Jaguaquara: Prefeitura atrasa salários de servidores

/ Jaguaquara

PMj está deixando servidores de bolso vazio
Prefeitura está deixando servidores de bolsos vazios

Garantir a estabilidade salarial de servidores públicos municipais em Jaguaquara já não é mais mérito do ”Governo Giuliano Martinelli”. Servidores públicos que atuam em áreas diversas, a exemplos de Educação, Saúde e Social, estão com os bolsos vazios, pois o pagamento de dois dos últimos meses trabalhados ainda não foi efetuado. Através de emails endereçados ao BMF, servidores que preferem o anonimato reclamam do atraso, lamentam a falta de dinheiro no bolso. Em recorrência da falta de pagamento dos salários, o dinheiro deixa de circular na economia local. Servidores dizem ter sido informados de que, ainda nesta semana, voltariam a receber os seus proventos mensais.

Após denúncia, Prefeitura esclarece sobre empresa responsável por asfaltamento

/ Jaguaquara

Prefeitura pega ar com nota sobre asfalto frio
Prefeitura pega ar com nota sobre ”asfalto frio”

Só mesmo após críticas, a Prefeitura de Jaguaquara se posicionou na tarde desta terça-feira (14), sobre o asfalto descartado na Rua Rui Barbosa, Centro da cidade, sem quaisquer informações sobre valor de contrato da obra, ou empresa responsável pela execução dos serviços, o que é legalmente divulgado por qualquer instituição pública quando o assunto é obra pública. A Assessoria de Comunicação – Ascom, página utilizada pela instituição pública no Facebook para dar amplo destaque as ações do governo municipal, e até visita de quem vai ao gabinete do Chefe do Executivo, além de assuntos ”políticos”, no veículo que deveria ser utilizado apenas de forma institucional, ironizou a reportagem do blog que, no limite da liberdade de expressão, questionou o que é de domínio público. Na publicação, consta a fala do prefeito Giuliano Martinelli (PP), que parece ter se chateado com a nota do independente blog, afirmando que ”Jaguaquara não precisa se preocupar com comentários assim, tendenciosos”, enganou-se o gestor – o comentário não é tendencioso e o blog não faz campanha difamatória contra o governo, Giuliano Martinelli e o seu assessor de comunicação, o professor Marlos Mascarenhas, além de outros agentes públicos, aliados da administração, que comentam no Facebook, devem olhar a imprensa como um instrumento de fiscalização dos governos. A imprensa é um importante meio de controle social da população sobre os governos, que devem ser transparentes. Foi através da imprensa, que a Prefeitura de Jaguaquara resolveu informar, lá na sua página, que o asfalto colocado na via pública ”é utilizado pela Empresa Pavservice- Serviços de Pavimentação LTDA, e que é do tipo CAUQ- Concreto Armado Usinado a Quente”, tendo informado ainda que ”o material é usinado na cidade de Vitória da Conquista na usina da PavService e trazido pela empresa para as obras de pavimentação”.  Só não informou que a obra é destinada pelo governo estadual, nem disse data de término da obra e quais vias serão contempladas. Talvez, por ser livre, por nunca ter firmado contrato com a Prefeitura, por questionar o que os munícipes verdadeiramente querem saber, o blog é visto como um inimigo da gestão pública. Observem que a redação nem tem questionando o atraso no pagamento de salários dos servidos públicos, outro interessante assunto e de interesse de qualquer cidadão. Fica no ar uma pergunta: estão querendo implantar em Jaguaquara a Lei da Mordaça?

Termina greve dos bancários no Banco do Nordeste

/ Jaguaquara

BNB volta a funcionar em Jaguaquara. Foto: Blog Marcos Frahm
BNB volta a funcionar em Jaguaquara. Foto: Blog Marcos Frahm

Foi encerrada a paralisação de servidores do Banco do Nordeste na Bahia, depois de realização de assembleia no Sindicato dos Bancários, ocorrida ontem. A categoria decidiu acompanhar a decisão dos bancários das demais empresas, que encerraram a greve no dia 6 de outubro. Os trabalhadores da Caixa Econômica Federal (CEF), que haviam persistido com a paralisação junto com os do BNB, retornaram às atividades no dia 8. O acordo com os banqueiros definiu que os funcionários terão um reajuste salarial de 8,5%, 12,2% no tíquete alimentação, além de 9% no piso e 8,5% na participação nos lucros. Eles ainda conquistaram o fim de cobrança de metas por meios eletrônicos, como celulares. Em Jaguaquara, cartazes que anunciavam à greve, afixados no prédio da agência do Banco do Nordeste, já foram retirados e o funcionamento normalizado.

Asfalto frio, em Jaguaquara, começa e para

/ Jaguaquara

Asfalto frio, é descartado por veículos da ViaBahia
Asfalto frio, é descartado na Rua Rui Barbosa. Foto: BMF

Nem bem começou, já parou. O asfalto destinado pelo Governo ao município de Jaguaquara, e comemorado com alarde pela administração pública municipal, já gera questionamentos. A tal obra de pavimentação, chega sem quaisquer informação oficial por parte do governo estadual, que não divulgou valor da obra, empresa responsável e nem se quer publicou processo de licitação, como em Jequié, aonde ruas centrais vem sendo asfaltadas pela Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia-CONDER, autarquia vinculada à Secretaria Estadual de Desenvolvimento Urbano que, antes de iniciar os serviços, havia publicado no Diário Oficial da Bahia edital de licitação na modalidade convite/menor preço, sob nº 025/14 destinado a contratação de empresa de engenharia para execução da pavimentação. O descarte da chamada borra de asfalto, em poucos metros da Rua Rui Barbosa, em Jaguaquara, só ocorreu no domingo (12), e de lá para cá, os serviços não continuaram, devendo ser feitos apenas aos finais de semana. Curioso é que, uma empresa que administra rodovias federais, foi quem descartou na via pública a massa asfáltica, que não parece ser de boa qualidade. ”Asfalto frio, a meia boca, a cidade merece”, dizem munícipes. Não se sabe se a obra pública terá o acompanhamento de uma empresa especializada em pavimentos.

Moradores voltam a reclamar da falta de água no Residencial Jardim das Flores

/ Jaguaquara

Falta d'água volta preocupar e castigar moradores
Falta d’água volta castigar moradores. Foto: Blog Marcos Frahm

Moradores do Loteamento Residencial Jardim das Flores, no bairro São João Batista, através do canal de denúncia do BMF enviaram emails relatando que permanecem sofrendo com falta d’água na localidade, onde foram construídas unidades habitacionais do Programa Minha Casa, Minha Vida, do Governo Federal. Segundo os beneficiários, a falta de água potável tem sido um problema constante no Jardim das Flores e tem motivado o consumidor a fazer denúncias contra a Embasa e pedir, desde quando as casas foram entregues a intervenção do poder público municipal.

Governo contempla Jaguaquara com asfaltamento

/ Jaguaquara

Pavimentação começa na Rua Rui Barbosa
Obra de pavimentação começa na Rua Rui Barbosa

Promessa de campanha do Governo Wagner, passa a ser cumprida em Jaguaquara, dias após as eleições. As ruas centrais da cidade serão contempladas com pavimentação esfáltica, cuja execução dos serviços teve início na manhã deste domingo (12), na Rua Rui Barbosa, principal via de acesso ao Centro. Durante as eleições 2014, tanto o governador Jaques Wagner quanto o então candidato Rui Costa, que venceu o pleito, e teria exercido no governo o cargo de chefe da Casa Civil da Bahia haviam prometido contemplar Jaguaquara com obras de pavimentação asfáltica, um anseio antigo dos munícipes. Através da Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia-CONDER, o Governo também autorizou obras de pavimentação em Jequié. Em Jaguaquara, além de dar outro aspecto urbanístico no Centro, a pavimentação facilitará a vida de motoristas, transeuntes e comerciantes, que encontram dificuldades em períodos de chuva.

Jaguaquara: Às vésperas do ”Dia das Crianças”, comércio sente vendas aquecidas

/ Jaguaquara

Comércio estendeu o horário neste sábado (11)
Comércio estendeu o horário neste sábado. Foto: BMF

O Dia das Crianças será celebrado amanhã, domingo (12), e os comerciantes do ramo de brinquedos em Jaguaquara comemoram antecipadamente, entusiasmados com o movimento intenso nas lojas, o que significa aumento das vendas. O encerramento da greve dos bancos fez aquecer o ritmo de vendas no centro comercial da maior cidade do Vale do Jiquiriçá, desde a última segunda-feira, por causa do Dia das Crianças, que. Mesmo assim, alguns lojistas ainda classificavam o movimento no Comércio como fraco até o fim da manhã de ontem (10). A expectativa era de que a circulação de clientes aumentasse a partir de hoje – e foi o que aconteceu. Para atrair ainda mais o cliente, os lojistas, que normalmente fecham às portas às 14h de sábado, resolveram estender o horário até as 19h de hoje.

Canidé solta a voz neste sábado em Jaguaquara

/ Jaguaquara

Canidé se apresenta hoje no Jaguar Clube
Canidé se apresenta hoje no Jaguar Clube

Conhecido como conceituado intérprete da Música Popular Brasileira, o cantor Canidé, estará de volta a Jaguaquara, neste sábado (11), para apresentação no Jaguar Clube. Canidé é atração principal do evento, que conta ainda com as participações do jovem artista Robert, que lança o seu 1º CD, com a música de trabalho Disco Voador e Wesley Moraes. A festança terá início a partir das 22h. Os ingressos estão à venda na bilheteria do Jaguar e em outros pontos de venda. Uma festa para quem gosta da boa música.

Jaguaquara sedia Jogos Estudantis da Rede Pública

/ Jaguaquara

Estudantes do Colégio Luzia Silva participam
Estudantes do Colégio Luzia Silva também participam

Jaguaquara sedia neste final de semana os Jogos Estudantis da Rede Pública (Jerp), evento que ocorre anualmente organizado pela Secretaria da Educação da Bahia, por meio de cada uma das 33 Diretorias Regionais de Educação do Estado, a exemplo da Direc13 / Jequié, envolvendo estudantes e professores de escolas das redes municipal e estadual de quase todos os municípios baianos. A abertura, realizada nesta quinta-feira (8), na quadra de esportes do Colégio Taylor Egídio, contou com a presença maciça dos participantes, oriundos de Jaguaquara e de várias regiões além de representantes das instituições públicas de ensino envolvidas.

Evento esportivo reúne estudantes de várias regiões
Evento esportivo reúne estudantes de várias regiões

Os estudantes participam com diversas modalidades, protagonizando disputas eletrizantes, mas futsal é o preferido dos alunos. A proposta dos Jogos, segundo a Secretaria da Educação, fundamenta-se em pressupostos considerados de relevância para a concepção do trato da cultura corporal e do esporte escolar na educação básica, a saber: participação, diversidade, ética, cooperação, regionalismo e emancipação.

Prefeitura e moradores pavimentam rua na Muritiba

/ Jaguaquara

Rua Luiz Salviato está sendo pavimentada
Rua Luiz Salviato está sendo pavimentada. Foto: BMF

A Rua Luiz Salviato, no bairro Muritiba, área nobre de Jaguaquara está sendo pavimentada. De iniciativa de moradores, a obra avança e é realizada pela Prefeitura Municipal em parceria com moradores da via pública, que colabora, segundo informações levantadas pelo blog, com o custeio da obra. O os moradores participam de todo o processo, que vai da compra de paralelepípedos a fiscalização dos serviços.

Jaguaquara: Julgamento das contas do ex-prefeito segue sem entrar na pauta da Câmara

/ Jaguaquara

Petistas querem reprovação das contas
Petistas votam pela reprovação das contas de Ademir

A Câmara Municipal de Jaguaquara realizou, nesta quinta-feira (9), mais uma sessão ordinária. Mas ainda não foi dessa vez que a mesa-diretora colocou em pauta o julgamento das contas do ex-prefeito Ademir Moreira, relativas ao exercício financeiro de 2012. O julgamento, que ainda não tem data definida pela presidência da Casa, poderá ocorrer na próxima sessão, a ser realizada no próximo dia (16). O presidente Francisnei Santos (PP), forte aliado do ex-gestor, disse ao justificar a suspensão da sessão, do último (2), que não está havendo manobra; que não posterga o julgamento das contas e que resolveu cancelar a sessão da semana passada em face ao período eleitoral, para evitar que, na Tribuna, comentários de parlamentares influenciassem no pleito – argumento que parece não convencer a pequena bancada de oposição na CMJ. Para o vereador Adailson Mancha (PT), a intenção foi desviar o foco das contas de Ademir: ”todos nós já sabíamos que não poderíamos comentar política na sessão, mas mesmo assim, foi suspensa”. O líder da oposição, Nildo Pirôpo, jogou para o prefeito Giuliano Martinelli (PP) a responsabilidade sobre aprovação ou não das contas. Pirôpo, que apesar de opositor vinha mantendo boa relação com Giuliano, parece está ”embirrado” com o prefeito, que foi classificado de arrogante pelo petista ao comentar a fala do gestor durante recente entrevista de rádio, quando ao agradecer ao eleitorado pela votação expressiva obtida para os seus deputados (Aderbal Caldas e Cacá Leão) alfinetou os opositores e chamou outros deputados votados em Jaguaquara de ”picaretas”. O parlamentar petista afirmou que não entende tanta apelação do ex-prefeito para aprovação das contas, já que o atual, Martinelli, foi eleito com o apoio de Moreira, que tinha na ocasião a força da máquina pública e, agora, cabe ao chefe do Executivo retribuir o apoio assegurando aprovação, pelo fato de ter ao seu lado a maioria dos vereadores na Câmara. Já Jurandir Araújo – Nego de Marambaia, também do PT, mas aliado do prefeito, disse que sua aliança não corrobora erros e se mantém contrário, junto com Pirôpo e Mancha a aprovação das contas, que foram rejeitadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios pelo cometimento, segundo o TCM, de irregularidades na gestão do ex-alcaide. A Câmara informou que já encaminhou ofício ao ex-prefeito, que após ser notificado, deverá apresentar defesa.

Oferta de abacaxi cresce na Ceasa de Jaguaquara

/ Jaguaquara

Abacaxi pérola é vendido em Jaguaquara
Abacaxi pérola é vendido em Jaguaquara. Foto: BMF

O abacaxi, que é produzido durante todo o ano, é sempre encontrado no Mercado Produtor Ceasa, em Jaguaquara. Mas, é entre os meses de outubro a dezembro, época da safra, que a produção ganha destaque e as vendas da fruta aumentam na Ceasa. E com o aumento significativo nas vendas, consequentemente, o preço do produto cai, isso devido a grande quantidade disponível para comercialização, como já ocorre nesta  segunda semana de outubro.

Produto é vendido em torno de R$ 2,00 a
Produto é vendido em torno de R$ 2,00 a unidade

O abacaxi pérola, produzido em Teolândia – BA foi vendido nesta quinta-feira (9) em torno de R$ 2,00 a R$ 2,50 a unidade. Já relação à plantação da fruta é preciso muito cuidado, como acompanhá-la, constantemente, para que doenças não a atinjam o abacaxi.