No último dia, sete mil turistas chegam a Salvador de navios para conhecer o Carnaval

/ Bahia

Turistas desembarcam em Salvador. Foto: Fred Pontes/Bahiatursa

No último dia de Carnaval, muitos turistas ainda chegam para conhecer o Carnaval e as belezas da Bahia. Dois navios com mais de sete mil passageiros, recebidos com festa pela Bahiatursa, estão ancorados no Porto de Salvador. A maioria veio conhecer a diversidade da folia baiana. O Rixô Elétrico, tocando músicas de Carnaval, e baianas distribuindo fitinhas do Senhor do Bonfim deram as boas-vindas aos turistas. O MSC Musica chegou às 10h de ontem, terça-feira (13), trazendo 2.964 passageiros. Antes mesmo de o transatlântico aportar, o Rixô fez uma homenagem tocando o hino dos hinos do Carnaval baiano, Chame Gente. Clássicos como Brasileirinho, Aquarela do Brasil, Chuva, Suor e Cerveja e até mesmo We Don’t Need no Education, do Pink Floyd, fizeram parte do repertório. O estudante chileno Gabriel Fuentes, de Santiago, que estava acompanhado do amigo José, disse que não conhecia nada sobre o Carnaval, mas estava disposto a sair para a folia. Natural de Vitória do Espírito Santo, a advogada Juliana Pimentel chegou acompanhada da irmã, Mariana, e da amiga Paula, mais um grupo de 18 pessoas. Já conhecia a folia baiana, que acha ”maravilhosa”. Pretendia brincar o carnaval em um camarote. O MSC Musica fica em Salvador até as 23h de quarta-feira. Na segunda-feira, no final da tarde, aportou o MSC Preziosa, com 4.217 passageiros, que permaneceu em Salvador até as 23 horas desta terça-feira. Além desses transatlânticos, ficou atracado até as 20 horas de hoje o navio residência The World, com 68 passageiros a bordo, que vieram conhecer as belezas da capital baiana. Além da música, da alegria e da tradicional simpatia das baianas tipicamente trajadas dando boas-vindas, os turistas recebem o mapa de Salvador e Litoral Norte e o Guia da Segurança do Folião, distribuídos pelos guias e monitores do projeto capitaneado pela Secretaria de Turismo da Bahia (Setur). Segundo o superintendente da Bahiatursa, Diogo Medrado, a ação do Governo do Estado é mais um passo dado rumo a tornar cada vez mais eficiente o receptivo aos turistas. ”Temos tradição de bem-receber os visitantes. Isso é uma das nossas prioridades: fazer com que, na Bahia, todos se sintam em casa”.

Os comentários estão fechados.