Atriz é processada no Egito por usar vestido ”transparente” que mostrava suas pernas

/ Justiça

 Rania Youssef é acusada de incitar imoralidade. Foto: Reprodução

A atriz egípcia Rania Youssef comparecerá em janeiro diante da Justiça por usar um vestido que tinha uma parte transparente na cerimônia de encerramento do festival internacional de cinema do Cairo, anunciou uma fonte judicial neste sábado (1). Na quinta-feira (29), a atriz desfilou pelo tapete vermelho com um vestido transparente na parte de baixo, que deixava suas pernas à mostra. O advogado egípcio Amru Abdesalam apresentou uma ação em um tribunal do Cairo, acusando a atriz ”de incitar a libertinagem”, crime punível com até cinco anos de prisão, segundo o responsável judicial. A questão será analisada em 12 de janeiro, segundo a mesma fonte, que pediu anonimato. Outro advogado, Samir Sabri, conhecido por apresentar ações contra várias celebridades, fez a demanda ante o promotor-geral mencionando as mesmas acusações contra a atriz.”A forma de se apresentar de Rania Youssef é contrária às tradições, aos valores da sociedade e seus costumes, e isso afetou o festival e a imagem da mulher egípcia”, declarou Sabri à AFP. O sindicato de artistas egípcios denunciou em comunicado, sem citar nomes, que ”a aparência de alguns convidados ao festival não é segundo as tradições da sociedade”. Após o escândalo gerado nas redes, a atriz se desculpou em público. ”Talvez não tenha pensado bem ao usar esse vestido”, escreveu em sua conta no Twitter. ”Não achei que desencadearia tanta raiva”.

Além de Zé Rafael, Léo também se despede do Bahia: ”Saio daqui com coração apertado”

/ Esporte

Léo se despediu do Bahia contra o Cruzeiro (Betto Jr./Correio

O empate em 0x0 contra o Cruzeiro, além de ser o último compromisso do Bahia na temporada, foi marcado pela despedida de Zé Rafael, já anunciado como reforço do Palmeiras para 2019. No entanto, o lateral-esquerdo Léo Pelé também admitiu deixar o tricolor após a partida deste domingo (2), em Pituaçu. Ele deve ser oficializado em breve como nova contratação do São Paulo. Em tom de despedida, ele agradeceu o carinho dos torcedores. ”Muito difícil de eu ficar. A torcida me abraçou de um jeito que só tenho que agradecer. Cheguei com um concorrente forte que era o Mena, tive que ser forte e brigar muito. Saio daqui com coração apertado, mas feliz por ter dado o meu melhor em campo”, afirmou Léo. O camisa 10 também falou no final do jogo, após ter recebido uma placa pelos 128 jogos no clube das mãos do ex-jogador tricolor, Anderson Talisca, antes da bola rolar. ”Um ano marcante por tudo que a gente conquistou, pelo que a gente se tornou como grupo. Difícil esse momento de saída, mas faz parte do ciclo do futebol. Feliz por ter ajudado meus companheiros. Em nenhum momento deixei de lutar e buscar coisas grandes. Tenho certeza que o Bahia vai buscar coisas grandes e vou ficar torcendo de longe”. Um dos que permanecem para a próxima temporada e teve até o contrato prorrogado até o final de 2020, o atacante Edigar Junio, que está no clube desde 2016, comemorou mais um feito com a camisa tricolor, já que fez parte do time que alcançou a melhor posição do Bahia na era dos pontos corridos, o 11º lugar. ”Graças a Deus, a gente conseguiu terminar o ano com dignidade. Terminamos em uma posição histórica, a cada ano vamos fazendo história. Terminamos agora, próximo ano temos muita coisa para conquistar”, disse o camisa 11.

”Nossa fórmula não tem cargos”, diz Onyx sobre relação do governo Bolsonaro com partidos

/ Entrevista

Futuro ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni. Foto: Jornal do Sul

O futuro ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, disse que nas conversas que ele e o presidente eleito, Jair Bolsonaro, terão com as bancadas nesta semana, o governo eleito mostrará que ”stá se criando uma nova fórmula de relacionamento”, ”sem distribuição de cargos”. A informação é do blog da Andréia Sadi. ”Nas conversas, juntamente com o presidente, vamos mostrar e apresentar como vai ser daqui para frente – diferentemente do que aconteceu nas últimas três décadas, o toma lá, dá cá. Estamos criando uma nova forma de relacionamento, inventando uma fórmula, que não tem cargos”, afirmou. Bolsonaro receberá MDB, PRB, PR e PSDB para começar negociações com partidos. Até então, a prioridade do presidente eleito era negociar com bancadas temáticas no Congresso. Segundo Onyx, ele será o responsável pela articulação política do governo. O futuro ministro da Casa Civil disse que esta ”nova fórmula” passará pelo atendimento por bancadas e estados, apesar de registrar que vão “respeitar” líderes partidários. ”Vamos dialogar com todos”, disse. Perguntado pelo blog como o governo pretende negociar de forma diferente com partidos que têm práticas fisiológicas, como PR e MDB, ele respondeu: ”Foi esta prática que trouxe o Brasil para o momento que ele está hoje. Não vai ter cargos, estamos conversando com as bancadas. Os líderes gostaram. Vamos cuidar dos parlamentares, eles serão respeitados”. Uma das estratégias do novo governo será prestigiar parlamentares em obras nos seus estados, em suas bases eleitorais. ”Terão atendimento criterioso nos programas do governo federal, a construção da parceria se dará previamente, a cada circunstância. Parlamentares serão convidados a serem padrinhos de projetos estruturantes, por exemplo, de estradas nos seus estados”, declarou.

Rui reclama de ACM Neto por embargo em obra de policlínica: ”se não puder ajudar, não atrapalhe”

/ Entrevista

Rui Costa manda recado para ACM. Foto: Mateus Pereira

O governador Rui Costa (PT) reclamou da administração da Prefeitura de Salvador, de ACM Neto (DEM), a respeito da continuidade da obra Avenida Gal Costa, que foi embargada pela gestão municipal. Em entrevista a Mário Kertész hoje (3), durante o Jornal da Bahia No Ar da Rádio Metrópole, o gestor disse que o município tem atrasado parte das intervenções do Governo do Estado. ”Estou tentando há sete meses tentando entregar a policlínica de Escada, as outras do interior eu já estou finalizando. Em Salvador eu nem conseguir começar. Bato palmas para os prefeitos que liberam os alvarás e possibilitam a construção. Aqui em Salvador, foi embargada a obra da Gal Costa, prejudicando o povo do subúrbio”, declarou, segundo o site Metro1. ”Há um aterro que recebeu um material de lá. A Prefeitura cassou o alvará desse aterro e embargou a obra para paralisar uma obra importante para o povo do Subúrbio. O que espero é que, se não puder me ajudar, não atrapalhe. Quero o povo do Subúrbio chegue em 5 min ao Lobato e à BR-324. Se o município não me atrapalhar, em 60 dias a gente entrega a obra”, disse Rui.

Governador Rui Costa culpa gestões anteriores por déficit de R$ 4 bilhões na Previdência da Bahia

/ Entrevista

Rui concede entrevista a Mário Kertész. Foto: Mateus Pereira

O governador reeleito Rui Costa (PT) culpou gestões anteriores a de Jaques Wagner (PT) pelo déficit de R$ 4,08 bilhões na Previdência, e que pode chegar a R$ 8 bilhões em 2022, segundo a Secretaria da Fazenda. De acordo com ele, os chefes do Executivo, que administraram a Bahia antes do PT, não deixaram recursos no caixa. ”[Antes de Wagner], governadores usavam o dinheiro para fazer serviços públicos e não guardou. Quando Wagner entrou tinha zero no caixa da Previdência. Portanto, todo dinheiro vem do desconto mensal de [quem está] na ativa. O estado tira da receita corrente para pagar o déficit”, declarou o petista, em entrevista ao radialista Mário Kertész, na rádio Metrópole. O governador, ainda, indagou para onde foi o recurso da privatização da Coelba. ”Não foi parar na Previdência”, frisou. Rui Costa ressaltou que o ex-governador da Bahia, Antônio Carlos Magalhães (que era do PFL), fez um concurso na década de 1990 e não nomeou todos os aprovados. O resultado, segundo ele, é que os concursados ingressaram na Justiça e”vão se aposentar sem nunca ter trabalhado”. ”Sabe quanto é essa conta? R$ 260 milhões”, criticou. O governador afirmou que o aumento na contribuição dos servidores à Previdência deve começar a valer a partir de março de 2019, caso a Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) aprove a matéria ainda este ano. A alíquota terá um reajuste de 12% para 14%. ”A expectativa é a aprovação das emendas esse ano. A elevação da contribuição é 90 dias depois da aprovação. Só entraria em vigor no final de março de 2019. Isso é importante. É como remédio amargo para o filho”, salientou. Com informações do Bahia Notícias

Jaguaquara: Jovem pega carro de cliente em lava jato, vai com amigos para a BR-16, bate e um morre

/ Jaguaquara

Automóvel bateu com carreta na BR-116. Foto: Blog Marcos Frahm

Um jovem é suspeito de pegar o carro de um cliente de um lava jato e provocar um acidente com vítima fatal na BR-116, em Jaguaquara. Segundo informações, o jovem, de identidade ainda não revelada, pegou o carro Fiat Pálio de placa FAJ-2934, de propriedade de um comerciante da cidade e seguiu, no sábado (1º), na companhia de dois amigos, para a Rodovia BR-116, tentando uma ultrapassagem no trecho do povoado do Tatu, próximo ao Entroncamento de Jaguaquara, colidindo com uma carreta que seguia no sentido contrário da pista. Com o impacto da batida, um dos ocupantes do carro, o carona Adilson dos Anjos Almeida, que completaria 35 anos no próximo dia (12) de dezembro foi a óbito no local do acidente. O condutor e o outro colega que estava no carro foram socorridos com ferimentos ao hospital, segundo a Polícia Rodoviária Federal. Ainda conforme a polícia, os mesmos não faziam uso do cinto de segurança. Todos são moradores do bairro Casca, em Jaguaquara. O corpo de Adilson foi sepultado neste domingo. O comerciante, que teria comprado o veículo recentemente, Valdemar de Almeida Borges, é quem revela a versão de que o carro foi deixado num lava jato, pelo dono anterior, e que o jovem atuava no local e diz que vai cobrar apuração por parte da polícia judiciária. Há também a informação de que o Fiat não foi deixado no posto, e sim em frente ao estabelecimento, com um suspeito que dizia ser funcionário.

Mototaxista baleado segue internado; presidiário mandante do crime é transferido, diz polícia

/ Jaguaquara

Erisvaldo foi baleado e o mandate seria Ademilton Mercês, diz polícia

A tentativa de homicídio sofrida na sexta-feira (30) pelo mototaxista Erisvaldo dos Santos Fontes, de 25 anos, cujo crime foi registrado na Rodovia BA-250 pode estar relacionada ao envolvimento da vítima com líderes do tráfico de entorpecente na região, conforme informações policiais. Erisvaldo foi interceptado por dois criminosos a bordo de um carro preto, por volta das 12h30, quando retornava de Itiruçu para Jaguaquara, onde atuava como mototaxista e teria sido obrigado pelo carona do carro a entregar a sua moto, que foi levada pelos autores após a vítima receber disparos de arma de fogo. Erisvaldo foi encontrado agonizando por populares, na margem da estrada, próximo ao distrito Stela Dubois e socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência ao Hospital Geral Prado Valadares – HGPV, em Jequié, onde segue internado em estado grave. Ele foi atingido no crânio durante o cometimento do crime. Em nota, o Comando do 19º Batalhão de Polícia Militar de Jequié, informou que, um detendo do Conjunto Penal de Jequié, também oriundo de Jaguaquara, Ademilton Mercês Alves, Mirtão, que cumpre pena por tráfico, foi transferido na sexta para o Presídio de Serrinha/BA para estabilizar a região, já que o detendo tem ligação com uma facção criminosa e estaria determinando crimes em Jaguaquara, inclusive, sendo o mandante do crime contra Erisvaldo. Ainda conforme informações da PM repassadas pelo Comandante, o Tenente Coronel Itamar Gondim Bandeira, um dos coordenadores das ações criminosas determinadas por Mirtão, Neguinho, teria sido preso pela 3º Cia da PM, em outubro, por homicídio – o que gerou a ordem da tentativa contra Erisvaldo, uma vez que o mesmo, conforme a polícia, seria testemunha do assassinato praticado.

Jequié: Funcionário de açougue é rendido a caminho do banco e criminosos levam R$ 200 mil

/ Jequié

Uma empresa de comercialização de carne em Jequié sofreu um prejuízo de R$ 200 mil, após assalto contra um funcionário. Segundo o Blog Júnior Mascote, um funcionário da empresa PLS foi rendido por volta das 11h, de sexta-feira (30), quando o rapaz se dirigia a uma agência bancária para fazer depósito de cerca de R$ 200.000,00. Os criminosos, dois indivíduos a bordo de uma motocicleta Yamaha YBR, de cor preta, interceptaram a vítima que transitava numa moto cinquentinha. Além do dinheiro, os criminosos levaram a moto e um celular. A PM foi acionada e orientou o homem a registrar queixa na Delegacia Territorial de Jequié.A dupla desapareceu.

Jequié: Justiça condena mulher, a 29 anos de cadeia, e outros réus, pelo assassinato de Dona Nil

/ Jequié

Grupo teria premeditado morte de idosa. Foto: Site Jequié e Região

O crime não compensa. Pelo brutal e covarde assassinado de Ivonice Marques Maia, conhecida carinhosamente por Dona Nil, ocorrido em 21 de junho de 2017, no Alto da Colina, no bairro Jequiezinho, em Jequié, para onde a vítima fora atraída para uma emboscada, a justiça sentenciou, na terça-feira (27), Cristiane Mota Alves a pena definitiva de 29 anos de reclusão, em regime, inicialmente fechado, e 90 dias-multa, cada um no equivalente a 1/30 avos do salário mínimo vigente ao tempo do fato delituoso. Ela foi apontada como mandante do crime para se livrar de uma dívida com a vítima, que a considerava como uma grande amiga. Para o réu Tales Souza Santos, sua pena definitiva é de 24 anos e quatro meses de reclusão, em regime, inicialmente fechado, e 90 dias-multa, no mesmo valor antes fixado. Para o réu Mateus Santos Silva, sua pena definitiva é de 17 anos e seis meses de reclusão, em regime, inicialmente, fechado e 62 dias-multa, mantido o valor acima estabelecido. O Blog jequieeregiao.com.br teve acesso à sentença em primeira mão e com exclusividade. Foi negado aos acusados, o direito de recorrerem em liberdade, por tratar-se de réus presos cautelarmente e que permaneceram recolhidos durante o curso do processo, mantendo a prisão preventiva que foi imposta em seu desfavor. Para a justiça, os referidos acusados demonstram periculosidade, revestindo-se o crime de latrocínio, de grande violência, causando indignação na opinião pública, diz a sentença.

AGRAVANTES
Agravantes fizeram aumentar a pena. Artigos do Código Penal estabelecem como agravantes nas seguintes circunstâncias: crime cometido à traição, de emboscada, ou mediante dissimulação, ou outro recurso que dificultou ou tornou impossível a defesa do ofendido; contra criança, maior de 60 (sessenta) anos, enfermo ou mulher grávida; Corromper ou facilitar a corrupção de menor de 18 (dezoito) anos, com ele praticando infração penal ou induzindo-o a praticá-la; Quando o agente, mediante mais de uma ação ou omissão, pratica dois ou mais crimes, idênticos ou não.

AINDA A SENTENÇA
Em Alegações Finais, o representante do Ministério Público, após analisar o conjunto probatório, entendeu estar devidamente comprovada a materialidade delitiva, através do Auto de Exibição e Apreensão e do Laudo de Exame de Necrópsia, destacando pontos que entendeu como condutores à elucidação da trama delituosa. Os acusados foram devidamente identificados logo após o ocorrido. Uma menor afirmou tanto na sede policial quanto em juízo, que a ré, Cristiane, sua prima, e com quem mora há três anos, mandou que ela arrumasse pessoas para matar uma senhora idosa (Dona Nil), em razão de ela estar lhe cobrando uns cheques, dizendo, ainda, que ela trazia consigo, anéis de ouro e que poderia ter dinheiro, havendo a menor falado com o acusado Tales, o qual lhe disse que havia conseguido colegas para praticar o crime; no caso Mateus e outro, menor. Ainda de acordo com a sentença, concluiu o MP dizendo que, de acordo com as provas colhidas em sede policial, não há dúvida de que a acusada, Cristiane, foi a autora intelectual do crime, ao elaborar o plano criminosos, contratar os executores, utilizando-se de sua prima, a menor, e prestar auxílio material aos autores imediatos, quando da execução do delito, transportando-os até o local onde o crime seria executado, bem como a vítima, onde seria simulado um assalto, com vistas a ceifar a vida de Dona Nil e subtrair seus pertences.

Cristiane Mota Alves foi condenada a 29 anos de reclusão

Quanto ao réu Tales, co-autor, confessou o crime e disse haver sido contactado pela menor, a mando de Cristiane, para simular um assalto que tinha como real intenção roubar a vítima e executá-la em seguida para satisfazer o desejo da ré Cristiane. Afirmou ter esfaqueado a vítima, sem lhe dar qualquer chance de defesa, junto a um menor, cooptado pelo mesmo e de aquiescência da mandante para a perfeita execução do plano, além de ter chamado o réu Mateus para participar do crime. A ré Cristiane Mota Alves admitiu a sua participação no crime em sede policial, mas, em Juízo, negou ter participado da trama criminosa atribuindo à menor, a responsabilidade pela prática do delito, estando sua negativa completamente dissociada das provas dos autos.

RESUMO
O Blog jequieeregiao.com.br publica ainda o resumo da sentença: Em suma, destaca, restou plenamente comprovado, na Instrução Processual, que os réus, Tales, Mateus, juntamente com um menor, foram os executores do crime que vitimou Ivonice Marques Maia, os quais foram contratados pela ré Cristiane, através de sua sobrinha, uma menor, para matar a vítima e subtrair os seus pertences, o que veio a se concretizar, havendo Tales e o menor ceifado a vida de Dona Nil, com golpes de faca, os quais foram a causa de sua morte.

A VÍTIMA
Ivonice Marques Maia, ‘Dona Nil’, era uma cidadã jequieense, aposentada, moradora no bairro São Judas Tadeu, de fino trato, coração bondoso, alegre, feliz, que se relacionava bem com todos seus vizinhos, parentes, conhecidos e com qualquer outra pessoa com quem se relacionava. Por ser muito conhecida na cidade, assim que ocorreu o ataque injusto à sua pessoa, a população fez questão de demonstrar todo sua indignação e passou a clamar por justiça, pois crime como este não poderia passar impune. A sentença foi assinada pelo Juiz de Direito Carlos Alberto Fiúsa de Castro Filho.

Famílias, amigos, vizinhos e outras pessoas que acompanharam o caso, assim que tomaram conhecimento do resultado da sentença, utilizam redes sociais para registrarem certo alívio com a decisão da justiça. “Graças a Deus, a justiça foi feita”, disse uma familiar. Muitos tem aproveitado para lamentar não existir prisão perpétua ou pena de morte no Brasil para crimes com requintes de crueldade.

Saúde: Mais de 200 profissionais serão selecionados para atuar em policlínicas do do Estado

/ Emprego

Cerca de 220 profissionais serão selecionados para trabalhar em quatro novas policlínicas de Saúde, com salários que podem chegar a R$10 mil. A representante da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (SESAB), Joana Molesine, afirmou que, em breve, o edital será lançado e a seleção vai contratar médicos (diversas especialidades), enfermeiros, técnicos de enfermagem, nutricionista, farmacêutico, ouvidor, psicólogo, assessor técnico, assistente administrativo e técnico em radiologia. Essas unidades têm previsão de inauguração no primeiro semestre de 2019. Para a realização da seleção que visa a contratação dos profissionais, os presidentes dos consórcios de saúde das regiões de Vitória da Conquista, Juazeiro, Jacobina e Paulo Afonso assinaram contrato com a Fundação de Apoio à Educação e Desenvolvimento Tecnológico (CEFET). As policlínicas são iniciativas do governo do Estado, executadas pela SESAB, que visam suprir a lacuna que existe entre a atenção básica e a média complexidade. Neste modelo de financiamento, o Estado investe na construção e aquisição de equipamentos e micro-ônibus, além de custear 40% da manutenção. Aos municípios consorciados cabe o rateio dos 60% restantes da manutenção da policlínica. São oferecidas consultas em até 18 especialidades diferentes, além de exames como ressonância magnética, tomografia computadorizada, ultrassonografia, ecocardiografia, eletroencefalograma, endoscopia e colonoscopia. Para o deslocamento dos pacientes, são disponibilizados micro-ônibus com ar-condicionado que buscam os moradores nos seus municípios e os levam até as policlínicas. Após as consultas, eles são levados de volta para suas residências.

Automóvel capota e deixa cinco pessoas feridas na BR-330, entre Ipiaú e Barra do Rocha

/ Trânsito

Automóvel Fiat Uno capotou na rodovia. Foto: Giro em Ipiaú
Uma ultrapassagem mal sucedida pode ter sido a causa de um acidente registrado na sexta-feira (30), na BR-330, trecho entre Ipiaú e Barra do Rocha, próximo a entrada da Região da Água Branquinha. Cinco pessoas, quatro mulheres e o motorista, ocupantes do automóvel modelo Uno ficaram feridas. O carro em que eles viajavam capotou na rodovia após uma colisão com um veículo modelo Fiat 500, de cor amarela. Os dois veículos seguiam sentido Ipiaú. O condutor do Fiat 500 não ficou ferido. As mulheres que viajavam no Uno foram socorridas por populares até o Hospital Geral de Ipiaú. Segundo o site Giro em Ipiaú, os feridos sofreram escoriações e reclamavam de dores. Já o motorista foi atendido pelo Samu. As vítimas são moradoras de Gongogi e viajavam com destino à Ipiaú para realização de exames médicos, segundo informou o motorista do Uno.

Barco vira no Rio São Francisco, em Xique-Xique, e deixa quatro pessoas desaparecidas

/ Bahia

Barco vira e pessoas desaparecem em rio. Foto: Central Notícia

Um barco virou no Rio São Francisco, em Xique-Xique, no norte da Bahia, e deixou, ao menos, quatro desaparecidos, na tarde de domingo (2). As informações são da Polícia Civil. Segundo testemunhas informaram à polícia, o barco tinha seis homens e virou após um vento forte. Duas das pessoas que estavam na embarcação conseguiram nadar até a beira do rio e uma delas pediu ajuda de policiais militares. Ainda segundo testemunhas, os ocupantes do barco eram pescadores. Moradores de Xique-Xique estão reunidos em busca dos desaparecidos. Não há detalhes se o Corpo de Bombeiros foi acionado para fazer as buscas das vítimas.

Em jogo único e muito disputado, Jequié perde disputa pela final do Baiano Feminino para o Vitória

/ Esporte

Jequié esbarra na forte equipe do Vitória. Foto: Emanuel Jr/Jequié

Jequié (ADJ) e Vitória fizeram um jogo bastante disputado, mas com poucas oportunidades criadas, em Salvador, na tarde de sábado (1º), pela semifinal do Campeonato Baiano Feminino de Futebol 2018. O time da capital acabou lavando a melhor, ao vencer por 1×0, gol da atacante Verena. Como vaga para a final é decidida em partida única, o resultado deixa o Jequié fora da disputa do título. Quem viu o jogo observou que não faltou luta e entrega, especialmente do Jequié que buscou o empate até o fim. ”Sonhamos com o título e temos time para ser campeão, mas ainda não foi desta vez”, disse o treinador Tinho, ao comentar o resultado que foi extremamente normal, com o Jequié perdendo dentro das circunstâncias de jogo. Segundo ele, a ADJ conclui sua participação no Baiano 2018 feliz com o madurecimento da equipe de um ano para outro e, sobretudo, com o sentimento de dever cumprido por contribuir para o desenvolvimento do futebol feminino. ”Já somos uma referência no interior da Bahia e vamos aperfeiçoar o nosso projeto porque desejamos disputar outras competições, como o Brasileiro”, comentou.