Secretário de Salvador, que defendia diálogo sobre o Carnaval, agora teme colapso no sistema de Saúde

/ Saúde

Léo Prates teme colapso no sistema de Saúde. Foto: Reprodução

O secretário municipal de Saúde, Léo Prates, comentou na manhã desta quinta-feira (06), que a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) está trabalhando para evitar um colapso no sistema de saúde de Salvador.

”O sistema de saúde que atende a todos é o mesmo, então estamos trabalhando para evitar que o sistema de saúde entre em colapso, ou seja para quê as pessoas tenham atendimento. 50% dos leitos de UTI da Covid ocupados, então ainda temos uma folga, mas o colapso no sistema, nunca é descartado”, disse em entrevista à TV Bahia.

O secretário ainda informou que o número de equipes nos pontos itinerantes de testagem para Covid-19 está sendo ampliado e que na próxima semana a operação chega ao bairro de Brotas.

”Nós ampliamos de 37 unidades testando Covid para 52 unidades e a ideia é ampliar ainda mais”, afirmou Prates.

Quanto aos leitos de UTI infantil, o secretário informou que a cidade apresenta 85% de ocupação e que o Hospital Municipal vai ampliar três leitos até a próxima sexta-feira (14). As informações são do site Bahia Notícias

Em recentes declarações, o secretário de Saúde da capital baiana alfinetava o decreto do Governo do Estado que proibia eventos e demonstrava ser favorável ao diálogo  sobre realização ou não do Carnaval.

 

Os comentários estão fechados.