Câmara de Vereadores homenageia Indústria de Calçados Ramarim pelos seus 25 anos em Jequié

/ Jequié

Homenagem é de iniciativa do vereador Junior Braga. Foto: Emanuel Jr.

Por iniciativa do vereador Junior Braga, a Câmara de Vereadores de Jequié homenageou a Indústria de Calçados Ramarim, na sessão ordinária de quarta-feira (17), mês em que foi instalada oficialmente neste município 25 anos atrás.

Junior Braga exaltou a importância da empresa não somente para Jequié, como também para a Bahia pela sua capacidade de gerar empregos e renda. O parlamentar lembra que a empresa é a maior empregadora da região e graças a sua atuação, segmentos como o comércio são favorecidos.

A Ramarim tem duas unidades em Jequié. a primeira foi instalada em 1997. ”Estamos homenageando uma das principais empresas calçadistas do Brasil e importante fomentadora da economia local”, observa Junior Braga.

O vereador destaca ainda a importância da empresa no sentido de projetar Jequié. ”Ela gera divisas pois sua produção é comercializada no Brasil inteiro e até mesmo no exterior”, conclui.

Boliviana é presa na BR-116 com cocaína encontrada dentro de cápsulas de batata, diz PRF

/ Polícia

Droga foi apreendida com mulher de 37 anos. Foto: PRF

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) segue combatendo a criminalidade e dando prejuízo de alto impacto na fonte de receita do crime organizado. Mais uma apreensão de drogas foi registrada pela PRF BA na noite de quarta-feira (17). Uma mulher de 37 anos foi presa.

A equipe fiscalizava na altura do quilômetro 830 da BR 116, trecho de Vitória da Conquista (BA), quando deu ordem de parada a um ônibus de viagem, que seguia de São Paulo com destino a Maceió (AL).

Ao subirem no veículo, os PRFs perceberam que uma das passageiras demonstrava um certo desconforto com a ação policial e bastante nervosismo. Ela também deu informações desencontradas sobre o motivo da viagem e disse ainda que além da bagagem pessoal estava transportando um saco com batatas.

Em razão da suspeita e após a entrevista, o nível de alerta dos policiais subiu e eles resolveram fazer uma fiscalização no bagageiro externo do ônibus, quando encontraram dentro de um saco, centenas de cápsulas, aparentando ter algo escondido em seu interior. A equipe abriu o material e após ser realizado o narcoteste, deu positivo para cocaína, pesando ao todo 3,0 Kg (três quilos) da droga.

Com essa apreensão, estima-se que o prejuízo para o narcotráfico foi de R$ 540 mil. Questionado, a passageira que reside na Bolívia disse que saiu de Santa Cruz La Sierra, recebeu a droga em Corumbá (MS) e ganharia 500 dólares quando entregasse o produto ilícito na cidade baiana de Feira de Santana.

Dada às circunstâncias, a mulher foi presa em flagrante e encaminhada para a Delegacia de Polícia Judiciária, pelo crime previsto no art. 33 da Lei 11.343/2006 que tem pena prevista de 5 a 15 anos de prisão.

Bahia tem 30 casos confirmados de Monkeypox, informa Secretaria Estadual da Saúde

/ Saúde

Três novos casos de Monkeypox foram confirmados na Bahia nesta quinta-feira (18). Os três casos são residentes de Salvador. Com estas confirmações, a Bahia totaliza trinta casos da doença, sendo 21 em Salvador, 2 em Santo Antônio de Jesus; 1 em Cairu; 1 em Conceição do Jacuípe; 1 em Feira de Santana; 1 em Ilhéus; 1 em Juazeiro; 1 em Mutuípe e 1 em Xique-Xique. Além dos confirmados, a Bahia tem notificados 191 casos suspeitos de Monkeypox.

O boletim completo com os municípios em que os casos foram notificados está disponível em  http://www.saude.ba.gov.br/boletinsmonkeypox.

Monkeypox é uma zoonose viral, do gênero Orthopoxvirus, da família Poxviridae, que se assemelha à varíola humana, erradicada em 1980. A doença cursa com febre, dor de cabeça, dores musculares, dores nas costas, adenomegalia, calafrios e exaustão. A infecção é autolimitada com sintomas que duram de 2 a 4 semanas, podendo ser dividida em dois períodos: invasão, que dura entre 0 e 5 dias, com febre, cefaleia, mialgia, dor das costas e astenia intensa. A erupção cutânea começa entre 1 e 3 dias após o aparecimento da febre e tem características clínicas semelhantes com varicela ou sífilis, com diferença na evolução uniforme das lesões.

Dupla Simone e Simaria chega ao fim após 10 anos de carreira; artistas vão seguir em carreira solo

/ Entretenimento

Irmãs se separam, mas vão seguir em carreira solo. Foto: Rede social

A dupla Simone e Simaria anunciaram neste quinta-feira (18), por meio das redes sociais, o encerramento da parceria musical. No comunicado, as artistas informam que, a partir de agora, ambas vão seguir em carreira solo.

Além disso, os todos shows contratados até está quinta, serão cumpridos apenas por Simone. As duas agradecem a todos pela compreensão e esclarecem que “essa pausa se fez necessária para definição dos próximos passos de suas carreiras”.

”Me afastei temporariamente dos palcos para cuidar dos meus filhos e da minha condição vocal. Sigo cumprindo meus compromissos de publicidade e planejando os próximos passos da minha carreira artística”, escreveu Simaria.

Simone completa: ”A minha vontade de estar nos palcos é imensa e preciso fazer aquilo que amo! Seguirei cantando e levando toda a minha alegria e amor para todos os fãs de todo o Brasil. Em breve estarei de volta aos palcos e conto com o apoio, carinho e energia de vocês nessa minha nova trajetória”. Com informações do Bahia Notícias

Bolsonaro cresce, mas Lula segue líder e venceria eleições 2022 no 1º turno, diz pesquisa Datafolha

/ Política

Lula venceria Jair Bolsonaro, diz pesquisa. Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro (PL) cresceu e diminuiu para 15% a vantagem de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na corrida presidencial, de acordo com o levantamento divulgado pelo instituto Datafolha na noite desta quinta-feira (18).

Em relação à pesquisa de julho, Bolsonaro saiu de 29% para 32%, enquanto Lula se manteve com 47% das intenções de voto. Segundo o Datafolha, se as eleições fossem hoje, o petista venceria no primeiro turno, com 51% dos votos válidos – quando se excluem os votos brancos e nulos.

Em terceiro lugar, aparece o ex-ministro Ciro Gomes (PDT), com 7% da preferência do eleitorado. Ele é seguido pela senadora Simone Tebet (MDB), que se manteve com 2% das intenções de voto, e Vera Lúcia (PSTU), com 1%.

Os candidatos Leonardo Péricles (UP), Felipe D’Ávila (Novo), Soraya Thonicke (União), Eymael (DC), Roberto Jefferson (PTB) e Sofia Manzano (PCB) não pontuaram. Brancos e nulos somam 6%, enquanto 2% dos entrevistados se declararam indecisos.

Lula se destaca entre os eleitores da região Nordeste, onde registra 57% da preferência, contra 24% de Bolsonaro. Até no Sudeste, onde o atual presidente venceu em 2018, o petista vence: 44% a 32%.

Por outro lado, Bolsonaro vence Lula nas regiões Sul (49% a 43%), Centro-Oeste (42% a 36%) e Norte (43% a 41%), esta última considerada um empate técnico devido à margem de erro.

O Datafolha entrevistou presencialmente 5.744 eleitores em 281 cidades, entre os dias 16 e 18 de agosto. A margem de erro é de 2% para mais ou para menos, com nível de confiança de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número BR-09404/2022. Com informações do site Bahia Notícias

João Roma planeja uma Bahia eficiente e tecnológica em seu governo, caso vença eleição

/ Política

João Roma é candidato ao Governo pelo PL. Foto: Divulgação

O candidato a governador da Bahia, ex-ministro da Cidadania e deputado federal, João Roma (PL), não pretende exaltar apenas os traços culturais que são uma marca forte do povo baiano, mas destacar a sua vocação para a eficiência em tudo o que faz e o desenvolvimento tecnológico que brota mesmo com as gestões petistas atrapalhando.

”Temos traços culturais que devem ser enaltecidos, mas que não resumem a trajetória de um povo que se destaca em tudo que se propõe a fazer, um povo que merece oportunidade, respeito e um Estado eficiente que leve o mínimo de serviços básicos de qualidade para população, o que não existe mais”, afirmou o ex-ministro da Cidadania, que, nesta quinta-feira (18), esteve na Feira de São Joaquim, gravando programa para o horário eleitoral.

Roma lembrou da visita que o presidente Jair Bolsonaro (PL) fez ao Cimatec, em Salvador, e ficou impressionado com o que viu, com a pujança tecnológico e científico existentes em território baiano. ”Quando retornamos a Brasília, o presidente comentou, na reunião de ministros, como ele ficou impressionado com este lado da Bahia, da Bahia tecnológica, que não é evidenciada”.

O candidato a governador apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro assinalou que a Bahia hoje tem mais de 70% de sua energia a partir de fontes renováveis, como a hidrelétrica, eólica e solar. ‘É uma Bahia da tecnologia, que com o 5G chegando até dezembro em todas as escolas terá internet de alta velocidade. Isso muda o paradigma de muitas famílias que não vão mais precisar mandar ir para a capital jovens com doze, treze, quatorze ou quinze anos, que agora poderão estudar nos locais onde nasceram”.

João Roma ainda destacou que, com o governo Bolsonaro, a Bahia passou a contar com investimentos grandiosos em infraestrutura, como a Ferrovia de Integração Oeste Leste (Fiol) que saiu do papel e está entrando nos trilhos. ”Antes a infraestrutura ia para África, para Cuba, para a Venezuela e não chegava pra melhorar a vida de baianos e brasileiros”.

TSE manda ex-ministra Damares retirar vídeos que acusam governo Lula de incentivo ao crack

/ Justiça

Damares terá que fazer a retirada de vídeos. Foto: Estadão

O ministro Raul Araújo, do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), determinou a retirada do ar de quatro vídeos em que a ex-ministra Damares Alves propagava que os governos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) haviam criado uma cartilha para incentivar jovens a usar crack.

O magistrado deu 24 horas para que as plataformas removam o conteúdo, por ”propaganda eleitoral antecipada negativa”.
Damares publicou vídeos no Facebook, no Youtube e no Instagram dia 2 de agosto com a legenda “Cartilha do Governo Lula ensinava jovens a usar crack”, em que fazia tal afirmação a respeito de um documento lançado em um dos governos do petista para propagar medidas de redução de danos em a quem pretendia deixar de fazer o uso de drogas.

A ex-ministra voltou ao tema nos dias 9 e 12 de agosto. Em um dos vídeos, Damares afirmou que a cartilha ”ensinava os jovens a usar crack”. A defesa de Lula, então, foi à Justiça pela remoção do conteúdo, alegando se tratar de estratégia de desinformação, o que foi acatado pelo ministro da corte eleitoral.

Na decisão, Araújo afirma que a norma do TSE ”busca evitar a proliferação de notícias falsas ou desinformação que, de algum modo, possam afetar a higidez do processo eleitoral”. ”Assim, é plausível a tese da representante de que o vídeo editado divulga fato sabidamente inverídico em que o conteúdo da publicação acaba por gerar desinformação. Portanto, preenchidos os requisitos para a concessão da tutela de urgência”, afirmou o ministro.

Segundo integrantes da campanha do PT, agências de checagem de fato chegaram a comprovar que se tratava de uma notícia falsa, o que dificultava uma decisão em sentido contrário por parte do tribunal.

”Essa decisão do TSE reforça a importância do combate à desinformação e às fake news que mais uma vez se fazem presentes durante o processo eleitoral”, afirmaram os advogados da coligação de Lula, Cristiano Zanin Martins e Eugênio Aragão, por meio de nota.

Bolsonaro é chamado de ”tchutchuca do centrão” e se envolve em confusão no Alvorada

/ Política

Bolsonaro segura no braço do youtuber Wilker Leão. Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro (PL) se envolveu nesta quinta-feira (18) em uma confusão com o youtuber Wilker Leão na saída do Palácio da Alvorada. As imagens foram registradas pela TV Globo. Bolsonaro agarra Leão pela camisa e tenta tirar seu celular, após ser xingado de ”tchutchuca do centrão” e ”vagabundo”.

Gravando com o celular entre apoiadores, o youtuber questiona o presidente sobre a sanção ao projeto que delimitou delação premiada, quando é retirado e jogado no chão. Então, xinga Bolsonaro de ”chutchuca do centrão”, ”safado” e ”vagabundo”. Ao se aproximar novamente, o chefe do Executivo puxa Leão pelo braço e tenta tirar o celular de sua mão.

Em 2020, para evitar a abertura de um processo de impeachment, Bolsonaro intensificou a ampliação de sua base aliada por meio da antes contestada política do tomá-lá-dá-cá, com a entrega de cargos e recursos para parlamentares aliados do governo, em especial do chamado bloco do centrão.

A Codevasf (Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba), por exemplo, é uma empresa do governo que foi entregue por Bolsonaro ao controle do centrão em troca de apoio político.

Ela foi turbinada às custas das emendas de relator, que favorecem parlamentares influentes desse grupo. Impulsionada por verbas de emendas parlamentares, a Codevasf já firmou contratos para distribuição de quase R$ 600 milhões em máquinas, veículos e equipamentos desde 2021, mas sem critérios técnicos e para atender a vontade de deputados federais e senadores.

Às portas do período eleitoral e na esteira da explosão de gastos com as chamadas emendas de relator, os valores com esse tipo de doação saltaram de R$ 178 milhões, em 2020, para R$ 487 milhões, em 2021, aumento de 173%.

Só nos primeiros cinco meses de 2022, o montante chegou a R$ 100 milhões, segundo levantamento da Folha a partir de dados obtidos por meio da Lei de Acesso à Informação.

A lista de bens distribuídos principalmente a aliados dos parlamentares padrinhos das emendas inclui até kits de panificação e freezers, além de barcos de alumínio, furgões, caminhões basculantes, caminhões de lixo, tratores, implementos agrícolas, motoniveladoras e retroescavadeiras.

Marianna Holanda/Folhapress

CGU aponta risco de sobrepreço em contrato de R$ 62 mi entre Codevasf e empresa de jovem

/ Brasil

Os contratos da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) voltaram a ser notícia. Desta vez, a compra de tratores firmada com uma empresa fundada há apenas dois anos chamou a atenção da Controladoria-geral da União (CGU). O órgão julgou o contrato no valor de R$ 61,7 milhões como com risco de superfaturamento de R$ 11,8 milhões. As informações são do jornal O Globo.

A empresa em questão é a Imperiogn Comércio de Máquinas Equipamentos e Serviços, registrada em nome de Ana Luiza Cassiano Batista, de 21 anos.Em um perfil do LinkedIn, ela é apresentada como vendedora de calçados numa loja da capital goiana.

Procurada pelo jornal O Globo, a mãe de Ana Luiza, Andrea Cassiano Batista, afirmou que a filha não tem empresa registrada em seu nome. De acordo com a mãe, a jovem trabalha como diarista em Goiânia.

O jornal também procurou Ana Luiza, que pediu que os questionamentos fossem feitos a Vanderson de Souza, apresentado como gerente comercial e único funcionário da empresa.

Souza, por sua vez, afirmou que Ana Luiza é dona da Imperiogn e que, apesar do pouco tempo de existência, a empresa já participou de 49 licitações do governo federal, firmando contratos com os ministérios da Defesa, Saúde, Educação e do Desenvolvimento Regional, ao qual a Codevasf é vinculada. Ao todo, a empresa já recebeu R$ 6,9 milhões do erário.

Polícia Militar de Jaguaquara dar continuidade à operação de combate ao tráfico de drogas

/ Polícia

Polícia apreende mais drogas no bairro Casca. Foto: Polícia Militar

A Polícia Militar de Jaguaquara dar continuidade as ações de combate ao tráfico de drogas na cidade, intensificando incursões nas últimas semanas. Nesta quarta-feira (17), a instituição militar deu continuidade à operação desencadeada ainda na semana passada, quando prendeu um indivíduo considerado envolvido no tráfico no bairro Casca, quando na ocasião três pessoas foram feitas reféns e, deteve, um suspeito ligado ao preso, com um tablete de substância análoga à maconha, quatro buchas da mesma substância, uma balança de precisão e R$ 32,00 em espécie

Por volta das 20h, em rondas no mesmo bairro Casca, a guarnição de serviço visualizou um indivíduo em atitude suspeita e iniciou abordagem, encontrando com ele drogas. Após ser questionado, o supracitado indicou o local onde estariam guardadas outras porções de maconha e admitiu comercializar o produto ilícito. Ele, assim como todo material ilegal, foram conduzidos para a Delegacia Territorial, a fim de que fossem adotadas as medidas cabíveis, conforme informações divulgadas pela 3ª Cia da PM.

Faleceu aos 74 anos a professora Maria Célia Novaes Eloy, mãe do prefeito de Santa Inês

Maria Célia Novaes

Faleceu na noite desta quarta-feira (17), Maria Célia Novaes Eloy, mãe do prefeito de Santa Inês, Emérson Eloy (PT). Maria Célia, oriunda de Maracás, onde atuou durante anos como professora das redes municipal e estadual, faleceu aos 74 anos e deixa três filhos e quatro netos. A causa da morte não foi informada.

Na rede social, o prefeito de Maracás, Soya Novaes (PDT) lamentou a morte da professora, tendo afirmado que Maria Célia contribuiu muito com a Educação pública do Município. O sepultado ocorrerá nesta quinta-feira, em Maracás.

Se recuperando de cirurgia, Euclides recebe visita de prefeito e de presidente da Câmara de Maracás

/ Polícia

Zitinho, Euclides, Soya e Reginaldo Novaes. Foto: Divulgação

O deputado estadual Euclides Fernandes (PT), que se recupera de um procedimento cirúrgico ao qual foi submetido no último dia (7) de agosto, depois de ter sido atingido por um coice de cavalo quando participava de uma cavalgada no Município de Nova Canaã, no Sudoeste baiano, recebeu em sua residência, nesta quarta-feira (17), o prefeito de Maracás, Soya Novaes (PDT) e o presidente da Câmara, João Menezes  – Zitinho (PDT), ambos acompanhados do secretário municipal de administração, Reginaldo Novaes.

Os correligionários foram visitar Euclides pela primeira vez depois do ocorrido como forma de prestarem solidariedade ao parlamentar que se encontra em processo de recuperação, ainda impedido de se locomover, e que aguarda liberação de profissionais da saúde para voltar as suas atividades, a exemplo de visitações aos municípios que compõem sua base eleitoral.

Ao rever os aliados, Euclides disse que o sentimento é de gratidão e revelou estar recebendo, diariamente, amigos e apoiadores de várias regiões: ”Gratidão, por todo o apoio recebido da minha família, dos meus amigos e de pessoas como essas figuras de Maracás, que representam fidelidade e seriedade na política”, destacou o parlamentar.

O prefeito Soya aproveitou para dizer que a visita foi para hipotecar o seu apoio e do grupo político liderado por ele em Maracás ao projeto de reeleição de Fernandes: ”Euclides não é apenas um amigo nosso, é um parceiro de Maracás e não faz por mim, faz pela cidade, sempre liberando emendas, nos ajudando a resolver problemas, colaborando com o desenvolvimento do município e nós estamos torcendo pela sua pronta recuperação, para que possamos percorrer ruas e bairros em busca de votos para um dos políticos que honram seus compromissos. Ainda existe que tem palavra na política e ele é um desses”, afirmou Soya.

O presidente da Câmara reforçou as palavras do chefe do Executivo garantido apoio ao deputado nas eleições 2022: ”Vamos trabalhar para ajudar Euclides a se reeleger, porque ele faz por nossa cidade”.

Ex-governador César Borges assume controle acionário da Rádio Cidade Sol (95 FM)

/ Imprensa

João Leonardo, César Borges e Ricardo Borges. Foto: Sérgio Monteiro

O ex-governador César Borges assumiu, nesta quarta-feira (17), o controle acionário da Rádio Cidade Sol (95FM), um dos bens da herança deixada pelo seu pai, o empresário Waldomiro Borges de Souza. A emissora comercial, no ar desde 1986, estava em poder do irmão de César, Waldomiro Borges Filho, tendo como diretor o seu filho, Fabrício Borges, sobrinho do ex-governador.

Ao se reunir nesta quarta com o filho Ricardo Borges e com o administrador João Leonardo, hoje atuando como gerente comercial da concessionária de motos Bahiasol, este que já passou pela direção Rádio, César Borges concedeu entrevista ao comunicador Sérgio Monteiro, da própria empresa de radiodifusão e deu detalhes de sua nova empreitada, depois de uma vasta experiência na vida pública, ocupando, inclusive, o cargo de ministro dos Transportes no Governo Dilma Rousseff. ”Tudo na vida é desafio. Eu acho que tudo a gente tem que colocar como desafio pra se sair bem, pra fazer o melhor que cada um pode dar de suas tarefas e obrigações. Eu encaro como um desafio dar continuidade a esse trabalho da FM95, dizendo que eu tenho uma história de vida, que tenho várias passagens. Uma delas, que me orgulha muito é o fato de ter trazido para Jequié, junto com outros companheiros extremamente importantes, valorosos, a primeira fm. Foi em 1986 isso e, na época, nós conseguimos a concessão, através do grande líder político Antonio Carlos Magalhães. Eu dizia que Jequié, pela importância da cidade ela merecia ter uma rádio fm, que era a forma de comunicação que aparecia mais moderna, substituindo as ondas médias”, disse César ao relembrar a fundação.

Borges também fez questão de destacar a passagem do seu pai pela direção, tendo revelado que a Rádio enfrentou à época problemas financeiros e que através de investimentos feitos por Waldomiro Borges a Cidade Sol se manteve. ”Ela vem ao logo desses quase quarenta anos fazendo esse trabalho em favor da comunidade jequieense, com altos e baixos, como tudo na vida. Houve mudança societária, eu praticamente sair da rádio, teve problemas financeiros no passado, foram superados e quem segurou a rádio mesmo foi o meu saudoso pai, que investiu. Eu estava em outras funções. Fui ser secretário de Estado, deputado vice-governador, governador, senador, fui ministro, vice-presidente do Banco do Brasil e meu pai que segurou com a ajuda do meu irmão e do seu neto e é esse o novo desafio, a gente manter isso. A rádio era e continua sendo da família Borges”, explicou, enumerando os cargos públicos pelos quais ele passou e QUE o fizeram se afastar da Cidade Sol como sócio-diretor.

Mesmo antes da reintegração do ex-governador na emissora, recentemente, os comentários em Jequié já davam conta da seu retorno ao Município para gerir a empresa, que deverá passar por mudanças na equipe.

*por Marcos Frahm