção e Defesa Civil da Bahia (Sudec) informou, na tarde desta sexta-feira (2), os números referentes à população atingida pelas enchentes que ocorrem em algumas regiões do estado. Até o momento são 355 desabrigados e 6.802 desalojados. O número total de atingidos chega a 60.732 pessoas. Os números correspondem às ocorrências registradas em 43 municípios afetados.

É importante destacar que, desse total, doze estão com decreto de Situação de Emergência, são eles: Prado, Baixa Grande, Itabuna, Santa Cruz Cabrália, Cícero Dantas, Ibicuí, Itambé, Nova Viçosa, Vereda, Olindina, Cachoeira e Eunápolis. Não há registro de desaparecidos e nem de óbitos.

Os municípios afetados são: Baixa Grande, Cachoeira, Cícero Dantas, Ibicuí, Itabuna, Itambé, Nova Viçosa, Olindina, Prado, Santa Cruz Cabrália, Vereda, Aiquara, Caravelas, Floresta Azul, Itamaraju, Marcionílio Souza, Medeiros Neto, Wenceslau Guimarães, Ibotirama, Ibicaraí, Itanhém, Catu, Itapicuru, Aurelino Leal, Belo Campo, Cipó, Dário Meira, Guaratinga, Inhambupe, Ipiaú, Itapetinga, Itarantim, Itororó, Jitaúna, Juazeiro, Maragojipe, Pau Brasil, Santo Antônio de Jesus, São Félix, Sátiro Dias, Gandú, Teixeira de Freitas e Eunápolis.

Corpo de Bombeiros

O Corpo de Bombeiros Militar da Bahia (CBMBA) tem atuado nos municípios afetados pelas chuvas realizando, além do monitoramento, operações de resgate de pessoas em áreas de risco e orientando os moradores sobre as medidas preventivas. Uma dessas ações aconteceu em Ilhéus, na Vila Cachoeira, onde uma equipe trabalhou no atendimento a vítimas de um deslizamento.

No município de Aurelino Leal, o Corpo de Bombeiros monitora a elevação do nível do Rio de Contas. Assim como acontece na região de Itabuna, com o Rio Cachoeira. Em Cardeal da Silva equipes atuaram em áreas de alagamento com a retirada de moradores em regiões alagadas.

“Estamos atuando desde novembro na Operação Chuva. Tropas e equipamentos diversos, como viaturas e embarcações, estão sendo empregadas diuturnamente em reforço aos quartéis do nosso Estado”, explicou o tenente-coronel BM Gabriel Penna, comandante da Operação Chuva.

A base da Operação Chuva está sendo em Ilhéus, onde os militares podem ser deslocados com mais facilidade para atuarem nas cidades atingidas na região sul, extremo sul e sudoeste, as mais afetadas.

Ações em rodovias afetadas pelas chuvas

A Secretaria de Infraestrutura da Bahia (Seinfra) está com a equipe técnica do órgão nas rodovias estaduais afetadas pelas chuvas desde a última semana, realizando ações emergenciais a fim de permitir a trafegabilidade de veículos. A execução dos serviços também conta com o apoio dos Consórcios Intermunicipais de Infraestrutura.

Confira, abaixo, a relação com os 14 trechos de rodovias baianas e duas pontes que foram atingidas durante o período chuvoso.

Semiárido Nordeste II / Sisal
BA-220: Euclides da Cunha – Monte Santo

A água invadiu a pista na BA-220, entre Monte Santo e Euclides da Cunha, após transbordamento de açude devido às fortes chuvas na região na última quinta-feira (01). A equipe técnica da Secretaria de Infraestrutura da Bahia (Seinfra) está no local nas proximidades do município de Monte Santo monitorando a situação e avaliando a possibilidade de implantação de um novo bueiro para aumentar a vazão da água. A trafegabilidade na rodovia está normal.

BA-130: Ibicuí – Ibitupã

O desvio criado na ponte sobre o Riacho Doce, que havia se rompido devido à enchente do ano passado, cedeu no último sábado (26). O mesmo desvio na BA-130, entre Ibicuí e Ibitupã, cedeu novamente na tarde da última terça-feira (29). A Seinfra recompôs o aterro a fim de normalizar o tráfego. O fluxo foi totalmente liberado e o órgão está com equipe no local para eventuais intervenções em decorrência da chuva.

BA-262: Poções – Nova Canaã

Um deslizamento de terra na pista na BA-262, entre Poções e Nova Canaã, aconteceu na noite da última quarta-feira (30). A Seinfra já está com máquinas, como caçamba e carregadeiras, realizando os serviços de limpeza da pista para dar condições de trafegabilidade. O tráfego no local já foi retomado na manhã de quinta-feira (01).

BA-651: Itapitanga – Coaraci

O desvio criado na ponte sobre o Rio Três Braços, entre Coaraci e Itapitanga, que caiu devido às chuvas do ano passado, cedeu no último sábado (26). As ações para recomposição estão sendo realizadas pela Seinfra e se encontram em fase final. O tráfego de veículos está normal no trecho.

BA-084: Santo Amaro – Oliveira dos Campinhos

Um deslizamento de terra na BA-084, entre Santo Amaro e Oliveira dos Campinhos, nas proximidades do povoado de Nova Conquista, foi registrado na noite da última terça-feira (29). Nesta quarta-feira (30), a empresa responsável pela manutenção na rodovia já iniciou os serviços para desobstrução da rodovia. O trânsito já está liberado.

Ponte no município de Teodoro Sampaio, que liga a BA-515 à BR-101

A ponte em Teodoro Sampaio, que liga a BA-515 à BR-101, está com a situação comprometida. Uma inspeção no equipamento será programada pela equipe técnica da Secretaria de Infraestrutura da Bahia (Seinfra) a fim de realizar as intervenções necessárias.

BA-233: Sátiro Dias – Inhambupe

As fortes chuvas na região do Litoral Norte e Agreste baiano causaram erosões no aterro da BA-233, entre Sátiro Dias e Inhambupe, nas últimas horas. A empresa responsável pela manutenção da rodovia já está realizando os serviços emergenciais a fim de que a pista de rolamento não seja afetada. O tráfego de veículos no trecho está normal.

BA-284: Distrito de Nova Alegria (Itamaraju) – Jucuruçu

Um bueiro na BA-284, entre o distrito de Nova Alegria e Jucuruçu, rompeu no domingo (27) à noite devido às fortes chuvas na região. A ação aconteceu no km 35 da rodovia no sentido saindo Jucuruçu em direção à BR-101. A equipe técnica do órgão já concluiu a recomposição do desvio na BA-284, entre o distrito de Nova Alegria e Itamaraju, que cedeu novamente na noite da última terça-feira (29). O tráfego de veículos na rodovia já está totalmente liberado desde a última quarta-feira (30) e requer atenção do usuário.

Nível de rio aumenta mais de três metros em menos de 24h após temporal em Itabuna, sul da Bahia

/ Bahia

Rio Cachoeira em Itabuna, na Bahia. Foto: Paulo Santana

O nível do rio Cachoeira, que corta a cidade de Itabuna, no sul da Bahia, aumentou 5,5 metros acima do normal, por causa da chuva que atinge a cidade desde meados de novembro. Desse total, uma elevação de três metros foi registrada em apenas 24 horas, na quinta-feira (1º), e moradores temem transbordamento – com consequente inundação em vias.

Algumas casas que ficam às margens do rio, no bairro Ferradas, ficaram alagadas. Segundo a Defesa Civil do município, ao menos três famílias da região tiveram que deixar as suas moradias.

Somente na manhã desta sexta (2), 22 mm de chuva foram registrados em apenas uma hora, segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) – acima de 10 mm já é considerado índice preocupante.

O órgão emitiu alerta de perigo para o município, e é esperado que chova, ainda 40 mm nas próximas horas. Entre quinta e sexta, foram 100 mm de índice pluviométrico.

O temporal causa alagamento em várias ruas da cidade. Na região de Vila de Itamaracá, a chuva derrubou uma árvore, que caiu em cima de um muro. Além disso, um poste também foi ao chão e os fios foram danificados, mas não houve registro de queda de energia, nem de feridos.

A Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), cujo campus fica entre Itabuna e Ilhéus, antecipou o fim do expediente para as 12h desta sexta-feira (2), devido ao risco de alagamentos na rodovia Jorge Amado, que liga as cidades, o que oferece perigo aos alunos, professores e funcionários, durante o deslocamento.

Além disso, as aulas dos cursos de graduação, serão realizadas de forma remota. A administração da instituição informou que acompanhará o desenvolvimento da situação para adotar novas medidas, caso necessário. As informações são do G1

Casos ativos da Covid chegam a 8 mil na Bahia e 12 mortes são registradas em 24h

/ Bahia

A Bahia atingiu 8.083 casos ativos da Covid-19, segundo o boletim epidemiológico desta quinta-feira (2) divulgado pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesab). O número é 8,4 vezes maior do que o registrado há um mês: em 3 de novembro, o estado tinha 963 casos ativos.

Nas últimas 24 horas, foram contabilizados 2.712 novos casos de coronavírus e 12 mortes pela doença no estado.

Desde o início da pandemia, 1.724.041 casos da Covid-19 foram confirmados e 30.877 pessoas morreram por causa da doença na Bahia.

A taxa de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) adulto está em 66%, ou seja, 116 dos 175 disponíveis estão ocupados. Já a UTI pediátrica está com sete dos 20 leitos ocupados, o que corresponde a 45% de ocupação.

Vacinação

Até o momento, a Bahia tem 11.741.650 pessoas vacinadas com a primeira dose, 10.891.597 com a segunda dose ou dose única, 7.570.655 com a dose de reforço e 2.736.598 com o segundo reforço.

Do público de 5 a 11 anos, 1.074.086 crianças já foram imunizadas com a primeira dose e 748.326 já tomaram também a segunda dose. Do grupo de 3 a 4 anos, 66.138 tomaram a primeira dose e 26.538 já tomaram a segunda dose. Do grupo de 6 meses a 2 anos, 1.312 tomaram a primeira dose.

Pedro Tavares revela preocupação com chuvas na Bahia e pede atenção dos órgãos estaduais e federais

/ Bahia

Deputado revela preocupação com situação das chuvas. Foto: Divulgação

O deputado estadual Pedro Tavares (União Brasil) revelou muita preocupação com a situação dos municípios atingidos pelas fortes chuvas que atingiram a Bahia nos últimos dias. O parlamentar acompanhou as notícias e também ouviu relatos de moradores e autoridades municipais sobre o cenário das cidades. Mais de 3 mil pessoas ficaram desabrigadas e nove cidades passaram por decreto de situação de emergência por causa dos temporais. Ao todo, 24 municípios foram afetados pelas chuvas. Tavares cobrou agilidade do governo na implementação de medidas.

”Tivemos informações sobre os prejuízos sofridos pelos municípios, depois desse grande acumulado de chuvas que atingiu todas as regiões do Estado. É muito preocupante a situação em alguns lugares, onde são muitos os transtornos enfrentados pela população, com alagamentos, águas invadindo casas, deslizamentos, entre outros problemas. Pedimos a sensibilidade e a atenção máxima dos órgãos estaduais e federais para os municípios. São necessárias medidas preventivas urgentes a fim de evitar maiores prejuízos”, afirmou.

Os estragos foram maiores nas regiões Sul, Extremo Sul, Norte, Recôncavo e Oeste. Grandes áreas de instabilidade, com muitas chuvas, se intensificaram no Vale do Jiquiriçá e em várias cidades do Recôncavo Baiano. Houve grande volume de água, com prejuízos para os moradores nos municípios de São Félix, Cachoeira e Santo Amaro. A orientação é que, em caso de risco iminente ou de acidentes por conta das condições climáticas, as pessoas devem acionar o Corpo de Bombeiros (193) ou a Defesa Civil (199).

Sesab abre processo seletivo para 1.073 vagas para profissionais de níveis médio, técnico e superior

/ Bahia

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) está com inscrições abertas para o processo seletivo de 1.073 vagas destinadas aos profissionais de níveis médio, técnico e superior, com remunerações que se iniciam em R$ 1.475,88 e podem chegar até R$ 4.657,15.

São diversas oportunidades, para especialidades, como Técnico Administrativo, Técnico de Enfermagem, Técnico em Radiologia, Técnico em Laboratório, Contabilidade, Enfermagem, Ciências Jurídicas, Fisioterapia, Serviço Social, Nutrição, Fonoaudiologia, Psicologia, Terapia Ocupacional, Farmácia, Farmácia Bioquímica, entre outras.

O processo seletivo visa a contratação para duas unidades do estado: serão selecionados 392 profissionais para atuarem na Maternidade Maria da Conceição de Jesus, em Salvador, e 681 para o Hospital Geral Santa Tereza, no município Ribeira do Pombal, cerca de 290 quilômetros da capital baiana.

As inscrições foram abertas nesta sexta-feira  (20) e se estenderão somente até o dia 15 deste mês, pelo site do Instituto AOCP, instituição organizadora da seleção: www.institutoaocp.org.br. É importante que os candidatos fiquem atentos ao endereço eletrônico da organizadora para ficarem por dentro de todos os detalhes.

Aline Paim é eleita procuradora-geral do Ministério Público de Contas junto ao TCM da Bahia

/ Bahia

A procuradora de contas Aline Paim Monteiro do Rego Rio Branco foi eleita, por unanimidade, para o cargo de procuradora-geral do Ministério Público de Contas junto ao TCM da Bahia, para o biênio 2023/2025. A eleição foi realizada na quarta-feira (30/11), em sistema híbrido, o que permitiu ao colégio de procuradores do MPC da Bahia votar de forma presencial, no gabinete da procuradora-geral de contas, ou por meio eletrônico, através da plataforma e-TCM.

A eleição é regulamentada pela Portaria MPC-BA nº 09/2015, que, entre outras regras, determina a elaboração de lista tríplice, em eleição direta, mediante voto plurinominal e secreto dos membros do MPC em atividade.

Privilegiando a alternância dos procuradores na chefia do MPC-BA, que vem ocorrendo desde a implantação do Órgão Ministerial em 2012, a então procuradora-geral, Camila Vasquez, renunciou à elegibilidade ao cargo para o próximo biênio, tendo a eleição sido disputada entre os demais membros em atividade. Após regular apuração, registrou-se que a procuradora de contas Aline Paim obteve a totalidade dos votos, sendo eleita por unanimidade.

Agora, o documento com o resultado da eleição será encaminhado ao presidente do TCM, conselheiro Plínio Carneiro Filho, que dará ciência ao Governador do Estado, a quem compete promover a nomeação da nova procuradora-geral de contas. O próximo mandato se iniciará em 15 de março de 2023, estendendo-se até 14 de março de 2025.

Aline é pós-graduada em Direito do Estado pelo Instituto JusPodivm e graduada em Direito pela Universidade Católica do Salvador.