Jequié confirma o primeiro caso do coronavírus; paciente está em isolamento domiciliar

/ Jequié

Secretário de Saúde e o prefeito Sérgio. Foto: Blog Marcos Frahm

A Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Saúde, juntamente com os demais órgãos de saúde, informa que, dos 12 casos notificados, três foram descartados e, após análises do material coletado pelo Laboratório Central (LACEN), em Salvador, um caso foi confirmado positivo para coronavírus e o paciente já se encontra em isolamento domiciliar.

A Secretaria Municipal de Saúde informou ainda que continua monitorando as ações de combate ao coronavírus na cidade, enquanto aguarda o resultado dos demais casos notificados e solicita que todas as pessoas fiquem em suas casas, para que, assim, evitem a disseminação do Covid-19.

No Brasil, 25 pessoas morreram em decorrência do novo coronavírus, diz Ministério

/ Brasil

Dados divulgados hoje (22) pelo Ministério da Saúde mostram que o número de mortes em decorrência da covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, subiu de 18 para 25 de ontem para hoje. Já o número de pessoas que contraíram o vírus passou de 1.128 para 1546.Os números foram apresentados pelo ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, em coletiva transmitida pela TV Brasil.

Na última sexta-feira (20), o Ministério da Saúde reconheceu a transmissão comunitária do coronavírus (Covid-19) em todo o país. Segundo a pasta, com a nova atualização, todos os estado brasileiros possuem casos do novo coronavírus. A Região Sudeste concentra o maior número de casos (926), seguida da Região Nordeste (231), da Sul (179), da Centro-Oeste (161) e a Região Norte (49).

São Paulo acumula o maior número de casos (631), seguido por Rio de Janeiro (186), Distrito Federal (117), Ceará (112), Minas Gerais (83) e Rio Grande do Sul (73).

Em seguida vem Santa Catarina (57), Paraná (50), Bahia (49), Pernambuco (37), Amazonas (26), Espírito Santo (26), Goiás (21), Mato Grosso do Sul (21), Acre (11), Sergipe (10), Rio Grande do Norte (nove), Alagoas (sete), Pará (quatro), Piauí (quatro), Rondônia(três), Maranhão, Mato Grosso, Paraíba, Tocantins e Rondônia (dois cada). Amapá e Paraíba (um).

De acordo com o ministro, a estimativa é que metade da população seja contaminada pelo novo coronavírus e que, desse total, mais da metade não vai apresentar sintomas. Segundo Mandetta, cerca de 15% das pessoas que apresentarem os sintomas precisarão de internação hospitalar.

Teste

Durante a coletiva, o ministro falou sobre a intenção do governo de adquirir de cinco a dez milhões de testes rápidos para aumentar a velocidade de identificação de novos casos de coronavírus no país. A ideia é repetir o mesmo procedimento adotado na Coreia do Sul, onde a população pode realizar os testes em “postos volantes” localizados nas ruas.

Mandetta disse que para a medida se concretizar é necessário que o governo adquira um equipamento capaz de fazer o procedimento de testagem de maneira automática ou com pouca participação humana. A estimativa é que sejam realizados pela máquina de 30 a 50 mil exames por dia. Da Agência Brasil

Prefeito homologa licitação para contratar trio elétrico e palco em meio a pandemia do coronavírus

/ Bahia

Luciano Damasceno, prefeito de Euclides da Cunha. Foto: Reprodução

Em meio à pandemia de coronavírus, quando as autoridades deveriam se concentrar em medidas para evitar o avanço da doença, o prefeito de Euclides da Cunha, Luciano Damasceno, decidiu homologar uma licitação, na modalidade pregão, para a contratação de uma empresa para prestação de serviço de ”locação, montagem e desmontagem de equipamento de som e iluminação, trio elétrico, gerador, banheiro químico e palco para eventos”, no valor de R$ 1,3 milhão. A vencedora do certame, homologada no último dia )19), é a empresa Angelo Som.

Rui ameaça fechar clínica que negou relação de pacientes atendidos por médico com Covida-19

/ Bahia

Rui ameaçou hoje fechar uma clínica. Foto: Mateus Pereira

O governador Rui Costa (PT) ameaçou hoje fechar uma clínica na cidade de Entre Rios na qual um médico diagnosticado com coronavírus atendeu a vários pacientes.

Ele ligou diretamente para a secretária municipal de Saúde, Michele, confirmou com ela a informação e, ao tomar conhecimento de que o proprietário se negava a lhe fornecer a relação dos atendidos, mandou que ela lhe transmitisse o recado de que solicitaria os dados administrativamente e poderia fechar o estabelecimento.

Rui deu o prazo de duas horas para que a lista chegasse às suas mãos para que a unidade médica não fosse fechada pela Vigilância Sanitária. A informação foi obtida através de um áudio vazando de uma conversa entre o líder do executivo estadual e secretária.

Ao ligar para a secretária, o governador, que estava na companhia do secretário estadual de Saúde, Fábio Villas Boas, disse que falava do viva voz. ”Eu estou tendo dificuldade em obter essa relação, pois ele está criando empecilho”, relatou a gestora, que foi prontamente rebatida por Rui.

”Avise a ele que se ele não fornecer a relação eu vou mandar a Vigilância Sanitária fechar a clínica hoje e vou fazer a requisição administrativa da clínica. Pode dizer a ele que ele tem o prazo de duas horas para que ele repasse a lista e se ele assim não fizer você pode me retornar”, disparou.

Ele também recomendou à secretária que ela fosse na rádio do município e pedisse para que as pessoas atendidas pelo médico portador do coronavírus procurassem secretaria municipal.

Após a ameaça do governador, o dono da clínica voltou atrás e informou, em outro áudio, que disponibilizou o nome dos pacientes atendidos pelo médico. ”Ele [o médico] estava usando o tempo todo a máscara, luvas, EPIs, então acho muito improvável ele ter contaminado alguém, muito pelo contrário, é muito mais fácil a gente no atendimento ser infectado pelo paciente, porque a gente está o todo tempo usando álcool em gel, mas em momento alguma a gente criou algum empecilho. Ela (a secretária) foi muito infeliz de ter usado essa colocação. Acho que por ter recebido a ligação do governador ficou nervosa e acabou me colocando numa saia justa”, justificou.

O médico teria prestado atendimentos nas cidades ainda de Esplanada, Acajutiba e Catu. Informações do site Política Livre dão conta de que ele, identificado pelo próprio governador como Eduardo Santana Ribeiro no áudio vazado, havia chegado de uma viagem dos Estados Unidos A reportagem tentou contato com ele ou com algum familiar, mas não obteve sucesso.

Ministro Luís Barroso afirma que a decisão sobre adiar eleições é do Congresso

/ Justiça

Após o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, defender o adiamento das eleições em razão do coronavírus, o vice-presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Roberto Barroso, divulgou nota para afirmar que é papel do Congresso Nacional deliberar sobre a necessidade de adiar o pleito, previsto para outubro.

O ministro avaliou que se a decisão do parlamento for pelo adiamento, isso deveria ocorrer ”apenas pelo prazo necessário e inevitável” para que as eleições sejam realizadas com segurança para a população. ”A realização de eleições periódicas é um rito vital para a democracia”, disse.

”A Constituição prevê a realização de eleições no primeiro domingo de outubro. A alteração dessa data depende de emenda constitucional. Portanto, não cabe a mim, como futuro presidente do Tribunal Superior Eleitoral, cogitar nada diferente nesse momento. É papel do Congresso Nacional deliberar acerca da necessidade de adiamento, inclusive decidindo sobre o momento adequado de fazer essa definição”, afirmou o ministro, que toma posse como presidente do TSE em maio e chefiará o tribunal durante a eleição.

Mais cedo, ao jornal O Estado de São Paulo, o ministro avaliou que ainda está cedo para qualquer alteração brusca no cronograma da Justiça Eleitoral, e que não cogitaria, por ora, adiar as eleições.

”Tenho a firme expectativa de que até lá (outubro) a situação do novo coronavírus estará sob controle. Se não estiver, aí será o caso de se pensarem alternativas. Eu trabalho com fatos, e não com especulações. E não sofro antes da hora. Na vida, a maior parte das coisas que a gente teme não acontecem”, frisou Barroso ao Estado.

Na nota divulgada hoje, o ministro ainda afirma que a saúde pública é o ”bem supremo a ser preservado” no país, e que tudo o que possa impactá-la deve ser adequadamente avaliado.

Confira a nota na íntegra:

”1. A saúde pública é o bem supremo a ser preservado no país. Tudo o que possa impactá-la deve ser adequadamente avaliado.

2. A Constituição prevê a realização de eleições no primeiro domingo de outubro. A alteração dessa data depende de emenda constitucional. Portanto, não cabe a mim, como futuro presidente do Tribunal Superior Eleitoral, cogitar nada diferente nesse momento.

3. É papel do Congresso Nacional deliberar acerca da necessidade de adiamento, inclusive decidindo sobre o momento adequado de fazer essa definição. Se o Poder Legislativo vier a alterar a data das eleições, trabalharemos com essa nova realidade.

4. Se o adiamento vier a ocorrer, penso que ele deva ser apenas pelo prazo necessário e inevitável para que as eleições sejam realizadas com segurança para a população. A realização de eleições periódicas é um rito vital para a democracia.”

Itália registra mais 651 mortes por causa do coronavírus; total de casos sobe a 59.138

/ Mundo

A Itália registrou neste domingo 651 mortes decorrentes do coronavírus nas últimas 24 horas. Com isso, o número de mortes no país com a pandemia aumentou para 5.476. O número de novos casos cresceu 10%, para 59.138. O chefe da Agência de Proteção Civil da Itália, Angelo Borrelli, observou que o aumento diário do número de casos foi menor. ”Esperamos que essa tendência possa ser confirmada nos próximos dias. Não devemos baixar a guarda”, afirmou.

Somente empresas que fabricam o que o governo considera produtos essenciais podem permanecer abertas, disse o primeiro-ministro Giuseppe Conte no sábado. O governo também está forçando quase todos os escritórios privados e públicos a fechar. Até agora, alguns escritórios permaneceram abertos e esperavam que os funcionários viessem trabalhar, mas isso não será mais possível na maioria dos casos. ”Essas são medidas severas, eu percebo isso”, disse Conte ao ler uma declaração transmitida no Facebook. ”Não há alternativa … Essa é a crise mais difícil que o país enfrenta desde a Segunda Guerra Mundial.”

Muitos grandes fabricantes já haviam fechado, incluindo a Fiat Chrysler Automobiles, mas algumas fábricas menores permaneciam abertas, como anteriormente permitido pelo governo, desde que trabalhadores mantivessem a distância de um metro entre si. Contudo, líderes sindicais defendiam que todas as fábricas precisavam ser fechadas para garantir a segurança dos trabalhadores. Conte disse que o governo passou grande parte do sábado junto com sindicatos e outras organizações, elaborando uma lista de quais produtos e serviços são considerados essenciais. Supermercados, farmácias e bancas de jornais permanecerão abertos, como antes. Fonte: Dow Jones Newswires e Associated Press.

Jequié: Mulher de 41 anos é encontrada morta a facadas e despida dentro de casa

/ Jequié

Andrea Carla Santana Santos

Uma mulher de 41 anos foi encontra morta em Jequié, na madrugada deste domingo (22). Segundo informações policiais repassadas ao Blog Marcos Frahm, Andrea Carla Santana Santos foi encontrada no interior de sua casa, na Rua N, na Urbis IV, bairro Espírito Santo, nas proximidades da recém inaugurada Praça do Bolo.

A vítima estava despida, conforme registro policial e apresentava cinco perfurações à faca no pescoço, tórax e mão. Equipes do SAMU e Polícia Militar foram acionadas, mas Andrea já estava sem sinais vitais.

Peritos do Departamento de Polícia Técnica estiveram no local e providenciaram o encaminhamento do corpo ao IML.

Vizinhos relataram ter visto o suspeito do crime fugindo da área, trajando bermuda e camisa. A mulher deixa dois filhos adolescentes, que não presenciaram a cena, ou seja, não estavam no recinto.

A Polícia Civil disse que investiga o caso e que imagens de câmeras de segurança da área poderão colaborar com as investigações.

Contudo, as últimas informações são de que o suspeito foi reconhecido por moradores e capturado por populares no distrito de Florestal, na zona rural do município. Ele deve esclarecer à polícia a motivação do feminicídio.

Jequié: Desde o início das ações de enfrentamento do COVID-19, 12 casos foram notificados

/ Jequié

Prefeitura desenvolve ações de prevenção. Foto: Divulgação

Jequié segue sem casos confirmados de coronavírus. Desde o início das ações de enfrentamento da doença, 12 casos foram notificados. Desses, dois foram descartados.

A Prefeitura de Jequié informou que, através da Secretaria de Saúde, juntamente com os outros órgãos, vêm mantendo ativos o atendimento público de saúde, com o máximo de atenção e com vistas à orientação e informação ao cidadão, por meio do Disque Covid-19 (73 98866 2779 e 73 98866 2164), atendendo a milhares de ligações, desde que o serviço passou a ser disponibilizado para a população.

A Secretaria Municipal de Saúde solicita que todas as pessoas fiquem em suas casas, para que, assim, evitem a disseminação do coronavírus.

”Ajudem os profissionais que estão trabalhando, cuidando da nossa saúde e da segurança de todos os jequieenses, respeitando as orientações do Ministério da Saúde, evitando aglomerações, mantendo os cuidados de higienização, evitando tocar os olhos, nariz e boca”, diz a nota da Prefeitura.

Caixa Econômica suspende sorteio da Loteria Federal por três meses por conta do coronavírus

/ Brasil

A Caixa emitiu um comunicado neste domingo (22) informando que os sorteios da Loteria Federal estão suspensos por três meses em função dos cuidados com a pandemia do novo coronavírus. As novas datas vão ser divulgadas em julho.

Outro comunicado informava sobre a suspensão dos concursos da Loteca. ”Em virtude da suspensão dos campeonatos internacionais, nacionais e estaduais de futebol masculino e feminino, não é possível a organização de grades para composição dos concursos da modalidade e, portanto, os concursos da Loteca estão suspensos. O novo calendário de sorteios será divulgado oportunamente após a normalização dos campeonatos”, diz o texto.

A data do sorteio do concurso especial nº 2.070 da Dupla Sena, o ”Dupla de Páscoa”, foi alterada para 25/04/2020. As vendas começariam no dia  02/03/2020 e vão ocorrer de 01/04 a 25/04/2020. Da Agência Brasil

Em meio ao coronavírus, polícia descobre fábrica clandestina de álcool em gel falso na Bahia

/ Bahia

fábrica clandestina de álcool em Cruz das Almas. Foto: SSP/BA

As Polícias Civil e Militar da Bahia descobriram uma fábrica clandestina de álcool em gel falso na cidade de Cruz das Almas, no recôncavo baiano, na sexta-feira (20). O dono da fábrica fugiu e ninguém foi preso.

A procura pelo álcool em gel aumentou após a disseminação do coronavírus. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), o álcool em gel falso era produzido em um galpão de forma precária no município. O dono da fábrica clandestina também é dono de uma distribuidora de cosméticos e estava produzindo o álcool com perfumes e gel de cabelo.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), no momento do flagrante, 16 pessoas atuavam na produção dos itens de maneira precária e sem nenhuma autorização dos órgãos competentes.

A SSP-BA informou que os policiais da 27ª Companhia Independente de Policia Militar (CIPM/Cruz das Almas) e a Delegacia Territorial (DT) do município localizaram o galpão após denúncias anônimas na sexta-feira, de uma fábrica clandestina que estaria produzindo e comercializando álcool em gel falso no município. No local eles apreenderam todo o material que estava embalado e pronto para ser vendido.

Segundo o delegado titular de Cruz das Almas, Cristóvão Eder Maia de Oliveira, o Departamento de Polícia Técnica (DPT) foi acionado para periciar o local. De acordo com o delegado, não tinha nenhum equipamento que determinasse o percentual de álcool no produto.

No galpão foram encontrados máquinas como, misturador, milhares de embalagens com rótulo de álcool em gel 70%, 11 toneis com insumos, sete galões de propileno glicol, centenas de caixas para embalar, 15 caixas com o produto já pronto para venda, centenas de embalagens de gel de cabelo vazias, além de frascos de perfumes que também eram falsificados no local.

O dono da empresa conseguiu fugir após a chegada da polícia, mas ele é procurado. A polícia acredita que muitos potes de álcool em gel falso tenham sido vendidos para comerciantes.

Segundo a polícia, quem adquiriu o álcool deve procurar a delegacia para prestar queixa. O dono da fábrica clandestina vai responder por crimes contra a saúde pública e o consumidor. Participaram também da operação o Ministério Público Estadual e a Vigilância Sanitária do município. As informações são do G1

Datafolha: por telefone, pesquisa constata que maioria tem medo do coronavírus

/ Brasil

Em pesquisa realizada por telefone devido à pandemia de coronavírus, o Datafolha constatou que, de 1.558 pessoas ouvidas, 74% têm medo de ser infectado pela Covid-19. A apuração, realizada entre quarta (18) e sexta-feira (20), tem margem de erro de três pontos percentuais para mais ou para menos.

Quanto às ações, que ocorrem por todo país para tentar conter a circulação do vírus, têm alta aprovação: 92% dos cidadãos concordam com a suspensão de serviços, aulas, viagens internacionais e demais atividades.

Já o comércio, divide opiniões. Dos ouvidos, 46% são a favor e 33% contra. Outros 21% aprovam parcialmente. A proibição de celebrações evangélicas é aprovada por 82%. O fechamento das fronteira também tem o apoio da maioria: 92% prefere que o Brasil feche as ligações com outros países.

A pesquisa também contatou que as mulheres são mais preocupadas: 44% têm muito medo, enquanto 35% dos homens afirmam temer a doença.

Rui Costa reúne equipe na Governadoria e reafirma suspensão de transportes intermunicipais

/ Bahia

Governador se reúne com secretários. Foto: Mateus Pereira

O governador Rui Costa reafirmou a suspensão dos transportes intermunicipais na Bahia durante reunião, na manhã deste domingo (22), na Governadoria, com secretários e representantes de órgãos estaduais. “Eu quero reafirmar que, na Bahia e no Nordeste, nós vamos continuar com essas ações. Vamos inclusive entrar com uma ação para discutir a inconstitucionalidade da Medida Provisória do presidente. É preciso que o Governo Federal cuide da vida das pessoas”, afirmou.

Rui também cobrou que o Governo Federal amplie o credenciamento de hospitais no SUS. ”Se é para discutir a atribuição, deveria ser obrigação do Governo Federal credenciar os hospitais do SUS. Nós estamos há mais de dois anos com hospitais na Bahia funcionando sem nenhum repasse do SUS, com 100% de recursos do Estado. É preciso que o Governo Federal faça alguma coisa, se não conseguir fazer, que pelo menos não atrapalhe os estados que estão tentando salvar vidas”.

Durante a reunião, segundo Rui, foi feito um check list das ações das diversas secretarias. ”Estamos aqui no gabinete, neste domingo, fazendo uma reunião com toda a equipe para ver o andamento das providências de garantia de leitos hospitalares para os pacientes que vierem infectados pelo coronavírus. Já fizemos aqui a verificação de vários hospitais, vamos reativar também UPA’s no interior do estado, ou seja, nossa equipe está adotando as providências”.

Participam da reunião os secretários da Saúde, Fábio Vilas-Boas; do planejamento, Walter Pinheiro; de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti; de Administração Penitenciária, Nestor Duarte; da Administração, Edelvino Góes, e outros representantes de secretarias e órgãos.

Em reunião, ministro da Saúde defende adiar eleições de 2020 para conter coronavírus

/ Brasil

Henrique Mandetta defende adiar eleições. Foto: Isac Nóbrega

O ministro da saúde, Luiz Henrique Mandetta, afirmou que o Congresso deveria adiar as eleições municipais deste ano, marcadas para outubro, para conter o avanço do novo coronavírus no País. O comentário foi feito durante reunião por videoconferência com prefeitos de capitais, neste domingo, 22.

Para Mandetta, a disputa eleitoral pode comprometer o foco dos gestores e causar uma ”tragédia”. ”Faço aqui até uma sugestão. Está na hora de o Congresso falar: ‘adia’, faz um mandato desses vereadores e prefeitos. Eleição no meio do ano… uma tragédia, por que vai todo mundo querer fazer ação política”, disse.

O ministro fez o comentário em resposta a um dos prefeitos que mencionou dificuldades políticas com outros atores da região para adotar algumas medidas de contenção. ”Não é hora de falar sobre isso”, cortou o prefeito de Campinas, Jonas Donizette, presidente da Frente Nacional de Prefeitos (FNP). Em seguida, foi dada a palavra a um outro gestor, e não se tocou mais no assunto.

Desde que se intensificaram as consequências da pandemia, líderes do Congresso começaram a falar na possibilidade de adiar o pleito que escolherá os novos prefeitos e vereadores.

Oposição pede que Congresso devolva MP de Bolsonaro que tirou poder de governadores

/ Brasília

MP piora relação de Jair com os governadores. Foto: Isac Nóbrega

Deputados da oposição decidiram solicitar à cúpula do Congresso Nacional a devolução ao Palácio do Planalto da Medida Provisória 926, que se sobrepôs a restrições ao transporte feitas por governadores, como o do Rio, Wilson Witzel (PSC), e o de São Paulo, João Doria (PSDB).

Editada na sexta-feira, dia 20, a MP 926 dá poder de controle ao governo federal sobre as limitações impostas ao deslocamento intermunicipal e interestadual, como o fechamento de portos, rodovias ou aeroportos, quando afetarem serviços públicos e atividade essenciais.

As ordens de restrição à circulação não podem afetar trabalhadores do serviço público e atividades essenciais, como saúde e segurança pública, tampouco de cargas, com vistas a impedir o desabastecimento.

As restrições devem ainda ser embasadas tecnicamente pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Eles se reuniram no sábado, dia 20, em videoconferência para debater ações durante a crise sanitária e econômica da covid-19. A liderança da minoria é exercida pelo deputado José Guimarães (PT-CE) e a da oposição, pelo deputado André Figueiredo (PDT-CE). Participaram também deputados de PCdoB, PSOL e PSB.

As posições de partidos da oposição serão levadas ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

As principais preocupações dos parlamentares são com ações para saúde, garantia do emprego e distribuição de renda, isenção de tributos a setores econômicos que possam garantir produtos essenciais, preservação de micro e pequenas empresas e atenção ao pacto federativo.

”O Congresso e a Minoria devem exigir do Ministério da Saúde o plano de aumento de equipamentos e insumos necessários ao momento, como, por exemplo, materiais de testagem, respiradores, entre outros”, manifestaram os líderes da minoria e da oposição, em nota.

Os opositores afirmam que o governo Bolsonaro age com negligência e ”desrespeita o povo quando ele mais precisa”. Com informações do Estadão