Covid-19: Brasil tem 15,3 mil novos casos; total chega a 218,2 mil, diz Ministério da Saúde

/ Saúde

O balanço diário do Ministério da Saúde sobre covid-19 registrou 15.305 novos casos confirmados, totalizando 218.223. Foi o maior número registrado em 24 horas desde o início da pandemia no país. O resultado marcou um acréscimo de 7,5% em relação a ontem (14), quando o número de pessoas infectadas estava em 202.918.

O Brasil teve 824 novos registros de mortes nas últimas 24 horas e chegou ao total de 14.817. O resultado representou um aumento de 5,3% em relação a ontem, quando foram contabilizados 13.993 falecimentos pela covid-19. A letalidade (número de mortes pela quantidade de casos confirmados) ficou em 6,8% e a mortalidade (número de mortes pela quantidade da população) foi de 7,1.

Do total de casos confirmados, 118.436 (54,3%) estão em acompanhamento e 84.970 (38,9%) foram recuperados. Há ainda 2,3 mil mortes em investigação. Este último número subiu em relação a ontem, quando eram 2 mil óbitos sendo analisados.

São Paulo se mantém como epicentro da pandemia no país, concentrando o maior número de falecimentos (4.501). O estado é seguido pelo Rio de Janeiro (2.438), Ceará (1.476), Pernambuco (1.381) e Amazonas (1.145).

Além disso, foram registradas mortes no Pará (1.145), Maranhão (496), Bahia (281), Espírito Santo (260), Alagoas (187), Paraíba (170), Minas Gerais (146), Rio Grande do Sul (126), Rio Grande do Norte (122), Paraná (120), Amapá (103), Santa Catarina (79), Goiás (67), Rondônia (62), Piauí (60), Acre (57), Distrito Federal (55), Sergipe (50), Roraima (40), Mato Grosso (26)Tocantins (24) e Mato Grosso do Sul (14).

Já em número de casos confirmados, o ranking tem São Paulo (58.378), Ceará (22.490), Rio de Janeiro (19.987), Amazonas (18.392) e Pernambuco (16.209). Entre as unidades da federação com mais pessoas infectadas estão ainda Pará (12.109), Maranhão (10.739), Bahia (8.128), Espírito Santo (6.198) e Santa Catarina (4.562).

Boletim da Prefeitura de Jequié anuncia mais 03 casos de Covid-19, totalizando 145

/ Jequié

Jequié registrou 03 novos casos de Covid-19. Foto: Paula Fróes

A Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Saúde, apresentou, na noite desta sexta-feira, o boletim epidemiológico do coronavírus, atualizado às 19h. Foram 145 casos positivos para a doença até agora, com a ocorrência de 03 casos hoje. Destes, 90 foram diagnosticados por meio do método laboratorial RT-PCR. 81 pacientes encontram-se recuperados e não apresentam mais os sintomas da doença. Os que estão em quarentena somam, hoje, 919 pessoas.

Estes são os dados atualizados desta sexta:

– 145 casos confirmados (pessoas que testaram positivo para Covid-19), destes, 81 casos foram recuperados;

– 3 óbitos (pessoa que foi vitimada em função da Covid-19);

– 683 casos suspeitos (pessoas que apresentaram sinais e sintomas de síndrome gripal e foram notificados para Covid-19);

– 371 casos descartados (pessoas que testaram negativo para Covid-19;

– 58 casos aguardando resultado (pessoas que realizaram o exame e aguardam o resultado);

– 109 casos aguardando coleta (pessoas que apresentaram sinais e sintomas de síndrome gripal, foram notificadas para Covid-19, e aguardam coleta);

– 919 casos em quarentena (pessoas que apresentam sinais e sintomas respiratórios/contatos com casos suspeitos e confirmados de covid-19/casos confirmados de covid-19).

Policiais civis de Ipiaú recebem vacina contra gripe H1N1 e testes para Covid-19

Agentes da segurança pública são vacinados. Foto: Dircom/Ipiaú

A Prefeitura Municipal de Ipiaú, por meio da Secretaria de Saúde, realizou a vacinação contra a Influenza (H1N1) e a testagem para detecção do novo coronavírus, nos policiais civis, profissionais da segurança pública que também estão na linha de frente do combate a pandemia  na cidade.

No momento, tanto o teste quanto a vacina, se fazem ainda mais necessários, visto que uma infecção concomitante por ambos os vírus, pode trazer piores consequências. Sabendo que existe vacina eficaz e comprovada para a gripe, a secretaria se preocupou em promover esse meio de imunidade ativa, já que nesse momento de pandemia é de suma importância a redução de pacientes vitimados por quaisquer motivos.

Nesta segunda etapa, estão sendo vacinados militares,  policiais civis, caminhoneiros, motoristas e cobradores de transporte coletivo, agentes penitenciários, pessoas privadas de liberdade, pacientes com comorbidades e idosos. Com informações da Dircom / Prefeitura de Ipiaú

Rui anuncia publicação de resultado provisório de provas objetivas para concurso da PM

/ Bahia

Atualização do concurso será publicada. Foto: Fernando Vivas

O Governo do Estado publica na próxima terça-feira (19) atualização sobre o concurso público para soldado da Polícia Militar (PM) e do Corpo de Bombeiros Militar (CBM). Os candidatos que participaram da primeira etapa do certame poderão conferir nesta data o resultado provisório das provas objetivas no Diário Oficial do Estado (DOE) e no Portal do Servidor. O resultado provisório da prova discursiva será divulgado posteriormente. O anúncio foi feito pelo governador Rui Costa durante live realizada na noite desta sexta-feira (15).

De acordo com o edital, os candidatos interessados poderão fazer vistas ao resultado provisório e interpor recurso no prazo de dois dias úteis, a partir do dia 20 de maio. A interposição deve ser feita, de forma exclusiva, no site da organizadora do certame, o Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação. Ao todo, foram registradas 112.335 inscrições.

O concurso vai disponibilizar 2,5 mil vagas de nível médio para as duas corporações – sendo mil policiais militares e 250 bombeiros militares com ingresso em 2020; os demais serão incorporados ao serviço público em 2021. O candidato aprovado será designado de acordo com a região de classificação – município/sede para o qual se inscreveu. As provas foram aplicadas no dia 19 de janeiro, em 183 locais de prova, distribuídos entre as cidades de Salvador, Feira de Santana, Juazeiro, Ilhéus, Vitória da Conquista, Barreiras e Itaberaba.

O certame tem validade de um ano, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período. As convocações irão observar a necessidade da administração pública. Os candidatos podem acompanhar o andamento das demais fases através do site institucional do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação e no Portal do Servidor.

 

Prefeito de Amargosa é punido pelo Tribunal, em razão de irregularidades do transporte escolar

Júlio Pinheiro sofreu representação ao MP. Foto: Divulgação

O Tribunal de Contas dos Municípios multou o prefeito de Amargosa, Júlio Pinheiro dos Santos Júnior, e determinou que seja feita uma representação contra ele junto ao Ministério Público Estadual para que se apure possível ato de improbidade administrativa. A punição se deu em razão de irregularidades em processo licitatório para a prestação de serviço de transporte escolar, envolvendo recursos da ordem de R$619 mil. A decisão foi tomada na sessão realizada nesta quinta-feira (14/05), por meio eletrônico.

O processo, relatado pelo conselheiro Fernando Vita, foi instaurado a partir de denúncia apresentada ao TCM por vereadores do município. Em seu voto, além de recomendar a investigação do caso por parte do Ministério Público Estadual, o conselheiro sugeriu – e foi aprovada – uma multa ao prefeito de R$ 15 mil.

A relatoria concluiu que houve graves irregularidades na contratação, sem licitação, da empresa Transcop Locação de Veículos e Máquinas Ltda. Isto porque o município para passava por nenhuma situação dita como emergencial, que supostamente poderia justificar a contratação direta.

O relator reafirmou que é possível a contratação direta, seja por dispensa ou inexigibilidade de licitação, “desde que observados os requisitos legais, e as situações peculiares, descritas em lei. No caso da prefeitura de Amargosa, segundo ele, a dispensa de licitação não teve qualquer fundamento.

Segundo a denúncia, a contratação teria sido prorrogada indevidamente por sete vezes, de modo que a vigência inicial de 90 dias, passou a ser de 261 – em ofensa ao prazo fixado no art. 24, inciso IV da Lei de Licitações. O conselheiro observou que, na verdade, o que ocorreu foi falta de planejamento por parte do prefeito, e esta deficiência não pode ser justificativa para emergências ou gastos sem licitação por parte da administração pública. Cabe recurso da decisão.

Secundaristas fazem campanha por adiamento do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)

/ Educação

A União Brasileira de Estudantes Secundaristas (Ubes) promoveu nesta sexta-feira (15) a campanha virtual #AdiaEnem nas redes sociais, para que o Ministério da Educação (MEC) reveja o cronograma do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) por causa da pandemia do novo coronavírus, causador da covid-19.

Conforme calendário do MEC, as inscrições para o exame ficam abertas até a próxima sexta-feira (22), e as provas presenciais ocorrerão no dia 1º de novembro (linguagens, códigos e suas tecnologias; redação; ciências humanas e suas tecnologias) e no dia 8 de novembro (ciências da natureza e suas tecnologias; matemática e suas tecnologias).

O boleto de pagamento da taxa de inscrição (R$ 85) já está sendo emitido para os candidatos inscritos.

Para a Ubes, a manutenção desse calendário prejudica especialmente os estudantes que tiveram aulas interrompidas e não têm acesso à internet em casa ou a outros recursos para aprendizagem remota. ”Muitos não têm condições de se preparar para a prova”, lembra a presidente da UBES, Rozana Barroso.

Segundo a Ubes, por causa da indisponibilidade de meios, a educação a distância não é alternativa para estudantes das periferias e da zona rural e também indígenas. A entidade ressalta que ”adiamento não é cancelamento” e que cerca de duas dezenas de países já anunciaram o adiamento dos seus exames para ingresso nos cursos superiores.

Ontem (14), o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), pediu ao presidente Jair Bolsonaro o adiamento da aplicação de provas do Enem. ”Um pleito importante que eu fiz ao presidente, e ele ficou de avaliar, disse que é muito importante e que havia uma demanda muito grande da Câmara, é o adiamento do Enem. Ele ficou muito sensível, ficou de avaliar e dar uma resposta’, disse Maia, como registrou a Agência Brasil.

De acordo com o Ministério da Educação, mais de 3 milhões de pessoas inscreveram-se até o início da tarde de hoje para fazer as provas do Enem. Mais de 2,95 milhões de pessoas optaram por fazer a prova escrita e 99,6 mil se inscreveram para a versão digital.

Sem detalhes, Prefeitura de Jaguaquara confirma mais 02 casos de coronavírus, totalizando 13

/ Jaguaquara

Jaguaquara também enfrenta à pandemia. Foto: Blog Marcos Frahm

A Prefeitura de Jaguaquara anunciou, no início da noite desta sexta-feira (15), a ocorrência de mais 02 casos do novo coronavírus, totalizando 13 casos confirmados da doença no município desde o início da pandemia.

A divulgação de novos casos foi feita através de uma arte gráfica publicada pela Assessoria de Comunicação da gestão pública municipal, que não deu detalhes sobre os novos infectados, como por exemplo: sexo e idade dos pacientes, nem revelou onde estão as vítimas do vírus. ”Secretaria de Saúde informa a todos que foram registrados mais dois casos de contaminação por Covid-19 no município”, publicou a Ascom.

Num Card publicado na rede social, a Assessoria diz que, dos 13 casos, dentre os quais 01 é importado, 07 já foram recuperados.

Conforme apurou o Blog Marcos Frahm, um dos infectados da cidade de Jaguaquara encontra-se internado na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Geral Prado Valadares – HGPV, em Jequié, desde a última quarta-feira (13), quando deu entrada numa unidade de saúde local sentindo os sintomas. Trata-se de um home morador do bairro Casca.

Prefeitura de Amargosa inicia combate ao mosquito da dengue com carros fumacê

Na quinta-feira (14), a Prefeitura Municipal de Amargosa, no Vale do Jiquiriçá, deu início aos trabalhos de combate ao mosquito da dengue com o Carro Fumacê. A conquista se deu por conta de uma parceria estabelecida entre Secretaria Municipal de Saúde e Secretaria de Saúde do Estado da Bahia.

O carro, responsável por pulverizar o inseticida para combater a proliferação do mosquito que provoca Dengue, Zika e Chicugunha, ficará na cidade até o dia 27 de maio, cumprindo o cronograma de visita em todos os bairros da cidade.

A substância, que começará a ser liberada nas ruas de Amargosa hoje, tem 99% de eficácia no combate ao inseto, não agride o meio ambiente nem os seres humanos.

O veículo passará nos horários de 5h da manhã até às 8h e das 17h às 23h. É importante que a população deixe portas e janelas abertas, para que a substância possa eliminar qualquer possível risco de dentro das residências, cobrindo sempre os alimentos e bebidas das pessoas e animais.

Essa é umas das medidas adotadas pela Prefeitura de Amargosa através da Secretaria de Saúde e parceria com o Governo do Estado, para eliminar o mosquito Aedes Aegypti de uma vez do município. Além disso, a colaboração da população é imprescindível para o sucesso das ações, limpando principalmente os quintais e eliminando possíveis focos de proliferação do mosquito.

Laboratório em Jequié inicia testes moleculares para Covid-19 após visita de secretário de Saúde

/ Jequié

Fábio Vilas-Boas inaugurou laboratório em Jequié. Foto: Divulgação

Mais um laboratório público estadual entrou em operação, realizando testagens do tipo RT-PCR, que é o padrão ouro para a detecção do genoma viral do coronavírus (Covid-19). O secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, esteve no município de Jequié, nesta sexta-feira (15), onde visitou a unidade que está localizada dentro do Centro de Referência em Doenças Endêmicas Pirajá da Silva.

De acordo com o secretário, que foi recepcionado pelo prefeito Sérgio da Gameleira, pela primeira-dama Marla Cafezeiro e pelo secretário municipal de Saúde, Vitor Lawinsk, ”a unidade tem capacidade de realizar até 1.080 exames por mês, sendo referência para casos graves e óbitos da região. Já os exames de rotina continuarão indo para Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA), em Salvador, cuja capacidade de análise é superior a mil amostras por dia”, afirmou Vilas-Boas.

O laboratório em Jequié se junta às unidades de Vitória da Conquista e Barreiras, que iniciaram a testagem molecular nesta semana. Ainda serão implantados laboratórios em Paulo Afonso e Porto Seguro. ”O Governo do Estado tem feito um esforço enorme para adquirir máquinas e insumos para ampliar e descentralizar a testagem da população”, ressaltou o secretário.

Secretário Fábio, primeira-dama de Jequié e o prefeito Sérgio

No Sistema Único de Saúde (SUS), a coleta de amostras para a realização do exame RT-PCR deve ocorrer em cinco situações: pacientes internados com suspeita de coronavírus, independente da gravidade; pacientes com Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG); profissionais de saúde com síndrome gripal suspeitos de Covid-19 ou que tenham tido contato com casos confirmados de coronavírus, mesmo que assintomáticos; pacientes que foram a óbito com suspeita de Covid-19, cuja coleta não pôde ter sido realizada em vida; e em indivíduos institucionalizados durante investigação de surtos da doença.

Em Jequié, Fábio Vilas-Boas também verificou o funcionamento dos 21 leitos destinados ao tratamento da Covid-19 instalados no Hospital Prado Valadares, unidade da rede da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab).

De acordo com o último boletim epidemiológico divulgado pela Sesab, Jequié possui, até a tarde desta sexta-feira, 142 casos confirmados de Covid-19, enquanto Ipiaú tem 116 registros. No entanto, utilizando o coeficiente de incidência da doença por 1.000.000 de habitantes, Ipiaú lidera o ranking estadual com o número de 2.310,73. Devido a esta situação no município de Ipiaú, Vilas-Boas também visitou a localidade, onde conversou com a secretária de Saúde da cidade e conheceu o Pronto Atendimento Covid-19, que já realizou mais de 300 atendimentos desde 23 de abril, data da abertura do serviço.

Prefeitura de Iaçu anuncia cinco casos confirmados do novo coronavírus, com um óbito

/ Bahia

A prefeitura de Iaçu, no Piemonte do Paraguaçu, confirmou nesta quinta-feira (14) os seus cinco primeiros casos do novo coronavírus, com o registro de um óbito em decorrência da contaminação. O município não foi incluído no último boletim divulgado Secretaria Estadual de Saúde (Sesab).

O óbito trata-se de um homem de 63 anos de idade, com comorbidades como diabetes e hipertensão. Ele deu entrada no Hospital Municipal Dr. Waldir Cavalcanti Medrado com um quadro delicado, não resistiu aos sintomas da Covid-19 e acabou falecendo na tarde desta quinta.

Outro paciente, um homem com 43 anos de idade, está internado no Hospital Municipal, com quadro de saúde estável. Os demais três contaminados de Iaçu estão em isolamento domiciliar e, segundo o último comunicado da prefeitura, passam bem, com acompanhamento da equipe sanitária do município.

COMÉRCIO

Logo após as confirmações, a gestão municipal declarou situação de emergência e decretou o fechamento do comércio de Iaçu até o dia 21 de maio, com exceção dos serviços considerados essenciais, como supermercados, farmácias, mercearias, açougues, frigoríficos, mercadinhos, padarias e postos de combustível.

Na manhã desta sexta (15), a prefeitura anunciou uma exceção. A feira livre do município poderá funcionar neste sábado (16), até às 14h, desde que sejam respeitados um distanciamento mínimo, o uso de máscara e a higienização das mãos. As informações são do site Bahia Notícias

Após saída de Teich do governo, Mandetta pede orações e deseja ”forças” ao SUS

/ Saúde

Mandetta se manifesta após saída de Teich. Foto: José Dias

Pouco após a confirmação da saída de Nelson Teich do Ministério da Saúde, Henrique Mandetta, seu sucessor na pasta, fez uma publicação no Twitter em que pediu ”oração” e desejou ”forças” ao SUS (Sistema Único de Saúde).

Teich pediu demissão na manhã desta sexta (15), menos de um mês após substituí-lo no governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). No momento em que Teich anunciou sua saída, Bolsonaro participava do lançamento de uma campanha de conscientização contra a violência doméstica feita pelo Ministério da Mulher e da Família. O presidente estava acompanhado de sua mulher, Michelle Bolsonaro, dos ministros Onyx Lorenzoni e Damares Alves e não falou no evento.

A defesa do agora ex-ministro para que o país seguisse as recomendações da OMS (Organização Mundial da Saúde) a fim de brecar a proliferação da doença no país gerou atrito com Bolsonaro, que é a favor da tese de que a economia não pode parar e que apenas uma parcela da população deveria ficar em isolamento.

Na última segunda (11), Teich foi surpreendido ao descobrir, durante uma coletiva, que Bolsonaro havia publicado no Diário Oficial um decreto que estendeu entre os serviços essenciais durante a pandemia o funcionamento de academias e salões de beleza.

O apoio público do presidente para o uso da cloroquina no tratamento contra o coronavírus também foi outro motivo de discordância entre os dois. Em uma publicação no Twitter, Nelson Teich chegou a fazer uma alerta sobre as contraindicações do medicamento. Ao ser questionado sobre o posicionamento do então auxiliar, o presidente disse que ministros são indicações políticas dele e que devem estar ”afinados” com suas ideias. Com informações da GloboNews e do portal UOL

Em novo decreto, prefeito de Maracás libera salões de beleza, barbearias e consultórios odontológicos

Prefeito Soya publica decreto com flexibilização. Foto: Divulgação

Em novo decreto, o prefeito de Maracás, Wilson Novaes – Soya (PDT), flexibilizou o funcionamento de estabelecimentos de diferentes setores. Empresas de serviços essenciais, como farmácias, supermercados, açougues, autopeças, oficinas mecânicas, borracharias, escritórios de advocacia, contabilidade e outros já estavam funcionando com restrições.

Com informações de que segue com medidas restritivas nas atividades comerciais para o enfrentamento ao coronavírus, e que o Município adota diretrizes do Ministério da Saúde, o decreto do gestor decide pelo funcionamento de empresas de móveis e eletrodomésticos, calçados, vestuário – cama, mesa e banho, das 08h às 14h, estando estes fechados aos sábados e domingos.

A flexibilização também abrange salões de beleza, barbearias e consultórios odontológicos [com horário previamente agendado, sendo proibido o paciente aguardar pelo atendimento] das 08h às 19h, de segunda a sexta-feira.

Enquadrados no chamado serviço essencial, supermercados, açougues, farmácias, padarias e delicatessens estão autorizados até as 19h. Outros estabelecimentos, bares e restaurantes por exemplo, seguem funcionando a portas fechadas, com o sistema de delivery. Pousadas e hotéis funcionam para pernoite dos clientes com prévia comunicação a Vigilância Sanitária. Academias estão proibidas.

Maracás registrou até agora três casos do novo coronavírus, tendo a Prefeitura, por meio da Secretaria de Saúde informado que, destes, dois já foram curados.

Novo edital do Revalida será publicado em julho, informa o Ministério da Educação

/ Educação

O Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituição de Educação Superior Estrangeira (Revalida) terá novo edital publicado em julho. A prova será aplicada em 11 de outubro.

A divulgação das datas, feita pelo ministro da Educação, Abraham Weintraub, nessa quinta-feira (14), acaba com uma espera de milhares de pessoas há três anos.

O Revalida terá duas etapas: teórica e prática. A primeira é dividida em duas provas: uma com 100 questões objetivas, no turno da manhã; e a outra, com cinco questões discursivas, à tarde.

A segunda etapa, prevista para dezembro, é realizada em uma estação clínica, com edital próprio, e só poderá fazê-la quem for aprovado na primeira etapa. ”O candidato fará 10 anamneses — ‘entrevistas’ para diagnóstico inicial da doença — em ‘pacientes’ com diversos sintomas simulados”, diz nota publicada pelo Ministério da Educação, em seu portal.

Quem reprovar na segunda fase pode refazê-la por mais duas vezes em edições consecutivas — anteriormente, era necessário realizar todo o processo desde o início.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela aplicação do exame, já selecionou os profissionais que formarão a comissão avaliadora do Revalida. As questões sairão do banco nacional de itens do Revalida. Composta por dez integrantes, a comissão ficará responsável por selecioná-los.

Nota de corte

De acordo com o MEC, A nota de corte do Revalida é calculada pelo método Angoff modificado. Uma comissão independente e formada por professores não responsáveis pela seleção dos itens analisará uma a uma as questões para estimar a chance de acerto dos participantes.

A média de acertos para cada item é computada e utilizada no cálculo de uma média geral de acertos, que se converte nos pontos de corte. Estes variam a cada edição, a depender do nível de dificuldade da prova. O método permite informar, com antecedência, as notas de corte. Todos os detalhes estarão disponíveis no edital.

O Revalida tem o objetivo de verificar a aquisição de conhecimentos, habilidades e competências requeridas para o exercício profissional adequado aos princípios e necessidades do Sistema Único de Saúde (SUS), em nível equivalente ao exigido dos médicos formados no país.

O exame foi criado em 2011, resultado de parceria entre os ministérios da Educação e da Saúde. Foram sete edições até 2017, com um total de 24.327 inscrições. A maioria dos participantes nas sete edições era de nacionalidade brasileira — no último exame, aproximadamente 60%.

Nelson Teich deixa o Ministério da Saúde antes de completar um mês no cargo

/ Saúde

Nelson Teich não é mais ministro. Foto: Júlio Nascimento

O ministro da Saúde, Nelson Teich, deixou o cargo nesta sexta-feira (15), antes de completar um mês à frente da pasta. Em nota, a pasta informou que ele pediu demissão. A informação é do G1.

Teich tomou posse em 17 de abril. Essa é a segunda saída de um ministro da Saúde em meio à pandemia do coronavírus. Teich havia substituído Luiz Henrique Mandetta.

Assim como Mandetta, Teich também apresentou discordâncias com o presidente Jair Bolsonaro sobre o uso da cloroquina em todos os pacientes com coronavírus.