Família de jovem agredida em Itaquara nega envolvimento da vítima com suspeito

/ Itaquara

Familiares da jovem agredida na noite da última terça-feira (21) em Itaquara, no Vale do Jiquiriçá, negam qualquer envolvimento da vítima com o agressor. Em contato com o Blog Marcos Frahm, uma tia de F.A.S revelou que a família sofreu abalo psicológico com o caso e que a jovem segue internada no Hospital Geral Prado Valadares (HGPV), em Jequié, devendo receber alta médica nesta quinta-feira (23).

A mulher diz ainda que a sobrinha foi atacada pelo agressor com uma pedra e que não sabe informar o motivo que levou o indivíduo a agredir F.A.S. Ela rechaça também as informações propagadas em rede social de que a vítima sofreu estupro. ”Não houve estupro e ela nunca se envolveu com o agressor”, afirma.

Conforme a Polícia Militar, o principal suspeito de cometer a agressão é Joanderson de Souza Azevedo, que encontra-se foragido. Com base em informações, guarnições da 3ª Cia da PM foram até o município de Cravolândia, tendo encontrado ontem uma motocicleta Honda CG de cor vermelha, com placa JOP-7116, que supostamente teria sido utilizada no crime. Na moto, segundo a PM, foram constatadas manchas de sangue e o veículo teria sido encontrado na casa da ex-companheira do suspeito, na localidade de Palestina.

Os comentários estão fechados.