Itaquara: Prefeito diz que gestão fechou o ano de 2018 com pagamento dos servidores em dia

/ Itaquara

Marco diz que pagamento está em dia. Foto: Blog Marcos Frahm

Apesar da situação crítica pela qual passa a economia brasileira, o Município de Itaquara, no Vale do Jiquiriçá, está com todas as suas contas em dia, pagando dentro do mês trabalhado ao servidor, todas as contribuições e encargos da folha de pagamento. Pelo menos é o que diz o prefeito da cidade, Marco Aurélio Costa (PSB), em nota pública distribuída à imprensa nesta quinta-feira (3). ”Com muito esforço, conseguimos, ainda na segunda-feira, véspera de ano novo, enviar ao banco os recursos financeiros para quitar a folha de pagamento da prefeitura. Porem, em razão do suspensão do atendimento ao público por parte da agência bancária, o dinheiro caiu na conta do servidor nesta quinta. Esse é o resultado do equilíbrio da nossa equipe, que integra uma gestão que pensa no seu povo. Desejamos a todos um 2019 de muita paz, saúde e que possamos continuar juntos, de mãos dadas trabalhando pela nossa Itaquara”. Com relação ao pagamento do 13º salário a situação não é diferente. O gestor informa que o benefício já foi pago antes do Natal. Quanto aos salários de servidores contratados, referentes a dezembro, Marco Aurélio informou que o pagamento ocorrerá como em todos os meses, no dia (10) do mês subsequente, no caso, neste mês de janeiro.  ”Não temos uma perspectiva muito grande no aumento do orçamento para o próximo ano, mas acreditamos que a economia vai melhorar no país. Isso acontecendo, poderá haver maior investimento em benefício da população”, concluiu, Marco Aurélio.

Itaquara: Prefeito faz balanço da sua gestão e comemora pavimentação de vias públicas

/ Itaquara

Marco com moradores em via pavimentada. Foto: Blog Marcos Frahm

O prefeito mais jovem da Bahia, do município de Itaquara, Marco Aurélio Costa (PSB), irá findar o segundo ano do seu mandato, 2018, com motivos para comemorar. Nas eleições de outubro, Marco conseguiu transferir votação expressiva aos seus candidatos, que foram majoritários na cidade, Vitor Bonfim (PR), Antônio Brito (PSD), além de Rui Costa (PT), João Leão (PP), Jaques Wagner (PT) e Ângelo Coronel (PSD), que inclusive estiveram em Itaquara fazendo caminhada política ao lado do gestor. Ele também apoiou a candidatura de Fernando Haddad (PT), que apesar de não ter sido eleito foi vitorioso em Itaquara. Na última quarta-feira (12), o chefe do Executivo usou o poder de articulação para emplacar um vereador aliado, Rogério Rodrigues (PSL), o Geo de Ricaço, para o comando da Câmara, que até o dia (31) de dezembro é gerida pela oposição. Como se não bastasse, teve suas contas referentes ao exercício de 2017 aprovadas com ressalvas pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), mas o prefeito informa que recorrerá, apresentando toda documentação necessária e que conseguirá sua aprovação plena. Marco Aurélio concedeu, nesta sexta-feira (14), entrevista ao BMFrahm para fazer um balanço dos últimos 11 meses da sua gestão e comentou as façanhas. Além de pontuar as ações da administração, disse que o resultado das urnas em outubro revela o reconhecimento da população com o seu trabalho e que tem orgulho de ser prefeito. ”Tenho orgulho de ser o prefeito de Itaquara, uma cidade pobre, mas que tem um povo esperançoso por dias melhores e que estão acompanhando as mudanças feitas por nós, como muito esforço. Comemoramos a votação dos nossos candidatos, que tanto tem nos ajudado a administrar o município e agora mais uma vitória, que não é minha, é da Câmara e da sociedade, que terá um jovem presidente a partir de 2019, para dar continuidade ao bom trabalho feito pela atual presidência e é dessa forma que queremos governar, com harmonia entre os poderes”, disse.

Demissão e crise financeira

No entanto, não são apenas notícias positivas relatadas pelo gestor, que lamenta à crise econômica financeira, afirmando que os números que refletem a arrecadação municipal (ICMS e FPM) não foram tão favoráveis, com queda de arrecadação. Com dificuldade, e prezando pelo não atraso dos salários e pela manutenção dos serviços essenciais, a Prefeitura de Itaquara teve de demitir cerca de 50 funcionários na reta final deste ano. A medida, conforme Marco, foi à solução encontrada para o cumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal, evitando gastos acima do permitido na folha de pagamento mensal. ”Todos os municípios passam por essa fase, de demissão, de corte de gastos e aqui não foi diferente, mas o importante é que não atrasamos salários. A esperança é de que 2019 traga melhores ventos à administração no que se refere às finanças. Torcemos para que a economia do país melhore e que o presidente eleito consiga acertar”. Em relação a obras públicas, o prefeito destaca pavimentação de ruas em asfalto e com paralelepípedos e vias diferentes. ”Conseguimos realizar sonhos antigos, de moradores que esperavam a pavimentação em suas portas e agora isso é uma realidade em ruas como: Jovelino Lisboa, Fernando de Fabinho, Rua da Linha, Rua Teopompo, Subida para o Cascalho, Rua das Pedrinhas e Beija-flor. Somos gratos ao nosso governador e aos nossos deputados, que nos ajudaram com interferência na Secretaria de Infraestrutura do Estado para que pudéssemos estabelecer uma parceria para o asfaltamento em áreas necessitadas da nossa cidade. Nossas ações também aconteceram na zona rural, na saúde e educação”.

Itaquara: Articulação do prefeito vira o jogo e vereador aliado é eleito presidente da Câmara

/ Itaquara

Prefeito [blusa branca] e o presidente eleito Rogério. Foto: Rede social

O prefeito de Itaquara, Marco Aurélio Costa (PSB), apesar de jovem, 25 anos, demonstrou potencial de diálogo e articulação política ao emplacar, na quarta-feira (12), um vereador aliado para o Comando da Câmara Municipal a partir do Biênio 2019/2020. A avaliação, no entanto, é de que Marco entrou em campo aos 45 do 2º tempo, virando o jogo, após diálogo com integrantes da sua base e até opositores, conseguindo o apoio de um dos críticos do seu governo, o vereador Lúcio de Apolônio (PROS), que abandonou o grupo da oposição e agora integra a base governista na Casa Legislativa, eleito vice-presidente. Além disso, o prefeito ainda acalmou os ânimos do vereador Fabiano Santos (PP), conhecido como Binho Locutor, que estaria integrando a Mesa-Diretora na condição de vice do atual presidente e líder da oposição, Aguinaldo Silva (PPS), que decidiu não disputar à reeleição após articulação do chefe do Executivo e ainda votou no presidente eleito, Rogério Rodrigues (PSL), o Geo de Ricaço, que obteve 7 dos 9 votos no processo de escolha. Na rede social, Marco comentou a eleição e falou em parceria entre os poderes. ”Tenho certeza que nosso poder legislativo não fugirá da responsabilidade de trabalhar pelo bem de todos os cidadãos de Itaquara. Estou certo que a parceria da Câmara com a prefeitura será ainda maior e com isso avançaremos muito mais”, disse o gestor.

Itaquara: Vereador anuncia apoio a oposição para presidência da Câmara, volta atrás e sela a paz

/ Itaquara

Prefeito e vereador selam a paz em Itaquara. Foto: Rede social

O mandato do vereador Fabiano Santos (PP) o Binho Locutor, da cidade de Itaquara, no Vale do Jiquiriçá tem sido marcado por sucessivas polêmicas, inclusive conflitos e pedidos de desculpas entre o edil e o prefeito aliado, Marco Aurélio Costa (PSB). A última controvérsia que envolve o vereador refere-se ao processo de votação para escolha da nova Mesa – Diretora da Câmara Municipal de Itaquara, marcada para as 19h desta quarta-feira (12). Ontem, Fabiano publicou uma mensagem de esclarecimento na rede social sobre o seu posicionamento em relação à eleição da Câmara, declarando voto ao atual presidente e candidato à reeleição, Aguinaldo Silva (PPS), que integra a bancada de oposição ao chefe do Executivo. Ele chegou a citar que não é manipulado, que ”o tempo do coronelismo acabou” e que ”a cobra vai fumar”. Mas na manhã de hoje, a fumaça cessou, e nem foi à cobra que fumou. O vereador e o prefeito resolveram sentar para fumar o cachimbo da paz. Segundo informações que chegam ao Blog Marcos Frahm, Binho retirou o apoio a candidatura da oposição, pediu desculpas ao grupo oposicionista e vai votar com um candidato apoiado pelo prefeito, que tenerá emplacar pela primeira vez um aliado no comando do Poder Legislativo.

Itaquara: Suplente deixa secretaria municipal e assume vaga na Câmara após morte de vereador

/ Itaquara

Kiko Rodrigues Teixeira é empossado vereador. Foto: Rede social

A Câmara Municipal de Itaquara, no Vale do Jiquiriçá, deu posse ao primeiro suplente de vereador pelo PSL no pleito de 2016, Kiko Rodrigues Teixeira. O suplente assumiu a cadeira deixada pelo vereador Gilson da Silva Ribeiro, que faleceu vítima de câncer no último dia (25) de novembro. Durante sessão ordinária nesta semana, o presidente Aguinaldo Silva empossou Kiko, que é filho do ex-prefeito Abimael Teixeira e havia sido exonerado pelo prefeito Marco Aurélio Costa (PSB) do cargo de secretário municipal de Infraestrutura, para ocupar a vaga na Casa Legislativa. Para o cargo de secretário, deixado pelo agora vereador Kiko, o chefe do Executivo local ainda não nomeou o substituto. A atual Legislatura na Câmara de Itaquara é composta por 09 parlamentares, entre governistas e oposicionistas e uma eleição para escolha da nova mesa – diretora  para o Biênio 2019/2020 está marcada para o próximo dia (12) de dezembro.

Itaquara: Vereador usa rede social para criticar gestão municipal e diz que cidade está abandonada

/ Itaquara

Vereador Lúcio aponta para lixo em via pública. Foto: WhatsApp

O vereador Lúcio de Apolônio, do município de Itaquara, no Vale do Jiquiriçá, esbravejou em rede social contra a gestão do prefeito Marco Aurélio. O parlamentar usou o WhatsApp para soltar o verbo em grupos de usuários do aplicativo, fazendo afirmação de que a cidade está abandonada. ”Olha gente, o abandono que está a minha querida Itaquara. É lixo no meio da rua, é quadra de esportes danificada e até mato entrando na quadra. E o pior gente, é nos fundos da casa do prefeito. Acorda, senhor prefeito”, bradou em um trecho da publicação, na tarde desta quarta-feira (8). O vereador postou fotografias e disse ainda que uma Unidade Básica de Saúde funciona com a porta quebrada há 2 meses. ”Quem era minha querida Itaquara”, concluiu Lúcio, que faz oposição ao gestor municipal.

Itaquara: Apresentador da TV Record solta o verbo contra Prefeitura e alerta vereador

/ Itaquara

Adelson critica gestão de Itaquara e alerta vereador. Foto: Record

O apresentador Adelson Carvalho, da TV Record Bahia / Itapoan, na edição desta quinta-feira (26), do telejornal Balanço Geral da emissora soltou o verbo contra a Prefeitura de Itaquara, no Vale do Jiquiriçá. O apresentador, que é também radialista da Rádio Sociedade da Bahia, ao criticar a gestão, alegou que pessoas estariam entrando em contato com a emissora pra reclamar de atraso salarial. ”Atenção Itaquara, coladinha aí com Jaguaquara. Muita gente entrando em contato com a redação da Record / TV Itapoan, com o Balanço Geral também, para informar que o funcionalismo está sem salário. A cidade está jogada as traças, o hospital municipal pode fechar. O prefeito lá é um jovem, não tem nem 25 anos ainda. Alô Binho Locutor. Binho Locutor é vereador em Itaquara. Se o prefeito aí é seu coligado, mostre força aí pra ajudar a resolver o problema. Itaquara não merece está nesse sofrimento aí”, bradou Adelson Carvalho.

Itaquara: Vereadores comemoram chegada de trator destinado pelo Governo para associação

/ Itaquara

Vereadores: Agnaldo Grande, Irineu, Jonas e Lúcio. Foto: Divulgação

Vereadores do município de Itaquara, no Vale do Jiquiriçá, comemoraram, neste sábado (14), a chegada de um trator destinado ao município pelo Governo do Estado para beneficiar agricultores da Associação Beneficente Amigos de Itaquara. O trator foi entregue em Salvador, pelo governador Rui Costa, antes restrição legal imposta pela Justiça Eleitoral para este tipo de ação e foi liberado para a associação através de intervenção parlamentar do deputado estadual Euclides Fernandes, a quem os vereadores: Agnaldo Grande, Irineu, Jonas e Lúcio fizeram agradecimentos ao apresentar a máquina agrícola na cidade.

Carro capota com ex-secretária da Prefeitura de Itaquara e a filha na Rodovia BR-420

/ Itaquara

Carro caiu em córrego após capotar. Foto: Blog Marcos Frahm

Um veículo de passeio capotou na Rodovia BR-420, no fim da tarde desta segunda-feira (5), no trecho entre os municípios de Itaquara e Jaguaquara, no Vale do Jiquiriçá. O carro era conduzido por Maria Gorete Araújo, que deixou no mês passado o cargo de secretária de Ação Social da Prefeitura de Itaquara.

Automóvel saiu da estrada após capotar com mãe e filha na rodovia

Segundo informações, ela estava na companhia da filha quando perdeu o controle da direção do veículo, que foi parar num córrego na margem da estrada. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), houve apenas danos materiais. A condutora, e a filha de 12 anos, sofreram escoriações.