Servidor da Prefeitura de Jaguaquara morre após se sentir mal no Mercado Municipal

/ Jaguaquara

Equipe do SAMU foi chegou a ser acionada. Foto: Blog Marcos Frahm

Um servidor da Prefeitura de Jaguaquara, que trabalhava no setor de limpeza pública da gestão municipal, morreu aos 38 anos, por volta das 11h30 desta quarta-feira (19), após se sentir mal em um estabelecimento no interior do Mercado Municipal, Centro da cidade, equanto fazia refeição.

Sérgio Silva Santos, apelidado de Babão, caiu ao solo, não resistindo. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU 192 chegou a ser acionada, mas quando os socorristas chegaram ao local, o rapaz já estava sem sinais vitais e a suspeita é de que o mesmo tenha sido vítima de infarto fulminante.

Guarda Municipal fez a preservação do corpo até a remoção

Equipes das Polícias Civil, Militar e Guarda Municipal também estiveram por lá, acompanhando familiares. Conforme informações, Sérgio vinha fazendo uso frequente de bebida alcoólica.

Ele era bastante querido pelas pessoas na área central de Jaguaquara e conhecido por produtores de shows musicais da região, por fazer colagem de cartazes de eventos. O pai também faleceu, recentemente.

Após abrir bares, Jaguaquara prorroga toque de recolher e altera o horário, das 23 às 05h

/ Jaguaquara

Jaguaquara mantém restrição da circulação. Foto: Blog Marcos Frahm

A prefeitura de Jaguaquara, no Vale do Jiquiriçá, prorrogou o toque de recolher e alterou o horário para 23h às 5h do dia seguinte.

A medida foi publicada no Diário Oficial em decreto municipal, que inclusive autorizou, após cinco meses, o funcionamento de bares, restaurantes, quiosques e lanchonetes do município até o horário em que inicia o toque de recolher, tratado pela gestão municipal no novo decreto com outro termo ”restrição de locomoção noturna”.

Coronavírus no município

No boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde, na noite desta terça-feira (18), a Prefeitura informou que o número de casos do coronavírus chegou a 1.477, com 1.197 recuperados. No boletim, a gestão também informa o registro do 12º óbito por Covid-19, sendo de um idoso de 88 anos, que teria dado entrada no Hospital Municipal, onde faleceu.

Em Jaguaquara, PSD de Antônio Brito escolhe Raimundo como pré-candidato a prefeito

/ Jaguaquara

Ademir recua e apoia Raimundo Louzado. Foto: Blog Marcos Frahm

Em reunião na noite desta segunda-feira (17), o Diretório Municipal do PSD de Jaguaquara, maior colégio eleitoral do Vale do Jiquiriçá, decidiu pelo nome do ex-vice-prefeito e atual presidente da Câmara, Raimundo Louzado, como pré-candidato a prefeito do partido no município. O líder regional da sigla, o deputado federal Antônio Brito esteve na cidade para participar da reunião que bateu o martelo e confirmou Raimundo como prefeiturável.

O grupo liderado por Brito vivia um dilema interno para a disputa pela Prefeitura da Toca da Onça: ser Raimundo ou Ademir o cabeça da chapa? Desde o ano passado, quando ambos se aliaram a Brito após o partido ser transferido de liderança em Jaguaquara, antes sob o comando do também pré-candidato a prefeito Flavinho Souza, hoje no Podemos, que Ademir se posicionava como o cabeça de chapa.

Na reunião desta noite, o ex-prefeito,  responsável por lançar em 2012 o nome do atual prefeito e hoje seu adversário político à prefeitura, Giuliano Martinelli (PP), que saiu vitorioso do processo eleitoral à época, tendo Raimundo como vice, Moreira recuou, admitindo que seria candidato por força de medida liminar, em face de ter tido suas contas reprovadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios após Martinelli assumir a gestão municipal, mas que decidiu entrar em consenso pela união do grupo.

O deputado reforçou a necessidade do diálogo com outros nomes da oposição e disse que Ademir e Raimundo demonstraram maturidade na decisão: ”Eu acho que foi uma decisão amadurecida dos dois. Batido o martelo e Raimundo vai ser o candidato. Agora é conversar com os demais partidos da oposição para que a gente possa construir um projeto de alternativa em Jaguaquara”. No entanto, apesar de definido o nome de Louzado, a vaga de vice segue em aberto e o grupo vai buscar diálogo para a definição da chapa.

Prefeitura de Jaguaquara autoriza reabertura de bares, quiosques, restaurantes e lanchonetes

/ Jaguaquara

Comércio segue das 11 as 18 horas. Foto: Blog Marcos Frahm

Os restaurantes, bares, quiosques e lanchonetes do município de Jaguaquara, no Vale do Jiquiriçá, estão autorizados a abrir a partir desta terça-feira (18). Os estabelecimentos estavam fechados há cinco meses, devido à pandemia da Covid-19. Para voltarem a funcionar, os estabelecimentos devem garantir o distanciamento social entre os clientes, conforme o novo decreto publicado pela Prefeitura neste segunda-feira.

 O funcionamento está permitido até as 23h, e o distanciamento entre as mesas é de 2 metros, observando o espaço de cada cadeira, disponibilizar álcool em gel para o uso dos clientes, papel toalha em todas as mesas e utilização de material descartável, como copo, faca, garfo, colher, etc.

Os estabelecimentos de serviços essências funcionam das 07h às 18h. A Prefeitura manteve a decisão do decreto anterior, para os demais seguimentos não essenciais, das 11 às 18h.

Os templos religiosos continuarão funcionando, com restrições. Academias de ginásticas estão autorizadas, de segunda a sexta-feira, das 06h às 20h.

O número de casos do coronavírus na cidade é de 1.432, com 1.155 recuperados e o registro de 11 mortes, segundo o último boletim epidemiológico divulgado pela Prefeitura, através da Secretaria de Saúde.

Afilhado político de Leão, Prefeito de Jaguaquara dispara contra Rui Costa por não assumir UPA

/ Jaguaquara

Giuliano ate forte no Governo do Estado. Foto: Rede social

Dizendo-se indignado com o posicionamento do governo do estado para com Jaguaquara, o prefeito Giuliano Martinelli (PP) partiu para o ataque, acusando o governador Rui Costa (PT) de dispensar tratamento diferenciado ao Município em comparação a outras cidades. As criticas do aliado foram por meio de um vídeo publicado em rede social, na página oficial da Prefeitura, nesta segunda-feira (17). O estopim, nas palavras do prefeito, é o fato de o Governo da Bahia não ter assumido a Unidade de Pronto Atendimento – UPA – do distrito Stela Câmera Dubois (Entroncamento de Jaguaquara), construída em convênio com o Governo Federal na gestão Dilma Rousseff (PT). ”Não consigo entender a postura do governo do Estado com o município de Jaguaquara no que diz respeito a UPA”, dispara Martinelli. Argumentando que o alicerce dele é o Governo Federal, tendo como intermediário o deputado Cacá Leão (PP), o prefeito foi além ao dizer que: ”Estou desistindo dessa ajuda, ou teórica ajuda do governo do Estado” e garante: ”Iremos abrir sim, a UPA do Entroncamento”.

Em tom de revolta, Martinelli coloca que, enquanto a UPA de Jaguaquara, concluída em 2015, permanece fechada, cinco unidades foram estadualizadas na capital e no interior, incluindo as de Jequié e Ipiaú e que não foi por falta de reivindicação. Diz ter mantido vários contatos com o governador, solicitando a colocação da UPA do Entroncamento em funcionamento, porém, até hoje não foi atendido.

Deixando transparecer sua pretensão de promover uma ruptura com a esfera estadual, Giuliano Martinelli aproveitou o vídeo para chutar o pau da barraca de vez e partiu pra cima do governador Rui Costa para cobrar também a imediata liberação das parcelas das verbas para garantir o andamento das obras de reforma e ampliação do Hospital Municipal que, segundo o prefeito, estão na iminência de serem paralisadas. ”É inadmissível. Desde o dia 17 nós já fizemos a prestação de contas da última parcela que recebemos e até agora, infelizmente, nada”, bradou ao reclamar da falta de destinação de recursos dos cofres do Estado para o concluir o Hospital Municipal.

A UPA funcionou em período eleitoral

De setembro a outubro de 2016, durante a campanha eleitoral que assegurou a reeleição de Giuliano Martinelli, a UPA chegou a funcionar através de um projeto do governo estadual denominado ”Mutirão de Cirurgias Eletivas”, que realizou 311 procedimentos [relembre o funcionamento da UPA]. De lá pra cá não funcionou mais.

Prefeito e secretário chegaram a anunciar reabertura da UPA

No dia 22 de junho último, o prefeito convidou o secretário de Saúde do Estado para vistoriar a UPA e o Hospital Municipal. Na ocasião o prefeito disse que ”com o aval do governador e do secretário, iremos abrir sim a UPA como Centro de Contingenciamento. Nós entendemos que os números [Covid-19] estão aumento no Município. O governo do Estado se comprometeu pela abertura e jamais pelo fechamento”, disse Giuliano à época [relembre Giuliano e Villas-Boas na UPA].

O secretário reiterou a fala do prefeito, ressaltando que a UPA era um problema, e não será mais. ”Nessa semana vamos montar os equipamentos, colocar em funcionamento e assim que estiver em operação o Raio-X a UPA vai ser aberta. Ela vai ser gerida pelo Consórcio de Saúde aqui da região. Vai atender não apenas Jaguaquara, mas todos os municípios, inicialmente dando atendimento ao Covid e quando acabar a pandemia o legado fica pra cidade com essa UPA funcionando pra sempre”, garantiu Fábio Villas-Boas.

Nos meios políticos existe a desconfiança de que essa atitude do prefeito em defesa do funcionamento da UPA não passa de encenação por ser 2020, um ano eleitoral. Martinelli está há meses de deixar o cargo, mas tenta emplacar a pré-candidatura da ex-secretária de Desenvolvimento Social e sogra do seu irmão, Edione Agostinone (PP) à Prefeitura da maior cidade do Vale do Jiquiriçá. Classificado como esquerdista democrático, Rui tem surpreendido e até sofrido críticas de petistas pela aproximação com o seu principal opositor na Bahia, o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), para ação conjunta de combate ao coronavírus na capital baiana.

Apesar de atacar Rui, Giuliano é considerado prefeito da base, afilhado político do vice-governador João Leão (PP), inclusive aparece com frequência em fotos no gabinete de Leão, além de ser correligionário do deputado estadual Zé Cocà (PP), político de estreita relação com Rui Costa e pré-candidato a prefeito de Jequié.

Covid-19 em Jaguaquara

O número de casos de coronavírus no município, conforme o último boletim da Secretaria Municipal de Saúde é de 1.386 casos, com 1.119 recuperados e o registro de 11 mortes. Em novo decreto, a Prefeitura autorizou maior flexibilização do comércio, permitindo também o funcionamento de bares, a partir de terça-feira (18).

Em Jaguaquara, Polícia Militar prende duas pessoas com arma e entorpecente em pontos diferentes

/ Jaguaquara

Ações da PM foram realizadas neste sábado. Foto: Divulgação

Em Jaguaquara, a Polícia Militar através da 3ª Cia efetuou, neste sábado (15), apreensões de drogas e arma. Por volta das 11h, após denúncia, a guarnição se deslocou até o bairro Palmeira, onde deteve uma mulher, em flagrante, por estar portando vinte e duas trouxas de material análogo à maconha e 02 aparelhos celulares; ela, assim como todo material ilícito, foram conduzidos para apresentação à autoridade competente na Delegacia loca.

Já às 16h, no Centro da cidade, a guarnição abordou e prendeu em flagrante delito, um indivíduo portando um revólver, marca Taurus, calibre. 38, com 16 cartuchos intactos, aproximadamente 100 Gr de substância análoga à cocaína, uma balança de precisão, R$352,50 reais em dinheiro e 02 aparelhos celulares; o abordado foi levado à Delegacia com o material, conforme informações policiais.

Jaguaquara: Acidente entre caminhões e carreta deixa 2 mortos e 3 feridos na BR-116

/ Jaguaquara

Acidente ocorreu por volta das 23h, na região do Povoado do Tatu

Um acidente grave entre três veículos ocorrido na noite desta quarta-feira (12), na altura do KM 626 da BR-116, deixou dois mortos e três feridos. As informações apontam para uma colisão entre um caminhão de Jaguaquara, que retornava de Salvador após o transporte de verduras e uma carreta, além de outro caminhão, que se chocaram por volta das 23h na região do Povoado do Tatu, trecho do município de Jaguaquara.

O caminhão e a carreta bateram de frente e, em seguida, outro caminhão colidiu no fundo de um dos veículos já envolvido no acidente. Com o impacto da colisão, dois motoristas morreram no local e outros três ocupantes foram socorridos ao Hospital Geral Prado Valadares – HGPV, em Jequié, com ferimentos e identificados como: Lucas Souza, Rondineli Santos e José Oliveira, que permanecem internados na unidade hospitalar.

Conforme o registro da Polícia Rodoviária Federal, que foi acionada às 23h30, os sobreviventes sofreram lesões graves. Uma das vítimas fatais residia em Jaguaquara, Joilson Souza, que era o condutor do caminhão com caixas plásticas vazias e o motorista da carreta, Pedro Pereira Pita, oriundo de São Paulo. Os corpos foram levados ao IML e posteriormente liberados para os familiares.

Adolescente é apreendido pela Polícia Militar em Jaguaquara portando drogas

/ Jaguaquara

A Polícia Militar apreendeu, em Jaguaquara, um menor portando material análogo à maconha, crack e sacolés para comercialização dos entorpecentes, conforme informações divulgadas pela 3ª Cia/PM na noite desta quarta-feira (12).

Ainda segundo a polícia, o menor também estava com dinheiro proveniente da comercialização e ele foi conduzido a Delegacia para adoção das medidas cabíveis.

Jaguaquara não registra óbito por Covid desde o dia (02) de agosto; número de casos é de 1.304

/ Jaguaquara

Jaguaquara lidera em casos no Vale. Foto: Blog Marcos Frahm

Jaguaquara não registra óbito por Covid-19 desde o dia (2) de agosto, quando totalizou 10 mortes provocadas pela doença no município. O último ocorreu em Salvador, onde o paciente de 73 anos de idade estava internado em Hospital de Campanha depois de transferido para a capital.

O óbito, inclusive, foi contestado por familiares da vítima em rede social, que invadiram a página da Prefeitura para alegar mau atendimento do Comitê de Comate ao Coronavírus.

Nesta quarta-feira (12), a Prefeitura, em seu novo boletim epidemiológico informou o registro de 14 novos casos, perfazendo um total de 1.304 pessoas que testaram positivo, com 1.070 recuperados e 224 ativos.

Jaguaquara prorroga toque de recolher, mas flexibiliza comércio, com exceção de bares

/ Jaguaquara

Estabelecimentos funcionarão todos os dias. Foto: Marcos Frahm

A Prefeitura de Jaguaquara, no Vale do Jiquiriçá, publicou, nesta segunda-feira (10), novo decreto com ações referentes à pandemia do coronvírus. A gestão municipal renovou o toque de recolher, das 21 às 05h, mas flexibilizou o funcionamento do comércio. O novo decretou decidiu por abarcar a grande maioria dos estabelecimentos, com exceção de bares, que permanecem fechados.

Nos decretos anteriores, a Prefeitura estava permitindo o funcionamento do comércio pelo escalonamento, com os estabelecimentos funcionando apenas três dias da semana e com horário reduzido, dependendo ainda da área de atuação.

Agora, todos os seguimentos, com exceção de bares, podem funcionar, a partir desta terça-feira (11), das 11 às 18h. Restaurantes estão autorizados das 11 às 15h e no período noturno no sistema de delivery. O setor supermercadista voltará a funcionar aos domingos.

Os templos religiosos funcionarão quarta, sexta e domingo, devendo encerrar as atividades às 21h, observando as medidas previstas na restrição da circulação de pessoas / toque de recolher, que foi prorrogado no município. Academias de ginásticas estão autorizadas, de segunda a sexta-feira, das 06h às 20h.

Casos registrados

Jaguaquara portaliza, desde o início da pandemia, 1.236 casos, conforme o boletim epidemiológico desta segunda-feira, emitido pela Secretaria de Saúde. O número de recuperados é de 1.025, com 201 ativos. Foram confirmadas 10 mortes por Covid-19. *Nota original do Blog Marcos Frahm

Caminhoneiro é encontrado morto por enforcamento no baú do caminhão em Jaguaquara

/ Jaguaquara

Veículo estava em estacionamento de posto. Foto: Blog Marcos Frahm

Um caminhoneiro de 28 anos morreu por enforcamento no Entroncamento de Jaguaquara, cujo corpo foi encontrado na manhã desta segunda-feira (10), no baú do caminhão que era conduzido por ele e que estava estacionado há 2 dias no estacionamento de um posto de combustíveis às margens da BR-116.

O corpo de Emerson, natural de Jundiaí/SP, onde residia com familiares, foi encontrado dentro do baú do caminhão, com uma corda presa ao pescoço e amarrado no teto.

Conforme apurou o Blog Marcos Frahm junto à Polícia Militar e equipe do Instituto Médico Legal de Jequié, que estiveram no local, não há informações sobre o que teria motivado o motorista a tirar a própria vida, mas informações preliminares levantadas pela polícia dão conta de que o homem teria efetuado ligação telefônica recente para a sua mãe e que enfrentava um quadro depressivo.

O corpo do caminhoneiro foi levado ao IML e segue no órgão aguardando a chegada da família para o reconhecimento e posteriormente o translado do cadáver será feito até Jundiaí. No município de Jaguaquara, este é o 4º caso de suicídio confirmado no período da pandemia.

Jovem de 23 anos comete suicídio por enforcamento em Jaguaquara; é o terceiro caso na pandemia

/ Jaguaquara

Caso ocorreu na Rua 2 de Abril, na Muritiba. Foto: Nilsinho Souza

Jovem de 23 anos foi encontrado morto por enforcamento na tarde desta sexta-feira (7), na Rua 2 de Abril, no bairro Murutiba, em Jaguaquara.

O corpo de Pedro Darlan Santos Cafezeiro teria sido encontrado no interior da residência onde ele morava, próximo a um tanque de água, amarrado pelo pescoço, pendurado num fio de energia elétrica.

A Polícia Militar/3ª Cia foi chamada e uma guarnição se deslocou até o imóvel, onde constatou a veracidade das informações e acionou o Departamento de Polícia Técnica de Jequié, que esteve no local e confirmou a morte como suicídio.

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Jequié e liberado nesta noite para os familiares. Este é o segundo caso de suicídio neste período pandêmico em Jaguaquara.

Assim como Jaguaquara, toque de recolher em Jequié passa a ser das 21h às 5h da manhã

/ Jaguaquara

Continua em Jequié o toque de recolher. Foto: Blog Marcos Frahm

O Decreto municipal nº 20.671 datado de 6/agosto/2020, institui medidas restritivas e complementares de prevenção ao contágio e de enfrentamento da propagação do novo coronavírus em Jequié, com a ampliação da permissão de funcionamento para as revendas e concessionárias de veículos; escritórios e demais locais de prestação de serviços individualizados, tais como serviços advocatícios e contábeis, mediante agendamento prévio.

Também são ampliadas as medidas sanitárias a serem cumpridas e, alterado o horário restrição de circulação de pessoas (toque de recolher), se dará no horário compreendido entre as 21h às 5h, devendo todos os munícipes e proprietários de estabelecimentos comerciais o cumprirem. A vigência do Decreto é o fim do dia 17 de agosto.

Jaguaquara

Em Jaguaquara, no Vale do Jiquiriçá, a restrição da circulação de circulação de pessoas ocorre também no mesmo horário, conforme decreto municipal.

BR-116 está parcialmente interditada após acidente entre carro e caminhões no trecho da Coalhada

/ Jaguaquara

Veículos ficaram na pista após acidente na 116. Foto: BMFrahm

Um acidente entre dois caminhões e uma caminhonete Fiat Toro deixou duas pessoas feridas e causou a interdição total da Rodovia Santos Dumont BR-116, no trecho conhecido como Reta da Coalhada, perímetro do município de Jaguaquara, no Sudoeste baiano.

Segundo o Blog Marcos Frahm, a colisão ocorreu no fim da tarde desta quinta-feira (6), e os caminhões envolvidos transportavam, respectivamente, cerveja e móveis. Os feridos, entre eles uma mulher, foram socorridos ao Hospital Geral Prado Valadares – HGPV, em Jequié e não há informações sobre o estado de saúde das vítimas.

Colisão envolveu dois caminhões e uma caminhonete Fiat Toro

Equipes da ViaBahia e da Polícia Rodoviária Federal estiveram no local providenciando a remoção dos veículos, mas não foi possível a liberação total da estrada, que foi liberada parcialmente por volta das 21h30 e é preciso cautela por parte dos motoristas na manhã desta sexta-feira.