Escola em Barra do Choça é destruída por adolescentes duas vezes em menos de um mês

/ Bahia

Escola Juliana destruída. Fotos: Secretaria de Educação
Escola Juliana destruída. Fotos: Secretaria de Educação

Uma escola pública da Rede Municipal de Barra do Choça, município localizado há 32 Km de Vitória da Conquista, sofreu dois ataques em menos de um mês, segundo informou o site Resenha Geral. Ainda de acordo o Resenha, a Escola Juliana teria sido destruída por adolescentes, quebraram janelas, televisores e o quadro da sala de aula, cujo último registro foi nesta semana. Utilizando uma marreta, eles destruíram até a cerâmica que seria colocada na escola na próxima reforma. Tudo foi revirado! Antes de fugir, os jovens infratores escreveram no quadro dois artigos do código penal.

Adolescentes reviraram toda a Escola
Adolescentes reviraram toda a Escola Municipal

Essa foi a segunda vez que a escola foi atacada em menos de um mês. No dia 11 de outubro, um ex-aluno ateou fogo na unidade de ensino. Ele foi identificado e confessou a autoria do delito. Após ser apreendido, o menor foi liberado. Colocado em liberdade, o adolescente decidiu terminar o que havia iniciado. Desta vez, ele voltou acompanhado de dois comparsas e destruiu novamente a escola.

Menores infratores destruíram até armário
Menores infratores destruíram até armário da Escola

Do lado de fora da escola, ficou o que sobrou desse ataque: livros, cadeiras e até um armário queimado.  Sem condições de manter as aulas no mesmo lugar, a direção da escola improvisou outro espaço para atender 150 alunos que estudam na unidade. Enquanto isso, um mutirão foi montado para recuperar a unidade de ensino. Os moradores da comunidade estão assustados com essa violência. Os adolescentes foram apreendidos e estão custodiados no fórum de Barra do Choça a disposição da justiça.

Os comentários estão fechados.