Número de agressões físicas aumenta 22% no Carnaval; PM vai reforçar patrulhamento

/ NOTÍCIAS

Foram registrados cerca de 205 casos até o momento. Foto: Reprodução

Dados da Secretaria de Saúde de Salvador apontam um aumento de 22% do número de atendimentos por agressões físicas nos dois primeiros dias do Carnaval de 2020. Ano passado, foram 168 casos na quinta e sexta-feira de Carnaval, frente aos 205 computados agora. Os atendimentos médicos em geral tiveram um aumento mais discreto, de 8,9% no comparativo entre os dois anos.

Em decréscimo ao longo dos últimos anos, os dados de agressão física tiveram um aumento no ano em que a Polícia Militar anunciou a mudança na estratégia de fiscalização. O policiamento ostensivo, padrão em anos anteriores, foi substituído por pontos de observação elevados e nas calçadas. Por meio de nota, a Secretaria de Segurança Pública da Bahia informou que a PM “vai reforçar o patrulhamento em locais onde as brigas foram registradas”. “A Polícia Civil colocará equipes veladas para identificar os brigões”, informou a pasta. Durante reunião de balanço dos dois primeiros dias de Carnaval, o prefeito ACM Neto indicou que pediria reforço da PM para aumentar a segurança nos circuitos. Bahia Notícias.

Os comentários estão fechados.