Governo Bolsonaro bloqueia R$ 13,7 milhões do orçamento da Universidade Federal da Bahia (Ufba)

/ Educação

A Universidade Federal da Bahia (Ufba) confirmou, nesta terça-feira (29), que teve R$ 13,7 milhões bloqueados em recursos da Lei Orçamentária Anual (LOA) 2022. O bloqueio, segundo a instituição, agrava as consequências do corte orçamentário de R$ 12,8 milhões subtraídos em junho deste ano.

A Ufba ainda teme que, caso o bloqueio venha a se tornar um novo corte. ”Se o atual bloqueio se efetivar em corte – o que parece provável, haja vista a proximidade do prazo limite para utilização dos recursos – , a UFBA terá perdido cerca de 14,3% de recursos da fonte Tesouro a que teria direito, pela LOA, em 2022”, diz a nota.

O bloqueio afeta diretamente os valores destinados ao funcionamento físico da instituição (água, energia elétrica, segurança, limpeza), à assistência estudantil, à pesquisa e à pós-graduação e à manutenção predial. Também atinge os recursos de capital destinados aos investimentos em obras, combate a incêndio e tecnologia de informação.

A Ufba lamentou ”mais um absurdo ataque às universidades federais” realizado a pouco mais de um mês do encerramento do mandato atual do governo federal. Diante disso, a instituiçãodisse esperar melhorias nas situações das universidades em 2023. ”A Universidade Federal da Bahia reafirma: não irá parar de lutar para manter-se em funcionamento”, crava o comunicado

 

Os comentários estão fechados.