Leão almoça com Bolsonaro e brinca sobre comportamento: ”Estava mais calmo hoje”

/ Brasília

Leão representou Rui Costa em Brasília. Foto: Divulgação

Governador em exercício, o vice-governador da Bahia, João Leão (PP) almoçou nesta quarta-feira (14) com o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), em Brasília. Em conversa com o site BNews após o encontro, Leão, que representou Rui Costa no evento, elogiou, em tom descontraído o comportamento de Bolsonaro. ”Estava mais calmo hoje. Negócio interessante”, ironizou. O pepista avaliou positivamente o primeiro encontro com o novo presidente. ”Até gostei da posição dele no sentido dele dizer o respeito a todos os partidos, ele que tem tanta raiva do PT disse que iria respeitar todos os governadores. Vamos esperar”, comentou. O encontro, junto com mais 17 governadores eleitos, contou com dois do Nordeste, Leão e o governador do Piauí, Wellington Dias (PT). Eles entregaram uma carta a Bolsonaro com reivindicações do Nordeste. ”A carta trata sobre desigualdades da região, violência, policiamento, o governo federal participar com a polícia federal, a questão dos presídios, são muitos poucos os federais, uma situação muito difícil”. Outro assunto abordado, segundo Leão foi sobre o aumento da arrecadação dos estados e do país. Questionado se o PP vai apoiar o governo Bolsonaro em 2019, Leão não confirmou. ”Não tem nada acertado, vamos esperar a nova bancada tomar posse. Por enquanto não tivemos negociações. Nem o partido procurou. Nem fomos procurados. Depende da posição do governo”.

Lula e juíza discutem em audiência: ”Se começar nesse tom, vai ter problema”, diz magistrada

/ Justiça

Lua é interrogado pela juíza Gabriela Hardt. Foto: Reprodução

A primeira audiência do ex-presidente Lula (PT) após a prisão imposta pela condenação do caso do triplex do Guarujá, em São Paulo, foi de troca de farpas entre o político e a juíza Gabriela Hardt, substituta do juiz Sérgio Moro. ”Eu quero saber do que eu estou sendo acusado. Eu imagino que a acusação que pesava sobre mim era que eu era dono de um sítio em Atibaia. Eu só queria perguntar, para o meu esclarecimento, eu sou dono do sítio ou não?”, questionou Lula. ”Isso é o senhor que tem que responder. Se o senhor começar nesse tom comigo, a gente vai ter problema. Vamos começar novamente, sou a juíza vou fazer as perguntas para poder sentenciá-lo ou algum colega”, informou a magistrada. Em um segundo momento, Gabriela Hardt discute ainda com um advogado do ex-presidente que não aparece no vídeo e informa que Lula pode ficar em silêncio. Com a discussão, o petista se diz ”desconfortável”.

A governadores, Jair Bolsonaro defende medidas ”amargas” para Brasil não virar Grécia

/ Brasília

Jair Bolsonaro se reuniu com governadores. Foto: Agência Brasil

Ao defender a necessidade de realizar reformas durante fórum com governadores realizado nesta quarta-feira, 14, em Brasília, o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), disse que algumas medidas a serem tomadas são ”amargas”. Ele não detalhou, no entanto, quais propostas são prioritárias para o seu governo. O fórum reúne 20 governadores eleitos em outubro em um centro de convenções na capital federal. ”Algumas medidas são um pouco amargas, mas nós não podemos tangenciar com a possibilidade de nos transformarmos naquilo que a Grécia passou, por exemplo”, declarou Bolsonaro, para quem a Câmara, o Senado e os governadores têm ”perfeita noção” do que precisa ser feito. No encontro, Bolsonaro recebeu uma carta de governadores eleitos do Nordeste pedindo melhorias nos regimes próprios de previdência dos Estados. Ele admitiu que o País começará o próximo ano com problemas e que soluções precisam ser apresentadas. O presidente eleito prometeu fazer um estudo ”minucioso” da carta o oferecer uma solução rápida para os itens apresentados no documento. Afirmando que os governadores podem confiar nele, Bolsonaro prometeu esforços independentemente de partidos políticos. ”A partir deste momento não existe mais partido, nosso partido é o Brasil”, declarou, sendo aplaudido na sequência. Bolsonaro também aproveitou o evento para reforçar empenho de seu futuro ministro da Economia, Paulo Guedes. O presidente eleito comentou que o economista não tem vivência política, mas possui ”vasta experiência econômica” para contribuir com soluções. Aos governadores, Bolsonaro disse dar uma resposta aos problemas relacionados à segurança pública ajudará a economia. ”Se nós conseguimos diminuir a temperatura da insegurança no Brasil, a economia começa a fluir.”

Feira de Santana: Decisão suspende segredo de justiça de processo contra ex-prefeito e secretária

/ Justiça

Ronaldo foi denunciado por promotor de Justiça. Foto: reprodução

Um processo contra o ex-prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo, e a secretária de saúde do município, Denise Mascarenhas, que estava em segredo de justiça foi liberado. O juiz Gustavo Hungria, titular da 2ª Vara da Fazenda Pública local, foi quem tomou a decisão. O processo se refere a uma ação do promotor de Justiça Tiago Quadros que denunciou a contratação de profissionais de saúde sem nenhum processo seletivo pela prefeitura de Feira de Santana. Conforme o promotor, o caso veio à tona a partir de denúncia anônima em 2014. Ronaldo, prefeito à época, teria inaugurado uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) no bairro Mangabeira e contratado profissionais diretamente, sem processo seletivo, para atuar no local. Ainda segundo o promotor, tanto o gestor como a secretária teriam contado com a conivência de duas cooperativas para dar “aparência de legalidade”, as Feirense de Saúde (Coofsaúde) e a Coopersade. Quadros também declarou que todas contratações diretas foram feitas durante vigência de um concurso público, com candidatos aprovados e não nomeados, para os mesmos cargos. As investigações teriam sido alertadas ao então prefeito e secretária. Na ação, o promotor pediu a perda da função pública, a suspensão dos direitos políticos de 3 a 5 anos, pagamento de multa civil de até cem vezes o valor da remuneração percebida, além da proibição de contratar com o Poder Público ou receber qualquer benefício, por um prazo de 3 anos.

Geddel vira réu em quatro ações por fraudes na Caixa; MPF pede devolução de R$ 3 bilhões

/ Justiça

Atos de Geddel continuam sendo destaque na mídia. Foto: Reprodução

O ex-ministro Geddel Vieira Lima virou réu em mais quatro ações penais por fraudes na Caixa Econômica Federal. Segundo a coluna Satélite, do jornal Correio, os processos são no âmbito da Operação Cui Bono, que investiga concessão de crédito da Caixa em troca de propina, por meio do FI-FGTS. As denúncias pelos crimes de corrupção passiva e ativa e lavagem de dinheiro foram aceitas pelo juiz federal Vallisney de Souza Oliveira, da Justiça Federal do Distrito Federal. Ainda de acordo com a publicação, além do ex-ministro, atualmente preso na penitenciária da Papuda, outras 17 pessoas viraram rés nas ações. Entre eles, estão o ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, também preso, o ex-ministro Henrique Eduardo Alves, o operador financeiro Lúcio Bolonha Funaro e o ex-vice-presidente da Caixa Fábio Cleto. Autor das denúncias, o Ministério Público Federal pediu que os réus paguem de multa e façam ressarcimento de recursos que ultrapassam R$ 3 bilhões. O juiz ainda concedeu aos acusados dez dias para que apresentem resposta. Além disso, ele pede que a Polícia Federal apresente, em 15 dias, relatório dos bens apreendidos ao longo da investigação.

”No calor dos acontecimentos, a gente dá umas caneladas”, diz Jair sobre fraude nas urnas

/ Política

Bolsonaro teria feito acusação de fraude nas urnas. Foto: Estadão

Em encontro com ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o presidente eleito, Jair Bolsonaro, afirmou nesta terça-feira, que, ”no calor dos acontecimentos, a gente dá umas caneladas”. A frase foi entendida como um pedido de desculpas pelas críticas feitas durante a campanha, quando o então presidenciável do PSL entrou em choque contra o TSE ao colocar em dúvida a lisura das urnas eletrônicas. Durante a visita, que durou aproximadamente 35 minutos, Bolsonaro ganhou um exemplar da Constituição Federal da presidente do TSE, ministra Rosa Weber, e visitou o plenário onde será diplomado no dia 10 de dezembro. Na garagem do tribunal, foi abordado por servidores, que tiraram ”selfies” com o futuro presidente da República. Logo após a confirmação do resultado do segundo turno, Rosa telefonou para Bolsonaro, parabenizou o deputado federal pela vitória nas urnas e o convidou para visitar o edifício-sede do TSE. Estavam na audiência os ministros Luís Roberto Barroso, Edson Fachin, Og Fernandes, Tarcísio Vieira, Jorge Mussi e Admar Gonzaga. Do lado de Bolsonaro, vieram o general da reserva Augusto Heleno, indicado para o Gabinete de Segurança Institucional (GSI), e o advogado Gustavo Bebianno, cotado para assumir a Secretaria-Geral da Presidência. Nesta terça-feira, o ministro Barroso concedeu um prazo de 72 horas para que o presidente eleito apresente esclarecimentos e documentos complementares para sanear problemas na prestação de contas de sua campanha identificados pela área técnica do tribunal. Na última segunda-feira (12), a Assessoria de Exame de Contas Eleitorais e Partidárias (Asepa) finalizou parecer em que apontou uma série de irregularidades e indícios de omissão de gastos eleitorais na prestação de contas da campanha vitoriosa de Bolsonaro à Presidência da República. A Asepa identificou um total de 23 falhas, como indícios de recebimento indireto de doações de fontes vedadas, ausência de detalhamento na contratação de empresas e comprovação de serviços efetuados e até mesmo informações divergentes entre os dados de doadores constantes na prestação de contas e aquelas que constam do banco de dados da Receita Federal.

João Leão se reúne com Bolsonaro nesta quarta, durante encontro com governadores em Brasília

/ Política

Leão vai representar a Bahia em reunião. Foto: Fernando Vivas

O governador em exercício do estado, João Leão (PP), vai se reunir nesta quarta-feira (14) com o presidente eleito, Jair Bolsoanro (PSL), em Brasília. Rui Costa (PT) está em viagem pela Europa e só retorna na próxima sexta-feira (16). Segundo a Agência Brasil, o evento está sendo organizado pelos futuros governadores do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, e de São Paulo, João Doria. O encontro, marcado para as 9h, será no Centro Internacional de Convenções de Brasília (CICB). De acordo com os organizadoires, a ideia é que seja um ”encontro de aproximação”. Até agora, confirmaram presença os governadores eleitos do Acre, Gladon Cameli; Amapá, Waldez Góes; Amazonas, Wilson Lima; Distrito Federal, Ibaneis Rocha; de Goiás, Ronaldo Caiado; Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja; Minas Gerais, Romeu Zema; Mato Grosso, Mauro Mendes; do Pará, Helder Barbalho; Paraná, Ratinho Júnior;, Rio de Janeiro, Wilson Witzel; Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra; Rio Grande do Sul, Eduardo Leite; de Roraima, Antonio Denarium; Santa Catarina, Coronel Carlos Moisés da Silva; São Paulo, João Doria; e do Tocantins, Mauro Carlesse. Governadores de outros estados não confirmaram participação.

Previdência Estadual vai encerrar o ano de 2018 com um déficit em R$ 4,08 bilhões, segundo estimativa

/ Bahia

A Previdência Estadual vai encerrar o ano de 2018 com um déficit em R$ 4,08 bilhões, segundo estimativa da Superintendência de Previdência, unidade vinculada à Secretaria da Administração do Estado (Saeb). A previsão para 2019 é que o saldo negativo previdenciário chegue a R$ 4,70 bilhões. A quantidade de aposentadorias concedidas vem crescendo anualmente: em 2015 foram 3.745 aposentadorias; em 2016 foram 6.044; e  em 2017 foram 6.739. O número de benefícios concedidos até novembro deste ano já totalizou 5.932 aposentadorias, faltando ainda um mês para encerramento do exercício.  O pagamento de aposentadorias e pensões dos servidores do Estado vai alcançar um gasto total de R$ 7,5 bilhões este ano. Entretanto, a arrecadação com pagamento previdenciário chegará a R$ 3,4 bilhões, gerando o rombo bilionário para os cofres do Estado de R$ 4,08 bi. O Governo do Estado terá que aportar recursos do Tesouro para cobrir do déficit previdenciário de R$ 4,08 bi. Para se ter uma ideia, apenas o gasto com o déficit deste ano seria o suficiente para construir o metrô de Salvador, que custou R$ 3,8 bilhões. Para manter rigorosamente em dia o pagamento dos benefícios previdenciários, o Governo do Estado vem fazendo um grande esforço de caixa. Com uma gestão fiscal responsável, o Estado tem conseguido enfrentar a crise econômica pela qual atravessa o país, com diminuição da atividade econômica e queda da arrecadação tributária. Nesse período, mais de uma dezena de Estados da União passam por problemas como atrasos da folha de pagamento ou parcelamento dos salários e benefícios previdenciários. O déficit anual da previdência estadual é crescente. Nos últimos 12 anos, o saldo devedor previdenciário saltou de R$ 343,9 milhões para R$ 4,08 bi, um crescimento de mais de 1.000%. O desequilíbrio das contas da previdência na Bahia não é apenas um problema local, também é enfrentado por todos os estados do país e pela União. O déficit previdenciário deste ano vai consumir 9,04% do orçamento total da Bahia, de acordo com dados da Secretaria da Fazenda (Sefaz). O percentual representa um peso muito grande nas contas públicas do Estado. Em números absolutos, o orçamento estadual para 2018 é estimado em R$ 45,2 bilhões, para um déficit de R$ 4,08 bi. Desta forma, o déficit previdenciário limita muito a capacidade de investimento do Estado, atravancando o crescimento econômico.  Outro aspecto que contribui para o déficit previdenciário é o desequilíbrio atuarial. A quantidade de servidores ativos contribuindo para o Regime da Previdência Estadual não é o suficiente para suportar o pagamento dos benefícios de aposentadoria e pensão. Um bom exemplo que ilustra o desequilíbrio é o número de professores aposentados do Estado. A quantidade de professores inativos é quase o dobro dos docentes da ativa. Atualmente, o Estado possui 47,5 mil professores aposentados, contra 25 mil em atividade.

Até quando? Mais uma vez, taxistas tapam buracos na BR-420, entre Jaguaquara e Itaquara

Taxistas tapam buracos com barro na BR-420. Foto: Blog Marcos Frahm

O questionamento de quem trafega pela BR-420, rodovia federal que corta o Vale do Jiquiriçá, e de responsabilidade do DENIT é sobre até quando os taxistas que utilizam a estrada irão exercer uma função que não é atribuída aos mesmos: tapar buracos. Por diversas vezes, o Blog Marcos Frahm já noticiou operação tapa-buracos na BR-420 sendo desenvolvida por taxistas do município de Itaquara, que fazem a linha do município a Jaguaquara e agora eles voltam a colocar a mão na massa, pela quinta vez. Cansados de esperar por providências os taxistas fizeram o serviço com a utilização de barro. A ação realizada foi liderada novamente pelo taxista Izaurito, que tem se destacado a frente dos trabalhos voluntários. Ele enviou fotos ao BMFrahm, revelando a operação na esburacada estrada. A pista é a principal rota para moradores dos dois municípios, separados por 10 km. A BR-420 margeia os municípios de Jaguaquara, Itaquara, Santa Inês, Ubaíra, Jiquiriçá, Mutuípe e Laje. Os manifestantes cobram ainda mobilização das autoridades políticas das cidades adjacentes, prefeitos e vereadores, para que descruzem os braços e façam intervenções junto ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes.

Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia abre nessa quarta-feira inscrições para o vestibular

/ Educação

A Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB) abrirá as inscrições para o vestibular 2019 nessa quarta-feira (14). As inscrições para o vestibular estarão abertas até o dia 2 de dezembro. Ao total serão ofertados vagas para 1.186 estudantes em 47 cursos. Os cursos estão divididos nos três campus da universidade que ficam nas cidades de: Jequié, Vitória da Conquista e Itapetinga. Para o primeiro período letivo de 2019 serão ofertados 727 vagas e 459 para o segundo período. Vale ressaltar, que metade das vagas são destinadas aos candidatos cotistas. Nos cursos também são disponibilizados vagas adicionais para quilombolas, índios e pessoas com deficiência. As provas irão estão marcadas para os dias 20 e 21 de janeiro e serão realizadas nas cidades onde a UESB possui campus. Para conferir mais informações acesse o site da UESB.

Idoso que viajava para fazer exames médicos morre após táxi atropelar cavalo na BA-265

/ Trânsito

Josias Matos, que estava no táxis, morreu. Foto: Blog do Anderson

Um idoso de 75 anos morreu depois que o carro em que ele estava atropelou um cavalo na BA-265, no trecho de Vitória da Conquista, sudoeste da Bahia, na manhã desta terça-feira (13). Josias Matos, que viajava para fazer exames médicos, morreu no local. De acordo com a Polícia Rodoviaria Estadual (PRE), o carro onde ele viajava com mais três pessoas retornava de Barra do Choça para Vitória da Conquista, quando atingiu o cavalo, na altura do Conjunto Penal de Conquista. O impacto da batida foi tão forte, que a frente do veículo ficou completamente destruída. O teto do carro foi ”rasgado”. Os outros três ocupantes do veículo, que não tiveram as identidades reveladas, foram atendidos pelo Serviço de Atendimento Móvel (Samu) e levados para uma unidade hospitalar de Vitória da Conquista. Não há informações sobre o estado de saúde das vítimas. A polícia rodoviária não soube informar se o animal morreu na colisão com o veículo. O corpo de Josias foi levado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Vitória da Conquista. Com informações do G1

Processos seletivo IF Baiano, campus de Santa Inês, oferece vagas para professores substitutos

Três oportunidades são oferecidas no IF. Foto: Blog Marcos Frahm

Dois processos seletivos estão com as inscrições abertas na Bahia desde segunda-feira (12). Três oportunidades do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano (IF Baiano)  são para professores substitutos nas áreas de zootecnia/ zootecnia geral (1) e geografia/ ensino de geografia e geografia humana (2) no campus de Santa Inês. A jornada é de 40h semanais e a remuneração varia entre R$ 3.126,31 a R$ 5.786,68, mais vale-alimentação no valor de R$ 458. Para participar, os interessados devem se inscrever somente no site da instituição até o dia  28 de novembro de 2018.

IFBA de Jequié

O processo seletivo visa a contratação de 22 professores substitutos para o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA), nos campi de Eunápolis, Jequié e Ilhéus. Os selecionados terão salários entre R$ 2.236,31 e R$ 3.126,31, mais auxílio alimentação de R$ 229  ou R$ 458, para uma carga horária de 20h ou 40h semanais. As vagas são para as áreas de: administração (1), arquitetura (1), artes (1), biologia (1), desenho técnico (1), enfermagem (1), engenharia ambiental (1), engenharia civil (2), filosofia (2), física (2), informática (1), matemática (2), português (2), química (1), segurança do trabalho (1), sociologia (1) e artes, artes visuais, cinema, teatro ou música (1). As inscrições vão até o dia 25 de novembro, por meio do site da instituição, mediante pagamento de taxa no valor de R$ 70.