Bahia registra 34 casos de Covid-19 e mais 6 óbitos, informa o boletim epidemiológico da SESAB

/ Bahia

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 34 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,002%), 121 recuperados (+0,007%) e 6 óbitos. Dos 1.783.635 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.751.278 já são considerados recuperados, 998 encontram-se ativos e 31.359 tiveram óbito confirmado. Os dados ainda podem sofrer alterações.

O boletim epidemiológico desta segunda-feira (23) contabiliza ainda 2.084.197 casos descartados e 374.235 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até às 17 horas desta segunda-feira. Na Bahia 71.785 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Vacinação

Até o momento a Bahia contabiliza 11.717.272 pessoas vacinadas com a primeira dose, 10.966.756 com a segunda dose ou dose única, 7.713.169 com a dose de reforço e 3.109.306 com o segundo reforço. Do público de 5 a 11 anos, 1.105.507 crianças já foram imunizadas com a primeira dose e 748.364 já tomaram também a segunda dose. Do grupo de 3 a 4 anos, 82.464 tomaram a primeira dose e 38. 041 já tomaram a segunda dose. Do grupo de 6 meses a 2 anos, 11.577 tomaram a primeira dose e 1.239 tomaram a segunda dose.

Eleição da UPB: Chapa única encabeçada pelo prefeito Quinho de Belo Campo é registrada

/ Bahia

Chapa foi registrada nesta segunda-feira. Foto: Euro Amâncio

Na tarde desta segunda-feira (23), a comissão eleitoral que conduz a eleição da União dos Municípios da Bahia (UPB) para o biênio 2023-2024 recebeu, na sede da instituição, o registro de uma única chapa para o pleito da Diretoria Executiva e Conselho Fiscal da entidade. Após o registo foi estabelecido o prazo de 48 horas para contestação e 72 horas para homologação.

”É um momento muito importante para a história da UPB. A chapa única tem todo o entusiasmo dos prefeitos e prefeitas. Eu tenho certeza absoluta que vai ser um fortalecimento muito grande para a nossa entidade. Logo estaremos realizando a eleição por aclamação e dando posse para que o candidato eleito possa continuar o trabalho na UPB”, avaliou o presidente da Comissão Eleitoral, prefeito Rogério Costa, de Santo Estevão, que estava acompanhado do prefeito Wekisley Teixeira, de Encruzilhada, também membro da comissão.

A Chapa ”UPB Unida, Bahia Mais Forte” é composta por 17 prefeitos de diversas regiões do estado, sendo sete na diretoria e 10 no Conselho Fiscal. O prefeito de Belo Campo, Quinho, encabeça a chapa e fala da importância da união municipalista para o sucesso das pautas defendidas pela UPB. “É um momento ímpar. Construir uma chapa única não é fácil, mas deu tudo certo e vou lutar para o desenvolvimento dos municípios baianos com apoio dos parceiros, prefeitos e prefeitas. Formamos uma chapa apartidária, que tem a maior participação de mulheres [cinco prefeitas]. Teremos um desafio grande nesse próximo biênio e quero iniciar e terminar o meu mandato unindo os gestores porque os prefeitos precisam de unidade para melhorar a vida dos seus munícipes”, afirmou Quinho.

O candidato também falou sobre dois assuntos que preocupam os municípios: a queda do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) em 101 prefeituras por conta da decisão do TCU com base no Censo inacabado do IBGE e o reajuste do piso do magistério, anunciado em Portaria nº 17, de 16 de janeiro de 2023, do MEC para 2023.

O candidato a vice-presidente, prefeito de Andaraí, e atual presidente da Federação dos Consórcios Públicos do Estado da Bahia (FECBAHIA), Wilson Cardoso, ressaltou a importância da atuação conjunta das duas instituições. ”Tem um entendimento maravilhoso que começou com Zé Cocá [presidente da UPB] e fez com que fortalecesse ainda mais a federação e a UPB e agora, com a nossa chapa, existe essa mesma ideia e nós vamos caminhar de mãos dadas por um futuro melhor para a Bahia”, avaliou o prefeito.

Segurança é flagrado agredindo jovem por fazer xixi na rua durante festa na cidade de Água Fria

/ Bahia

O caso aconteceu no sábado (21). Foto: Reprodução/Redes Sociais

Um segurança foi flagrado agredindo um jovem de 22 anos, como punição por ter feito xixi na rua durante uma festa no município de Água Fria. Segundo o g1, o caso aconteceu na madrugada deste sábado (21).

Pessoas que estavam na rua flagraram toda ação, registraram e publicaram nas redes sociais. Nas imagens, o jovem Pedro Vitor tenta correr do segurança mas é imobilizado por outros homens.

A família da vítima contou que João Pedro estava com vontade de fazer xixi, buscou um banheiro químico, mas como a fila estava grande e ele não conseguia se conter, o jovem acabou fazendo o xixi fora do banheiro. Ainda de acordo com a família, ele está com fortes dores no pescoço e também na mão, que foi apertada por bastante tempo pelos guardas. A Guarda Municipal de Água Fria informou que o segurança terceirizado será substituído na próxima festa.

Agerba cria comissão para apurar irregularidades de empresas que atuam na travessia Salvador-Itaparica

/ Bahia

Um processo administrativo sancionatório foi instaurado pela Agerba, designando a criação de uma Comissão para apurar irregularidades nas empresas concessionárias que fazem a travessia Salvador – Itaparica. A informação foi divulgada no Diário Oficial do Estado, na última terça-feira (17).

Entre as empresas citadas estão a CL Empreendimentos, Vera Cruz Transportes e Serviços Marítimos, Francisco das Chagas Jacinto e a Biônica Transporte e Turismo Marítimo Regional. Elas serão analisadas por conta da não contratação de seguro para as embarcações.

O ato descumpre uma obrigação prevista no contrato com a Agerba, que a ausência de seguro infringe uma obrigação do ato, além de ser um ilícito administrativo com sanções previstas no artigo 186 da Lei nº 9.433, que incluem multa, suspensão temporária de participação em licitações e descredenciamento do sistema de registros.

De acordo com informações obtidas pelo Bahia Notícias, o contrato vigente prevê a execução das atividades de transporte através de catamarãs, diferente das lanchas utilizadas atualmente. As empresas comprariam as embarcações e o estado da Bahia faria interlocução para os aportes.

A situação já foi alvo de uma representação do Ministério Público, que conseguiu barrar a renovação da concessão em agosto do ano passado, quando o contrato de 10 anos chegou ao fim. A promotora Rita Tourinho revelou ao Bahia Notícias que terá uma reunião sobre o tema nesta semana. “A licitação está sendo discutida com o Ministério Público”, indicou.

CAVALO MARINHO

O transporte de pessoas na região e envolvendo este tipo de embarcação já deixou vítimas. O naufrágio da lancha Cavalo Marinho I na Baía de Todos-os-Santos completa cinco anos em 2022. O acidente causou a morte de 19 pessoas e deixou outras 54 feridas. A embarcação virou momentos após a saída do terminal de Mar Grande em direção a Salvador (veja aqui).

Em 2020, o Tribunal Marítimo da Marinha do Brasil condenou o engenheiro responsável técnico da lancha, Henrique José Caribé Ribeiro, além de Lívio Garcia Galvão Junior, dono da CL Empreendimentos Eirelli, proprietária da embarcação, e a própria empresa (lembre aqui).

A Defensoria Pública da Bahia ajuizou 46 ações contra a CL Transportes Marítimos – dona da embarcação Cavalo Marinho I. Desse total, 41 ficaram na comarca de Itaparica e as outras cinco em Salvador. Apesar disso a Justiça ainda não indenizou as vítimas do acidente. Com informações do site Bahia Notícias

Bahia registra 16 casos de Covid-19 e mais 3 óbitos, informa o boletim epidemiológico da SESAB

/ Bahia

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 16 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,001%), 108 recuperados (+0,01%) e 3 óbitos. Dos 1.783.601 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.751.157 já são considerados recuperados, 1.091 encontram-se ativos e 31.353 tiveram óbito confirmado. Os dados ainda podem sofrer alterações.
O boletim epidemiológico deste domingo (22) contabiliza ainda 2.084.088 casos descartados e 374.205 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até às 17 horas deste domingo. Na Bahia 71.784 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.
Vacinação
O sistema de registro da aplicação de vacinas está em atualização. Os dados estarão disponíveis em https://bi.saude.ba.gov.br/vacinacao/.

Bahia registra 600 casos de Covid-19 e mais 3 óbitos, informa o boletim epidemiológico da SESAB

/ Bahia

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 393 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,02%), 567 recuperados (+0,03%) e 1 óbito. Dos 1.783.585 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.751.049 já são considerados recuperados, 1.186 encontram-se ativos e 31.350 tiveram óbito confirmado. Os dados ainda podem sofrer alterações.

O boletim epidemiológico deste sábado (21) contabiliza ainda 2.084.027 casos descartados e 374.176 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até às 17 horas deste sábado. Na Bahia 71.784 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o business intelligence.

Vacinação

O sistema de registro da aplicação de vacinas está em atualização. Os dados estarão disponíveis em https://bi.saude.ba.gov.br/vacinacao/.

Funcionário de empresa mineradora morre durante trabalho na Bahia; homem foi sugado por bomba

/ Bahia

Um homem morreu enquanto trabalhava em uma empresa de mineração em Pilar, no distrito de Jaguari, no norte da Bahia, nesta sexta-feira (20). De acordo com a Polícia Civil da cidade, ele operava uma bomba de nível que estava quebrada, dentro d’água, quando foi sugado e ficou preso.

A vítima foi identificada como Helioberto do Nascimento Araújo, de 44 anos.

A polícia informou que a causa da morte só será confirmada após o corpo passar por perícia. As pessoas que estavam no local no momento do acidente serão ouvidas.

Em nota, a empresa confirmou a morte do funcionário, que atuava na mineração há 22 anos, e disse que as atividades foram paralisadas em todas as unidades da empresa, exceto as essenciais. O retorno ainda não foi informado. A empresa também informou que está tomando as medidas necessárias para análise das circunstâncias do acidente. As informações so do G1

Bahia registra 600 casos de Covid-19 e mais 3 óbitos, informa o boletim epidemiológico da SESAB

/ Bahia

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 600 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,03%), 632 recuperados (+0,04%) e 3 óbitos. Dos 1.783.192 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.750.482 já são considerados recuperados, 1.361 encontram-se ativos e 31.349 tiveram óbito confirmado. Os dados ainda podem sofrer alterações.

O boletim epidemiológico desta sexta-feira (20) contabiliza ainda 2.083.527 casos descartados e 374.086 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até às 17 horas desta sexta-feira. Na Bahia 71.770 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Vacinação

Até o momento a Bahia contabiliza 11.717.323 pessoas vacinadas com a primeira dose, 10.962.615 com a segunda dose ou dose única, 7.710.188 com a dose de reforço e 3.104.852 com o segundo reforço. Do público de 5 a 11 anos, 1.105.155 crianças já foram imunizadas com a primeira dose e 747.337 já tomaram também a segunda dose. Do grupo de 3 a 4 anos, 82.061 tomaram a primeira dose e 37. 794 já tomaram a segunda dose. Do grupo de 6 meses a 2 anos, 11.264 tomaram a primeira dose e 948 tomaram a segunda dose.

Provas para concurso da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros da Bahia serão realizadas neste domingo

/ Bahia

A Secretaria da Administração vai realizar, neste domingo (22), as provas objetivas e discursivas do concurso SAEB/05/2022 para preenchimento de duas mil vagas para a Polícia Militar e 500 para Corpo de Bombeiros. Os exames serão realizados em Salvador em outras 11 cidades do estado. Um total 93,6 mil candidatos realizaram inscrições no certame.

Os candidatos receberam um cartão informativo, no e-mail cadastrado no ato de sua inscrição, contendo a data, horário e local onde farão as provas. Só será permitida a realização das provas na respectiva data, horário e local constantes no Cartão Informativo e no site da Fundação Carlos Chagas.

Caso o candidato não receba o cartão informativo, até o terceiro dia antes da aplicação das provas, ou tenha algum tipo de dúvida, deverá entrar em contato com o Serviço de Atendimento ao Candidato da Fundação Carlos Chagas pelo telefone (11) 3723-4388. O SAC da FCC funciona de segunda a sexta-feira, das 10 às 16 horas (horário de Brasília). Outra opção é consultar o site da instituição.

As regras do concurso, assim como demais informações, também podem ser consultadas no Portal do RH Bahia, na aba Concursos, onde estão publicados o Edital SAEB/05/2022 e outros comunicados oficiais.

As provas serão realizadas em Salvador e nos municípios de Alagoinhas, Barreiras, Feira de Santana, Ilhéus, Irecê, Itaberaba, Itabuna, Juazeiro, Santo Antônio de Jesus, Serrinha e Vitória da Conquista. Os portões dos locais de prova serão abertos às 8h e fechados às 9h.

O candidato deverá comparecer ao local designado portando de caneta esferográfica de material transparente (tinta preta ou azul), além de documento de identidade original como cédula de RG, Carteira Nacional de Habilitação ou Carteira de Trabalho.

Não será exigido comprovante de vacinação para os candidatos adentrarem aos locais de prova. Já o uso de máscara será obrigatório para pessoas com sintomas gripais, indivíduos com confirmação de Covid-19, imunossuprimidos, idosos, ou para aqueles que tiveram contato com pessoas que testaram positivo para Coronavírus, conforme determina o Decreto Estadual 21.795, de 22 de dezembro de 2022.

A duração total das provas será de quatro horas e meia, sendo que os candidatos deverão permanecer na sala de realização por no mínimo três horas. É recomendável que os candidatos compareçam aos locais de prova pelo menos uma hora antes do horário indicado no edital de convocação.

Após caixa coletora ceder, frutas e verduras são descartadas no chão da Ceasa de Feira de Santana

/ Bahia

Produtos são descratados na Ceasa. Foto: Paulo José/ Acorda Cidade

Os consumidores que se dirigiram, na manhã desta sexta-feira (20), ao setor de frutas e verduras do Centro de Abastecimento, em Feira de Santana, se depararam com uma cena lamentável.

O fundo de uma caixa coletora cedeu, espalhando restos de alimentos, frutas e verduras estragadas pelo chão. Como se não bastasse o incidente, comerciantes da área passaram a jogar mais lixo no local, o que piorou a situação e aumentou ainda mais a fedentina.

Às sextas-feiras, o movimento no Centro de Abastecimento é intenso, com muitos veículos e pessoas circulando.

Enquanto colocava caixotes com alimentos no caminhão para seguir viagem, o trabalhador autônomo Osmar Ribeiro, que realiza fretes de mercadorias, lamentou, em entrevista ao Acorda Cidade, a situação do Centro de Abastecimento.

”Aqui está horrível, pegaram a policaçamba e derramaram frutas, o lixo, e está a maior porcaria. Os banheiros estão fechados, e a gente tem que urinar no chão, em qualquer lugar. Eu não sei o motivo, mas o banheiro está fechado”, reclamou.

Um dos agentes da empresa Sustentare, responsável pela coleta de lixo em Feira de Santana, afirmou que os comerciantes costumam descartar o lixo de forma irregular no entreposto, piorando a sujeira do local.

Juntamente com outras pessoas da equipe, ele foi acionado para realizar a limpeza dos alimentos espalhados pelo chão do setor de frutas e verduras.

”Vamos recolher o lixo aqui, que cedeu o fundo da caixa, e a Sustentare nos trouxe para fazer essa limpeza hoje aqui. Os comerciantes também não facilitam, jogam o lixo de qualquer forma e fica essa bagunça”, informou. Com informações do repórter Ed Santos do Acorda Cidade.

Bahia registra 640 casos de Covid-19 e mais 10 óbitos, informa o boletim epidemiológico da SESAB

/ Bahia

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 640 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,04%), 766 recuperados (+0,04%) e 10 óbitos. Dos 1.782.592 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.749.850 já são considerados recuperados, 1.396 encontram-se ativos e 31.346 tiveram óbito confirmado. Os dados ainda podem sofrer alterações.

O boletim epidemiológico desta quinta-feira (19) contabiliza ainda 2.082.829 casos descartados e 374.030 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até às 17 horas desta quinta-feira. Na Bahia 71.737 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Vacinação

Até o momento a Bahia contabiliza 11.716.650 pessoas vacinadas com a primeira dose, 10.962.699 com a segunda dose ou dose única, 7.702.647 com a dose de reforço e 3.087.764 com o segundo reforço. Do público de 5 a 11 anos, 1.104.937 crianças já foram imunizadas com a primeira dose e 747.184 já tomaram também a segunda dose. Do grupo de 3 a 4 anos, 81.437 tomaram a primeira dose e 37. 192 já tomaram a segunda dose. Do grupo de 6 meses a 2 anos, 11.062 tomaram a primeira dose e 611 tomaram a segunda dose.

Com investimento total de US$ 1,5 bilhão, Bahia terá primeiro projeto de hidrogênio verde em escala industrial no Brasil

/ Bahia

A Unigel – uma das maiores empresas químicas da América Latina e maior fabricante de fertilizantes nitrogenados do país – reforça o patamar de pioneira no mercado de hidrogênio verde, como a primeira empresa no Brasil a produzir o insumo em escala industrial.

A companhia acaba de anunciar novos investimentos relacionados a este que é o primeiro projeto em escala industrial do país, com projeções que chegam a US$ 1,5 bilhão (R$ 7,8 bilhões, na cotação atual). Outros projetos-piloto existem, como nos estados do Ceará e do Rio de Janeiro, todos em caráter experimental.

A fábrica de hidrogênio da Unigel terá investimentos em três fases. Na primeira etapa do projeto, já em construção, a empresa está investindo US$ 120 milhões e contará com a tecnologia de eletrólise de alta eficiência da alemã thyssenkrupp nucera.
”Temos inúmeros diferenciais que nos permitem liderar o Brasil rumo à economia do hidrogênio e amônia verdes. Primeiro, a Unigel já tem capacidade de produção de amônia suficiente para dar destino ao hidrogênio verde. Além disso, temos acesso à infraestrutura e a fontes de energia limpa e competitiva no Polo Petroquímico de Camaçari. Por fim, a Unigel também opera um dos dois únicos terminais de amônia no Brasil, localizado no porto de Aratu, também na Bahia”, destaca Roberto Noronha Santos, CEO da empresa.

No atual momento, a Unigel segue negociando parcerias estratégicas e linhas de financiamento adequadas e até acesso ao mercado de capitais por meio de um IPO para garantir a competitividade e realização das novas fases do projeto, além de crescer em outras frentes estratégicas da companhia.

Roberto Noronha reforça que o empreendimento carrega principalmente a ação efetiva em torno do processo de descarbonização. ”Temos acompanhado o que se tornou uma verdadeira corrida pela alcunha de pioneiro no mercado. Porém, é de suma importância diferenciarmos cada iniciativa. Temos o único projeto em escala industrial em construção no Brasil. Localizada em Camaçari, no estado da Bahia, a nossa fábrica deverá ser inaugurada até o final deste ano. A Unigel e a Bahia lideram o pioneirismo do Brasil no hidrogênio verde”, explica.

Este investimento teve como etapa inicial a assinatura de um protocolo de intenções, no final de 2021, entre o Governo da Bahia, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE) e a Unigel. Posteriormente, em abril de 2022, foi instituído por Decreto o Plano Estadual para a Economia de Hidrogênio Verde (PLH²V) e lançada, em julho do mesmo ano, a pedra fundamental da planta da empresa em Camaçari. Um investimento que, para o governador da Bahia, Jerônimo Rodrigues, é uma prova de respeito com o meio ambiente. ”Trabalhar pela concretização desse empreendimento é nossa responsabilidade e temos a certeza de que a Bahia está preparada para colocar o Brasil no pioneirismo e no protagonismo dos investimentos em parques produtores de energias limpas. Isso demonstra o nosso compromisso permanente com o futuro do planeta”, afirmou.

O plano de negócios da Unigel sinaliza que, assim que a operação começar, os produtos serão ofertados a clientes que encontram no hidrogênio verde e na amônia verde uma importante solução para seus desafios de descarbonização. Entre as aplicações estão o uso do hidrogênio na mobilidade, como combustível para diversos tipos de veículos, e como matéria-prima na siderurgia e no refino de petróleo. A amônia verde também deverá ser utilizada como combustível, em especial por navios graneleiros e porta-contêineres. Além disso, a amônia verde poderá fortalecer o portfólio de produtos sustentáveis da Unigel, uma vez que é matéria-prima na fabricação de fertilizantes e acrílicos.

Noronha completa que, além do projeto da Unigel, ações reais e em conjunto farão com que o Brasil seja ainda mais expressivo no mercado de energia limpa. ”Dado o potencial do país na geração de energia eólica e solar, acredito que há uma grande oportunidade de ser referência para o mundo no hidrogênio verde, solução que traz versatilidade ao transformar energia renovável em matérias-primas e combustíveis Carbono Zero”, conclui.

Prefeito de Itapetinga resolve vetar projeto aprovado que aumentaria salário de vereadores

/ Bahia

Rodrigo Hagge (MDB) vetou projeto de lei. Foto: Reprodução

O prefeito do município de Itapetinga, Rodrigo Hagge (MDB), vetou um projeto que foi aprovado pela câmara que aumentaria o salário dos vereadores da região. Segundo o Políticos do Sul da Bahia, parceiro do Bahia Notícias, o parlamentar alegou a falta de previsão orçamentária e decisão da justiça.

O projeto de reajuste salarial foi criticado por alguns moradores da região. “Em momento de crise, vereador aumentando o próprio salário é um tapa na cara do povo”, declarou a estudante Maria Clara.

Bahia registra 724 casos de Covid-19 e mais 5 óbitos, diz boletim epidemiológico da SESAB

/ Bahia

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 724 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,04%), 771 recuperados (+0,04%) e 5 óbitos. Dos 1.781.952 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.749.084 já são considerados recuperados, 1.532 encontram-se ativos e 31.336 tiveram óbito confirmado. Os dados ainda podem sofrer alterações.

O boletim epidemiológico desta quarta-feira (18) contabiliza ainda 2.082.214 casos descartados e 373.930em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até às 17 horas desta quarta-feira. Na Bahia 71.719 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Vacinação

Até o momento a Bahia contabiliza 11.715.347 pessoas vacinadas com a primeira dose, 10.961.729 com a segunda dose ou dose única, 7.707.141 com a dose de reforço e 3.083.540 com o segundo reforço. Do público de 5 a 11 anos, 1.104.824 crianças já foram imunizadas com a primeira dose e 746.845 já tomaram também a segunda dose. Do grupo de 3 a 4 anos, 81.131 tomaram a primeira dose e 37.001 já tomaram a segunda dose. Do grupo de 6 meses a 2 anos, 10.848 tomaram a primeira dose e 332 tomaram a segunda dose.