Presidente do PT da Bahia vê evolução de Jerônimo e aposta em nova virada histórica no estado

/ Política

O presidente estadual do PT, Éden Valadares, elogiou o desempenho de Jerônimo Rodrigues (PT) no debate da TVE, ocorrido na noite desta terça-feira (6). Segundo ele, com o tempo, o candidato petista tem melhorado sua performance e o formato criado para o embate na TV estatal favoreceu isso.

”Naturalmente, evoluiu. Vai ganhando quilometragem, vai dando mais entrevista, participando do debate, vai melhorando a performance. Mas acho que a diferença tem a ver também com o formato, né? Hoje aqui foi muito confronto de candidato com o candidato e tal. Acho que funcionou bem. Está de parabéns a TVE. Eu fiquei com medo de ficar enfadonho, de ficar cansativo, mas não. Funcionou bem. Para a democracia, foi bom”, afirmou.

Éden também comentou a ausência de ACM Neto (União) no debate e disse torcer que, no da TV Bahia, ele compareça. ”Tomara que ele apareça. Não que eu tenha nenhuma saudade dele, tá? E nem que ele tenha nenhuma proposta nova para apresentar. Porque ele apresenta diagnóstico, fala do que ele acha que tá mal na Bahia, mas proposta, que é bom, não vi nenhuma relevante. Mas, pelo bem da democracia”, afirmou Éden.

A liderança do PT-BA também demonstrou confiança em uma nova virada histórica do partido sobre seus adversários no estado, como as que ocorreram em 2006, com a vitória de Jaques Wagner (PT), e em 2014, com a primeira eleição de Rui Costa (PT). Segundo ele, até o último debate, a tendência é que Jerônimo já esteja liderando as pesquisas.

”Daqui até lá, as pesquisas já vão estar captando e publicando o que a gente já sente na rua, que é Jerônimo na frente, que é o candidato de Lula, de Rui e de Wagner já na frente”, disse Éden.

”Estou dizendo do sentimento que nós temos na rua. Quem pode nos acompanhar, nas nossas caravanas, e acompanhar o que a gente fez em Gandu, em Irecê, em Medeiros Neto, é muito muito igual a 2014. As pesquisas não captavam no primeiro momento. Com o programa de TV, o candidato ficava mais conhecido e reconhecido e, no final, em 2014 deu a vitória do PT”, continuou o presidente do PT-BA.

Segundo ele, não há qualquer ”forçação de barra” nem tentativa do PT baiano em ”nacionalizar a eleição”, porque a disputa estadual já seria naturalmente nacionalizada, devido à desigualdade econômica regional.

”Para superar a desigualdade regional histórica, o governo federal, o governo central tem papel fundamental. O eleitor baiano sabe disso. Então, é natural que tenha um impacto grande nas eleições”, afirmou Éden.

”Então, 82% a 83% do eleitor baiano já decidiu seu candidato a presidente. Ao fazê-lo, o próximo passo é procurar saber quem é o candidato a governador e a senador desse seu time”, finalizou. Com informações do Bahia Notícias

Mesmo com falta ausência do público, audiência pública discutiu onda de criminalidade em Jequié

/ Jequié

Audiência não atraiu grande público na Câmara. Foto: Divulgação

Dos 24 municípios que compõem a 9ª Coordenadoria Regional de Polícia Civil, 03 apresentaram aumento no número de homicídios do início deste ano para cá, entre eles Jequié. Os bairros Jequiezinho, Mandacaru e Cidade Nova são os mais afetados com 70 a 80% do total de crimes praticados em 2022. De janeiro até a data da citada reunião haviam sido registrado 59 homicídios nesta cidade, ante 41 ocorridos no ano anterior, o que representa um incremento de 43% no período.

As informações foram transmitidas pelo Delegado Regional de Polícia Civil, Rodrigo Fernando, durante a Audiência Pública sobre Segurança Pública, promovida pela Câmara de Vereadores, na segunda-feira, dia 05.09, em face da escalada da violência na cidade.

Em sua explanação, o delegado considerou a situação de Jequié crítica, embora, segundo ele, jamais tenha faltado esforço e dedicação das forças de segurança.

Os dados do delegado regional corroboram com as justificativas dos vereadores Bui Bulhões e Soldado Gilvan Santana, autores do debate, que apontaram o atualmente momento como muito preocupante. ”A violência instalada na cidade de Jequié, a partir da disputa de espaços por parte de grupos de traficantes rivais, representa uma das principais preocupações desta Câmara de Vereadores e da população em geral. Todos estamos apreensivos com os últimos acontecimentos”, alertou o vereador Soldado Gilvan.

Para o vereador Bui Bulhões, é preciso aproveitar oportunidades como esta (Audiência Pública) para avaliar a necessidade de fortalecer a parte estrutural dos organismos de segurança, o aumento do efetivo, melhoria das condições de trabalho, assim como a adoção de medidas outras como o fortalecimento do Conselho de Segurança Pública Municipal que desempenha papel de grande relevância na elaboração de políticas públicas.

Representantes da Prefeitura, CDL, outras entidades, órgãos públicos e segmentos elogiaram a iniciativa da Câmara de Vereadores e consideraram a discussão pertinente diante da escalada da criminalidade. Além de questionamentos sobre a atuação das forças de segurança, também ocorreram cobranças quanto a necessidade do aperfeiçoamento da legislação, assim como com relação a importância da atuação em rede, incluindo o desenvolvimento de ações sociais a partir do fortalecimento dos laços familiares, educacionais e outros serviços imprescindíveis para o bem-estar da população.

Além de Soldado Gilvan e Bui Bulhões, também participaram do evento os vereadores Emanuel Campos (Tinho), Moana Meira, Colorido e João Paulo e representações da Polícia Civil, Polícia Militar, Cipe Central, Rodesp, Corpo de Bombeiros, Guarda Municipal, Associação dos Praças e Soldados, Sindicato dos Policiais Civis, Prefeitura e CDL.

Libertadores: Athletico-PR busca empate, elimina Palmeiras e vai à final da competição

/ Esporte

Após 17 anos, o Athletico-PR está de volta à final da Libertadores. Nesta terça-feira (6), o Furacão empatou por 2 a 2 com o Palmeiras no Allianz Parque, em São Paulo, no segundo jogo da semifinal. A equipe rubro-negra fez valer a vantagem conquistada na partida de ida, há uma semana, na Arena da Baixada, em Curitiba, onde venceu por 1 a 0.

Em 29 de outubro, no estádio Monumental de Guayaquil (Equador), os paranaenses terão nova chance de buscar o título continental, que esteve perto em 2005. Na ocasião, o Athletico perdeu a decisão para o São Paulo. Na partida de ida, empate por 1 a 1 no Beira-Rio, em Porto Alegre (na época, a Arena da Baixada não atendia à exigência mínima de 40 mil lugares). Na volta, o Tricolor goleou por 4 a 0 no Morumbi, na capital paulista.

O Athletico frustrou o sonho palmeirense de repetir o São Paulo de Telê Santana, último clube a chegar a três decisões seguidas do torneio sul-americano, entre 1992 e 1994. Pode, ainda, tornar-se o primeiro campeão inédito desde o Atlético Nacional (Colômbia), em 2016, além de o 11º time brasileiro a levantar a taça mais importante do continente.

O adversário sairá do confronto entre Flamengo e Vélez Sarsfield, que fazem o segundo jogo nesta quarta-feira (7), às 21h30 (horário de Brasília), no Maracanã, no Rio de Janeiro. O Rubro-Negro goleou por 4 a 0 na partida de ida, no estádio José Amalfitani, em Buenos Aires (Argentina). Se os cariocas passarem, reeditarão um duelo que, há alguns dias, decidiu vaga na semifinal da Copa do Brasil.

As equipes foram a campo nesta terça com novidades em relação à partida de ida. No Palmeiras, Bruno Tabata foi o escolhido do técnico Abel Ferreira para o lugar de Raphael Veiga, que trata uma entorse no tornozelo direito. O também meia Gustavo Scarpa, por sua vez, ficou na vaga do atacante José López, recolocando Rony no comando ofensivo. Do lado do Athletico, Luiz Felipe Scolari escalou o volante Erick na vaga de Hugo Moura, expulso na Arena da Baixada. Com Felipão suspenso, o Furacão foi dirigido pelo auxiliar Paulo Turra. Da Agência Brasil

Operador de apostas esportivas é morto a tiros enquanto pilotava moto às margens da BR-330

/ Jequié

Equipe do IML recolheu corpo da vítima. Foto: Blog do Marcos Frahm

Um operador de apostas esportivas, de 52 anos, foi morto a tiros enquanto pilotava uma motocicleta na BR-330, no perímetro urbano de Jequié, sentido Jitaúna, no Médio Rio de Contas. O crime aconteceu por volta das 18h desta terça-feira (06), em frente ao Condomínio Alvorada e teve como vítima Edmilson da Cunha Vicente.

O homem foi encontrado caído em decúbito dorsal, ao lado da motocicleta Honda Titian que ele pilotava, com o capacete na cabeça, portado dinheiro da arrecadação do jogo do bicho e com perfurações à bala pelo corpo. Populares acionaram a Polícia Militar, que esteve no local com o acompanhamento da Polícia Civil e de uma equipe do Departamento de Polícia Técnica que providenciou o encaminhamento do cadáver ao Instituto Médico Legal por volta das 20h após os serviços periciais.

Populares que não se identificaram revelaram que os atiradores estavam a bordo de outra moto. O filho de Edmilson havia falecido há um mês em decorrência de uma intervenção policial [auto de resistência] na Urbis, em Jequié. O caso desta terça será apurado pela Delegacia Territorial.

Zé Cocá acredita que não haverá 2º turno para governador e volta a falar em aeroporto regional

/ Entrevista

Zé Cocá aposta na vitória de ACM Neto. Foto: Blog do Marcos Frahm

Na avaliação do prefeito de Jequié e presidente da União dos Municípios da Bahia, Zé Cocá (PP), a disputa pelo Governo do Estado não terá 2º turno e será definida no próximo dia (02) de outubro.

Apoiador de ACM Neto (UB) após ruptura com o governador Rui Costa (PT) Cocá não costuma errar suas previsões e aposta na vitória do ex-prefeito de Salvador: ”A gente ver que, na maioria das pesquisas, ACM Neto aparece acima de 39% na espontânea e chega a ter mais de 60% dos votos válidos. A essa altura do campeonato o candidato do governo não chega a 20% eu acho muito difícil ter uma reviravolta nessa eleição”, cravou, em entrevista ao Blog do Marcos Frahm, na noite desta terça-feira (6).

Um anseio antigo de moradores da região do Vale do Jiquiriçá, que é a instalação de um aeroporto regional, para atender também aos municípios do território e do Médio Rio de Contas, foi uma das bandeiras levantadas por Cocá quando assumiu a UPB.

Entretanto, a proposta, debatida por vezes entre UPB, consórcios do Vale do Jiquiriçá e do Médio Rio de Contas com o Governo do Estado ainda não foi concretizada. Questionado sobre o assunto e se o debate esfriou, Zé revelou que a construção de um aeroporto que atenda os dois territórios esteve na pauta de seu primeiro encontro com ACM Neto quando declarou apoio ao candidato: ”Foi uma das minhas cobranças a ACM quando eu resolvi apoiá-lo. Essa é uma das reivindicações que eu fiz para a região e ele se comprometeu em atender esse pedido quando se tornar governador”, respondeu.

Ipiaú: Carroceria com carga de manga se desprende de caminhão e tomba em trecho da BR-330

Veículo tombou na chamada Curva do Engenho. Foto: Giro em Ipiaú

Desde o início do último final de semana a BR-330, trecho na microrregião de Ipiaú, no Médio Rio de Contas, tem registrado vários acidentes. Na madrugada dessa terça-feira (06), a carroceria de um caminhão carregado de manga se desprendeu do veículo e tombou na Curva do Engenho, a cerca de dois quilômetros de Ipiaú, sentido Jitaúna.

Conforme as informações apuradas pelo Giro em Ipiaú, o caminhão foi abastecido com a carga da fruta na cidade de Jequié e tinha como destino final a cidade de Linhares-ES. O motorista viajava sozinho e não ficou ferido. O condutor não soube explicar como a carroceria com a carga se desprendeu do chassi do veículo.

Estado da Bahia registra 470 casos de Covid-19 nas últimas 24h e uma morte pela doença

/ Bahia

A Bahia registrou, nas últimas 24h, 470 casos de Covid-19 e uma morte pela doença, segundo o boletim divulgado pela Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) nesta terça (6). Além disso, 521 casos estão ativos.

Dos 1.688.442 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.657.255 são considerados recuperados e 30.666 tiveram óbito confirmado, mas a Sesab alerta que os dados ainda podem sofrer alterações.

No estado, a taxa de ocupação dos leitos clínicos pediátricos é de 95%. O número é o mesmo em Salvador. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17h desta terça.

João Roma critica Jerônimo pela educação e ataca ACM; ”a Bahia não precisa de um covarde”

/ Política

João Roma ataca durante ACM, seu ex-aliado. Foto: Reprodução

O candidato do PL ao governo da Bahia, João Roma (PL), não poupou críticas aos adversários durante o debate da TVE, na noite desta terça-feira (6).

O aliado de Jair Messias Bolsonaro atacou o candidato Jerônimo Rodrigues, do PT, afirmando que o petista não seria ao opção para os eleitores pela considerada má gestão quando exerceu o cargo de secretário de Educação, mas os petardos foram mesmo direcionados ao ex-aliado, ACM Neto (UB), de quem Roma foi secretário na Prefeitura de Salvador. ”É lamentável a ausência do candidato covarde que montou uma chapa que poderia ter sido registrada na Junta Comercial não no TRE”, disparou.

”Eu Quero que você venha para um debate sobre Educação, fujão”, diz Jerônimo na TVE

/ Política

Jerônimo e aliados durante debate na TVE. Foto: Adriel Francisco

Nos estúdios da TVE, ao participar do debate entre os postulantes ao Governo da Bahia o candidato do PT subiu o tom ao enfatizar a ausência do candidato do União Brasil, ACM Neto, ex-prefeito de Salvador.

Jerônimo Rodrigues chegou a chamar ACM de ””e desafiou o adversário a debater com ele a questão da Educação pública da Bahia, que tem sido alvo de ataques dos adversários do Governo Rui Costa (PT). ”Mais uma vez, o candidato fujão não vem ao debate para debater com a sociedade e com os candidatos as propostas. Quero fazer um desafio a você, fujão, para que você venha debater comigo a educação. Você é o patrocinador da indústria de multas aqui em Salvador. O seu grupo político que estabeleceu isso e da mesma forma é com o IPTU”, disparou o petista.

Segurança pública: ACM promete trabalho integrado para prender líderes de facções criminosas

/ Política

ACM volta a critica a segurança pública. Foto: Divulgação

O candidato a governador ACM Neto (União Brasil) afirmou nesta terça-feira (6) que, se for eleito, fará um trabalho integrado com instituições relacionadas à segurança pública para levar para a cadeia os líderes de facções criminosas, tendo como base um mapa do crime organizado na Bahia. Em sabatina na rádio Metrópole, reafirmou também que pretende redesenhar o Planserv, a fim de recuperar a força do plano de saúde dos servidores, e que se compromete a revolucionar a educação do estado, tendo como exemplo o trabalho bem-sucedido realizado na área em Salvador.

Neto disse que, na segurança pública, realizará um trabalho focado em combater os líderes das facções criminosas. ‘Não adianta focar no cara que está na ponta, tem que buscar o chefe do tráfico e colocá-lo na cadeia. Então, será fundamental um trabalho integrado com Ministério Público, Defensoria e Poder Judiciário. Eu pretendo montar uma mesa conjunta, onde vamos ter um mapa do crime organizado. Vamos entender onde estão os principais problemas para dividir responsabilidades sob a coordenação do governador. Porque, muitas vezes, a polícia prende e a Justiça solta”, afirmou.

Ele também reapresentou a proposta de endurecer o regime nos presídios existentes na Bahia, inclusive construindo novas unidades de segurança máxima. A ideia é ampliar o isolamento do bandido custodiado, combatendo regalias como celulares, a fim de evitar que as ordens para os delitos venham dos chefes do crime organizado que estejam na prisão.

Rui Costa encaminha à Assembleia Legislativa Projeto de Lei para pagamento de precatórios do FUNDEF

/ Bahia

Rui Costa encaminha PL para Assembleia. Foto: Divulgação

Nesta terça-feira (6), o governador Rui Costa encaminhou à Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) o Projeto de Lei que regulamenta o pagamento de precatórios do Fundo de Desenvolvimento da Educação Fundamental (FUNDEF). O dinheiro será destinado aos profissionais do magistério da educação básica e vai ser pago depois de ação vitoriosa movida pelo Estado da Bahia, por meio da Procuradoria Geral do Estado (PGE), que solicitou junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) o ressarcimento de aportes feitos pelo Estado ao FUNDEF, mas que eram de responsabilidade da União.

”Esperamos que a votação seja o mais breve possível e, logo em seguida à votação, nós faremos o pagamento dos valores devidos aos professores. A estimativa, que ainda está sendo refinada pelas secretarias de Administração e Educação é que cerca de 84 mil professores tenham direito a esse benefício”, declarou o governador Rui Costa, logo após assinar o projeto encaminhado para a ALBA.

De acordo com a determinação legal, 60% dos recursos devidos pela União ao Estado da Bahia, a título de complementação do FUNDEF, serão destinados para a distribuição aos profissionais do magistério que se enquadram nos pré-requisitos. Serão contemplados os profissionais do magistério da educação básica que ocuparam cargo público, emprego público, cargos comissionados do Quadro do Magistério, professores contratados pelo Regime Especial de Direito Administrativo (REDA), e que se encontravam em efetivo exercício de atividades na educação básica da rede pública do Estado da Bahia, no período de janeiro de 1998 a dezembro de 2006.

Também serão contemplados profissionais do magistério que já estejam aposentados, seja pelo Regime Próprio de Previdência Social, seja pelo Regime Geral de Previdência Social, ou, ainda, os que tenham se desligado do cargo, do emprego ou da função, desde que tenham atuado em efetivo exercício na educação básica da rede pública do Estado da Bahia no período de janeiro de 1998 a dezembro de 2006.

O abono a ser pago a cada profissional será proporcional à jornada de trabalho, de 20h ou 40h semanais, e ao período de efetivo exercício de funções na educação básica entre janeiro de 1998 a dezembro de 2006. Os herdeiros dos profissionais do Magistério ativos e inativos habilitados na forma da Lei deverão requerer o recebimento do abono, mediante apresentação de alvará judicial.

Governo do Estado entrega nova UTI para reforçar atendimento pediátrico no Hospital Ana Nery

/ Saúde

O governo da Bahia inaugurou, nesta terça-feira (6), um conjunto de obras que reforçam a estrutura do Hospital Ana Nery (HAN), no bairro da Caixa d’Água, em Salvador.

Na oportunidade foram entregues a reforma e ampliação da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Cardiológica Infantil, a implantação da farmácia para pacientes, além da requalificação do laboratório, auditório e da agência transfusional.

De acordo com a gestão, o investimento total, entre obras e equipamentos, foi de mais de R$ 8 milhões. Ainda na ocasião, foi anunciada a aquisição de mais um equipamento de hemodinâmica que vai se juntar aos outros dois já existentes. O ato de entrega contou com a presença do governador Rui Costa.

O Hospital Ana Nery é uma unidade de ensino, referência no estado em procedimentos de alta complexidade e reconhecido pela excelência e referência nas áreas de cardiologia, nefrologia e cirurgia vascular. A UTI Cardiológica Infantil passou de oito para 12 leitos pediátricos e 7 neonatais, voltados para bebês até 29 dias, aumentando a capacidade e a qualidade da assistência em alta complexidade e dobrando o volume de cirurgia mensais.

A nova farmácia vai atender os pacientes que necessitam de medicação para tratamento renal. ”Nós temos dado uma super atenção a essa comunidade. O HAN é um dos poucos hospitais da rede pública que mantém um programa interno de hemodiálise, que dá suporte também ao programa dedicado a transplante cardíaco. Recentemente, recebemos o selo de qualidade. Nós somos o hospital transplantador mais importante da Bahia e um dos mais importantes do Nordeste’, afirmou o diretor geral do Ana Nery, Luiz Carlos Passos.

A nova estrutura do auditório recebeu novas cadeiras e outros equipamentos e é voltada principalmente para as atividades de ensino e formação, já que o HAN é um hospital com residência médica. A agência transfusional tem como função armazenar sangue e seus derivados, realizar exames imuno-hematólogicos pré transfusionais, além de liberar e transportar os produtos sanguíneos para as transfusões nos setores do hospital. A unidade conta com posto da Fundação Hemoba para coleta de doações. O novo laboratório tem uma área de biologia molecular que apenas o Laboratório Central da Bahia (Lacen) oferece em iguais condições.

O Hospital Ana Nery é gerido pela parceria entre a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) e a Universidade Federal da Bahia (Ufba), através da Fundação de Apoio à Pesquisa e Extensão (Fapex).

”Redução de ICMS para transporte público na Bahia tem que chegar no cidadão”, diz IAF

/ Economia

Com a redução para 12% na base de cálculo do Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal (veja aqui), os impactos devem ser vistos em breve. De acordo com o Marcos Carneiro, presidente do Instituto dos Auditores Fiscais da Bahia, a medida tem que “chegar no cidadão”, refletindo em reduções práticas para o consumidor do serviço.

”Entendemos que redução de ICMS para áreas de serviço, que são consideradas essenciais são fundamentais, desde que isso de fato seja um instrumento para não aumentar tarifas, tem que ser repassado para chegar no cidadão. Essa redução de 18% para 17%, e saiu de 17% para 12%, passa a ter uma representatividade bem maior, vai ter um atrativo e está extenso para todas as regiões, vai atingir o estado por completo. Tem uma possibilidade grande de atingir um grande grupo de pessoas”, apontou Carneiro.

O presidente do IAF ressaltou que é necessário ter ”cuidado para que isso chegue ao cidadão, e não aos emrpesários”. ”Não temos o valor exato, com a redução anterior, tinham poucas empresas credenciadas na coordenação de petróleo e combustíveis. Com essa redução para a carga tributária, da uma perspectiva de um universo bem maior, e devem procurar o estado para serem beneficiárias”, sinalizou.

”Tem que se credenciar, para que seja aferido para ver qual a cota de consumo de transporte urbano e metropolitano. Você tem que ter o mínimo de controle. Tem que ser destinado para o transporte, com aquela universidade. Elas terão que se credenciar”, acrescentou Carneiro.

Para Marcos, é um incentivo ”muito grande em uma área essencial que tem impacto forte nas empresas prestadoras de serviço”. ”Elas devem procurar o estado, o mercado é muito competitivo. Se largar na frente você tem o poder de ter o retorno se não fizer esse trabalho. Tem planilhas de custos apresentadas como instrumento para mostrar margem, impactando no reajuste. Com a redução você tem uma planilha mais enxuta, para não transferir isso para o cidadão. É natural que haja uma procura grande”, disse o presidente.

”Em 2022 ainda temos uma gordura que está sendo queimada, mas em 2023 teremos que ter instrumentos para que o estado consiga prestar os serviços. É o caminho da reforma tributária, você tem que prestar serviços e vai faltar dinheiro. É um sinal de muita preocupação com relação”, finalizou.