Viatura da Polícia Militar pega fogo após problemas elétricos no bairro de Brotas, em Salvador

/ Polícia

De acordo com a PM, não houve feridos. Foto: Rede social

Uma viatura da Polícia Militar pegou fogo, nesta segunda-feira (15), após uma pane elétrica, no bairro de Brotas, em Salvador. Segundo a PM, policiais militares da 26ª CIPM realizavam patrulhamento pela Av. Dom João VI, quando a viatura em que estavam embarcados apresentou aquecimento excessivo no painel, vindo a se incendiar em seguida.

Os militares conseguiram deixar o veículo sem quaisquer ferimentos e acionaram o Corpo de Bombeiros Militar para debelar o fogo, de acordo com a corporação.

Ao Bahia Notícias a PM indicou que ainda não conseguiu informações quanto ao que poderia ter iniciado o incêndio, que será apurado em Inquérito Técnico.

Polícia Militar e Cipe apreendem cerca de 80 kg de droga em Jequié; homem e mulher alvejados em Itiruçu

/ Polícia

Droga estava em 128 tabletes

Uma ação conjunta entre a Polícia Militar e a Cipe Central em Jequié resultou na apreensão de cerca de 80 kg de maconha prensada. De acordo com a PM, que através de release divulgado a noite não detalhou a operação a droga estava em posse de um homem, que foi encaminhado para a Delegacia Territorial com 128 tabletes de substância análoga à maconha.

Homem e mulher alvejados a tiros em Itiruçu

Duas pessoas foram vítimas de disparos de arma de fogo na cidade de Itiruçu, na noite deste domingo (14). Conforme release da 9ª CIPM, era por volta de 18h47 quando os militares receberam informações de tiros foram deflagrados no bairro Andaraí e que logo após a informação uma mulher deu entrada no Hospital Municipal apresentando perfuração à bala.

Ainda de acordo com a PM, a guarnição foi ao loca indicado e encontrou um homem, morador no Entroncamento de Jaguaquara, que teria sido alvejado com um tiro na perna. A mulher e o homem foram encaminhados ao Hospital Geral Prado Valadares – HGPV, em Jequié. Não há informações sobre autoria e motivação do atentado.

Operação investiga 6 policiais militares por homicídio qualificado ocorrido em Vitória da Conquista

/ Polícia

O Ministério Público estadual e a Secretaria de Segurança Pública do Estado da Bahia (SSP) deflagraram na manhã desta sexta-feira (12) a ‘Operação Verdugo’. Os alvos são seis policiais militares investigados, entre eles dois oficiais, por cometerem crimes de homicídio qualificado ocorridos em 2018 e 2019. A pedido do MP, a Justiça determinou o afastamento cautelar dos PMs da função pública por um período de um ano.

Segundo as investigações, os policiais militares, à época dos delitos lotados em Vitória da Conquista, estavam em serviço quando teriam executado sumariamente Valdomiro de Jesus Meira Filho e Thiago Menezes de Oliveira, no interior de residências, em razão de suposto envolvimento das vítimas com o tráfico ilícito de drogas. Eles também são investigados por fraude processual.

A sede da  78ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), da Rondas Especiais (Rondesp) do Sudoeste, localizadas em Vitória da Conquista, do Batalhão de Polícia de Choque, em Lauro de Freitas, também foram alvos da operação.

Foram cumpridos nove mandados de busca e apreensão nos municípios de Salvador, Vitória da Conquista, Lauro de Freitas e Contendas do Sincorá. Já foram apreendidas quatro armas de fogo, três na capital e uma em Contendas, além de cofres e munições, em Vitória da Conquista.

A operação, que decorre de dois inquéritos policiais, foi deflagrada por meio dos Grupos de Atuação Especial Operacional de Segurança Pública (Geosp) e de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do MP, e pela Força-Tarefa de Combate a Grupos de Extermínio e Extorsão da SSP. O afastamento e os mandados de busca foram decretados pela Vara do Júri da Comarca de Vitória da Conquista, atendendo pedido do Ministério Público.

Homem perde R$55 mil em leilão falso após tentar comprar carro pela internet em Camaçari

/ Polícia

Um homem que tentou fazer a compra de um carro através de leilão na internet, teve um prejuízo de R$ 55 mil após perceber que se tratava de um golpe. Segundo o g1, a vítima disse que acompanhou o passo a passo e teve até documentação aprovada pela suposta empresa, que dizia ficar em Camaçari.

Segundo o homem, que prefere não se identificar, o veículo custava R$ 100 mil, mas pelo leilão seria metade do preço. De acordo com o rapaz, o período de visitação já estava encerrado e o leilão também estava próximo de encerrar, por isso ele deu o lance mesmo sem chegar ao veículo pessoalmente. Somente depois de cair no golpe, o homem percebeu as diferenças entre a página oficial do leilão e a que havia sido criada para aplicar a fraude.

”Eu pedi para minha irmã, que mora próximo, certificar que o veículo estava no pátio, já que eles não só copiam a interface de um site real, mas também reproduzem o endereço físico no site. Então ela foi lá e foi informada que o documento não correspondia à empresa. Que era um golpe. Que muitas outras pessoas já passaram pela mesma situação”, disse.

A empresa que foi utilizada como espelho para o golpe, fica em Camaçari, Região Metropolitana de Salvador (RMS). O gerente da loja disse que para evitar qualquer tipo de fraude, o indicado é sempre ir ao endereço da loja e confirmar todas as informações passadas. ”O carro que é R$ 100 mil e é vendido por R$ 50 mil, tem que desconfiar. Isso não existe. O que se recomenda é o cliente vir, fazer a visitação, certificar que aquele veículo esteja no local e fazer o pagamento”, disse o gerente da empresa.

Provas do concurso público para delegado de Polícia Civil da Bahia tem nova data divulgada

/ Polícia

A data das provas objetivas e discursivas para o cargo de delegado, do concurso público da Polícia Civil da Bahia foi alterada para o dia 11 de setembro. A informação foi divulgada pelo governo do Estado no sábado (6), em cumprimento a recomendação do Ministério Público Estadual.

As provas, para o preenchimento de 150 vagas, aconteceriam no dia 21 de agosto, mas de acordo com a Secretaria da Administração do Estado (Saeb) agora a aplicação acontece em setembro.

Essas avaliações deveriam ter ocorrido no dia 24 de julho, porém foram suspensas depois que as provas foram entregues com nomes trocados aos candidatos.

O concurso público será realizado pela manhã a partir das 8h, com portões fechados às 7h45, e no período da tarde, as provas discursivas terão início às 14h, com portões fechados às 13h45.

Os candidatos devem chegar com 60 minutos de antecedência, levar caneta esferográfica de tinta azul ou preta, documento de identificação com foto, cartão de convocação e comprovante de vacinação, conforme edital.

O novo cronograma estará disponível no Portal do Servidor, e no site da organizadora do concurso, o Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC). Com informações do site Bahia Notícias

Feira de Santana: Polícia Federal deflagra operação e afasta secretários de Saúde e de Governo

/ Polícia

PF cumpre mandados em Feira. Foto: Aldo Matos/Acorda Cidade

Policiais federais deflagraram na manhã desta quinta-feira (4) uma operação em Feira de Santana. A No Service, como a ação é intitulada, investiga suspeita de superfaturamento na contratação de uma empresa de propriedade do secretário de saúde local, Marcelo Britto, para serviço de consultoria em Unidade de Pronto Atendimento (UPA). A empresa citada é o instituto InSaúde. Britto é um dos secretários afastado das funções. O outro é o secretário de governo, Denilton Brito.

Ao todo, são cumpridos sete mandados de busca e apreensão e dois mandados de afastamento de função pública. Segundo ao PF, o fato envolve uma licitação em 2018 para contratação de Organização Social com vistas a fazer a gestão compartilhada da UPA do bairro Queimadinha. O contrato estabeleceu vigência entre 16 de maio de 2018 e 15 de maio de 2019, e custou R$ 11,9 milhões, tendo a com possibilidade de renovação por cinco anos.

Apurou-se ainda que a entidade gestora da UPA firmou contrato de prestação de serviços médicos em 2020, com a empresa pertencente ao atual Secretário de Saúde do município pelo valor de R$ 44 mil mensais, mas que, segundo foi constatado, não houve qualquer tipo de prestação de serviços pela empresa contratada, seja de serviços médicos ou de consultoria. Ainda segundo a investigação, a contratação da empresa teria partido por ordem do atual secretário de saúde da cidade que, em parceria com os diretores da Organização Social, teriam simulado uma contratação fictícia, desviando recursos públicos de mais de R$ 200 mil, em favor do mesmo secretário.

A suspeita é que ele, após receber a quantia em conta bancária, aplicava boa parte em investimentos e outra parte repassava para pessoas físicas e jurídicas. Os investigados vão responder pelos crimes de peculato e de superfaturamento de licitação mediante a inexecução completa do contrato. Com informações do site Bahia Notícias

”Vi o disparo e minha filha desfalecendo”, relembra mãe de adolescente morta a caminho da escola

/ Polícia

Crime ocorreu durante um assalto no Centro de Salvador. Foto: Reprodução

Sandra Rodrigues, mãe da adolescente Cristal Rodrigues Pacheco, de 15 anos, morta durante um assalto no Centro de Salvador, relembrou, na noite desta quarta-feira (3), o momento em que a filha foi baleada e não resistiu, ainda na calçada da rua onde foi ferida.

”Eu vi o disparo e vi minha filha desfalecendo. Elas não levaram nada, saíram correndo para o outro lado da rua e eu fui tentar aparar minha filha. Infelizmente foi tudo tão rápido, ela foi a óbito e meu desespero foi tamanho”, relembrou. Sandra Rodrigues levava Cristal e a outra filha, de 12 anos, para a escola, a pé, quando as três foram abordadas pelas suspeitas. Sandra e a filha mais nova não tiveram ferimentos.

”Isso tudo foi muito rápido, a gente estava fazendo nosso percurso de todos os dias, pela manhã, que ela estudava aqui próximo. Fui abordada por duas meliantes, uma baixinha e outra do cabelo aloirado”, relatou.

Segundo a mãe de Cristal, uma das mulheres deu voz de assalto e ela respondeu que não tinha celular. ”Ela [uma das assaltantes] disse: ‘Você tem um relógio e tem a aliança’. Abaixou a cabeça e me mostrou realmente uma arma de fogo que era pequena. Ela também estava com uma faca estilo açougueiro, com um cabo branco. Eu sei que no manuseio [da arma] ela acabou acertando minha filha, que estava um metro afastada de mim, encostada no muro”.

Após o disparo, a dupla fugiu e Sandra tentou socorrer a filha. A mãe da estudante contou que nesta quarta-feira prestou depoimento à polícia sobre o caso. Ela também falou sobre o sofrimento pela perda da filha e o carinho que tem recebido das pessoas que se solidarizaram diante da dor que ela sente. ”É muito doloroso ainda, tudo muito recente. Uma ferida que não vai cicatrizar facilmente. Eu, minha família, meu esposo e principalmente minha pequena, que presenciou todo o acontecido, estamos sofrendo muito”, disse Sandra Rodrigues.

A mulher que foi presa por envolvimento na morte da adolescente Cristal Rodrigues Pacheco, respondia em liberdade pelos crimes de roubo e tráfico de drogas. A informação foi divulgada pela Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), nesta quarta-feira. Além disso, a SSP detalhou em nota que ela era considerada foragida desde março deste ano, por um mandado de prisão relativo a outra prisão por tráfico.

Ao todo, ela foi presa três vezes, nos anos de 2011, 2015 e 2017. Identificada pelo prenome Mara, a mulher tem 31 anos e confessou, em depoimento à polícia, ter participado do crime, mas negou que tivesse sido ela a atirar na vítima.

O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) pediu à Justiça a prisão preventiva de Mara e da segunda envolvida no crime, que é procurada pelas polícias Civil e Militar, desde a manhã de terça-feira, quando a adolescente foi morta.  As investigações seguem para identificar qual das duas foi a responsável pelo disparo que matou a Cristal Rodrigues. A arma do crime ainda não foi encontrada. As informações são do G1

Procurado por lesão corporal é preso com ajuda de reconhecimento facial no município de Valença

/ Polícia

Um homem procurado por lesão corporal foi capturado, no último sábado (30), após ter a imagem captada pelas câmeras do Sistema de Reconhecimento Facial da Secretaria da Segurança Pública. A prisão ocorreu na cidade de Valença, Baixo Sul baiano.

O foragido, que tinha mandado de prisão em aberto por lesão corporal qualificada, foi alcançado por equipes da 33ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM).

O sistema apontou mais de 90% de similaridade entre o preso e as imagens do Banco Nacional de Mandados. O criminoso foi conduzido pelos PMs à Delegacia Territorial (DT) de Valença, onde o mandado foi validado e cumprido.

O município é uma das 77 cidades que passam a contar com a tecnologia da SSP. Em fase de teste em diversos municípios do interior, além de ampliada na capital e na Região Metropolitana de Salvador, a ferramenta já alcançou 334 foragidos da Justiça.

Segundo suspeito de atirar em nutricionista durante tentativa de assalto é preso em Salvador

/ Polícia

Esperança Cedraz Brandão, de 37 anos — Foto: Reprodução/TV Bahia

O segundo homem envolvido na tentativa de assalto contra a nutricionista Esperança Cedraz Brandão, de 37 anos, foi preso nesta sexta-feira (29), em Salvador. Ele se apresentou na Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos, que cumpriu o mandado de prisão contra ele.

O crime aconteceu no dia 22 de julho e o primeiro suspeito foi detido em flagrante. A situação foi testemunhada por pessoas que passavam pelo local e chamaram equipes da Polícia Militar, que faziam rondas na região.

Nesta sexta, Esperança Cedraz Brandão segue internada no Hospital Santa Izabel, onde trabalha. Na última segunda-feira (25), ela deixou a Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Ela já apresenta melhoras no estado de saúde e está estável.

Esperança foi baleada enquanto chegava para trabalhar no Hospital Santa Izabel. Os dois homens a abordaram para tomar o carro, e atiraram mesmo sem que ela reagisse ao assalto. Depois de dispararem contra a nutricionista, os dois fugiram do local.

A vítima foi socorrida e, ainda na tarde do mesmo dia, ela passou por cirurgias e precisou de doação de sangue. Um dos suspeitos foi alcançado logo em seguida e chegou a se esconder atrás de uma barraca, para fugir da polícia.

Ele conseguiu escapar novamente, partindo no sentido Ladeira da Água Brusca. O homem chegou a tirar a roupa que estava vestido, para tentar driblar a polícia com uma segunda vestimenta, que estava por baixo. Mesmo assim, foi alcançado novamente e preso. As informações são do G1

Polícia prende indivíduo que transportava drogas, munições e armas em automóvel no Oeste da Bahia

/ Polícia

Dois fuzis russos modelo AK-47 foram apreendidos, na tarde desta terça-feira (26), pela Rondesp Oeste da Polícia Militar. O flagrante, na cidade de Barreiras, aconteceu durante a Operação Poder Marrom.

Uma denúncia sobre um carro modelo Grand Siena, branco, com placa clonada, levou as equipes até o bairro de Mimoso. O automóvel foi localizado e interceptado pelos militares, conforme informou o Blog do Braga, parceiro do Bahia Notícias.

Diante do nervosismo apresentado pelo condutor, os PMs realizaram uma busca no veículo e encontraram, no porta-malas, dois fuzis de fabricação russa, modelo AK-47, calibre 7,62, nove carregadores para fuzis e pistolas, pouco mais de 400 munições para fuzil, espingarda e pistola, 735 gramas de cocaína e 900 gramas de crack.

O motorista, o veículo, as armas e as drogas foram apresentados na Delegacia Territorial (DT) de Barreiras. O condutor do veículo, que possui passagens pela polícia, é suspeito de liderar uma organização criminosa que atua na região Oeste da Bahia.

Suspeito de atropelar e matar dentista em Ilhéus, no sul da Bahia, se apresenta em Presídio e é preso

/ Polícia

Dentista morreu após sofrer atropelamento. Foto: Redes sociais

O empresário Tharcísio Aguiar, de 38 anos, suspeito de atropelar e matar a dentista Ranitla Bonella, de 23 anos, no trecho urbano da BA-001, se apresentou no Presídio Ariston Cardoso, em Ilhéus, no sul da Bahia. A informação foi divulgada pelo advogado de defesa do empresário.

Tharcísio Aguiar chegou ao presídio acompanhado do advogado criminalista Jacson Cupertino. De acordo com a defesa do suspeito, o empresário, que era considerado foragido, ainda não tinha se apresentado porque desenvolveu um quadro de instabilidade emocional.

Em nota, a Polícia Civil informou que Tharcísio será novamente interrogado pelo Núcleo de Homicídio da 7ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), para a conclusão do inquérito policial e encaminhamento para a Justiça.

A prisão preventiva do empresário foi decretada no dia 23 de junho. No dia 12 de julho, a Polícia Civil cumpriu três mandados de busca e apreensão, na casa do empresário, mas ele não foi encontrado. No dia 20, fizeram outra tentativa, mas Tharcísio também não foi visto.

O caso aconteceu no dia 11 de junho e dois dias depois, ele se apresentou na delegacia de Ilhéus, mas foi ouvido pela polícia e liberado. Além da prisão preventiva de Tharcísio Aguiar, a Justiça suspendeu a habilitação do investigado.

A vítima era recém-formada e estava na cidade para fazer uma especialização em ortodontia. Ela foi atingida pelo veículo no momento em que atravessava a rodovia, em uma faixa de segurança. A jovem foi arremessada e chegou a bater em um guard rail.

Em nota divulgada nas redes sociais, Tharcísio Aguiar disse que lamentava o ocorrido, e que chegou a parar no local, mas alegou que não ficou para prestar socorro porque foi ameaçado.

O corpo de Ranitla foi velado no dia 12 de junho e enterrado no início da tarde no Cemitério Campo Santo, em Eunápolis. No dia 28 do mesmo mês, a Justiça negou o pedido de liberdade para o empresário. Com informações do G1

Rifeiro é executado em Salvador e mulher chora em cima do corpo; ação deixou outros dois baleados

/ Polícia

Este é o terceiro homicídio registrado na capital. Foto: TV Aratu

Um homem identificado como Joilson Pires Damasceno Falcão foi assassinado, no início da tarde desta terça-feira (26/7), na Rua 20 de Agosto, no bairro de Campinas de Pirajá, em Salvador. Este é o terceiro homicídio registrado na capital baiana num período pouco maior que doze horas.

Na ação, segundo o Aratu On, outras duas pessoas também foram baleadas, entre elas o irmão de Joilson, e uma mulher que passava pelo local. Os dois foram encaminhados para Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Pirajá e o estado de saúde não foi informado.

Joilson era mototaxista e também trabalhava vendendo rifas na região, segundo amigos. Neste mesmo dia, outra rifeira foi morta a facadas no Largo do Tanque e uma mulher foi assassinada a tiros dentro de casa.

Seleção para cargo de delegado é suspensa em concurso da Polícia Civil por falha de logística

/ Polícia

Foi suspensa, na manhã deste domingo (24), a seleção para o cargo de delegado da Polícia Civil da Bahia em  decorrência de uma falha de logística que gerou uma entrega de provas trocadas aos candidatos. A informação é do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC), responsável pela aplicação do certame que busca preencher mil vagas para delegados, investigadores e escrivães da corporação.

Segundo a empresa, a nova data será anunciada ainda esta semana. A situação ocorreu em salas na Universidade Católica do Salvador (UCSal), em Pituaçu e de acordo com o IBFC, o impasse ocorreu porque um circuito de corrida de rua na capital baiana, realizado também na manhã deste domingo, poderia comprometer o bom andamento das provas.

Com isso, o IBFC resolveu mudar os locais de provas na última quarta (20), porém, por causa da logística para distribuição de todos os materiais e provas, não seria mais possível refazer os cadernos de provas para os novos locais.

Ainda segundo o instituto, a distribuição de candidatos se manterá dentro das mesmas salas, alterando, no entanto, o ordenamento e numeração desses locais, para que não fosse necessária a intervenção nos materiais já devidamente lacrados. No momento da aplicação da prova, porém, a equipe de aplicação realizou a distribuição dos pacotes de prova de maneira invertida, entregando os pacotes em salas diferentes.

Foi observado, após abertura de envelopes na sala, que as folhas de respostas anexadas aos cadernos de provas não pertenciam aos candidatos daquela sala, mas de outro local.

De acordo com o IBFC,  a troca de pacotes não causou prejuízo à segurança do processo ou ao sigilo das provas. Entretanto, por causa da recusa dos candidatos, tendo já passado uma hora do início da aplicação em todo o estado, a empresa notificou a Secretaria da Administração do Estado da Bahia (SAEB) e pediu que o processo fosse adiado.

Polícia Militar confirma 18 mortos em operação no Complexo do Alemão, no Rio de Janeiro

/ Polícia

Ação tinha como alvo uma quadrilha de roubo. Foto: Reprodução

As polícias Civil e Militar confirmaram a morte de 18 pessoas na operação policial no Complexo do Alemão, no Rio de Janeiro. Entre os mortos, 16 eram suspeitos e dois inocentes. A ação tinha como alvo uma quadrilha de roubo de veículos.

Na coletiva, o subsecretário operacional da PC Ronaldo Oliveira disse que ”eles reagiram”. Representantes das duas corporações também lamentaram as mortes do policial Bruno de Paula Costa, que deixa dois filhos autistas, e da moradora Letícia Marinho de Sales, 50, moradora baleada dentro do carro, que segundo parentes, foi por um policial.

A ouvidoria da Defensoria Pública e a Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil já afirmavam que havia pelo menos mais 15 corpos deixados na UPA, além dos 5 mortos no Hospital Getúlio Vargas, na Penha.