Vítimas de incêndio na BR-116 sofrem queimaduras e são transferidas de Jequié para Salvador

/ Trânsito

Condutor ficou nas ferragens. Foto: Leitor do Blog Marcos Frahm

A redação do Blog Marcos Frahm foi informada pela Polícia Rodoviária Federal de que o condutor da carreta envolvida no acidente que provocou o incêndio do ônibus na BR-116, na madruga desta sexta-feira (2), sofreu lesões graves ao ficar preso as ferragens do veículo e que três pessoas sofreram queimaduras. O acidente aconteceu por volta da 01h de hoje e, segundo a PRF, o motorista do caminhão, e mais três pessoas, que estavam a bordo do ônibus, foram socorridas com ferimentos por uma equipe de resgate da Concessionária Via-Bahia e encaminhadas ao Hospital Geral Prado Valadares – HGPV, em Jequié, com queimadas graves provenientes do incêndio.

Ônibus ficou completamente destruído após incêndio na BR-116

As vítimas foram identificadas como: José Jailson da Silva, de 43 anos, José Wanderlei da Silva, 21, Tiago da Silva Lins Barbosa, 31, com queimaduras graves, e Roberto Souza Fonseca, 31, motorista da carreta, que sofreu fratura grave, mas o quadro é estável e o mesmo permanece na unidade hospitalar. Já os que sofreram queimaduras foram transferidos para Salvador, conforme apurou o BMFrahm. O ônibus, que pegou fogo após o impacto da colisão não fazia linha e ainda não se sabe se seria de uma empresa de turismo. O veículo foi parar num matagal. A PRF segue apurando as causas e o boletim sobre o desastre ainda não foi concluído.

Os comentários estão fechados.