Coronel diz que já está em autoisolamento após se encontrar com senador com suspeita de coronavírus

/ Política

Coronel sobre o coronavírus. Foto: Jane de Araújo/Agência Senado

O senador pela Bahia Angelo Coronel (PSD) afirmou, em entrevista ao site BNews nesta quinta-feira (12), que já está em ”autoisolamento”, após se encontrar com Nelsinho Trad (PSD-MS) nos corredores do Congresso, na quarta-feira (11). Hoje, tanto o sul-matogrossense quanto Jorginho Mello (PL-SC) estão em isolamento domiciliar e foram orientados a não irem ao parlamento.

”Encontrei com um deles, foi distante, acho que não deu pra pegar. Se ele der alguma coisa, vou fazer exame também. Vou fazer imediato”, disse, em conversa por telefone.

Coronel ainda disse que vai orientar os colegas de Casa a também se precaverem. ”Vou aconselhar a todos os senadores fazer [exame], já que ele transitou ontem juntamente com Jorginho. Como também a Câmara dos Deputados deve fazer”, completou.

Ele disse que decidiu, por conta própria, se ”isolar” em Brasília, para evitar transmitir o vírus em solo baiano. ”Não embarquei, tô só em Brasília, pra aguardar a novidade. Não quero ser veículo de disseminação”, disse.

Comitiva nos EUA

Os senadores Jorginho Mello (PL-SC) e Nelsinho Trad (PSD-MS), que estavam na comitiva brasileira que foi aos Estados Unidos acompanhar o jantar de Jair Bolsonaro e Donald Trumo, foram orientados a não irem ao Congresso nos próximos dias.

Eles estavam juntos ao secretário de Comunicação, Fábio Wajngarten, infectado com o novo coronavírus. Segundo o site O Antagonista, os senadores trabalharam normalmente no Congresso na quarta-feira (11). Eles ainda farão o exame para saberem se também foram infectados.

Os comentários estão fechados.