Jequié: Campeão de votos em 2016, Ramon Fernandes busca reeleição em disputa atípica

/ Eleições 2020

Ramon obteve 2.778 votos em 2016. Foto: Blog Marcos Frahm

Eleito nas eleições municipais passadas com 2.778 votos, sendo o vereador mais votado da história de Jequié, Ramon Fernandes (PDT) busca seu segundo mandato neste ano numa disputa atípica, não somente em virtude da pandemia do novo Coronavírus, como também pelo fato de, pela primeira vez, os candidatos ao cargo de vereador não poderem concorrer por meio de coligações, isto é, o postulante a uma cadeira na câmara municipal participa do pleito em chapa única dentro do partido ao qual é filiado.

Atento a esses elementos novos – mudanças nas regras eleitorais e o cenário imposto pela pandemia da Covid-19 – o vereador Ramon Fernandes montou uma estratégia de campanha desafiadora para ter uma presença mais massiva e efetiva no mundo virtual e assim ampliar seu contato com o eleitorado por meio das plataformas de comunicação virtuais. Com isso, consegue fortalecer suas ações nesta campanha eleitoral.

Apesar da relevância das redes sociais, nada substitui o contato direto com os eleitores. Respeitando o distanciamento social e evitando grandes aglomerações, Ramon tem envolvido as pessoas na eleição com uma cuidadosa agenda de reuniões com lideranças políticas e comunitárias e um calendário de visitas as pessoas tanto na cidade como no interior do Município, onde também tem serviços prestados.

Maracás: Oposição abre CPI na Câmara para investigar prefeito e gestor apoia decisão; ”Apurem”

/ Eleições 2020

Soya ”tranquilo” após abertura de CPI. Foto: Divulgação

A Câmara Municipal de Maracás aprovou nesta quinta-feira (29) a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito apontando irregularidades na gestão do prefeito Uilson Venâncio Gomes de Novaes (PDT), conhecido como Soya, que é candidato à reeleição.

A CPI foi proposta pelo ex-aliado e hoje opositor ferrenho do prefeito, o presidente da Casa, Heugênio Meira, eleito vereador em 2016 pelo mesmo partido de Soya. Em nota distribuída e encaminhada a sites da capital, o presidente aponta enriquecimento ilícito, formação de quadrilha e desvio de verbas federais do Fundo Nacional da Educação (FNE), Fundo Nacional da Saúde (FNS). A denúncia diz que quase R$ 200 mil teriam sido desviados de recursos federais encaminhados ao Município.

A nota diz também que houve irregularidades nos gastos com combustíveis e que o prefeito já foi alvo de denúncia no Ministério Público (IDEA 163.9.165719/2020), que investiga o caso através do Núcleo de Crimes Atribuídos a Prefeitos (CAP). Também foi feita denúncia na Polícia Federal. Contudo, os órgãos ainda não se manifestaram sobre as supostas irregularidades.

Soya “tranquilo” após abertura de CPI

O curioso é que, apesar do alarde feito pelos opositores de Soya, o gestor demonstra serenidade diante da situação. Em publicação nas suas redes sociais, Soya disse, nesta quinta, estar “absolutamente tranquilo” sobre sua inocência, após a Câmara abrir CPI e revela que pediu a base governista para assinar o documento que deve apurar as supostas irregularidades.

A gente precisa dar uma posição pra sociedade. Poderia agir politicamente e orientar a nossa bancada na Casa a não assinar abertura de CPI, mas quero que os vereadores assinem, apurem, para que eu possa encontrar a irregularidade apontada pela oposição e até hoje nunca comprovada. A minha vida é um livro aberto, a minha administração também e não tenho nada a temer. Recebo com espírito democrático essa notícia e me coloco a disposição para qualquer esclarecimento. Só espero que não transformem uma Casa de Leis em palco de politicagem barata, com manobra política disfarçada de transparência”, disse o prefeito.

Num vídeo publicado em suas páginas pessoais, Soya classifica o caso como ação de cunho político, afirmando ter ficado impressionado ”como a tal CPI surgiu faltando poucos dias para as eleições” e disse ainda que o presidente Heugênio estaria promovendo ”politicagem”.

Antônio Brito entra de corpo e alma na campanha de Dr. Fernando após apoio de Rui a Zé Cocá

/ Eleições 2020

Brito se engaja na campanha de Dr. Fernando. Foto: Divulgação

Em Jequié, o deputado federal Antônio Brito (PSD), que em 2018 conseguiu manter pela segunda vez consecutiva a condição de federal mais votado na Cidade Sol, com mais de 29 mil votos, entrou de corpo e alma na campanha do médico Dr. Fernando Vieira (PSD) para prefeito do município.

Brito, que já vinha percorrendo ruas, bairros e povoados ao lado do candidato resolveu arregaçar ainda mais as mangas após a visita do governador Rui Costa (PT), no último sábado (24) a Jequié, quando o chefe do Executivo baiano desfilou em carro aberto declarando apoio ao candidato do PP, Zé Cocá, que tem como companheira de chapa a enfermeira Poliana Leandro do PT.

Nos meios políticos, as últimas informações são de que a presença de Rui em evento de Cocá pode levar Brito a declarar ruptura política com o governador. Até agora, o deputado não se manifestou, publicamente, sobre o evento de sábado, mas não deve ter visto com bons olhos a participação do Correria na campanha do adversário.

Defensoria Pública do Estado interdição imediata da Carceragem da Polícia em Jequié

/ Jequié

A Defensoria Pública do Estado da Bahia (DPE-BA) deu entrada em uma ação junto ao Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), solicitando, em caráter de urgência, a interdição imediata da carceragem da Delegacia de Polícia de Jequié, sob a alegação de que os presos são mantidos em situação degradante.

Na ação foi apontado, ainda, que o Estado da Bahia vem sendo omisso com relação à responsabilidade de assegurar aos presos daquela carceragem os direitos básicos e fundamentais, entre os quais o direito à dignidade humana.

Antes de se buscar a judicialização do fato, o Comitê de Gestão de Crise da Defensoria buscou uma reunião com a Secretaria Estadual de Segurança Pública (SSP-BA) para tentar solucionar o problema por vias administrativas, mas não obteve sucesso.

”A demanda nos chegou da própria Delegacia de Polícia relatando uma série de problemas, que já haviam sido relatados tanto para o judiciário, como para o Ministério Público. Fizemos uma inspeção e identificamos inúmeras situações de descaso”, disse o defensor público Henrique Alves da Silva, autor da ação.

Cela
De acordo com os relatórios elaborados após inspeções realizadas no local, a carceragem não possui estrutura mínima para manutenção dos presos, existindo apenas uma cela, sem nenhuma divisão para que haja separação por gênero, bem como jovens em conflito com a lei. Aponta ainda que o espaço sequer possui acesso a um banheiro, tendo os presos que urinar e defecar em uma garrafa ”pet”.

Além disso, a cela é escura, sem iluminação natural ou artificial adequada, úmida, sem ventilação, e com a sensação de temperatura extremamente alta. Também não existe chuveiro e a latrina dentro da cela frequentemente fica sem água, gerando odor insuportável. A água que os presos bebem é do mesmo cano que utilizam para asseio e os presos não estão recebendo banho de sol em nenhum momento.

Ainda segundo relatório da Vigilância Sanitária, o espaço favorece também a ”proliferação de agentes patógenos [infecciosos] que podem ocasionar adoecimento pulmonar, reações alérgicas, doença de pele e doenças virais como o novo coronavírus, dentre outras enfermidades, bem como adoecimento mental em virtude da ambiência degradante”.

A ação apontou também que qualquer medida de saúde é impossível de ser respeitada no ambiente totalmente inabitável que é a carceragem em Jequié, onde um preso já foi encontrado morto e outro picado por um escorpião.

Situação antiga
A Defensoria ainda ressaltou que a situação insustentável do espaço já é de conhecimento notório dos órgãos públicos responsáveis, sem que nenhuma medida efetiva para sanar os problemas tenha sido tomada.

Em janeiro de 2018, a DEPOL informou ao juízo das execuções penais e corregedoria de presídios a ausência de condições para manutenção de presos no local. Já em ofício encaminhado pela Delegacia Territorial de Polícia de Jequié em março deste ano demonstra que os problemas da carceragem existem de longa data e há omissão estatal na resolução da questão.

Além da urgente interdição, justificada pela flagrante situação em andamento e com possibilidades de causar danos irreparáveis à vida das pessoas, a ação pede também que, no prazo de 180 dias, sejam realizadas obras especializadas para reforma e ampliação da carceragem.

Proprietário de bar é morto com tiros na cabeça após ter casa invadida no bairro Curral Novo, em Jequié

/ Jequié

Manoel Freitas de Souza foi morto a tiros. Foto: Rede social

Um homem foi assassinado na noite desta quarta-feira (28), em Jequié, dentro de sua própria residência.  Manoel Freitas de Souza era proprietário do Bar do Flamengo, localizado na região da Barragem da Pedra, no bairro Curral Novo e foi surpreendido por elementos que invadiram a sua residência por volta das 20h50, tendo sido atingido por disparos de arma de fogo na cabeça enquanto jantava.

Segundo informações do registro policial, a esposa da vítima estava na cozinha quando ouviu os estampidos. Os autores fugiram após o cometimento do crime. A Delegacia Territorial de Jequié informou que já abriu investigação sobre a autoria e motivação do homicídio.

Polícia Rodoviária Federal inicia a ”Operação Finados 2020” nas rodovias federais da Bahia

/ Trânsito

A Polícia Rodoviária Federal dará início à zero hora de sexta-feira (30) a Operação Finados 2020 nas estradas federais da Bahia. Com quatro dias de atividades a operação termina às 23h59 de segunda-feira (02) e a estratégia da PRF é oferecer reforço concentrado no policiamento preventivo em locais e horários de maior incidência de acidentes graves e de criminalidade.

O feriado prolongado é marcado pelo aumento do fluxo de veículos e usuários circulando pelas rodovias federais para os mais diversos destinos. Atento a esta situação, agentes federais reforçarão trechos estratégicos nas 23 BRs que cortam o estado, priorizando ações preventivas para redução da violência no trânsito.

Nesse período, a fiscalização e o policiamento orientado serão intensificados por meio de rondas ostensivas nas rodovias e do posicionamento estratégico das viaturas e policiais ao longo dos trechos mais movimentados e considerados pontos críticos, pelo alto índice de acidentes e pela elevada taxa de cometimento de infrações de trânsito. O objetivo é garantir aos usuários das rodovias federais segurança, conforto e fluidez do trânsito.

Durante o período da operação, a PRF intensificará as ações são direcionadas as fiscalizações para condutas que provocam índices elevados de morte nas rodovias, como ultrapassagens proibidas, à embriaguez ao volante, ao não uso do cinto de segurança e demais dispositivos de retenção obrigatórios, ao uso do celular ao volante.

Também estão entre os focos das equipes da PRF, fiscalizações específicas a veículos de carga. Em virtude do tamanho dos veículos e do peso relacionado às cargas transportadas por eles, os acidentes que envolvem veículos de carga geralmente têm maiores proporções e geram maior gravidade das lesões ou a morte dos envolvidos, o que faz com que haja uma maior preocupação com o estado de conservação destes veículos. Durante as abordagens serão verificados o correto funcionamento do sistema de freios, o estado de conservação dos pneus e demais equipamentos obrigatórios, as condições de amarração das cargas e o cumprimento do tempo de direção do motorista profissional pelos condutores.

Em relação aos veículos de duas rodas (motocicletas e similares) será dada atenção especial a itens de segurança como o uso obrigatório do capacete para todos os ocupantes; uso correto dos retrovisores; sistema de iluminação e equipamentos obrigatórios.

O enfrentamento à criminalidade será intensificado nesse período para evitar assaltos, porte ilegal de arma, contrabando, receptação de veículo roubado e tráfico de entorpecentes. A PRF conta com grupos especializados de combate ao crime para intensificar essas ações.

Fluxo de veículos

A previsão é que o fluxo dos veículos nas rodovias aumente nesses quatro dias de feriado prolongado. O pico de movimento na saída para o feriado deve se concentrar entre o fim da tarde e início da noite de sexta-feira (30) e na manhã de sábado (31). Já o retorno deve ter um fluxo maior de veículos durante a tarde e a noite de segunda (02).

Restrições de tráfego

A PRF também faz um alerta aos motoristas profissionais. A fim de promover a fluidez do trânsito em grandes feriados, quando há maior movimentação nas estradas, foi editada a Portaria nº 126 de 18 de dezembro de 2019, que define os tipos de veículos que sofrerão restrição de tráfego durante feriados nacionais e regionais no ano de 2020.

A restrição abrangerá apenas os trechos rodoviários de pista simples, com exceção dos trechos específicos estabelecidos no Anexo da Portaria e o descumprimento constitui infração de trânsito de natureza média (5 pontos) e multa de R$ 130,16, sendo que o motorista só poderá voltar a circular após o término do horário da restrição.

No feriado de finados, os dias e horários de restrição serão:

30/10/2020 (sexta-feira) – 16:00 às 22:00

31/10/2020 (sábado) – 06:00 às 12:00

02/11/2020 (segunda-feira) – 16:00 às 22:00

Nestes dias e horários estarão proibidos o trânsito de Combinações de Veículos de Cargas (CVC), portando Autorização Especial de Trânsito (AET), de Combinações de Transporte de Veículos (CTV) e Combinações de Transporte de Veículos e Cargas Paletizadas (CTVP), portando ou não a AET, bem como o trânsito dos demais veículos portadores de AET.

Rui Costa critica decreto sobre privatização das UBS: ”Presidente não entende nada de nada”

/ Política

Rui Costa critica decreto de Bolsonaro. Foto: Fernando Vivas

O governador Rui Costa (PT) criticou o decreto do governo federal que autorizava a realização de estudos para construção e administração de unidades básicas de saúde (UBS) pelo setor privado. Após a repercussão negativa, o presidente Jair Bolsonaro decidiu nesta quarta-feira (28) revogar a medida.

O petista questionou o decreto e disse que o governo federal não poderia interferir na gestão das UBS, de competência dos municípios. Para Rui, o Ministério da Saúde deveria fazer com as prefeituras um debate sobre novas formas de gerir as unidades.

”O que o governo federal poderia fazer era chamar as entidades de municípios, de prefeitos, para ver os formatos que poderiam, legalmente, mudar o marco legal brasileiro para tornar mais eficientes os serviços dos postos de saúde. Isso caberia o Ministério da Saúde coordenar. Quem tem que melhorar a eficiência dos postos de saúde é o Ministério da Saúde”, defendeu, em entrevista coletiva na manhã desta quinta (29).

Vale lembrar que a Bahia já possui unidades de saúde estaduais cuja operação é feita por meio de Parceria Público-Privada (PPP), aos moldes do que o governo federal alegou querer fazer com as UBS. Mas, no cenário baiano, esta forma de gestão se dá no Hospital do Subúrbio, em Salvador, e será empregada também no Hospital Metropolitano, em Lauro de Freitas, e não em unidades básicas de saúde.

”NÃO ENTENDE NADA DE NADA”

Rui ainda voltou a criticar Bolsonaro e disse que o Brasil elegeu um presidente que ”não entende nada de assunto nenhum”

”Parece aquele cabra que senta no bar, opina sobre tudo, mas não entende de nada. Tem uma opinião no primeiro gole, no segundo, já tem outra. Antes a gente contava piada de português, hoje contam piada sobre o Brasil lá fora”, lamentou.

”Ele sai chutando, causando um caos no país. Parece que ele quer que o Brasil fique discutindo bobagem, debatendo uma bobagem atrás da outra”, arrematou. Com informações do site Bahia Notícias

Presidente Jair Bolsonaro volta atrás e revoga decreto que explora a concessão de UBS

/ Brasília

Presidente Jair Bolsonaro revoga decreto. Foto: Anderson Riedel

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) revogou o decreto que colocava UBS (unidades básicas de saúde) no escopo de interesse do PPI (Programa de Parcerias de Investimentos) após repercussão negativa gerada pela edição da norma.

O anúncio da revogação foi feito por Bolsonaro em uma rede social. Ele publicou uma mensagem intitulada ”o SUS e sua falsa privatização”.

”Temos atualmente mais de 4.000 Unidades Básicas de Saúde (UBS) e 168 Unidades de Pronto Atendimento (UPA) inacabadas. Faltam recursos financeiros para conclusão das obras, aquisição de equipamentos e contratação de pessoal. O espírito do decreto 10.530, já revogado, visava o término dessas obras, bem como permitir aos usuários buscar a rede privada com despesas pagas pela União”, escreveu o presidente.

Publicado na terça-feira (27), o decreto colocava a atenção primária –porta de entrada do SUS– na mira do programa de concessões e privatizações do governo. Especialistas e entidades de saúde criticaram a medida e disseram temer a privatização da área, um pilar do sistema.

O decreto de terça era assinado por Bolsonaro e pelo ministro Paulo Guedes (Economia). Ele previa que fossem feitos estudos ”de parcerias com a iniciativa privada para a construção, a modernização e a operação de unidades básicas de saúde”. Não havia estimativa de quantas das 44 mil unidades poderiam ser incluídas nessas parcerias.

As reações ao decreto fizeram com que o Palácio do Planalto desencadeasse uma operação de redução de danos nesta quarta. A Secretaria-Geral da Presidência da República divulgou um texto para tentar contornar as críticas.

Na nota, o órgão afirmou que ”a medida não representa qualquer decisão prévia, pois os estudos técnicos podem oferecer opções variadas de tratamento da questão, que futuramente serão analisados pelo governo federal”.

Homem mata companheira, abandona corpo e voltou para se certificar de morte, diz polícia

/ Polícia

Um homem foi preso, nesta quarta-feira (28), suspeito de matar a companheira em Campo Formoso, cidade do norte da Bahia. A informação foi confirmada pela delegacia da cidade.

De acordo com o delegado Felipe Néri, a mulher, identificada como Maria Cícera Ferreira, foi morta na BA-220, na altura de Campo Formoso, no dia 4 de outubro, perto de um contorno que dá acesso a uma fábrica da cidade.

As informações apontam que o homem preso agrediu a vítima na cabeça, com quem mantinha um relacionamento, e abandonou o corpo na estrada. Depois, voltou ao local pra se certificar que ela estava morta.

Ele foi preso após mandado de prisão temporária por feminicídio e levado para a delegacia da cidade, onde está à disposição da Justiça. As informações são do G1

Covid-19: Anvisa diz que liberou importação de insumos para produção da CoronaVac

/ Saúde

A Agência Nacional de Vigilância informou que autorizou ontem (28) a importação em caráter excepcional da vacina CoronaVac, na forma de um produto intermediário, ou seja, não envasado, fabricada pela empresa chinesa Sinovac. O pedido foi feito pelo Instituto Butantan, ligado ao governo de São Paulo, que trabalha em parceria com a Sinovac.

A diretoria da agência permitiu, por unanimidade, a importação de 120 bolsas com 200 litros cada de ”formulado em granel de Vacina adsorvida Covid-19”, fabricadas pelo laboratório chinês Sinovac.

A matéria-prima será usada na fabricação da vacina, cujos testes estão em fase III. Ainda não há registro no Brasil do imunizante.

Jovem é socorrido ao hospital de Maracás com suspeita de ser atingido por um raio

/ Região

Homem estava embaixo de árvore quando passou mal. Foto: BMFrahm

Um jovem foi socorrido ao Hospital Municipal Álvaro Bezerra, em Maracás, com suspeita de ser atingido por um raio no início da noite desta quarta-feira (28), quando estava embaixo de uma árvore durante a chuva que caía na cidade.

A informação foi confirmada ao Blog Marcos Frahm, pela Secretaria Municipal de Saúde, depois de procurada pela redação.

Ainda segundo a informação, o rapaz foi socorrido inicialmente por populares, que acionaram uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, que o encaminhou ao Hospital, onde permanece em observação.

Contudo, a Secretaria revelou que ainda não há confirmação de que o mesmo foi vítima de um raio, mas que há suspeita de que ele tenha sido atingido, supostamente pela descarga elétrica de um raio e ficou agonizando. Desde terça-feira (27), Maracás registra fortes chuvas.

Reflexo da tempestade fica nas ruas de Jaguaquara; previsão é de mais chuva na cidade

/ Jaguaquara

Chuva forte deixou o reflexos em Jaguaquara. Foto: Blog Marcos Frahm

As vias públicas de Jaguaquara, inclusive do Centro da cidade, ficaram sujas, tomadas por lama após as fortes chuvas registrada na terça-feira (27) e na quarta-feira (28).

A cidade tem topografia de áreas altas e baixas. O Centro comercial é considerado a parte mais baixa e recebe grande volume de água quando ocorre chuva forte em Jaguaquara. A Rua Gomes e a Praça Guilherme Silva, por exemplo, são as áreas mais afetadas.

Apesar de a Prefeitura ter iniciado ação relâmpago de limpeza com retirada de entulho, lama e desentupimento de canal, em muitas regiões, a sujeira ainda é perceptível, reflexo da tempestade. Nos bairros populares, a situação é ainda mais complicada, pois os problemas se avolumaram.

Não há informações sobre desabamento de casas. Para esta quinta-feira, a previsão é de tempo nublado com chuva a qualquer hora. O tempo chuvoso é registrado em outros municípios do Vale do Jiquiriçá.

Semana Municipal de Trânsito promove blitz educativa na área central da cidade de Jequié

/ Jequié

Blitz educativa ocorre na Rua da Itália. Foto: Divulgação

A Prefeitura de Jequié, através da Superintendência Municipal de Trânsito, a SUMTRAN, deu início, na terça-feira (27), às 8h, a Semana Municipal de Trânsito, conforme Lei Municipal nº 1.972/2015. O evento, que este ano foi feito sem aglomeração e em acordo com todos os protocolos de enfrentamento da pandemia da Covid-19, acontece até esta quinta-feira (29), na Rua da Itália, Centro. Estiveram presentes o superintendente municipal da SUMTRAN, Major Orlando Nonato dos Anjos; o diretor de tráfego, Sinval Guimarães Silva; e agentes municipais de trânsito.

A partir do tema ”Tire suas dúvidas – Multa Passo a Passo”, os agentes de trânsito, devidamente equipados com máscara de proteção contra o novo Coronavírus, promovem uma ”blitz educativa”.

Foi feita a abordagem dos condutores e pedestres, de forma individual, respeitando as orientações de saúde, com o objetivo de conscientizar os cidadãos a respeito do cumprimento das leis de trânsito e, ainda, a atitudes corretas para um trânsito mais seguro, como realizar a manutenção preventiva, respeitar as sinalizações, verificar os documentos, combustível, dirigir com atenção, uso do capacete inclusive do carona, entre outros.

Estado da Bahia registra 1.990 novos casos nas últimas 24 horas, diz boletim da Sesab

/ Bahia

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 1.990 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,6%) e 1.714 recuperados (+0,5%). Dos 349.711 casos confirmados desde o início da pandemia, 334.760 já são considerados recuperados e 7.405 encontram-se ativos. A base de dados completa dos casos suspeitos, descartados, confirmados e óbitos relacionados ao coronavírus está disponível em https://bi.saude.ba.gov.br/transparencia/.

Para fins estatísticos, a vigilância epidemiológica estadual considera um paciente recuperado após 14 dias do início dos sintomas da Covid-19. Já os casos ativos são resultado do seguinte cálculo: número de casos totais, menos os óbitos, menos os recuperados. Os cálculos são realizados de modo automático.

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (26,26%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (8.424,76), Almadina (6.570,28), Itabuna (6.504,46) Madre de Deus (6.452,38), Apuarema (6.098,23).

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 713.055 casos descartados e 84.321 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quarta-feira (28).

Na Bahia, 28.760 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Óbitos

O boletim epidemiológico de hoje contabiliza 27 óbitos que ocorreram em diversas datas, conforme tabela abaixo. A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 7.546, representando uma letalidade de 2,16%. Dentre os óbitos, 56,00% ocorreram no sexo masculino e 44,00% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,29% corresponderam a parda, seguidos por branca com 17,74%, preta com 15,11%, amarela com 0,76%, indígena com 0,11% e não há informação em 11,99% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 71,95%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (74,78%).