Em Audiência Pública, MPF cobra maior fiscalização na gestão hídrica da Barragem da Pedra em Jequié

/ Jequié

Promotor da República Flávio da Costa Matias presidiu a Audiência Pública
Promotor Flávio da Costa Matias presidiu a Audiência Pública

O Ministério Público Federal e a Promotoria Regional do Meio Ambiente de Jequié realizaram na Câmara de Vereadores de Jequié, Audiência Publica para debater a gestão hídrica da Barragem de Pedra, na sexta-feira (29). A iniciativa atende a uma representação formulada por várias associações de moradores e usuários de água da Barragem de Pedra. Os ribeirinhos questionam a vazão do volume de água da barragem, trazendo problemas ambientais e redução na produção agrícola. Essa diminuição no volume de água vem criando um cenário de seca na região.  Foram discutidos a gestão e o aumento da vazão defluente do reservatório da Barragem da Pedra, que é gerida pela Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf), além de suas implicações e riscos à segurança hídrica da região. O debate serviu para que os órgãos ambientais apresentassem a realidade e situação da Barragem de Pedra. A Promotoria Regional do Meio Ambiente cobrou maior fiscalização por parte dos órgãos ambientais, e solicitou apoio da imprensa na conscientização da população para reduzir o desperdício de água.

A CHESF esteve representada por três representantes
A CHESF esteve representada por três representantes

Segundo a Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf), o volume de água acumulado da Barragem de Pedra é de 25% em virtude das estiagens prolongadas. A projeção para o final deste ano é de 20% na sua operação. No ano de 2013, o volume chegou a 8%. O debate serviu para que os órgãos ambientais apresentassem a realidade e situação da Barragem de Pedra.

Prefeita Tânia Brito representou o Poder Executivo
A prefeita Tânia Brito (PP) representou o Poder Executivo

Participaram do encontro o Procurador da República, Dr. Flávio Pereira da Costa Matias; Promotora de Justiça Regional Ambiental, Dra. Mônia Lopes de Souza, prefeita Tânia Britto, vereador José Simões de Carvalho, presidente da Câmara, vereadores Eliezer Pereira Fiim, Doldado Gilvan e Chico de Alfredo, o biólogo Jorge Duque, representando o INEMA; Aurelino Barros Meira, presidente do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio de Contas; Marcos Airton de Souza Freitas – Agência Nacional de Águas e Wilde Cardoso especialista em Recursos Hídricos (ANA); representantes das associações da Barragem de Pedra. Com informações do Jequié Repórter

IFBA/Jequié na Olimpíada Brasileira de Robótica

/ Jequié

Alunos do IFIBA integrantes de Equipes participantes
Alunos do IFBA/Jequié integrantes de Equipes participantes

Duas equipes formadas por alunos do 2º ano da Forma Integrada do IFBA, campus Jequié, participam da etapa estadual da Olimpíada Brasileira de Robótica – OBR 2014 que acontece na cidade de Salvador neste sábado (30). Foram três meses de preparo com aulas em turno oposto, aprendendo conceitos de robótica e linguagem de programação, a fim de desenvolverem as habilidades necessárias para o desafio proposto pela Olimpíada: criar um robô de resgate. A modalidade prática do evento envolve a construção e programação de um robô para atuar em um ambiente que simule um prédio com diversos obstáculos e detritos. O robô tem o objetivo de, autonomamente, percorrer todo o ambiente, localizar uma vítima dentro de uma sala e resgatá-la para uma zona de segurança. O trabalho foi direcionado por professores das áreas de Informática e Eletromecânica buscando aplicar conceitos de várias disciplinas utilizando a robótica como ferramenta educacional para a resolução de situações problemas. Equipes participantes: Equipe AUTOBOTS: David Santos, Jan Carlos Gomes, Micael Marques, Roberta Oliveira; Equipe TARGARYEN: Ana Paula Carvalho, Christian Lopes, Karen Elenne e Gabriella Costa; Professores: Andrique Amorim, Márcio Henrique e Armindo Fábio. Site do IFBA, campus Jequié

Jequié: Idoso encontrado morto na Pedreira

/ Jequié

CadaverJequie

Corpo estava em decomposição. Foto: Souza Andrade

Daniel Francisco Souza, 73 anos, foi encontrado morto no interior da residência dele, na Travessa Rua Nova, bairro da Pedreira, em Jequié. O Departamento de Polícia Técnica/Jequié procedeu o levantamento cadavérico, mas não foi possível informar a causa, no local, em razão do avançado estado de decomposição do corpo, que foi encontrado na quinta-feira (28). As informações são do Jequié e Região

Jequié: Animal perambulando na rua provoca acidente

/ Jequié

AnimalJequie

Animal agoniza próximo a Prefeitura. Foto: Del Santos

Animal perambulando na rua provoca acidente na subida da prefeitura de Jequié. A vítima foi o taxista Claudomiro Borges, o Coló. O carro que dirigia, com dois outros ocupantes, colidiu em um animal na Avenida José Moreira Sobrinho, nas proximidades da Direc 13, por volta das 20h desta quinta-feira (28). Até as 8h30min. da manhã desta sexta, o animal agonizava no local. A presença de animais perambulando nas ruas da cidade de Jequié é uma rotina, inclusive no centro comercial, sem que providências rígidas sejam adotadas pelos órgãos responsáveis, informou o site Jequié e Região.

Jequié: Obras de asfaltamento seguem a pleno vapor

/ Jequié

Pavimento

Obras abrangem ruas e bairros. Foto: Zenilton Meira

As obras realizadas em Jequié pelo Governo do Estado, através da Conder – Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia, seguem a pleno vapor e os serviços já foram concluídos em algumas ruas e bairros da Cidade Sol, como Alto da Balança, Avenida Arthur Moraes, no Jequiezinho e, agora, segundo o blog do Zenilton Meira, as obras estão sendo executadas na Feirinha do Jequiezinho. Os pedestres e condutores de veículos precisam redobrar a atenção na área.

Mãe e filhas estão desaparecidas em Jequié

/ Jequié

desaparecimento

Mãe e irmã das desaparecidas. Foto: Repórter Del Santos

Sandra, uma mulher com pouco de 40 anos; e duas filhas, uma de 13 e outra de 6 anos, saíram de casa, no bairro KM 03, em Jequié, há mais de um mês, não retornaram e sequer deram notícias, deixando seus familiares apreensivos. A mãe e uma irmã de Sandra relataram o drama que vivem ao repórter Dell Santos, segundo informou o site Jequié e Região. Contaram que não tem a mínima ideia do paradeiro das três. “Ela costumava sair, pedindo esmolas com as meninas para sustentar o vicio dela, mas nunca demorou tanto para voltar para casa”, disse a irmã Marinalva. “Recebemos informações, mas nenhuma confirmada. Estamos muito preocupadas” completou. As informações são do Jequié e Região. O telefone para contato é (73) 3527-4261.

Incêndio atinge carreta na BR-116, em Jequié

/ Jequié

CarretaFogo

Homens da ViaBahia apagaram fogo. Foto: Del Santos

Prepostos da Concessionária ViaBahia debelaram o fogo que atingiu uma carreta carregada de insumos agrícolas na BR-116, no bairro Cidade Nova, perímetro urbano de Jequié, no início da manhã desta segunda-feira (25). O incêndio começou nos pneus traseiros e por pouco não de espalhou. As informações são do site Jequié e Região. De acordo com o JR, o repórter Dell Santos  acompanhou o desespero do motorista, que ia para Minas Gerais e o trabalho dos socorristas. A passagem de veículos ficou comprometida por alguns minutos. De acordo com a PRF, em em cerca de 5 meses, mais de cinco caminhões pegaram fogo trafegando na BR-116.

Jornais: Os semanários de Jequié e Região

/ Jequié

pjornaljeqeee

Jornal Jequié já está nas bancas, com vários destaques

Em suas edições deste fim de semana os jornais de Jequié e A FOLHA trazem como destaque a crise que afeta a economia e outros segmentos importantes da cidade. O atraso em pagamentos a funcionários e prestadores de serviços por parte da administração Tânia Brito/Sérgio da Gameleira em Jequié é uma das principais reportagens de A FOLHA, que destaca ainda a suspensão de atividades da ferrovia em razão da chegada de centenas de membros do Movimento dos Sem Terra ao município de Itagi. pjornalafolha

O Jornal A Folha já circula em toda a região, com novidades

Já o Jornal Jequié enumera os órgãos públicos que estão fechados na Cidade Sol a exemplo do PA 24 horas, Restaurante Popular, Biblioteca, Museu e a Farmácia Popular do Brasil, afetando a saúde, o social, a educação, a cultura. Por Souza Andrade

Corregedor do TJ-BA determina que 13 internos retornem para o Conjunto Penal de Jequié

/ Jequié

Advogadopresidio

Advogado disse ter sido impedido de entrar no Presídio

Treze internos transferidos do Conjunto Penal de Jequié, no último dia 4 de agosto, para outras unidades prisionais baianas, após operação baculejo, deverão ser recambiados para o  presídio local num prazo de cinco dias, contados a partir de 21/08/2014, em cumprimento a determinação do Tribunal de Justiça da Bahia-TJ-Ba, despacho do Juiz Corregedor, Ícaro Almeida Matos. O entendimento relatado pelo magistrado é de ter ocorrido ilegalidade  nas transferências dos internos, que teriam sido considerados “lideranças negativas”, em face não ter sido feita, como determina a Lei de Execuções Penais-LEP, comunicação antecipada num prazo de 24h, ao Corregedor de Presídios, Ministério Público, ao Defensor e aos familiares dos presos. Os internos transferidos após a operação, que resultou numa rebelião no presídio, citados no processo são,  Milton Borges, Altemar Santos Barbosa, Josean Luiz Santos Santana, Anésio Alves da Costa Filho, Lucas Santos Santana, Naildson de Oliveira Castro e outros.

Presidio

Recente rebelião gerou grande tumulto no Conjunto Penal

Cita ainda o Corregedor, dando fundamento à sua decisão que,  de acordo o veiculado na mídia, com base em informações da parte do defensor de parte dos internos,  advogado Valmiral Pacheco Marinho Filho,  de que os agentes prisionais e os policiais militares  teriam promovido espancamento e prática de tortura, “a atuação irregular do interventor [fora do prazo da Portaria], o desrespeito ao direito dos presos e a violação de prerrogativas dos advogados e dos membros da Defensoria Pública, que teriam sido impedidos de adentrar no Conjunto Penal. Comunica ainda, o Juiz que a Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização-SEAP, deve garantir acesso aos  medicamentos ao interno Naildson de Oliveira Castro e o atendimento necessário até a sua remoção. Determina ainda que a determinação seja comunicada ao Ministério Público do Estado, “também, porque um tópico da defesa menciona suposta omissão dos Promotores da Comarca” e cópias dos protocolos administrativos a serem feitas e dirigidas as Secretaria de Administração Prisional e à Secretaria de Segurança Pública, para os fins que entenderem pertinentes no âmbito da apuração disciplinar dos seus servidores. Informações do Jequié Repórter

Jequié: Carro cai em canal do Rio Jequiezinho

/ Jequié

Fiesta1

Motorista perdeu o controle do Fiesta. Fotos: Ivan Azevedo

Um carro Ford Fiesta capotou nesta sexta-feira (22) quando o motorista perdeu o controle ao trafegar pela Avenida César Borges, em Jequié e o automóvel precipitou-se no canal do Rio Jequiezinho. O condutor do Fiesta não sofreu ferimentos.

Fiesta2O acidente aconteceu à tarde nas proximidades da ponte que interliga os bairros Pompílio Sampaio e São José. Vários veículos envolvidos em acidente já caíram no canal do rio, tendo sido inclusive registrado acidente com morte na Avenida César Borges.

Vereador defende instalação de Ceasa em Jequié

/ Jequié

Caires

Joaquim Caires diz que construção de Ceasa é necessidade

A implantação em Jequié de uma unidade do Centro de Abastecimento-CEASA, foi defendida em requerimento na Câmara de Vereadores pelo vereador Joaquim Caires (PMDB), que aponta a presença do equipamento público, como uma necessidade inadiável de amparo ao produtor rural do nosso município, o que resultará na redução dos preços dos hortifrutigranjeiros ao consumidor final. No requerimento endereçado ao governador Jaques Wagner, ao secretário estadual James Correa, da Indústria, Comércio e Mineração, bem como, às autoridades municipais e parlamentares que representam o município, Caires cita que o crescimento dos centros urbanos na década de 1960, determinou que o processo de distribuição dos hortifrutigranjeiros ficasse muito complexo, possibilitando assim, o surgimento de agentes de intermediação que se apropriavam de boa parte dos lucros, onerando substancialmente os preços dos produtos ao consumidor final, o que aliando a precariedade do sistema tradicional, suscitou a necessidade de aperfeiçoar as estruturas de comercialização. Joaquim Caíres explica que foi na linha de ações destinada a reverter essa situação que surgiu o sistema CEASA, instituído no bojo da criação de vários instrumentos de política agrícola da década de 70, se transformando em importante fator de redução de custos da cadeia de abastecimento, ao aproximar o produtor rural do consumidor final. Tal política, se bem aplicada pode regularizar o mercado, frustrando a participação dos intermediários. Sugere o vereador que o terreno adquirido em 2007 pela Prefeitura de Jequié, no povoado da Cachoeirinha, para a instalação da Indústria de Sofás Chateau d’Ax, que permanece sem nenhuma utilização, seja destinado a implantar após os devidos estudos, uma unidade do CEASA, “que estará, temos absoluta convicção, contribuindo para a elevação da renda dos agricultores do município de Jequié”, concluiu. Com informações do Jequié Repórter

Jequié tem nova secretária de Desenvolvimento Social

/ Jequié

NovaSecretariaJequie

Magali Chaves é a nova secretária. Foto: Zenilton Meira

O governo de Tânia Brito (PP) oficializou em Jequié a troca de mais um membro do alto escalão. Magali Chaves assume a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, em substituição a ex-secretária Lícia Simões, que pediu exoneração do cargo. Já foram efetuadas no primeiro escalão do governo mais de seis trocas – e o curioso é que a gestão de Tânia demonstra não corresponder às expectativas do munícipes. A nomeação de Magali Chaves foi publicada no Diário Oficial do Município e, a nova secretária, já atua como titular da pasta.

Jequié: ”CPI da Saúde” sugere investigação da prefeita

A CPI foi concluída; Tânia pode ser investigada por conduta duvidosa

Depois de sete meses, a ”CPI da Saúde” foi concluída, nesta quinta-feira (26/12/13), em Jequié. A CPI foi criada em maio deste ano para apurar denúncias de irregularidades no setor de saúde municipal. A criação da CPI, aprovada pela maioria dos vereadores jequieenses, na ocasião, se deu a partir de irregularidades levantadas pelo próprio secretário Ivanilton Cerqueira, em denúncia registrada pelo titular da pasta na Delegacia Territorial da Polícia Civil, em 05 de abril. Hoje pela manhã, conforme nota publicada no site Jequié Repórter, o presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito-CPI, vereador Joaquim Caires Rocha (PMDB), protocolou e encaminhou ao presidente da Câmara Municipal, José Simões de Carvalho (PP),  para encaminhamentos e providências,  o relatório conclusivo da ”CPI da Saúde”, que teve sua crianção através  da portaria  132, por iniciativa do vereador Ednael Almeida, para apurar as possíveis irregularidades. Após  serem ouvidas todas as pessoas convocadas durante a apuração dos fatos ocorridos, o relatório sugere o indiciamento e denúncia ao Ministério Público Estadual,  da ex-estagiária do Centro de Saúde Dr. Sebastião Azevedo, Juciney dos Santos Souza; do ex-funcionário da Secretaria de Saúde, Geberti Rocha Guimarães;  de Eduarda Costa dos Santos Correia; além de serem investigadas “por condutas duvidosas no processo”, a prefeita do município Tânia Britto (PP), o secretário de Governo, além da investigação da Clínica IORTE “em relação ao grande número  de documentos entre requisições de procedimentos e outros serviços”, levantados no curso dos depoimentos.

No relatório da CPI, foi solicitado ao MP que “adote todas as medidas judiciais e extrajudiciais a fim de apurar os fatos denunciados  e que, promova  minuciosa investigação das supostas infrações cometidas  por agentes públicos nos processos irregulares citados ao longo das apurações, sugerindo ainda a quebra de sigilo telefônico das pessoas envolvidas e suas respectivas repartições”.  À  mesa diretora da Câmara foi solicitado encaminhamento do relatório final, ao Ministério Público Estadual e Federal, às Polícias federal e Civil  e aos Conselhos Estadual e Municipal de Saúde.  Além do presidente da CPI, Joaquim Caires (PMDB), participaram  como membros titulares aos vereador Soldado Gilvan (PTdoB) e Manoel Gomes (PDT) e os suplentes Eliezer Pereira Fiim  (PDT) e Pé Roxo (PT), segundo informou o Jequié Repórter. O envolvimento da prefeita Tânia na CPI gera grande repercussão na Cidade Sol.