Jaguaquara: Câmara vive semana de tensão; vereadores vão apreciar contas do ex-prefeito Ademir

/ Jaguaquara

Vereadores decidiram se aprovam ou rejeitam Ademir Moreira
Vereadores decidirão se aprovam ou rejeitam Ademir Moreira

O clima começa a ficar tenso na Câmara Municipal de Jaguaquara, que vota amanhã, quinta-feira (2), as contas do ex-prefeito Ademir Moreira (PMDB), rejeitas pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), referentes ao balanço financeiro do exercício de 2012 da gestão do ex-chefe do Executivo. O TCM, que enviou as contas de Ademir ao Poder Legislativo de Jaguaquara, as rejeitou em razão de irregularidades cometidas pelo ex-alcaide. As contas reprovadas já tramitam nas comissões de Orçamento, Finanças e Fiscalização da Câmara, que analisará na quinta-feira o exercício final da administração de Ademir. A votação é uma das pautas mais aguardadas da Casa neste ano de 2014 e gera grande expectativa por parte dos munícipes, que aguardam o posicionamento dos parlamentares. Os jaguaquarees estão ansiosos pelo resultado da votação desta quinta-feira, para conhecer os vereadores que optarão pela aprovação ou rejeição do parecer técnico do TCM. Nos bastidores da Câmara, as conversações dão conta de que a oposição deverá apresentar pedido de vista e a votação poderá ser adiada.

Vc repórter: Internauta critica rua esburacada no Distrito Stela Dubois, em Jaguaquara

/ Jaguaquara

Rua Domingos Fioravante esburacada
Rua Domingos Fioravante completamente esburacada

O leitor Ivan Lima Guimarães ”Badaró”, reclama do descaso das autoridades com o Distrito Stela Dubois – Entroncamento de Jaguaquara. O internauta enviou foto dos buracos existentes na Rua Domingos Fioravante, por meio do email colaborativo do BMF. A imagem feita por ”Badaró” mostra a via pública em situação precária. Segundo ele, entra prefeito, sai prefeito e o Distrito sofre na questão de ordem administrativa. Ele pede para que os moradores abram os olhos, agora, no período eleitoral quando candidatos aparecerão para pedir votos na localidade.

Jaguaquara: Agências bancárias amanhecem com faixas e adesivos para sinalizar paralisação

/ Jaguaquara

Radialista Dilson Pirôpo
Radialista Dilson Pirôpo acompanha greve. Foto: Sílvio Sena

Para sinalizar a greve deflagrada pelos bancários, as agências bancárias de Jaguaquara amanheceram nesta terça-feira (30) com adesivos e faixas relacionadas à paralisação por tempo indeterminado. Os trabalhadores não aceitaram a proposta dos bancos de reajuste de 7,35% para os salários e demais verbas salariais e de 8% para os pisos. A Fenaban (Federação Nacional dos Bancos) apresentou a nova proposta de reajuste de 7,35% para os salários e demais verbas salariais e de 8% para os pisos no último sábado (27). Os percentuais, entretanto, foram considerados insuficientes pelos bancários, não somente do ponto de vista econômico, mas também porque ignora completamente as demais reivindicações da pauta de reivindicações da categoria. Os bancários que atuam em Jaguaquara e demais cidades do Vale do Jiquiriçá são ligados ao Sindicato dos Bancários de Jequié e Região, que aderiu à paralisação.

Faixa sinaliza paralisação no Banco do Brasil
Faixa sinaliza paralisação também no Banco do Brasil

Entre as principais reivindicações dos trabalhadores estão o reajuste salarial de 12,5%, o piso de R$ 2.979,25, participação nos lucros de três salários mais parcela adicional de R$ 6.247, 14º salário, fim das metas abusivas, mais contratações e combate ao assédio moral.

Prefeito Giuliano faz balanço positivo da 2ª Agrijaguar

/ Jaguaquara

''A feira foi realmente um grande sucesso''
”A feira foi realmente um grande sucesso”, diz Giuliano

A 2ª edição da Agrijaguar chega ao fim com participação maciça do público, o que foi motivo de muita comemoração por parte da equipe da administração pública municipal, que organizou o evento. A Prefeitura já começa a pensar na Agrijaguar 2015. Em tom de satisfação, o prefeito Giuliano Martinelli (PP) falou ao Blog Marcos Frahm sobre a Feira de Agricultura de Jaguaquara e disse que a sua avaliação é extremamente positiva, que foram superadas as expectativas. ”Aprendemos com a feira do ano passado e agora todas as expectativas foram superadas. No ano passado a gente pode visualizar o que poderia ser melhorado e a feira cresceu, já vai fazer parte do calendário cultural de Jaguaquara”. O prefeito revelou que obteve o apoio da Seagri – Secretaria Estadual da Agricultura e de outros parceiros para a realização da feira. ”Nós tivemos o apoio da seagri e de outros parceiros, tivemos palestras, enfim, vários eventos na feira, como o motocross, que foi um sucesso”. O gestor falou ainda da indefinição sobre data de realização do evento, que no ano passado aconteceu em agosto e disse que, mesmo acontecendo às vésperas das eleições, a feira não teve cunho político. ”Eu acredito que definiremos a última semana de setembro, para fazermos a feira. Já vou encaminhar para a Câmara a lei que institui o dia do agricultor, e nós vamos comemorar o dia do agricultor junto com a agrijaguar. Setembro é um mês que antecede as eleições, nós estamos num momento político, mas aqui não tocamos nesse assunto”, assegura. A partir de 2015, segundo Giuliano, serão incrementadas novas atividades, podendo haver investimento maior na contratação das atrações musicais. Ele justifica a ausência das chamadas atrações de peso, sob alegação de que a Prefeitura não vive um bom momento, na questão de ordem financeira. ”A situação que as prefeituras vivem é complicada. A gente não pode contratar grandes atrações porque existem fornecedores em atraso, contratos para serem honrados e seria uma incoerência fazer uma festa gastando milhões, com grandes atrações e amanhã voltar para o problema diário da prefeitura. As atrações que se apresentaram foram cedidas por empresários amigos, que me ajudaram a fazer o são João. Por tanto, eu só tenho que comemorar a agrijaguar, que mais uma vez foi sucesso”, conclui Giuliano Martinelli.

Agrijaguar chega ao fim com grande público

/ Jaguaquara

Evento durou três e reuniu pessoas de toda a região
Evento durou três dias e reuniu pessoas de toda a região

O domingo foi bastante movimentado em Jaguaquara, com a Feira de Agricultura ”Agrijaguar” atraindo grande público. Um dos destaques foi comercialização de produtos em estandes montados na área do evento e o show de MotoCross, que aconteceu durante todo o dia com a participação de pilotos renomados, representando varias regiões, além de Marcha de Cavalo. A 2ª edição da ”Agrijaguar” chega ao fim com bom público no último dia, o que foi motivo de comemoração por parte de membros das secretarias municipais, a exemplo da de Agricultura, que organizou o evento.

Público acompanhou show de MotoCross na Agrijaguar
Público acompanhou show de MotoCross na Agrijaguar

Shows musicais com artistas locais e regionais também fizeram parte da programação. Produtores rurais aproveitaram para dialogar nos estandes de empresas do ramo agropecuário e até adquirir produtos agrícolas com preços acessíveis. Para quem busca nova moradia, encontrou facilidades também na comercialização de lotes de empreendimentos da região, com representantes de empresas do setor imobiliário. Teve até quem saiu de carro novo com ofertas oferecidas por concessionárias de veículos. Mas o centro das atenções mesmo foram os chineses, que vieram da capital Paulista para lucrar na ”Agrijaguar” comercializando roupas, sapatos e eletroeletrônicos com preços baixos. O público não perdeu tempo e saiu de sacola cheia – afinal, não é todo dia que se encontra roupa e sapato com preços inferiores. Outro ponto visto como positivo foi à segurança. Guardas municipais e policiais militares garantiram a tranquilidade na feira.

Produção divulga Vaquejada do Parque Miguel da Hora

/ Jaguaquara

Gisele, Núbia e Nádia divulgam a 5ª Vaquejada
Gisele, Núbia e Nádia divulgam a 5ª Vaquejada

Já estão à venda os ingressos para a 5ª Vaquejada do Parque Miguel da Hora, popularmente conhecida como Vaquejada de Zuca, em Jaguaquara. O evento acontece de 7 a 9 de novembro – sendo que os shows musicais serão apenas no dia 8, com Calcinha Preta, Léo do Forró, Ricardo Alencar, Lipinho e Banda e DJ Celo. Na Feira de Agricultura, Agrijaguar, que foi sediada em Jaguaquara de sexta até este domingo, a festa foi destaque com ampla divulgação no evento. Uma equipe que faz parte da produção da Vaquejada distribuiu panfletos e montou estande na área da feira para propagar a 5ª Vaquejada.

Vereador Elío Boa Sorte prestigia a Agrijaguar

/ Jaguaquara

Dr. Élio e família na 2ª Agrijaguar, em Jaguaquara
Dr. Élio e família na 2ª Agrijaguar, em Jaguaquara

O vereador e médico Élio Boa Sorte Fernandes (PP), acompanhado da esposa, da filha e da cunhada prestigiou, neste domingo (28) a 2ª ‘’Agrijaguar’’, Feira de Agricultura de Jaguaquara. Boa Sorte elogiou o evento disse que é sempre uma honra compartilhar dos momentos marcantes, principalmente num evento como a Agrijaguar, que já se consolida em sua 2ª edição.

Ex-prefeito de Itiruçu elogia Agrijaguar, mas diz que faltou divulgação mais convincente do evento

/ Jaguaquara

O evento é excelente, mas falta definir data e ter divulgação
‘O evento é excelente, mas falta divulgação’, diz Carlinhos

 Carlos Roberto Martinelli, o Carlinhos, ex-prefeito de Itiruçu, atua na região como um dos grandes empresários do ramo agropecuário e participa da Feira de Agricultura de Jaguaquara, a 2ª Agrijaguar, representando as lojas Agrovet, sendo entrevistado neste sábado (27) pelo Blog Marcos Frahm, sobre qual avaliação faz do evento, em seu segundo dia. Carlinhos disse que a Prefeitura de Jaguaquara deveria ter divulgado de maneira mais convincente a importância da realização da feira no município, que é considerado a Capital do Hortifrutigranjeiro na Bahia. ”Primeiramente, temos que reconhecer e parabenizar a iniciativa do prefeito, de idealizar essa feira, desde o ano passado e temos que compreender que erros acontecem no início de qualquer atividade. Agora, é preciso corrigir os erros. Eu acho que o prefeito precisa chamar as pessoas envolvidas no seguimento da agropecuária para discutir o futuro da feira, porque corre o risco da feira desaparecer. Tem que fazer tudo com antecedência, fazendo uma ampla divulgação, em sites e blogs de muito acesso e credibilidade, se possível até em veículos de comunicação de maior proporção e definir a data da feira, para que os expositores se preparem antes. As multinacionais, que participam de feiras como essas, elas precisam ser comunicadas um ano antes”, comenta o ex-prefeito, que tem laços sanguíneos com o atual gestor de Jaguaquara. Carlinhos é primo do prefeito Giuliano Martinelli (PP). Para ele, o público tem comparecido em número pequeno e não gera comercialização para as grandes empresas do seguimento agropecuário. ”A feira tem que entrar no calendário das empresas nacionais, para atrair grande público. Estamos no segundo dia e não temos público bom de agricultores para a comercialização por conta dessa indefinição, mas a ideia de criar a feira é muito boa”, afirma Martinelli. Política – Carlinhos também falou sobre as eleições 2014, tendo afirmado não ter dúvidas de que o candidato a governador Rui Costa (PT), seu colega de partido, vencerá as eleições. ”Rui Costa é preparado, tem o apoio de um grande líder político e democrático que é o governador Jaques Wagner e vence a eleição. Tanto Rui quanto Dilma vencem. Aqui na região, Rui e Dilma sairão vitoriosos em várias cidades, a exemplo de Itiruçu, onde nós estamos conscientizando as pessoas de que, o PT, que mudou a vida de muitos brasileiros, ainda tem o melhor projeto”.

Bióloga afirma que Agrijaguar valoriza a agricultura

/ Jaguaquara

Bióloga Fabrícia é organizadora da 2ª Agrijaguar
Bióloga Fabrícia é a organizadora da 2ª Agrijaguar

A Feira de Agricultura de Jaguaquara, Agrijaguar, movimenta a cidade e atrai visitantes de toda a região, além de valorizar a agricultura local e gerar renda para o município, com produtos sendo comercializados por empresas de diversos segmentos, desde máquinas, implementos e insumos agrícolas a corretoras de seguros, promovendo a interação entre produtores rurais, comerciantes, empresários, engenheiros agrônomos, técnicos agrícolas e representantes de insumos para a cultura. A bióloga Fabrícia Pereira, servidora da Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente é uma das organizadoras do evento e, na tarde deste sábado (27), falou ao Blog Marcos Frahm sobre o andamento da feira, que está em sua 2ª edição. Fabrícia disse que a Agrijaguar é resultado do esforço conjunto de membros da administração pública municipal, que se organizam em busca do crescimento e desenvolvimento da agricultura. ”A segunda Agrijaguar cresceu e apareceu. O primeiro evento aconteceu de maneira tímida, mas com o objetivo de fortalecer a nossa economia. Jaguaquara é um município agrícola, tem um grande potencial agrícola e esse evento foi criado justamente para dar visibilidade ao município, para que ele ocupe o seu lugar no cenário estadual e também para fortalecer o comércio, incentivando os nossos produtores, trazendo para a cidade novas técnicas, aproveitando o avanço da tecnologia e ajudando o nosso produtor rural. É um evento voltado para o produtor rural. Nessa segunda edição, nós trouxemos novidades na estrutura, estamos com exposição de produtos e realização de palestras, enfim, tudo para colaborar com o produtor”, sentenciou.

Agrijaguar: Secretário explica blecaute no evento

/ Jaguaquara

Antônio Andrade é secretário de Infraestrutura
Antônio Andrade é secretário municipal de Infraestrutura

Um blecaute na Feira de Agricultura de Jaguaquara, Agrijaguar, na noite desta sexta-feira (26) surpreendeu a todos que participavam do evento, na margem da BR-420 e gerou indignação por parte de barraqueiros e outros comerciantes que atuam na feira. Por volta das 23h, após apresentações musicais em um palco montado na área do evento, um repentino apagão, na primeira noite de festa, deixou comerciantes e foliões boquiabertos. O incidente foi explicado neste sábado (27) pelo secretário de Infraestrutura do município, Antônio Andrade, como sendo algo inesperado, mas que foi tratado com rapidez no restabelecimento da energia, que no local funciona através de um gerador. ”Os responsáveis pelo gerador, pecaram no abastecimento. Eles deixaram faltar o óleo e a prefeitura já tomou as providências, porque foi uma falha humana, mas demonstrou irresponsabilidade da empresa contratada. Isso não vai mais ocorrer nos dois dias que faltam para terminar o evento e, em nome da prefeitura, nós queremos pedir desculpas aos comerciantes pelos transtornos”. Para o secretário, o apagão não tira o brilho do evento. ”Falhas existem, e nós estamos aqui para corrigir e isso não tira o brilho dessa grande feira. Nós nos empenhamos durante vários dias para realizar esse evento”, enfatizou.

Agrijaguar: Chineses aproveitam para vender roupas

/ Jaguaquara

Chinesa se diz impressionada com receptividade dos jaguaquarenses
Chinesa comercializa roupas e esbanja simpatia na feira

Diversão para uns, lucro para outros. Na 2º edição da Agrijaguar, em Jaguaquara, os estandes montados não representam apenas a comercialização dos produtores dos ramos agropecuários, mas de diversos segmentos. Tem espaço até para os chineses, que vieram da capital Paulista para lucrar no evento, comercializando roupas, sapatos e acessórios oriundos de outros países. Mais o que atrai mesmo é o preço.

Feira atrai grande público, que aproveita produtos com preços baixos
Feira atrai grande público, que aproveita os preços baixos

Quem visita uma barraca com dinheiro ou cartão, sai de sacola cheia. Mesmo sendo réplicas de grifes consagradas, roupas femininas e masculinas demonstram certa qualidade e são vendidas por valores bem inferiores. Os chineses permanecem em Jaguaquara até este domingo.

Luzitália Imobiliária monta estande na Agrijaguar

/ Jaguaquara

Equipe atua na divulgação do Luzitália Imobiliária
Equipe atua na divulgação do Luzitália Imobiliária

A equipe do Luzitália Imobiliária, novo loteamento do Distrito Stela Dubois – Entroncamento de Jaguaquara marca presença na Agrijaguar, com estande montado na área do evento. As ofertas de lançamento do novo empreendimento continuam, para quem deseja uma morada nova. O Luzitália vende o seu Lote com parcela em até 36 vezes sem juros. A equipe permanece no local até este domingo (28), com financiamento, além de venda sem consulta ao SPC e Serasa.

Políticos marcam presença na abertura da Agrijaguar

/ Jaguaquara

Francisnei, Abimael, Cacá, Giuliano, Júnior e Ademir
Francisnei, Abimael, Cacá, Giuliano, Júnior e Ademir Moreira

Em ano eleitoral, há quem diga que, para os políticos, vale participar de qualquer solenidade, sem perder um único ”flash”. Políticos de diversas agremiações marcam presença na ”Agrijaguar”, logo no primeiro dia da 2ª edição do evento.

Políticos visitam estandes montados no evento Agrijaguar
Políticos visitam estandes montados no evento Agrijaguar

Na tarde desta sexta-feira (26), apareceram acompanhando o prefeito Giuliano Martinelli (PP) o presidente do Câmara, Francisnei Santos (PP), o vereador Júnior (PSD), além de outros representantes do Poder Legislativo, o ex-prefeito Ademir Moreira (PMDB), Abimael Teixeira (PSD), ex-prefeito de Itaquara e o deputado estadual e candidato a federal pelo PP, Cacá Leão, dentre outros políticos.

Jaguaquara: Dom José Ruy é homenageado na Câmara

/ Jaguaquara

O Bispo Dom José recebeu Moção de Aplauso. Fotos: BMF
O Bispo Dom José recebeu Moção de Aplauso. Fotos: BMF

O Bispo diocesano Dom José Ruy Gonçalves Lopes foi homenageado pela Câmara Municipal de Jaguaquara, em sessão especial realizada na noite desta quinta-feira (25), com Moção de Aplauso nº. 013/2014, pela sua visita Pastoral a Paróquia Maria Auxiliadora. Antes da sessão, aconteceu encontro do líder religioso com autoridades do município, já previsto no cronograma da Visita Pastoral do Bispo Dom José Ruy, que tem dentre outros objetivos, manifestar a amizade, encontrar pessoas, partilhar a vida, trocar ideias e buscar a mútua ajuda na Diocese. A sessão foi presidida pela vereadora Marleide Pinto de Novaes (PP), em substituição ao presidente da Casa, Francisnei Santos (PP), que não compareceu ao evento. Ao entregar a placa da moção a Dom José, a vereadora Marleide falou da honra do Poder Legislativo em poder prestar tal homenagem, ressaltando que entendia o ato como um momento mais que especial.

Edis posam para foto com o Bispo e com padres
Edis posam para foto com o Bispo e com padres

 Em seu discurso, Dom José Ruy enfatizou a sua alegria diante da homenagem e estendeu-a a todos os fiéis que acompanhavam a sessão e aos padres que viveram ou ainda vivem na Diocese de Jequié e disse que sua ida a Câmara teve como princípio a alegria do encontro. ”Esse primeiro encontro com a Câmara de Vereadores de Jaguaquara, teve como princípio a alegria do encontro, que é a mesma alegria do encontro que o bispo está tendo como o povo e ao mesmo tempo ter a alegria de fazer com que a igreja católica dialogue com todas as instâncias dos poderes públicos”. Num segundo momento, Dom José aproveitou para falar do período das eleições deste ano e comentou sobre a Nota Pública intitulada ”O Católico e as Eleições”, assinada por ele, manifestando o posicionamento da Diocese de Jequié em relação às eleições 2014, na qual o Bispo diocesano diz que a Igreja Católica não possui partidos nem candidatos e que não impõe nomes a serem sufragados muito menos obriga a votar em determinados candidatos. Entretanto, deixa claro que a Igreja está atenta no sentido de orientar, sobretudo, em quem não votar. ”Há candidatos e partidos que não podem receber o nosso apoio”. Também alerta para aqueles cuja conduta, ideais e partidos não se comprometem com a justiça … respeito pela vida desde a concepção até a morte natural e ainda ”aqueles candidatos e partidos que são favoráveis ao aborto e à eutanásia, que desvirtuam o papel da família segundo sua identidade natural e a destroem ou aqueles outros que não respeitam a liberdade religiosa e de consciência”, diz a nota. Participaram da sessão, além de fiéis católicos, padres e vereadores a Procuradora da Câmara, a Dra. Priscila Moura e o vice-prefeito de Jaguaquara, Raimundo Louzado (PSD). O curioso foi que o presidente e o vice da Casa não compareceram a sessão especial para recepcionar a autoridades eclesiástica.