Agricultura: Produtor de chuchu comemora alta de preço após chuvas em Jaguaquara

/ Agricultura

Seu Carlito comemora preço. Foto: Blog Marcos Frahm
Seu Carlito comemora preço alto. Foto: Blog Marcos Frahm

O município de Jaguaquara, responsável por grande parte da produção de chuchu na Bahia, foi atingido por fortes chuvas neste mês de janeiro de, oposto ao que enfrenta os produtores e tomate, que dizem sofrer prejuízos na lavoura com as chuvas, o produtor de chuchu tem motivos de sobra para comemorar na área rural. A caixa do produto, que antes do período chuvoso era vendida por R$ 10,00 no Mercado Produtor Ceasa, agora é vendida até por R$ 40,00. Quem planta o chuchu, vive sorrindo, ultimamente. Exemplo é o agricultor Carlito Sales, de 63 anos, que em sua propriedade, localizada no distrito do Baixão de Ipiúna, prioriza o plantio de chuchu há 10 anos. Da propriedade de Seu Carlito, a caixa sai por R$ 28,00 reais, mas através de terceiros chega ao Mercado Produtor, onde é repassada por R$ 40,00, preço da cotação desta semana segundo confirmação da gerência do órgão estadual, e da Ceasa é exportado para a capital baiana e até para outros estados do Brasil. ”Antes da chuva, a gente só conseguia vender de dez reais e às vezes até mais barato, mas hoje o preço melhorou. Eu entrego cada caixa por vinte e oito reais aqui no Baixão mesmo e lá na Ceasa eles dão o preço deles, porque também eles têm despesa com frete, mas pra mim o preço está muito bom agora, depois das chuvas”, disse ao Blog Marcos Frahm. Carlito é apenas um dos responsáveis pela produção do chuchu e revela quem em sua propriedade a produção ainda é baixa, não tendo receio em reconhecer que agricultores vizinhos produzem mais. Ele afirma que são muitas as dificuldades no cultivo do chuchu, citando como exemplo o controle de doenças e pragas e mão de obra para trabalhar em um terreno inclinado. ”É um trabalho cansativo, e a gente precisa ter cuidado com a lavoura sempre, pra afastar as pragas, mas é um prazer para o produtor ver um caminhão sair da propriedade carregado”, comemora. Estudos revelam que para conseguir êxito na produção de chuchu, o primeiro passo é fazer uma análise de solo da área de plantio na propriedade. Outra orientação importante é que o agricultor escolha o melhor fruto para usar como muda. Ele deverá possuir todas as características físicas ideais para a variedade. Nesse caso, ter massa variando de 250g a 450g, cor verde clara, formato periforme, e principalmente, ser oriundo de uma planta vigorosa, sadia e produtiva.

Os comentários estão fechados.