Dentista morre atropelada por carro na BA-001, Rodovia Ilhéus/ Olivença, Sul da Bahia

/ Trânsito

Renitlan Scaramussa Bonella foi atingida por um carro. Foto: Pimentablog

Uma cirurgiã-dentista não resistiu aos ferimentos causados por um atropelamento na BA-001 (Rodovia Ilhéus/ Olivença), nas proximidades do Hotel Jardim Atlântico, em Ilhéus, no sul da Bahia. De acordo com relatos de testemunhas, Renitlan Scaramussa Bonella foi atingida por um carro de passeio em alta velocidade, que não parou para prestar socorro. O acidente foi na tarde deste sábado (11), conforme informações publicadas pelo site Pimenta Blog.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada e chegou ao local logo depois do acidente. Mas a pancada foi tão forte que Renitlan Scaramussa praticamente morreu na hora. Ela estava na faixa de pedestre, dizem testemunhas. O condutor do veículo deve ser identificado por meio de imagens do sistema de videomonitoramento. O acidente ocorreu em um trecho da pista duplicada.

Testemunhas contaram que a dentista atravessava a pista quando foi atropelada. Renitlan Scaramussa estava com roupa de banho, o que indica que estava indo ou voltando da praia. Ela trabalhava em Ilhéus e Eunápolis, no Extremo-sul da Bahia. Ainda não foram divulgados horário e local do sepultamento.

Clima típico de São João já predomina no centro de Jaguaquara, que mantém a tradição dos festejos

/ Jaguaquara

Clima típico de São João predomina em Jaguaquara. Foto: BMFrahm

As bandeirolas, além de enfeitar a principal avenida da cidade, fazem predominar o clima típico de São João em Jaguaquara, no Vale do Jiquiriçá. Na Gomes Pita, via central que dar acesso ao circuito oficial da festa a Prefeitura iniciou a ornamentação como forma de preparar a área para os festejos juninos de 2022.

Jaguaquara já figurou entre os destinos mais procurados do interior baiano durante o período junino e, nos últimos anos, independente de pandemia, que interrompeu o evento por dois anos, perdeu espaço para outros municípios que passaram a se destacar pelos investimentos maiores em atrações musicais e divulgação, a exemplo de Amargosa, localizada no mesmo território.

Entretanto, a Toca da Onça ainda mantém a cultura do São João tradição é neste ano, tentará fortalecer a festa, que terá início a partir do dia 17 de junho, com a Vila Junina, na Praça JJ – Seabra, com apresentações de artistas locais e programação oficial reunirá, na Praça Guilherme Silva, entre os dias 23 e 26 cantores como: Tarcísio do Acordeom, Jonas Esticado, Flávio José, Solange Almeida, Chambinho do Acordeom, Priscila Senna, Cacau com Leite, Lara Amélia, Toque Dez e outros.

Para a grade de atrações, a Prefeitura contou com o apoio do Governo do Estado, através da Superintendência de Fomento ao Turismo do Estado da Bahia para a contratação. *por Marcos Frahm

Jequié: Homem é baleado e morre no hospital após trocar tiros com policiais no Cajueiro

/ Jequié

Corpo do suspeito foi encaminhado ao IML. Foto: MFrahm

Um indivíduo foi baleado e morreu, após ser socorrido e levado ao Hospital Geral Prado Valadares,  após se envolver ao lado de outros parceiros, de uma troca de tiros com policiais do 19º BPM. Ppor volta das 10h30 deste sábado (11), na região do Cajueiro (margem da BR-330), guarnições PM realizavam rondas na zona rural quando foi recebida a informação de que um grupo de indivíduos armados estava no local.

Ao se aproximar do local informado, a viatura policial foi recebida com disparos de armas de fogo, prontamente revidados pelos policiais. Os elementos adentraram em uma área de mata. Em seguida, ao proceder com a busca foi constatado que um deles estava baleado e caído, com um revolver ao seu lado.

O indivíduo foi identificado como autor de um vídeo realizado no bairro do Mandacarú juntamente com outros parceiros ostentado armas de fogo. Foram apreendidos e apresentados na DT/Jequié, um revólver calibre .32, marca Rossi, numeração 094761 e cinco cartuchos, 3 deflagrados e 2 picotados, conforme informações divulgadas pelo 19º BPM.

Jequieense Diego Santos conquista Medalha de Ouro em Campeonato Brasileiro de Judô

/ Esporte

Diego Santos e o prefeito de Jitaúna, Pecorelli. Foto: Divulgação

Pela oitava vez, o atleta jequieense Diego Santos conquistou Medalha de Ouro na disputa do Campeonato Brasileiro de Judô, neste sábado (11).

Diego, ao longo de sua carreira, vem conquistando títulos importantes e se tornou motivo de orgulho para os jequieeses. Em rede social, o prefeito de Jitaúna, Marcelo Pecorelli, parabenizou o atleta e disse que Diego orgulha também os jovens desportistas.

Professora universitária morre ao dar à luz em casa ao terceiro filho na cidade de Itabuna

/ Bahia

Gleicimara Araújo Queiroz Klotz tinha 40 anos. Fot: Rede social

Uma professora universitária de 40 anos morreu nas primeiras horas da última sexta-feira (10), ao dar à luz em casa, na cidade de Itabuna, na região sul do estado. Gleicimara Araújo Queiroz Klotz, que estava grávida de seu terceiro filho, sentiu as contrações, mas não teve tempo suficiente para ir até uma maternidade.

Durante o parto repentino, que aconteceu por volta das 0h, a professora perdeu muito sangue. De acordo com o blog Pimenta, ela foi socorrida e encaminhada para o Hospital Manoel Novaes, às 3h50, mas na unidade, mesmo com apoio de uma equipe médica, não resistiu às complicações causadas por uma hemorragia pós-parto. A recém-nascida passa bem.

Gleicimara era natural da cidade de Oliveira, no interior de Minas Gerais, mas morava em Itabuna desde 2014. Ela era doutora em Psicologia Social pela Universidade de São Paulo (USP) e atuou por sete anos como professora e coordenadora do curso de Psicologia de uma instituição privada. Neste ano, a professora ingressou no corpo docente efetivo da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB).

Em nota, a UFSB lamentou a morte da professora. ”A docente atuava no Centro de Ciências da Saúde, na área de psicologia, desde seu ingresso na UFSB, ocorrido em março deste ano. A Reitoria e toda a comunidade acadêmica da UFSB, em especial do Campus Paulo Freire, onde a docente atuava, manifestam solidariedade à família e amigos”, diz trecho do comunicado emitido pela instituição.

Jequié: Câmara de Vereadores teve atuação decisiva no atendimento da pauta salarial dos agentes comunitários

/ Jequié

Vereadores aprovam PL do agentes de saúde. Foto: Emanuel Jr.

Mais uma vez, a Câmara Municipal de Jequié teve atuação decisiva no sentido de atender importantes itens da pauta de reivindicações dos agentes comunitários de saúde e combate às endemias. Na terça-feira, dia 7 de junho, foi aprovado, por unanimidade, o Projeto de Lei de autoria do Executivo Municipal que dispõe sobre a fixação do vencimento básico inicial da carreira dessas importantes categorias.

As comissões legislativas de Justiça e de Finanças, presididas pelos vereadores Soldado Gilvan e Colorido, respectivamente, apresentaram emendas modificativas ao estabelecendo que o valor descrito no caput do PL corresponderá ao vencimento básico inicial da carreira dos de modo que nenhum servidor vinculado a estas categorias poderá perceber remuneração menor do que aquela definida no Piso Nacional Salarial referente ao ano de 2020.

Ao fim da votação, o presidente da Câmara, vereador Emanuel Campos (Tinho), enalteceu o papel do legislativo em defesa dos interesses dos servidores, sempre se colocando aberta as conversações, por vezes atuando como intermediadora com o executivo e não raro, acelerando a pauta para atender os interesses da coletividade.

No Projeto de Lei, a atual gestão municipal destaca que o mesmo foi resultado de acordo celebrado com o Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde e de Agentes de Combate a Endemias, com o objetivo de atender demanda da categoria.

Com as emendas apresentadas fica o Município autorizado a fixar o vencimento inicial das citadas categorias para jornada de 40 horas semanais no valor de R$ 1.400,00 (um mil e quatrocentos reais). O valor corresponderá ao vencimento básico inicial da carreira de modo que nenhum servidor vinculado a estas categorias poderá perceber remuneração menor do que aquela definida no Piso Nacional Salarial.

Prefeito de Jequié informa que pagamento da primeira parcela do 13º salário dos servidores já está na conta

/ Jequié

Prefeito Zé Cocá fala em equilíbrio fiscal. Foto: Daniel Aguiar

O pagamento da primeira parcela do 13º salário dos servidores públicos municipais de Jequié já está na conta. O anunciou foi feito pela Prefeitura na sexta-feira (10). A antecipação para o mês de junho proporcionará um incremento financeiro ao comércio local e representa mais uma demonstração do equilíbrio fiscal da atual gestão municipal, conforme destaca o prefeito Zé Cocá.

”Estamos buscando prestar à população o melhor serviço público possível e a valorização dos nossos servidores, responsáveis pela execução dos serviços, é fundamental neste processo.

Com equilíbrio fiscal, controle dos gastos e o reordenamento financeiro, Jequié segue avançando graças a Deus! E nós estamos cumprindo com este compromisso, pagando os nossos servidores não somente todos os meses dentro do mês trabalhado, como também, dentro das possibilidades, antecipar para junho a primeira parcela do 13º salário”, comentou.

Justiça derruba decisão que impedia atuação da Polícia Rodoviária Federal fora de rodovias

/ Trânsito

Justiça entendeu que a atuação da PRF está dentro da lei

A Segunda Instância da Justiça Federal suspendeu na sexta-feira (10) a decisão que impedia a atuação da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em operações fora de rodovias federais. Na decisão, o presidente do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2), Messod Azulay Neto, entendeu que a atuação da PRF está dentro da lei.

Na quarta-feira (8), o juízo da 26ª Vara Federal do Rio de Janeiro aceitou pedido do Ministério Público Federal (MPF) para suspender o Artigo 2º da Portaria 42/2021, do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) que autoriza a atuação da PRF em operações. O pedido do MPF veio depois de três operações policiais, com a participação da PRF, que resultaram na morte de 37 pessoas, uma na comunidade do Chapadão (que deixou seis mortos), em março; e duas na Vila Cruzeiro (uma em fevereiro, com oito mortos, e outra em maio, com 23 mortos).

Com a decisão, volta a valer a portaria do MJSP. Pela norma, a PRF pode designar efetivo para integrar equipes em operação conjunta com outras forças, prestar apoio logístico, atuar na segurança das equipes e do material empregado, ingressar em locais alvos de mandado de busca e apreensão, mediante previsão em decisão judicial, lavrar termos circunstanciados de ocorrência e praticar outros atos relacionados ao objetivo da operação conjunta.

Presidente Bolsonaro diz, durante evento evangélico, que Brasil enfrenta problema espiritual

/ Política

A praia de Copacabana está lotada, mas, no lugar de biquínis e sungas, o que se vê neste sábado (11) de céu fechado e temperatura baixa são cruzes no pescoço, bíblias debaixo do braço e uma multidão disposta a louvar o nome de Deus em um dos pontos turísticos mais famosos do Brasil.

No posto dois, em frente ao Copacabana Palace, milhares de fiéis se reuniram no evento evangélico Esperança Rio, que começou a partir das 16h e trazia na programação nomes célebres da música gospel, como a cantora Aline Barros e o rapper americano KB.

Por volta das 18h, o presidente Jair Bolsonaro apareceu em telões e fez um rápido pronunciamento a distância.

Após citar a questão econômica, disse: ”Temos um outro problema, este espiritual que o Brasil não está ausente, que é a luta do bem contra o mal”.

Também afirmou, sob forte aplauso do público: ”Nós bem sabemos o que queremos e o que defendemos. Somos contra o aborto, a ideologia de gênero e contra a liberação das drogas”.

E concluiu: ”Defendo a família e a liberdade como bem maior, a incluir a liberdade religiosa.”

Segundo o Datafolha, a parcela da população brasileira que quer proibir o aborto em qualquer circunstância caiu no período de quase quatro anos. De dezembro de 2018 até hoje, o índice daqueles que dizem concordar com a total restrição da interrupção da gravidez no país recuou de 41% para 32%.

Na plateia, muitos fiéis usavam faixas na cabeça com dizeres religiosos e camisas com imagens da cruz. Uma dessas pessoas era a dona de casa Rosângela de Oliveira, 47.

Moradora de Bangu, a 49 quilômetros de Copacabana, ela diz que a expectativa era grande para o evento. ”Jesus vai fazer uma grande obra, um grande mover aqui. O objetivo aqui é salvar vidas”.

Evangélica há quatro anos, a dona de casa diz que deve a própria vida à ação divina. Em 2018, ela sofreu uma depressão profunda. ”Cheguei e falei com Deus. Perguntei: ‘Se você é esse Deus mesmo que todo mundo fala, muda a minha vida”.

Para ela, eventos como esse são uma forma de unir pessoas que querem exaltar o nome de Deus, independentemente da religião. ”Deus não escolhe entre evangélico, católico ou espírita. Pode vir católico ou candomblecista. Deus só olha para o coração”.

A católica Elizabeth Nunes, 63, diz que decidiu comparecer ao evento por entender que a religião não é uma fronteira para quem quer celebrar Deus.

”Nós somos filhos de Deus. Isso independe de religião. Você é meu irmão, também é filho do criador. Deus é um só. Jesus é um só”, diz ela, que não escondia o entusiasmo.

No calçadão, ela pulava e cantava toda vez que uma câmera passava filmando o público. ”ssa iniciativa é maravilhosa por trazer a energia de Jesus Cristo. É ele que traz a direção aos jovens e esperança aos idosos.”

O evento que reuniu os fiéis foi organizado pela Associação Evangelística Billy Graham. A entidade foi fundada nos Estados Unidos pelo pastor Billy Graham, considerado uma das maiores lideranças evangélicas do mundo.

Tido como uma espécie de papa do movimento evangélico, ele pregou para mais de 200 milhões de pessoas em 185 países, inclusive no Brasil, e morreu em 2018, aos cem anos.

Para minimizar problemas no trânsito por causa do evento, a Prefeitura do Rio montou um esquema especial, com alterações em vias de Copacabana, Botafogo e do aterro do Flamengo. A operação conta com a participação de 250 pessoas, entre agentes da Guarda Municipal e da CET-Rio (Companhia de Engenharia de Tráfego).

Matheus Rocha//Folhapress

Aumento de casos de Covid faz cidade baiana proibir São João e decretar novas medidas

/ Saúde

A prefeitura de Serra Dourada, no Oeste do estado, publicou um decreto neste sábado (11) estabelecendo a proibição dos festejos juninos no município. Devido ao aumento do número de casos de Covid-19, eventos públicos ou privados estão impedidos de serem realizados num prazo de 30 dias.

Um toque de recolher também está previsto, e passa a vigorar entre 0h às 5h. De acordo com o G1, com informações da TV Oeste, a exceção é para quem trabalha nas áreas de segurança e  saúde, em horário de trabalho, para compra de medicamentos ou deslocamentos a unidades de saúde.

A medida é parecida com o protocolo implementado em diversas cidades durante o período mais duro da pandemia do coronavírus. Bares, quiosques, e outros estabelecimentos do tipo também estão impedidos de funcionar depois das 23h59, assim como equipamentos sonoros que possam gerar aglomerações não podem ser ligados.

A administração municipal proibiu a emissão de alvarás contrários a estas decisões e suspendeu outros já emitidos, até que os casos de Covid-19 comecem a baixar.

O texto recomenda o uso de máscaras, sobretudo em ambientes fechados, mas não determina a obrigatoriedade do equipamento. Os moradores de Serra Dourada foram orientados a evitar a circulação.

Otto Alencar é internado com fortes dores e faz cirurgia renal de urgência, diz assessoria

/ Saúde

Otto foi submetido a procedimento cirúrgico. Foto: Divulgação

O senador Otto Alencar (PSD) foi internado na noite desta sexta-feira (10), no Hospital Aliança, em Salvador, com fortes dores e foi submetido com urgência a um procedimento cirúrgico nos rins.

De acordo com informações apuradas pelo Bahia Notícias, o parlamentar baiano fez a cirurgia na manhã deste sábado (11) e segue hospitalizado.

Alencar é pré-candidato à reeleição no Senado na chapa do ex-secretário de Educação, Jerônimo Rodrigues (PT) e do atual presidente da Câmara, Geraldo Júnior (MDB).

Feira de Santana: Médico epidemiologista, prefeito volta a recomendar uso de máscaras na cidade

/ Saúde

O prefeito testou positivo nos últimos dias pela. Foto: Reprodução

O prefeito municipal de Feira de Santana, Colbert Martins (MDB), que testou positivo nos últimos dias pela Covid-19, está recomendando à população que volte a usar as máscaras para se proteger do vírus.

Em entrevista ao Acorda Cidade, o prefeito que também é médico, alertou sobre o número de casos que estão surgindo na cidade, e enfatizou que o equipamento tem como função, garantir uma proteção em favor da vida humana.

”Hoje, eu estou voltando às atividades usando máscaras, mesmo usando máscaras com todas as condições de segurança, eu adquiri a Covid-19. Tive que tomar todas as precauções e medicamentos para poder sair sem ter uma complicação maior. O que em nome da prefeitura de Feira, em nome dos funcionários da prefeitura de Feira, o que estou recomendando, é que todos usem máscaras para se protegerem. Quem já trabalha em unidades de Saúde, todos evidentemente estão obrigados a usar as máscaras, no entanto, neste momento, não há uma obrigação, mas quem está no transporte público é obrigado sim, a usar a máscara para se proteger, e proteger os outros. Quem dirige aplicativo, táxi, use para se proteger também, quem está no supermercado, quem está no comércio e está atendendo povo o tempo inteiro, usem máscaras para se protegerem. O número de casos está aumentando muito, embora não seja números que aumentem mortes, mas as pessoas estão adoecendo em grande quantidade, principalmente crianças, portanto neste momento, nós estamos é recomendado o uso de máscaras para se protegerem, quem tem valor à vida, quem dar valor à vida, usa máscara e se protege”, concluiu.

Bolsonaro volta a atacar Barroso e Moraes e se compara a ex-presidente da Bolívia presa

/ Brasília

O presidente Jair Bolsonaro cumprimenta apoiadores em Orlando, nos EUA

O presidente Jair Bolsonaro (PL) fez novos ataques a ministros do STF e ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva neste sábado (11). Ele também voltou a criticar o sistema eleitoral brasileiro e comparou a investigação dos casos de fake news pelo Supremo ao processo judicial que levou a ex-presidente boliviana Jeanine Añez à prisão.

Em entrevista a jornalistas na saída de uma churrascaria, onde foi ovacionado, ele chamou o ministro Luís Roberto Barroso de “mau-caráter” e ”mentiroso”, por dizer que Bolsonaro teria divulgado dados de um inquérito sigiloso que, para Bolsonaro, não tinha esta restrição.

Já o ministro Alexandre de Moraes foi atacado pela atuação no inquérito sobre fake news, aberto pelo próprio Supremo, e por sua atuação no processo contra o deputado Daniel Silveira (PTB-RJ), condenado por incitar violência contra o STF e que recebeu indulto de Bolsonaro.

”Eu dei um indulto para este parlamentar e ele [Moraes] continua perseguindo, multando ele, agora bloqueando o celular da esposa dele, que é a advogada que o defende. O TSE lá do senhor Alexandre de Moraes desmonetiza páginas, derruba páginas. Isso não é democracia, é censura.”, acusou.

”Isso nunca ocorreu no Brasil. Uma pessoa apenas decide. Ele faz um inquérito, onde não tem a participação do Ministério Público, e investiga por fake news. Eu não quero baixar o nível na entrevista, mas o que esse cara tem na cabeça? O que é que ele está ganhando com isso? Quais são seus interesses? Ele está ligado a quem? Ou é um psicopata? Ele tem um problema”, acusou.

Bolsonaro comparou as ações de Moraes com a prisão de Jeanine Añez, ex-presidente da Bolívia condenada por tramar um golpe de Estado, em 2019. ‘A turma dela perdeu [as eleições], voltou a turma do Evo Morales. O que aconteceu um ano atrás? Ela foi presa preventivamente. E agora foi confirmado dez anos de cadeia para ela. Qual a acusação? Atos antidemocráticos. Alguém faz alguma correlação com Alexandre de Moraes e os inquéritos por atos antidemocráticos? Ou seja, é uma ameaça para mim quando deixar o governo?”, questionou.

O presidente também atacou Lula, a quem acusou de ser corrupto. Ele questionou as pesquisas eleitorais que mostram o petista à frente na disputa, e voltou a falar em risco de fraudes caso os militares não possam participar de modo mais ativo da apuração dos votos. Também atacou o TSE por ter rejeitado ofício enviado pelo Ministério da Defesa com questionamentos ao sistema eleitoral.

As declarações de Bolsonaro vieram dois dias depois de seu primeiro encontro com o presidente Joe Biden. Em Los Angeles, ele disse que pretende terminar seu governo de modo democrático e pediu eleições limpas, confiáveis e auditáveis. ”Cheguei [ao poder] pela democracia e tenho certeza de que quando deixar o governo também será de forma democrática”, disse, ao lado do líder americano.

Antes de dar as declarações, Bolsonaro fez uma motociata com apoiadores em Orlando, que reuniu mais de 300 motos na cidade da Flórida. O presidente embarcaria de volta ao Brasil na tarde deste sábado.

Rafael Balago/Folhapress

Comissão da OEA cobra esforços do governo Bolsonaro na busca por Dom Phillips e Bruno

/ Imprensa

Phillips (à esquerda) e Bruno Araújo (à direita). Foto: Reprodução

A Comissão Interamericana de Direitos Humanos da OEA (Organização dos Estados Americanos) solicitou ao Brasil neste sábado (11) que redobre seus esforços na busca pelo indigenista Bruno Araújo Pereira e pelo jornalista Dom Phillips, ambos desaparecidos desde o último domingo (5).

Cobrou ainda que o país informe sobre as ações que estão sendo adotadas para investigação do caso. O prazo para resposta é de sete dias.

Trata-se de uma medida cautelar que foi concedida em favor da dupla desaparecida após solicitação feita por um grupo de entidades da sociedade civil nesta sexta-feira (10).

O pedido foi assinado por Instituto Vladimir Herzog, Artigo 19, La Alianza Regional por la Libre Expresión e Información, Repórteres sem Fronteiras, Abraji (Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo), Ajor (Associação de Jornalismo Digital), Tornavoz e Washington Brazil Office.

A solicitação aumenta a pressão internacional para que o governo intensifique suas ações para localização de Pereira e Philips.

Na sexta-feira (10), o Alto Comissariado das Nações Unidas para Direitos Humanos cobrou que o governo brasileiro redobre os esforços para encontrar o indigenista e o jornalista.

Na mesma data, o ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, estabeleceu prazo de cinco dias para que o governo apresente informações à corte sobre as providências adotadas para localização da dupla.

De acordo com a resolução da Comissão Interamericana, o caso reúne os ”requisitos de gravidade, urgência e irreparabilidade”mo requisitos para aprovação do pedido de medida cautelar.

”A Comissão solicita ao Estado do Brasil que informe, dentro do prazo de 7 dias contados a partir do dia seguinte da notificação desta resolução, sobre a adoção das medidas cautelares requeridas e que atualize periodicamente essas informações”, consta na resolução.

Ela solicita que o Brasil ”redobre seus esforços para determinar a situação e o paradeiro de Bruno Araújo Pereira e Dom Phillips, a fim de proteger os seus direitos à vida e à integridade pessoal, e que possam continuar realizando seus trabalhos de defesa de direitos humanos ou exercendo suas atividades jornalísticas”.

Além disso, quer que o governo ”informe sobre as ações adotadas a fim de investigar com a devida diligência os fatos alegados que deram origem à adoção desta medida cautelar e, assim, evitar a sua repetição”.

A comissão é o órgão principal e autônomo da OEA e seu mandato surge da Carta da OEA e da Convenção Americana sobre Direitos Humanos.

Raquel da Cruz Lima, assessora do Centro de Referência Legal da Artigo 19, uma das entidades signatárias do pedido, explica que a medida cautelar não impõe o mesmo grau de dever de cumprimento de casos em que a Comissão analisa provas para apurar se aconteceu uma violação.

”O Brasil deve cumprir, no sentido que ele obrigado a cumprir de boa fé todas as obrigações internacionais que ele assumiu”, diz. ”Mas a medida em si é uma solicitação que a Comissão faz para que o Brasil respeite”.

Lima aponta que a partir de agora a Comissão passará a acompanhar o caso de modo mais próximo, devendo receber tanto informações do governo quanto das entidades requerentes.

Ao longo da semana, Bolsonaro havia minimizado o desaparecimento do jornalista e do indigenista, dizendo que os dois estavam numa ”aventura não recomendada”. Phillips realizava uma cobertura jornalística com o apoio de Pereira.

O documento afirma ainda que, apesar de o regulamento prever que antes de solicitar medidas cautelares, a Comissão solicita informações relevantes ao respectivo país, foi considerada a exceção que diz que ”a urgência da situação justifique o outorgamento imediato das medidas”.

”A Comissão observou que a situação dos propostos beneficiários seria de amplo conhecimento das entidades internas, que existiam decisões judiciais internas em distintos níveis que determinaram a adoção imediata de todas as medidas necessárias para localizar a ambos os desaparecidos, e que, apesar disso, eles seguem desaparecidos”, diz nota no site da comissão.

Em nota na tarde deste sábado, a Polícia Federal informou que as buscas fluviais e aéreas prosseguiram nas últimas 24 horas e que ”material orgânico, aparentemente humano, bem como os demais vestígios recolhidos durante a operação já se encontram no Instituto Nacional de Criminalística da Polícia Federal para análise”.

Negou ainda informações que estariam circulando nas redes sociais ”no sentido de que os corpos dos desaparecidos foram encontrados”.

”Os órgãos federais e estaduais reforçam o compromisso com a elucidação dos fatos e se empenham para que haja o retorno o quanto antes dos senhores Bruno Pereira e Dom Phillips para seus entes queridos”, consta na nota.