Ônibus tomba na BA-540 e deixa mortos e feridos próximo a Mutuípe, no Vale do Jiquiriçá

Ônibus tombou na ladeira do Ribeirão
Ônibus tombou na ladeira do Ribeirão. Foto: Criativa Online

Duas pessoas morreram e 12 ficaram feridas após um ônibus tombar na manhã deste domingo (16) na BA-540, estrada que liga Mutuípe a cidade de Amargosa, no Vale do Jiquiriçá. Segundo a Polícia Rodoviária Estadual – PRE, um homem e uma mulher foram arremessados do ônibus no momento do tombamento e foram a óbito no local. O veículo fazia o transporte de um grupo de amigos de Itaberaba, na Chapada Diamantina, que seguia para a praia de Guaibim, em Valença, no Recôncavo baiano. As vítimas fatais foram identificadas como Aneide de Paula, 21 anos e um homem apelidado de Dodô, de 32 anos.

Veículo por pouco não caiu em ribanceira. Foto: Criativa Online
Veículo por pouco não caiu em ribanceira. Foto: Criativa Online

Os corpos foram encaminhados ao Departamento de Polícia Técnica de Santo Antônio de Jesus e os feridos socorridos para hospitais da região por equipes do Samu e do Corpo de Bombeiros de Santo Antônio. Cerca de 50 pessoas estavam no veículo no momento do desastre, que aconteceu por volta das 05h30 quando chovia na região. O caso será investigado pela Polícia Civil de Mutuípe.

Motorista perde controle e capota carro na BR-101

/ Trânsito

Veículo HB20 capotou em Aurelino Leal.
Veículo HB20 capotou em Aurelino Leal. Foto: Ubatã Notícias

Um acidente quase acabou em tragédia por volta das 15h deste domingo (16), na BR-101, num trecho conhecido como Curva do Padre, perímetro do município de Aurelino Leal. Segundo informações do site Ubatã Notícias, o motorista trafegava num HB20 branco em direção a Itabuna quando perdeu o controle do veículo ao passar na curva; o carro bateu no barranco, retornou para a rodovia e acabou capotando. Apesar da gravidade do acidente, o condutor sofreu apenas leves escoriações. Chovia no momento do acidente. Diversas pessoas já perderam a vida no trecho onde o veículo capotou. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou a ocorrência.

Operador do PMDB não vai se entregar à polícia

/ Brasil

O empresário Fernando Antonio Falcão Soares, o Fernando Baiano – procurado pela Polícia Federal por suspeita de atuar como lobista e operador do PMDB no esquema de corrupção e pagamento de propinas na Petrobras – não pretende se entregar às autoridades da Operação Lava Jato. Segundo o criminalista Mário de Oliveira Filho, que defende Fernando Baiano, a estratégia é ingressar com pedido de habeas corpus perante o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) para tentar derrubar o decreto de prisão expedido pela Justiça Federal em Curitiba, base da Operação Juízo Final, sétima fase da Lava Jato. Fernando Baiano está sob suspeita da PF porque teria distribuído propinas a agentes públicos e valores para partidos políticos sobre porcentuais de contratos bilionários da estatal petrolífera. O PMDB teria o controle da Área de Internacional da Petrobras. A prisão de Fernando Baiano em regime temporário foi ordenada dia 10. A PF vasculhou o endereço do empresário, no Rio, e apreendeu documentos e computadores. A PF lançou o nome de Fernando Baiano na difusão vermelha, índex dos mais procurados do planeta, segundo registros da Interpol – a Polícia Internacional que mantém conexões com quase 200 países.”Minha orientação é para (Fernando Baiano) não se entregar, vamos tentar o habeas corpus”, declarou Oliveira Filho. Agência Brasil

Jovem faz ensaio sensual e é expulsa de casa

/ Brasil

 Paula Brito, 25 anos. disputa o título de Gata do Brasil
Paula Brito, 25 anos, disputa o título de Gata do Brasil. Foto: Ego

A candidata ao título de Gata do Brasil, no concurso de mesmo nome, Paula Brito, 25 anos, representante de Minas Gerais, fez um ensaio sensual de lingerie para conquistar votos. O que ela não esperava era que sua mãe desaprovaria o ensaio e a colocaria para fora de casa. A gota d’água foi a publicação das fotos nas redes sociais da mineira. A mãe, que é evangélica, teve uma discussão com a filha porque achava desrespeito e sentia-se envergonhada do estilo das fotos. Segundo informações do site Ego, a mãe bradou que a filha só voltaria para casa se abandonasse o concurso e voltasse a frequentar a igreja, como fazia desde os 15 anos de idade. “Minha mãe vai acabar esquecendo e me aceitando de volta em casa. É só uma fase dela, mas ela acaba aceitando, enquanto isso vou ficar na casa de uma amiga“, diz a moça.

Chuva faz Ivete Sangalo cancelar show em Caculé

/ Bahia

A cantora anunciou o cancelamento do show na rede social
A cantora anunciou o cancelamento do show na rede social

A cantora Ivete Sangalo cancelou o show que faria na cidade de Caculé, na região sudoeste da Bahia, por conta da chuva que atingiu a cidade, na noite de sábado (15). Em mensagem postada em seu perfil oficial em uma rede social, Ivete informa que o show teve de ser adiado. “Estava tudo pronto para o nosso show. Banda a postos, cantora já pronta, mas em virtude das fortes chuvas que se acentuaram no começo da noite , o show será adiado. Tudo pensado pelos parceiros da festa para a segurança e cuidado com o público“. Na postagem, a cantora também afirma que estará de volta à cidade baiana o “mais rápido possível“. No entanto, a nova data para realização do show não foi informada.

Bahia perde para o Corinthians e se complica

/ Esporte

Titi disputa bola com Petrus durante a partida que deu o triunfo ao Corinthians
Titi disputa bola com Petrus durante a partida. Foto: Divulgação

Mesmo jogando com o apoio de sua torcida, o Bahia voltou a tropeçar e perdeu para o Corinthians por 2 a 1 na tarde deste domingo (16),  na Arena Fonte Nova, em Salvador. Os gols do time paulista foram marcados por Malcom e Renato Augusto. O tento do Esquadrão foi assinalado por Kieza. Com o resultado, o tricolor continua na 19ª colocação da Série A, com 31 pontos. O Bahia agora vai até Santa Catarina fazer o jogo da vida, na quarta-feira, 19, contra o lanterna Cricíuma, às 20h (horário da Bahia), no estádio Heriberto Hürse. O Corinthians vai até Goiânia enfrentar o Goiás, também na quarta.

Dez praias estão impróprias para banho em Salvador e Lauro de Freitas, segundo o Inema

/ Bahia, NOTÍCIAS

podendo causar doenças
Praias baianas estão atraindo sujeira, podendo causar doenças

Um boletim do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), divulgado na última semana, informou que, das 37 praias avaliadas pelo órgão, nas cidades de Salvador e Lauro de Freitas, dez estão impróprias para o banho. O Inema chama atenção para que os banhistas evitem as praias da Penha (em frente à Igreja N. S. da Penha), Bogari (em frente ao Colégio João Florêncio Gomes), Pedra Furada (atrás do Hospital Sagrada Família), Roma (atrás do Hospital São Jorge), Rio Vermelho (em frente à Rua Bartolomeu de Gusmão),  Pituba (atrás do antigo Clube Português), Armação (em frente ao Clube Inter. Pass), Boca do Rio (em frente ao Posto Salva Vidas), Corsário (em frente ao Posto Salva Vidas e em frente ao Posto Salva Vidas de Patamares). Nas demais praias da RMS, as condições são normais, entretanto o órgão lembra que deve-se evitar o banho de mar em tempo chuvoso. No período em que o tempo estiver chuvoso, as praias podem ser contaminadas por arraste de detritos diversos, carregados das ruas através das galerias pluviais, podendo causar doenças.G1

Chuva intensa faz rio transbordar e deixa moradores ilhados na cidade de Brumado

/ Bahia

Rio transbordando. Foto: Lídio Santana/Brumado Notícias
Rio transbordando. Foto: Lídio Santana/Brumado Notícias

Moradores do distrito de Cristalândia, em Brumado, no sudoeste baiano, ficaram ilhados por cerca de três horas neste sábado (15) depois que as fortes chuvas que atingem a região fizeram o rio transbordar e cobrir a ponte que faz a ligação com a cidade. Segundo o presidente da Associação de Moradores do local, Lídio Santana, as pessoas tiveram que esperar às margens do rio até que as águas baixassem. “Ficamos ilhados. Poucos se arriscam a passar e, mesmo assim, colocando a vida em perigo, pois a correnteza é muito forte”, disse ele. Santana contou, ainda, que alguns ribeirinhos já deixam suas casas por temerem alagamentos, já que a previsão é de que as chuvas continuem neste domingo (16). “O pessoal está pegando o que pode carregar, mas não querem se arriscar a ficar em suas casas. Eles estão indo paras casas dos parentes aqui na região ou na sede do município”, afirmou o presidente comunitário. Informações do Brumado Notícias

Lista de políticos envolvidos em esquema bilionário de corrupção deve demorar de sair

/ Política

Uma das etapas mais aguardadas da Operação Lava Jato, da Polícia Federal (PF), a lista de quantos e quais políticos estão envolvidos no esquema bilionário de lavagem de dinheiro e desvios na Petrobras comandado pelo doleiro Alberto Youssef ainda deve demorar a ser fechada. Segundo a coluna Painel, da Folha de S. Paulo, as denúncias só devem ser feitas ao Supremo Tribunal Federal (STF) após serem recolhidos todos os depoimentos dos investigados que optarem pela delação premiada. No Palácio do Planalto, a ordem seria manter a blindagem da presidente e mostrá-la como avalista das investigações e punições, “seja de um empresário ou da cunhada do tesoureiro do partido”, nas palavras de um auxiliar. Ainda segundo a coluna, um levantamento do Ministério Público Federal mostraria que as empreiteiras que foram alvo na etapa deflagrada nesta sexta-feira (14) manteriam 12 contratos ativos com outros órgãos do governo federal, além da Petrobras, que somariam R$ 4,2 bilhões. O maior contrato é o da transposição de um dos trechos do Rio São Francisco, pelo qual a Mendes Júnior receberia R$ 927 milhões

Polícia Federal começa a ouvir neste sábado executivos presos na Operação Lava Jato

/ Brasil

Ao todo, 20 pessoas estão presas
Ao todo, 20 pessoas estão presas. Foto: Reprodução

Os presos da sétima fase da Operação Lava Jato começam a prestar depoimento neste sábado (15) na Superintendência da Polícia Federal (PF), em Curitiba. Um avião, com 16 suspeitos, deixou o Rio de Janeiro e chegou à capital paranaense por volta das 4h20. Além destes, também prestarão informações quatro investigados que se entregaram voluntariamente à polícia na noite de sexta-feira (14) e seguem presos. Todos são ligados ao alto escalão de  empreiteiras que possuem contratos com a Petrobras. Outros cinco investigados ainda são procurados. Entretando, de acordo com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, 19 pessoas estão presas. A sétima fase da Operação Lava Jato – que investiga um esquema de lavagem e desvio de dinheiro na ordem de R$ 10 bilhões –, deflagrada na sexta-feira (14), teve como foco executivos e funcionários de nove grandes empreiteiras, que apenas com a Petrobras têm contratos que somam R$ 59 bilhões. Boa parte destes contratos estão sob avaliação da Receita Federal, do Ministério Público Federal (MPF) e da Polícia Federal.Ao todo, foram expedidos cumpridos 85 mandados em cidades do Paraná, Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Recife e Distrito Federal. Os mandados foram expedidos pela Justiça Federal do Paraná, responsável pelas investigações. Segundo a Polícia Federal, as apreensões, diligências, quebras de sigilo e depoimentos – colhidos durante toda a Operação Lava Jato – produziram um material robusto que prova o envolvimento de nove empreiteiras com formação de cartel e desvio de recursos para corrupção de entes públicos. Leia mais.

Diretores da 9ª Coorpin e do Conjunto Penal de Jequié debatem segurança pública na 93 FM

/ Entrevistas

Euclides Fernandes entrevista o delegado Fabiano Auriche
Euclides Fernandes entrevista Auriche. Foto: Blog Marcos Frahm

O diretor da 9ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior, delegado Fabiano Santos Auriche e o diretor do Conjunto Penal de Jequié, advogado Vinícius Oliveira, debateram o tema segurança pública neste sábado (15), com o jornalista Euclides Fernandes, no programa A Semana em Revista (93 FM). Também participaram do debate, o jornalista Wilson Novaes e o repórter Marcos Frahm. O diretor da 9ª Coorpin falou sobre a reestruturação que vem sendo feita na Polícia Civil da Bahia, em termos materiais e humanos e disse que o município de Jequié convive com a necessidade de instalação de mais duas delegacias especializadas, de Combate ao Tráfico de Drogas e de Homicídios. O representante da Polícia Civil da região, composta por 25 municípios, admite que o tráfico de drogas é o principal fator de aumento da criminalidade e diz que a fonte de comando desse tipo de crime está dentro dos presídios. Fabiano Auriche falou também sobre a recente mudança de comando da Delegacia Territorial de Jequié. O diretor do Conjunto Penal, Vinícius Oliveira, também foi entrevistado e apontou o sistema prisional como “primo pobre”, do setor de segurança pública. Ele diz ser radicalmente contrário a aprovação de propostas como a da redução da maioridade penal, por entender que não se dispõe no país de estrutura para um aumento vertiginoso do número de internos nos presídios e, é contrário também ao fim das saídas temporária dos presos, explicando que a proposta de ressocialização vigente não funciona e no caso da extinção dessas saídas em épocas específicas, o  detento após cumprir sua pena sem o menor contato com o mundo externo resultará em situação social bem mais grave quando esse elemento sair do presídio para retornar ao convívio social. Vinícius explicou que o presídio regional de Jequié convive com a superlotação em face de atender a 29 comarcas, às quais estão  afeitos cerca de 40 municípios. “Recebemos em média, todos os dias, entre oito e 80 detentos”, disse.

”O escândalo tem nome”

/ Artigos

SebastiaoNery

Severo Gomes, industrial, ministro da Agricultura  no governo Castelo Branco e da Industria e Comercio no governo Geisel, senador por São Paulo, culto e patriota, chegou a Tutóia, pequeno porto do Parnaíba, no Piauí. Entrou no bar miúdo, ponta de rua. Na cabeceira da mesa, cabelos grisalhos, olhos esfuziantes, paletó e gravata, o velho professor do grupo escolar contava histórias de muito longe:

– Alexandre, o grande Alexandre, o maior dos generais da antiguidade, filho de Felipe da Macedônia, nas batalhas era uma águia, depois das batalhas um deus, bom e clemente. Um dia, ao fim de um combate terrível, foi visitar os prisioneiros e encontrou os generais do exército inimigo de joelhos, prontos para serem degolados. Um se levanta:

– Grande Alexandre, vamos morrer. Mas nossa morte será a maior das vitórias. Porque não há maior glória do que ter a cabeça cortada pela espada do grande Alexandre.

Alexandre olhou para o alto, como um deus:

– Levantem-se! Homens dessa bravura não podem morrer.

O bar estava calado, embriagado nos lábios do velho professor, que se ergueu, foi saindo devagar e já lá da rua encerrou a história:

– E o grande Alexandre levou todos para a sua Casa Civil.

DILMA

Pronto. A solução está ai. Vem lá de Tutóia, no Piauí.  Dilma já pode resolver o insolúvel problema de como compor os 40 ministérios de seu novo governo, quando ela não conseguiu até agora nomear sequer o novo ministro da Fazenda, para substituir Mantega, o ex-futuro-quem sabe.

Dilma pode pedir ao bravo e lúcido juiz Sergio Moro, do Paraná, a lista de seus convidados para a cadeia da Policia Federal de Curitiba e leva-los todos para sua Casa Civil, como fez o grande Alexandre da Macedônia.

Eles vão sentir-se em casa. Todos a conhecem muito bem, desde 2003, no primeiro governo de Lula, quando ela foi ser ministra de Minas e Energia, pôs a Petrobrás embaixo do braço, levou para casa e não devolveu.

Por Sebastião Nery

Itaquara: Prefeita Iracema vence queda de braço e emplaca projeto que altera ”lei antinepotismo”

iracema
Iracema Guimarães conseguiu emplacar projeto polêmico

A Câmara Municipal de Itaquara aprovou, na noite de quinta-feira (14), projeto de Lei de autoria do Executivo, que prevê mudanças na legislação para contratação de parentes para ocupação de cargos públicos na Prefeitura de Itaquara. Depois de muitas discussões, a proposta enviada pela prefeita Iracema Guimarães (PMDB), que pediu em caráter de urgência que fossem retificados ”equívocos e vícios contidos” na lei municipal nº 405/2007, que dispõe sobre condições de vedação para a nomeação e contratação de parentes na administração e determina que seja vedada a nomeação de cônjuges e parentes para cargos de secretários municipais, passou pela aprovação na Câmara com anuência de cinco dos nove parlamentares, incluindo o presidente da Casa, Edson Barreto (PMDB), aliado da gestora, que deu o voto decisivo para aprovação. O texto havia sido apresentado pelo presidente Edson na terça-feira (11) e foi votado em sessão extraordinária convocada na quinta (13). O polêmico projeto foi duramente criticado pelos oposicionistas na Câmara, que disseram achar um absurdo o envio do projeto por parte da prefeita para a Casa. Iracema que não há irregularidades no processo porque a lei em vigor é inconstitucional. ”Existe uma súmula da constituição que define que você pode contratar parentes como agentes políticos. Não existe nenhum parente meu contratado pela prefeitura. O que tem são dois nomeados como secretários [o marido e um cunhado], o que pela constituição é permitido”, justificou a chefe do Executivo. A aprovação representou uma importante vitória do governo municipal, após uma semana marcada por contestações, debates e muita tensão.

Presidente da Câmara de Jequié sugere ”complô” do MP no município contra sua pessoa

/ Jequié

Simões insinuou o desejo flagrante do MP em prejudicá-lo
Zé Simões insinuou o desejo flagrante do MP em prejudicá-lo

Existe um complô do Ministério Público da Bahia, em Jequié, contra  minha pessoa, com o propósito de me penalizar. Fizemos várias denúncias no MP contra o governo do ex-prefeito Luiz Amaral e ninguém nunca se preocupou em apurar e, de repente apuraram as acusações contra minha pessoa onde as testemunhas de defesa não foram ouvidas. Todos sabiam que eu não tinha conhecimento daquele esquema fraudulento envolvendo a CAPMISA”, disse em sua defesa o  presidente da Câmara Municipal de Jequié,  vereador José Simões de Carvalho Junior , entrevistado pelo apresentador/repórter Júnior Mascote (Cidade Sol  FM), na manhã desta sexta-feira (14).

A entrevista teve como foco a sentença datada de 7/11, emitida pelo Juiz de Direito, Tibério Coelho Magalhães, da 2ª Vara Cível da Comarca de Jequié, referente à ação civil pública, por ato de improbidade administrativa, na apuração de denúncia oferecida pelo Ministério acerca de irregularidades em concessões de empréstimos, através da instituição CAPEMISA, a funcionários da Câmara Municipal de Jequié, no período do biênio legislativo 2007/2008. O vereador José Simões confirmou que seus advogados requereram a suspeição do Juiz Tibério Magalhães, no julgamento da ação.  Simões disse ainda que permanece com seu mandato de vereador e presidente do legislativo municipal e que  seus advogados irão recorrer da decisão local, junto ao Tribunal de Justiça e, “se for necessário vamos até a última instância,  em Brasília”. O vereador foi perguntado pelo apresentador do programa se ele atribuía a decisão à questão política resultante do  seu rompimento com o deputado federal Roberto Britto, tendo Simões respondido que está distanciado do deputado e não poderia imputar ao mesmo qualquer acusação. ”A justiça e o Ministério Público foram bem claros comigo dizendo que eu não teria chance e que iriam me pegar, sabendo que não tem nada que me incrimine é sinal que eles estão mal intencionados”, enfatizou José Simões.

Exonerações – Outro questionamento feito por Júnior Mascote, a José Simões, foi com relação aos assessores parlamentares exonerados no mês de outubro e que protocolaram ação no Ministério Público cobrando o recebimento dos seus direitos trabalhistas,  tendo o presidente da Câmara afirmado que todos irão receber o que lhes é devido e que as exonerações foram feitas dentro da legalidade respeitando a Lei de Responsabilidade Fiscal. Justificando que havia a necessidade dos cortes para ajustes financeiros do orçamento no final do exercício, Simões disse para justificar as dispensas: “Com o acréscimo de mais sete vereadores na atual legislatura foram mais 30 cargos criados elevando o valor total da folha de pagamento de pessoal”. Por Wilson Noaes