Wagner diz que Souto é funcionário empresa de família: ”Sempre viveu de favor dos outros e por isso pensa pequeno”

/ Polícia

Wagner alfinetou Souto durante coletiva
Wagner alfinetou Souto durante coletiva. Foto: Secom

”Funcionário empresa de família” e pessoa que ”pensa pequeno” foram algumas das qualificações atribuídas ao candidato ao governo Paulo Souto (DEM) pelo governador Jaques Wagner na última terça-feira (2). As declarações foram ouvidas pelos repórteres logo após Wagner inaugurar a 29ª Delegacia Territorial de Polícia, no subúrbio ferroviário de Plataforma. Em clara referência à relação do democrata com o falecido ex-governador da Bahia Antonio Carlos Magalhães (ACM), o governador petista alegou que Souto não teria “status” para voltar a ser governador, segundo o jornal A Tarde. “Vou repetir: o cidadão é funcionário de família, nunca teve trajetória construída por ele próprio. Sempre viveu de favor dos outros e por isso pensa pequeno. Ele próprio se declarou um homem cauteloso. Aquilo não é cauteloso, aquilo é, me perdoe a expressão, falta de vontade política“, disse Wagner, de acordo com o jornal. Ele continuou seu discurso afirmando que o candidato do DEM faz apenas o ”feijão com arroz, coisa que a Bahia está cansada”, e falou que a imagem de ACM já foi substituída por um “novo patrão”: o atual prefeito ACM Neto (DEM). Informações do Bahia Notícias

Os comentários estão fechados.