Zé Ronaldo nega traição a ACM Neto ao tentar ”pongar” em popularidade de Bolsonaro

/ Eleições 2018

Zé diz que apoio Bolsonaro para derrotar o PT. Foto: Divulgação

O candidato ao governo da Bahia, Zé Ronaldo (DEM), negou que tenha sido desleal com o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), ao anunciar voto em Jair Bolsonaro (PSL). Neto, que é presidente nacional do DEM, apoia Geraldo Alckmin (PSDB) para Presidência da República. Segundo o site Bahia Notícias, em entrevista nesta quinta, logo após o debate com candidatos ao governo feito pela TV Aratu, ele defendeu sua posição e disse que optou por Bolsonaro porque aposta que é quem tem mais chances de derrotar o PT.  ”Eu sou um cidadão que defende o candidato para derrotar o PT. E o melhor candidato, neste momento, é ele. O que estou vendo nas ruas são manifestações de desejo de que Bolsonaro seja essa pessoa [para derrotar o PT]”, argumentou. ”Fui extremamente fiel aos partidos políticos nessa eleição. Agi com extremo rigor, lealdade a todos os candidatos a deputado e senador”, alegou. O ex-prefeito de Feira preferiu não responder diretamente aos ataques do presidente estadual do PSDB, João Gualberto, que o chamou de ”oportunista”, mas defendeu ter legitimidade, enquanto candidato, para tomar posição.  ”Esse é um momento muito diferente. Ele [Gualberto] não é mais candidato, ele desistiu dessa candidatura. O candidato neste momento sou eu”, disse.

Os comentários estão fechados.