Vacina contra Covid-19 começa a ser testada em Obras Sociais Irmã Dulce nesta quarta, em Salvador

/ Bahia

A instituição filantrópica Obras Sociais Irmã Dulce (Osid), em Salvador, começa a aplicar nesta quarta-feira (12) os testes da vacina contra Covid-19 produzida pela norte-americana Pfizer em parceria com a alemã BioNTech. A farmacêutica estrangeira irá ministrar, neste primeiro dia, 50 pessoas.

A expectativa, de acordo com  a superintendente das Obras Sociais de Irmã Dulce Maria Rita Lopes Pontes, é vacinar até 200 pessoas por dia na próxima semana, até que os 500 participantes do estudo já tenham recebido a dose. A dose será reforçada após 21 dias.

Assim como no Centro Paulista de Investigação Clínica (Cepic), em São Paulo, uma parcela dos integrantes dos testes em Salvador receberão o imunizante e os demais, um placebo – substância sem efeito contra a infecção. Aqueles que forem sorteados ao segundo grupo terão a oportunidade de serem imunizados ao fim da pesquisa, caso a vacina se comprove eficaz.

Em entrevista ao Isso é Bahia, de A Tarde FM (103.9) e Bahia Notícias, Maria Rita declarou que espera voltar ao ritmo normal de atendimentos na Osid com a vacina. ”Atendíamos 2 mil pessoas por dia. Agora estão de portas fechadas para a assistência. Espero que, com a vacina, a gente possa voltar aos números do pré-pandemia, com nossos 954 leitos, todos voltados para o SUS”, disse.

Os comentários estão fechados.