Policiais Rodoviários Federais na Bahia concluem estágio presencial da pós-graduação Lato Sensu em cinotecnia policial

/ Trânsito

Cinotecnia é o conjunto de conhecimentos e técnicas. Foto: PRF

Os Policiais Rodoviários Federais do Grupo de Operações com Cães (GOC) da Bahia, Mato Grosso e Rafael Freire, encerraram recentemente o estágio presencial da pós-graduação lato sensu em cinotecnia policial, faltando submeter  para análise o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) e posterior encerramento do curso. Tendo como objetivo geral especializar agentes de segurança pública e demais profissionais ligados ao tema, proporcionando o acesso a disciplinas e técnicas exigidas para o estudo aplicado da cinotecnia em face da segurança pública, a pós-graduação contou com uma carga horária de 420 horas, distribuídas entre aulas teóricas, práticas e estágio integrado contendo 10 modúlos distintos de  ensino e que teve início em março do ano passado.

A cinotecnia é o conjunto de conhecimentos e técnicas relacionadas à criação selecionada, manejo e treinamento de cães para tarefas específicas, como por exemplo os cães policiais. A realização da pós-graduação expande o conhecimento em cinotecnia além da doutrina utilizada na PRF, tornando os recém pós-graduados especialistas no treinamento com cães de maneira mais científica de forma a contribuir na maximização dos resultados institucionais.

A PRF/BA vem se destacando em apreensões de armas de fogo, munições e drogas. Somente em 2021, 14,7 toneladas de entorpecentes foram retirados de circulação nas rodovias e estradas federais que cortam a Bahia. Os cães farejadores contribuem significativamente para os números alcançados, uma vez que, quando devidamente treinados e devido ao seu olfato apurado conseguem detectar uma maior variabilidade de cheiros, tornando as fiscalizações mais assertivas.

Os comentários estão fechados.