Ex-Corinthians, Clayson é apresentado, elogia projeto e diz que quer fazer história no Bahia

/ Esporte

Clason ao lado do diretor de Diego Cerri. Foto: Felipe Oliveira

Se o 2020 do Bahia tem sido representado pelo início de um novo ciclo com a mudança para a cidade tricolor, a vida do atacante Clayson segue pelo mesmo caminho. Depois de três anos defendendo a camisa do Corinthians, o atacante vai iniciar um novo momento na carreira e chega ao Bahia como a principal contratação do clube, que pagou R$ 4 milhões por 40% dos direitos econômicos do atleta.

No Esquadrão, Clayson vai ter a missão de substituir Artur, que voltou ao Palmeiras e foi negociado com o Red Bull Bragantino. No primeiro contato com a imprensa, na manhã desta quarta-feira (8), na Cidade Tricolor, o atacante se mostrou motivado com o projeto do Bahia e afirmou que quer fazer história no clube.

”Artur fez um bom trabalho aqui. Do meio para frente eu jogo em todas as posições, direita, esquerda. Só não de 9 (risos). Espero construir minha história. Ele fez o trabalho bem feito, espero fazer o meu. Meu objetivo é esse, vim para vencer aqui. Por onde tenho passado, tenho conseguido conquistar títulos. Fui campeão paulista, fui para Ponte, chegamos na final, melhor campanha no brasileiro. Aqui não é diferente. Quero vir e conquistar os triunfos aqui”, disse o atacante de 24 anos.

Formado no União São João-SP, Clayson passou por Ituano e Ponte Preta, onde se destacou e foi comprado pelo Corinthians. Nas três temporadas em que defendeu o alvinegro, ele atuou em 144 jogos e marcou 14 gols. No período, o jogador foi ainda tricampeão paulista e conquistou o Brasileirão de 2017. Agora, o atacante espera manter a boa sequência e seguir conquistando títulos pelo Bahia.

”A gente está começando os trabalhos agora. Expectativas são as melhores possíveis. Me preparando muito bem fisicamente e taticamente. Bahia vai entrar em todas as competições para brigar por título. A ideia é essa. Vem montando grupo forte para isso. A gente vai abraçar a ideia do Roger, ver o que vai implantar para brigar pelos triunfos e pelo título. Vim para ganhar título e junto com meus companheiros e comissão, a gente vai ganhar”, explicou o jogador. Com informações do Correio

Os comentários estão fechados.