Comprovante de vacinação contra a Covid-19 será obrigatório para alunos da Uesb

/ Educação

Estudantes da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), localizada em Vitória da Conquista, terão que apresentar o comprovante de vacinação contra a Covid-19 para acessar o campus da instituição a partir do dia 2 de fevereiro.

Segundo a Uesb, a medida é obrigatória e quem não recebeu o imunizante será vetado das aulas presenciais. As atividades no campus serão retomadas no dia 2 de fevereiro e os estudantes devem comprovar a vacinação até 23 de janeiro, através de um formulário online enviado pela universidade.

A Uesb aceitará tanto o Certificado Nacional de Imunização Covid-19, emitido pelo ConecteSUS, como o cartão de vacinação digitalizado (documento disponibilizado pelas secretarias de saúde) .

De acordo com a instituição, os professores e servidores técnico-administrativos já apresentaram os comprovantes junto ao Governo do Estado. O estudante que ainda não completou o esquema vacinal ou que não recebeu o imunizante também deve preencher o formulário até a data estipulada.

Segundo a universidade, o aluno que apresentar alguma contraindicação de saúde em relação à vacina deve comprovar a situação por meio de relatório médico.

Sem o comprovante de vacinação ou relatório médico de contraindicação, o estudante não terá acesso ao campus universitário e nem às aulas presenciais. O acúmulo de faltas pode acarretar na reprovação no semestre.

Além da comprovação da vacinação contra a Covid-19, a Uesb adotou outras medidas de segurança para a volta às aulas presenciais. O uso de máscaras será obrigatório e a universidade garante higienização, limpeza e ventilação adequada dos espaços físicos. As informações são do G1

Os comentários estão fechados.