Dois meses após morte de taxista, outro profissional sofre tentativa de assalto em Jequié

/ Jequié

Em novembro, bandidos mataram o taxista Zevalto Rocha
Em novembro, bandidos mataram o taxista Zevalto Rocha

Um  casal solicitou uma corrida da Praça Ruy Barbosa ao bairro do Mandacaru , por volta das 19h de quinta-feira (22) e durante o percurso, na Avenida Otávio Mangabeira, próximo a antiga Escola Profissional do Menor, renderam o motorista Manoel Bonfim da Silva, 63 anos,  anunciando o assalto. Ao conduzir o veículo para o fundo da Viação Cidade Sol, o motorista conseguiu escapar  do veículo. Durante  rondas na área policiais militares  da guarnição Abutres, localizaram uma mulher com características semelhantes a descrita pelo taxista, que foi reconhecida e encaminhada para a delegacia de polícia, onde ficou à disposição da autoridade competente. O veículo do taxista, um VW/Voyage, modelo 2103 foi recuperado e devolvido ao proprietário, segundo informações do site Jequié Repórter. No dia 4 de novembro de 2014, o taxista Zevalto Rocha foi acionado no Centro de Jequié para uma corrida até o bairro Jequiezinho e acabou morto. Na ocasião, os criminosos teriam abandonando o veículo GM/Classic de cor branca placa OLG 1555, licença de Jequié, em Itapetinga. Um dos suspeitos, Alexsandro Souza Santos, vulgo Zói, foi assassinado três dias depois por supostos traficantes, em Jequié.

Os comentários estão fechados.