Pré-candidato a presidente, Alckmin diz que, se eleito, vai facilitar porte de armas no campo

/ Política

Alckmin promete facilitar o porte de armas. Foto: Estadão

Pré-candidato a presidente da República, Geraldo Alckmin (PSDB) admitiu, hoje (17), facilitar o porte de armas caso seja eleito, mas apenas em áreas rurais. Segundo o tucano, a medida pode ser adotada porque as pessoas no campo estão muito distantes umas das outras e o isolamento as torna alvo. ”Já existe [estudos sobre o tema]. Não estudei detalhes, mas vamos estudar. Não quero aqui entrar nessa miudeza eleitoral”, disse, ao se referir ao também presidenciável Jair Bolsonaro (PSL). Alckmin afirmou que, enquanto os parlamentares propõem dar fuzis aos fazendeiros, ele prefere dar tratores.

Os comentários estão fechados.