Rui defende que a Bahia continuou obras mesmo com presidente ”que não gosta” do Nordeste

/ Política

Rui quer priorizar os modais com energia limpa. Foto: Divulgação

O candidato à reeleição, governador Rui Costa, defendeu, em nota à imprensa, que a Bahia conseguiu manter as obras em execução, ainda com um presidente que supostamente ”não gosta do Nordeste’. Ele fez a avaliação ao comentar um levantamento do G1 que revelou que, em todo o país, 335 obras estão paradas, atrasadas ou que sequer foram iniciadas. ”Mesmo com toda a crise, muita dificuldade nos últimos anos, o governo federal remando contra, um presidente que não gosta do Nordeste, a Bahia não parou obras e seguiu mantendo os compromissos em dia, fruto da agenda com ênfase no equilíbrio fiscal, controle do gasto público, combate à sonegação fiscal e incremento da arrecadação própria”, disse o petista. Nos últimos quatro anos, a Bahia ampliou a extensão do metrô de Salvador e, junto com ele, inaugurou novas vias, viadutos e passarelas, novos anéis viários em cidades do interior. Infraestrutura e logística para alavancar investimentos seriam um compromisso prioritário para Rui. ”Vamos garantir a mobilidade sustentável, priorizar os modais com energia limpa, reduzindo o tempo de deslocamento das pessoas e criando novas rotas de acessibilidade nas cidades”, afirmou o candidato à reeleição.

Os comentários estão fechados.