Gandu: Barraca pega fogo em feira livre após botijão de gás vazar, diz Polícia Militar

/ Bahia

fogo teve início após um vazamento de botijão. Foto: Rede social

Uma barraca pegou fogo na feira livre de Gandu, no Baixo Sul do estado, na manhã deste sábado (21). O caso ocorreu na Praça Ulisses Monteiro da Costa. Pessoas que passavam pelo local, que vende amendoim, se assustaram. Segundo o G1, a suspeita é que o fogo teve início após um vazamento de botijão de gás.

Segundo o capitão da Polícia Militar Walter Guanaes, dois policiais que faziam rondas isolaram a área para evitar que pessoas saíssem feridas. O fogo foi controlado pelo dono da barraca com ajuda de um extinto entregue por comerciantes vizinhos.

Mesmo com o susto, não houve feridos. As chamas também não atingiram barracas vizinhas. Não se sabe a estimativa do prejuízo causado.

Três pessoas morrem após beberem liquido por engano e passarem mal em ônibus no oeste da Bahia

/ Bahia

Três pessoas morreram  depois que ingeriram um líquido e passar mal, dentro de um ônibus, na cidade de Santana, no oeste da Bahia. O caso aconteceu na última sexta-feira (20) por volta das 15h, no povoado de Porto Novo.

De acordo com informações da  Polícia Militar, as vítimas foram identificadas como Vitor Oliveira de Assis, de 17 anos, Marcone Ferreira de Souza, 36 anos, e Igor Gabriel Santos Conceição, de 19 anos.

A Polícia Militar informou que sete passageiros do ônibus beberam o líquido achando que era uma bebida alcoólica conhecida como “pinga”. Todos foram socorridos e levados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Santa Maria da Vitória.

Não há detalhes sobre o estado de saúde das outras quatro pessoas que passaram mal. O caso é investigado na 26ª Coordenadoria Regional de Polícia Civil (26ª Coorpin). Com informações do Metro1

Manipulação de emendas ao Orçamento da União chega à Bahia e beneficia deputados, diz site

/ Bahia

Uma lista com as emendas parlamentares e de bancada referentes a recursos alocados somente pelo Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS) na Bahia à qual o site Política Livre teve acesso com exclusividade está causando uma grande discórdia na bancada baiana em Brasília.

O senador Angelo Coronel (PSD) e os deputados federais Adolfo Viana (PSDB), Claudio Cajado (PP), João Roma (PL) e Leur Lomando Jr (UB) são os campeões na destinação dos recursos quando consideradas emendas individuais de 2019 e 2020 e de bancada de 2021.

No total, os parlamentares baianos somam R$ 212,8 milhões em recursos nesse período, o que levantou questionamentos nos colegas sobre o motivo pelo qual eles estão sendo privilegiados em detrimento dos demais nas destinações de recursos do Orçamento da União.

Mas o que mais tem chamado a atenção, no entanto, é que até deputados estaduais, como o petista Júnior Muniz e Dal (UB), foram contemplados pelo órgão do governo federal. Para parcela dos congressistas da Bahia, isso demonstra o descontrole escandaloso a que está submetido o Orçamento na gestão Jair Bolsonaro (PL), o que já vem sendo denunciado há muito tempo pelos jornais.

Coronel, por exemplo, que lidera a lista com o maior volume orçamentário previsto, tem R$ 48,8 milhões em emendas próprias, das quais R$ 13,7 milhões foram executados. Considerando as emendas de bancada, o senador teve ainda, em 2021, R$ 2,97 milhões, dos quais R$ 267,7 mil ainda não foram repassados.

O senador do PSD baiano ainda aguarda a execução de R$ 35,4 milhões somente referentes ao DNOCS. Mas o campeão de emendas executadas é tucano Adolfo Viana. Ele conseguiu que fossem pagas 93% das emendas – somadas tanto as individuais quanto as de bancada.

Dos R$ 49,3 milhões que conseguiu, o deputado federal aguarda somente a liberação R$ 3,4 milhões. Adolfo é o que os colegas, de forma irônica, estão chamando de ‘sortudo’! Em seguida, em volume de recursos previstos, vem Claudio Cajado (PP) com R$ 24,9 milhões entre individuais e de bancada.

O progressista ainda aguarda a execução R$ 13,04 milhões. Pré-candidato bolsonarista ao governo estadual, o deputado federal João Roma (PL) já teve 71% de suas emendas pagas orçadas em R$ 19,99 milhões. Após Roma, vem Leur Lomanto Jr (UB), com R$ 18,4 milhões em emendas previstas, das quais 75% já foram executadas.

O pré-candidato ao Senado, Cacá Leão (PP), só teve 8% de emendas executadas de um total de R$ 9,9 milhões de emendas individuais.

Emendas até para os estaduais

Deputados estaduais – uma incongruência, já que se trata de Orçamento da União – também foram agraciados com emendas do DNOCS, segundo a lista a que o site Política Livre teve acesso. O deputado estadual Paulo Câmara (PSDB), que vem associado ao nome do ex-deputado e ex-ministro Antonio Imbassahy, teve 88% de um total de R$ 2,1 milhões liberados.

Por sua vez, o deputado estadual Dal, que teve o nome associado aos deputados federais Ronaldo Carletto (PP) e Tito (Avante), já conseguiu ver executadas R$ 1,3 milhão do total orçado (R$ 1,9 milhão).

Até Júnior Muniz, que migrou do PP para o PT, partido que faz uma oposição ferrenha ao bolsonarismo, teve 97% dos R$ 3,31 milhões executados. Os ”padrinhos” das emendas para o ex-filiado ao PP são Leur Jr. e outros dois identificados como ”Erivelton” e ”Lúcio”.

Nada liberado

Por outro lado, deputados de oposição ao governo federal não tiveram ainda nenhum recurso de emendas liberadas referentes ao DNOCS. É o caso de Jorge Solla (PT), com R$ 301,7 mil; Lídice da Mata (PSB), com R$ 477 mil; e Marcelo Nilo (Republicanos), com R$ 1,49 milhão. Nilo, no período de destinação das emendas de bancada, estava na oposição, no PSB.

Também na oposição ao governo federal, o deputado federal Otto Filho (PSD), cujo pai, Otto Alencar (PSD), é candidato à reeleição ao Senado na chapa do petista Jerônimo Rodrigues, tem um total de R$ 15,9 milhões em emendas, mas só viu serem executados 9% desses recursos.

Neoenergia Coelba retira duas mil ligações irregulares em estabelecimentos comerciais na Bahia

/ Bahia

As ações de combate ao furto de energia realizadas pela Neoenergia Coelba acontecem em todos os segmentos socioeconômicos da Bahia, desde o consumidor residencial até as grandes indústrias. Apenas nos três primeiros meses de 2022, os técnicos da distribuidora identificaram e removeram cerca de duas mil ligações irregulares em unidades comerciais no Estado. As operações recuperaram, neste recorte, 9,5 milhões de quilowatt-hora, energia suficiente para abastecer 81 mil residências durante um mês.

As irregularidades foram flagradas, entre outros locais, em restaurantes, supermercados, hotéis, lojas de construção e de pets espalhados em diversas regiões da Bahia. Nos três primeiros meses do ano, as equipes da concessionária inspecionaram mais de 7 mil unidades comerciais no Estado.

”Quando o estabelecimento comercial furta energia elétrica, além de cometer crime, ele está promovendo uma concorrência desleal no setor, prejudicando toda uma cadeia econômica e levando uma vantagem indevida. Por isso é importante que os diversos segmentos da economia fiquem atentos a este tipo de prática criminosa e denuncie”, explicou o gerente de Operações da Neoenergia Coelba, Tales Itaborai.

Considerando todos os segmentos de consumidores – residenciais, rurais, industriais e comerciais, a Neoenergia Coelba identificou, no primeiro trimestre de 2022, aproximadamente 30 mil irregularidades em toda a Bahia. No total, foram recuperados 93 milhões de quilowatt-hora, energia suficiente para abastecer todo o município de Vitória da Conquista durante três meses.

A distribuidora estima que cerca de R$ 2,6 milhões referentes a impostos deixariam de ser recolhidos devido a atuação fraudulenta nas unidades flagradas com irregularidades em todo o Estado. Porém, com a atuação de combate ao furto de energia pela Neoenergia Coelba, esse valor será recuperado e poderá ser revertido em benefício da população.

Crime e denúncias

A Neoenergia Coelba reforça que o furto de energia é crime previsto no artigo 155 do Código Penal Brasileiro, com pena de até oito anos de reclusão pela prática. Além de ilegal, a prática também coloca a vida da população em risco e prejudica o fornecimento de energia das regiões, podendo ocasionar interrupções nas localidades.

Por isso, é importante a denúncia de fraudes e furtos de energia. O apoio da comunidade é essencial para identificar os desvios e acionar a distribuidora. As denúncias podem ser feitas de forma anônima através do telefone 116 ou no site da Neoenergia Coelba, na parte de Serviços, na aba Denúncia de Irregularidade.

TCM decide que prefeito de São José da Vitória deve devolver recursos aos cofres municipais

/ Bahia

Os conselheiros da 2ª Câmara do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia acataram, na sessão desta quarta-feira (18), denúncia apresentada contra o prefeito de São José da Vitória, Jeová Nunes de Souza, em razão do abastecimento irregular de veículo pertencente à vereadora Dilma Tânia Conceição dos Santos, no exercício de 2021.

O conselheiro Mário Negromonte, relator do processo, determinou ao gestor a devolução aos cofres municipais da quantia de R$1.824,00, com recursos pessoais. Também lhe foi imputada uma multa de R$1 mil.

A denúncia foi apresentada por Antônio Carlos Amorim Guimarães, presidente do Instituto Brasileiro de Trânsito, Transportes e Estatística do Estado da Bahia (IBTTE), e indicou que, somente no mês de março de 2021, foram abastecidos o total de 300 litros de combustíveis no carro de propriedade da vereadora Dilma Tânia Conceição dos Santos, totalizando o valor de R$1.824,00 desviado dos cofres públicos.

Secretário da Segurança defende descriminalizar maconha e diz ter amigos que fumam

/ Bahia

O secretário da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), Ricardo Mandarino, defendeu a descriminalização do uso da maconha, e disse ter amigos que fumam.

”A maioria das pessoas que eu conheço, que usa maconha, são pessoas que trabalham todo dia. Tenho amigos que dizem: ‘Eu fumo cigarro todo dia para dar uma relaxada’. Ela tira você das amarras mentais. Ela torna você um emancipado mental, que é o que a gente precisa ser. A gente não pode ficar nessas caixinhas. Ela libera as pessoas. ”, disse o secretário.

Mandarino afirmou ainda que a maconha ”aumenta a criativa”. ”No meio artístico, isso é evidente. A gente conhece história de grandes compositores, que quando estão com uma ‘bebidazinha’ qualquer relaxam e fazem composições belíssimas”, falou o secretário.

A declaração foi feita em um congresso no final de abril, mas o vídeo com a fala se tornou público nesta terça-feira (17).

Edital lançado pelo Governo oferta 52 mil vagas de monitoria do ”Programa Mais Estudo”

/ Bahia

Lançado no dia 11 de maio, o novo edital do programa Mais Estudo oferece 52 mil vagas para alunos da rede estadual que possam dar monitoria aos colegas nas disciplinas de Língua Portuguesa, Matemática e Iniciação Científica. A iniciativa do Governo do Estado, executada através da Secretaria de Educação (SEC), oferta uma bolsa mensal no valor de R$ 100 para os estudantes monitores, durante os seis meses de vigência do edital, totalizando em um investimento de mais de R$ 31 milhões. O objetivo é estimular a participação estudantil no processo educacional, além de contribuir para o exercício solidário e práticas inovadoras de aprendizagem.

As escolas que tenham interesse de participar do programa devem atualizar os dados de cadastro no Sistema de Gestão do Mais Estudo, pelo link. No período de 16 a 27 de maio de 2022, as unidades escolares são responsáveis por realizar o processo de seleção. Para participar, os estudantes só precisam estar regularmente matriculados na rede estadual, possuir cadastro de Pessoal Física (CPF) regularizado e ter tido média igual ou superior a 8,0, no ano anterior, na matéria que deseja lecionar.

De acordo com Manoel Calazans, superintendente de Políticas para a Educação Básica da SEC, o processo de ensinar ajuda os alunos a assimilar os conteúdos. ”O programa Mais Estudo permite uma aprendizagem horizontal, que não se processa apenas através do professor e dos livros para o estudante, mas entre os próprios estudantes. Já se sabe que essa aprendizagem é muito efetiva e afetiva também, porque diz respeito a estar com o outro colega, que fala a mesma linguagem e que, muitas vezes, é seu vizinho. O monitor é o estudante que consegue articular, fazer revisão e auxiliar o colega que tem dificuldade em aprender”, relata.

Manoel ressalta ainda que, atuando como monitor, o aluno ocupa uma posição de aprendizado constante. ”Os educadores defendem que, quanto mais você ensina, mas existe a possibilidade de fixar o conteúdo ensinado. Isso é um aspecto positivo no estudante que é monitor, pois ele vai revisar e aprender muito também. A monitoria não substitui a presença do professor, pelo contrário, o professor está presente e ainda é o grande responsável pela aprendizagem”.

De São Sebastião do Passé, o estudante Carsten Santos participa do Programa desde a primeira edição. Para ele, a monitoria também é uma oportunidade de aprendizado. ”Para ensinar, a gente estuda mais e vai se esforçando para dominar bem os conteúdos, lendo e relendo os assuntos. No fim das contas, aprendamos enquanto estamos ensinando, o que é uma experiência muito boa. Sem contar que a bolsa é uma ajuda boa para quem é estudante”.

Município de Poções celebra acordo com Ministério Público para realização de concurso público

/ Bahia

O Ministério Público estadual e o Município de Poções celebraram Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) para realizar concurso público e regularizar processos de contratação de funcionários da gestão municipal.

O termo, assinado pelo promotor de Justiça Ruano Leite e pela prefeita Irenida Cunha Magalhães, dispõe que o Município de Poções deve realizar concurso público de provas e títulos para o preenchimento dos cargos vacantes e necessários e para o cadastro de reserva, homologando o resultado até o dia 31 de dezembro deste ano, com edital publicado e amplamente divulgado até o dia 30 de agosto. Os aprovados no concurso deverão substituir, no prazo de 30 dias após sua homologação, os funcionários contratados e terceirizados em desacordo com a Constituição.

O Município deve, também, encaminhar ao Legislativo, em até cinco dias, um projeto de lei municipal, com efeito retroativo, para a prorrogação das contratações temporárias realizadas através dos processos seletivos simplificados de números 01/2021, 02/2021 e 03/2021, que poderão durar até o dia 31 de janeiro do próximo ano. Os processos seletivos simplificados para contratação temporária deflagrados pelos editais 01/2022, 02/2022 e 03/2022 também deverão ser anulados no mesmo prazo.

A gestão se comprometeu a encaminhar, ainda, no prazo de 30 dias, um projeto de lei municipal, com efeito retroativo, para a regularização dos servidores aprovados em concurso público que atualmente não possuem cargos aprovados em lei formal, e para a criação dos demais cargos que sejam do interesse da administração municipal, inclusive aqueles que substituirão contratados e terceirizados ilicitamente, devendo prever, pelo menos, denominação, atribuições, remuneração e requisitos.

Contas de quatro prefeituras da Bahia são rejeitadas pelo conselho do Tribunal de Contas dos Municípios

/ Bahia

Os conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia emitiram, na sessão desta terça-feira (17), parecer prévio recomendando a rejeição – pelas câmaras municipais – das contas de governo e de gestão de quatro prefeituras baianas. Essas contas são relativas ao exercício de 2020 e foram consideradas irregulares, principalmente, em função da ausência de recursos em caixa para pagamento das despesas com restos a pagar no último ano do mandato do gestor, o que viola o artigo 42 da Lei de Responsabilidade Fiscal.

Foram rejeitadas as contas da Prefeitura de Belmonte, da responsabilidade de Janival Andrade Borges; as de Ipirá, de Marcelo Antônio Santos Brandão; as de Ituberá, de Iramar Braga de Souza Costa; e as de Tapiramutá, de Djalma Santos Júnior.

Após a aprovação dos votos, com os pareceres sugerindo a rejeição pelas câmaras de vereadores dessas contas, os conselheiros relatores apresentaram as Deliberações de Imputação de Débito – DID, propondo multa de R$15 mil (Belmonte); R$6 mil (Ipirá); R$4 mil (Tapiramutá); e R$3,5 mil (Ituberá) pelas demais irregularidades apuradas durante as análises dos relatórios técnicos.

Bahia registra 298 novos casos de Covid e três mortes pela doença nas últimas 24h, diz boletim da SESAB

/ Bahia

A Bahia registrou 298 novos casos de Covid-19 e três mortes pela doença nas últimas 24h, segundo o boletim epidemiológico desta terça-feira (17), divulgado pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesab). O número de casos ativos de Covid no estado está em 319.

Desde o início da pandemia, 1.546.295 casos foram confirmados e 29.898 pessoas morreram por causa da doença.

A taxa de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) adulto está em 17%, ou seja, 35 dos 210 estão ocupados. Já a UTI pediátrica está com 19 dos 23 leitos ocupados, o que corresponde a 83% de ocupação.

Vacinação – Até o momento temos 11.618.548 pessoas vacinadas com a primeira dose, 10.664.424 com a segunda dose ou dose única, 5.705.064 com a dose de reforço e 129.245 com o segundo reforço. Do público de 5 a 11 anos, 916.522 crianças já foram imunizadas com a primeira dose e 437.462 já tomaram também a segunda dose.

Prefeitura de Ilhéus lamenta morte de motorista por aplicativo; jovem estava desaparecido

/ Bahia

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, lamenta profundamente a morte do jovem Sátiro Menezes Filho, chamado de John. Ele morava em Lagoa Encantada e trabalhava como motorista de aplicativo. O corpo da vítima do assassinato foi encontrado na tarde da última segunda-feira (16), numa região de matagal próximo ao distrito de Serra Grande.

Mário Alexandre prestou ”as sinceras condolências aos familiares e amigos, rogando a Deus que na sua infinita misericórdia conforte a todos”, em nota.

A morte do jovem causou muita comoção e indignação, acendendo o alerta para a violência desmedida que assola a região. Motoristas por aplicativo fizeram uma carreata em forma de protesto na noite de segunda-feira (16) pedindo justiça e a condenação dos assassinos.

Bahia registra 24 novos casos de Covid e quatro mortes pela doença nas últimas 24h, diz boletim

/ Bahia

A Bahia registrou 24 novos casos de Covid-19 e quatro mortes pela doença nas últimas 24h, segundo o boletim epidemiológico desta segunda-feira (16), divulgado pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesab). O número de casos ativos de Covid no estado está em 219.

Desde o início da pandemia, 1.545.997 casos foram confirmados e 29.895 pessoas morreram por causa da doença.

A taxa de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) adulto está em 16%, ou seja, 33 dos 210 estão ocupados. Já a UTI pediátrica está com 19 dos 23 leitos ocupados, o que corresponde a 83% de ocupação.

Vacinação – Até o momento temos 11.611.043 pessoas vacinadas com a primeira dose, 10.661.490 com a segunda dose ou dose única, 5.671.445 com a dose de reforço e 116.057 com o segundo reforço. Do público de 5 a 11 anos, 913.743 crianças já foram imunizadas com a primeira dose e 429.021 já tomaram também a segunda dose.

”Vocês não podem penalizar a cidade”, apela o prefeito da capital baiana após protesto de rodoviários

/ Bahia

Rodoviários protestam em Salvador. Foto: Cássio Santana / bahia.ba

Em conversa com rodoviários da CSN reunidos na Praça Municipal, nesta segunda-feira (16), o prefeito Bruno Reis (UB) reafirmou o empenho de sua administração para solucionar o impasse entre a empresa e os 800 trabalhadores demitidos. Na ocasião, ele pediu parcimônia da categoria.

”Vocês não podem penalizar a cidade, como vocês fecharam quinta-feira (12). Já está resolvido, não há mais o que o prefeito fazer”, declarou o gestor municipal, segundo o qual a prefeitura tentou contratar outra empresa para operar as linhas e manter os empregos, mas que nenhuma teve interesse.

Bruno afirmou ainda que o terreno empenhado pela CSN para garantir a indenização dos funcionários tinha problemas, que foram contornados por sua gestão. ”O terreno valia R$ 12 milhões e devia R$ 18 milhões. Sabe o que o prefeito fez? Praticamente obrigou a MRV a comprar por R$ 20 milhões. O débito que era de R$ 18 milhões, eu praticamente obriguei o Bradesco receber R$ 8 milhões. Então, o terreno está sendo vendido por R$ 20 milhões, R$ 8 milhões vai pagar ao banco e R$ 12 milhões vai ser pra indenizar vocês”, disse o prefeito, afirmando ainda ter intercedido também para que a Delegacia Regional do Trabalho pagasse o Seguro Desemprego aos rodoviários.

Depois de apontar as medidas tomadas por sua gestão, Bruno Reis pediu paciência aos trabalhadores. ”Quem compra terreno sabe que compra parcelado. Eles [a MRV] queriam comprar em 24 parcelas, eu sabia que vocês não podiam esperar, e obriguei a comprar à vista. Só que aí, gente, tem que esperar dois meses, porque tem que passar escritura, tem que tirar certidões do terreno, tem a parte burocrática e aí independe do prefeito. São os trâmites legais”, argumentou.

Representante da categoria, Jutahy Andrade prometeu suspender protestos, mas deu um prazo de 60 dias para a indenização ser regularizada. ”Manifestações serão suspensas provisoriamente no prazo de 60 dias, até completar o prazo que o prefeito deu aqui em palavra para resolver a nossa situação e homologar os 800 funcionários que se encontram de fora da antiga CSN. Caso contrário, vamos reagir”, disse ele. ”Não é do nosso interesse trazer esse transtorno para a população baiana, mas infelizmente é a única maneira que nós encontramos para defender o nosso interesse”, pontuou, referindo-se ao protesto realizado na semana passada. Com informações do bahia.ba

Coronavírus: Bahia não registra óbitos nas últimas 24 horas, diz boletim da secretaria de Saúde

/ Bahia

A Bahia não obteve nenhum óbito por Covid-19 neste domingo (15), segundo o boletim da Secretaria Estadual da Saúde (Sesab). Nas últimas 24 horas, foram registrados 11 casos e 15 pessoas recuperadas.

Segundo a Sesab, os dados ainda podem sofrer alterações por conta da instabilidade do sistema do Ministério da Saúde.

No boletim, ainda contabiliza 1.868.120 casos descartados, 333.104 em investigação e 63.321 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19.

O levantamento representa notificações oficiais realizada pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), junto às vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17h deste domingo.