Jequié: Prefeitura estima redução mensal de R$ 3 milhões a partir de auditoria na folha de pessoal

/ Jequié

Prefeito Sérgio Suzarte explanou sobre a auditoria. Foto: Secom

A prefeitura de Jequié realizou sessão pública na noite desta terça-feira (30), no auditório da Associação Comercial e Industrial de Jequié-ACIJ, para explanação  do diretor da empresa Deloite Brasil Consultoria, Maurício Sacramento, acerca de auditoria na folha de pessoal ativo e inativo do município, iniciada em Maio de 2017, de acordo cronograma estabelecido no edital de licitação. O prefeito Sérgio da Gameleira, abriu a sessão afirmando que a auditoria cumpre o estabelecido em Termo de Ajustamento de Conduta-TAC, firmado com o Ministério Público Estadual-MPE, com o propósito de corrigir inconsistências. Após tecer alguns comentários sobre a experiência da empresa na área, com a realização de auditorias em vários países, em estados e municípios brasileiros, Sacramento afirmou que a prefeitura de Jequié sai na frente de outros municípios de igual porte que ainda não adotou esse tipo de procedimento. Segundo o diretor da Deloite, um longo período ainda terá ser percorrido após a identificação de inconsistências históricas na folha de pessoal e a execução dos procedimentos necessários de correção. A folha mensal com pessoal da prefeitura gira em torno de R$ 13 milhões e a redução potencial, a partir desse trabalho será de aproximadamente R$ 3 milhões. ”Foi analisado caso a caso, devendo ser desenvolvidas ações confidencias, para que não haja a exposição pública de nenhum servidor”, disse.  Antecipou Sacramento que foram identificadas situações de inconsistências, citando como exemplos acúmulo indevido de cargos, horas extras sem amparo legal e, até mesmo servidores que residem fora do município. ”Faremos tudo com base na legislação, procuraremos não cometer injustiças e, principalmente, não retirar direitos adquiridos de maneira legal pelos nossos servidores”, reafirmou o prefeito Sérgio da Gameleira. Vereadores, secretários municipais, dirigentes de entidades representativas dos  servidores e grande número de funcionários participou da sessão.

Os comentários estão fechados.