Deputado Igor Kannário assume autoria de acidente após invadir imóvel: ”O volvo? Vou comprar outro”

/ Mundo, Política

Envolvido em um acidente de carro no último final de semana (leia aqui), o cantor e deputado federal Igor Kannário (DEM-BA) se pronunciou sobre o caso em suas redes sociais.

Kannário, que até então não havia assumido a autoria do acidente com um Volvo XC60 que atingiu dois estabelecimentos comerciais, afirmou que iria arcar com as despesas dos empresários e garantiu ninguém foi ferido na batida.

”Eu tô bem, só tô com um pouquinho de dor no peito. Não teve nenhuma vítima graças a Deus, nenhuma criança ferida, nenhuma mulher grávida também. O prejuízo da loja lá eu vou pagar. O cara falou o quê? Quanto é? R$ 30 mil? Vou dar os 30 mil dele lá pra ele construir outro bagulho novo. O volvo, vou comprar outro”. As informações são do Bahia Notícias

Jacaré Kanye West: Réptil ”viciado em sexo” é contido por 12 homens e vai passar alguns meses na jaula

/ Mundo

O réptil foi apelidado como Kanye West. Foto: Reprodução

Um jacaré do zoológico Australian Reptile Park, na Austrália, precisou ser isolado pela equipe do local após ele ficar ”viciado em sexo”. O réptil foi apelidado como Kanye West, em homenagem ao rapper estadunidense, e vai passar alguns meses no castigo para ”se acalmar”.

Doze pessoas foram necessárias para colocar o jacaré na jaula. O animal começou a agir de maneira agressiva após a mudança no clima. A ação foi divulgada em um vídeo publicado no perfil oficial do zoológico no Facebook.

”Kanye saiu muito explosivo da hibernação, se tornando um perigo para ele mesmo, para outros jacarés e para a equipe”, declarou diretor do zoológico, Tim Faulkner.

Segundo os cuidadores, o jacaré deixou os outros bichos muito tensos. ”Ele é jovem, cheio de testosterona e está causando estragos. Então a melhor coisa a fazer é enviá-lo ao ‘cantinho do castigo’ para um tempo de reflexão”, concluiu.

Para os gestores do zoológico, ele pode ter ficado irritado com a chegada de mais 20 jacarés ao local, já que eles são extremamente apegados ao território. Em fevereiro, após o verão australiano, Kanye deve ser reintegrado ao grupo. As informações são da revista Istoé.

Na República Tcheca, Rui convida fábrica de equipamentos de saúde a se instalar na Bahia

/ Mundo

Rui cumpre agenda na República Tcheca. Foto: Daniel Senna

Em agenda na República Tcheca, nesta sexta-feira (22), o governador Rui Costa conheceu a linha de produção da maior fábrica de camas e colchões hospitalares do mundo, a Linet, que fica na cidade de Slaný, localizada nas proximidades de Praga, capital do país. A unidade produz leitos com diferentes tecnologias, que vão desde os mais simples, até os especiais desenvolvidos para evitar problemas como as escaras, feridas que aparecem em pacientes que ficam internados e deitados por longos períodos.

Com mais de dois mil funcionários, a Linet fornece cerca de 150 mil leitos por ano para vários hospitais no mundo, inclusive na Bahia. O governador propôs à empresa montar uma fábrica no estado, de onde a produção pode ser distribuída para toda a América Latina.

”Eles têm muitos clientes em nosso continente e, para atender a essa demanda, a proposta é que implantem uma linha de montagem na Bahia. Depois, a montagem se torna uma produção completamente local com transferência de tecnologia. Isso diminui o risco do investimento e traz vantagens para a empresa e para nosso estado, com geração de emprego, renda e receita na forma de impostos”, explicou Rui.

O governador também determinou à Superintendência de Atração de Investimentos, órgão da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado (SDE), que envie informações sobre demandas do mercado de saúde e modelos de negócio que possam contribuir com o planejamento da empresa.

O diretor geral da Linet, Tomas Kolar, demonstrou o interesse da empresa em instalar uma unidade na Bahia e se comprometeu a aprofundar as negociações, a partir da proposta feita pelo governador.

Ainda na República Tcheca, Rui foi recebido, em Praga, pelo secretário de Estado do Ministério das Relações Exteriores, Miloslav Stasek, para quem fez uma apresentação a respeito da Bahia. Ele destacou as obras realizadas nos últimos anos nas áreas de saneamento, como o Programa Água Para Todos; tecnologia de segurança, com o sistema de reconhecimento facial e processamento de imagens; mobilidade, com o metrô e o VLT do Subúrbio; além da saúde, com a construção de hospitais e policlínicas em todo o estado.

”Mostramos ao governo tcheco algumas de nossas ações e investimentos realizados em diversas áreas. Reafirmamos que a Bahia está de portas abertas para firmar parcerias e receber investimentos em oportunidades concretas que nosso estado oferece”, afirmou o governador.

Neste sábado (23), Rui dá sequência às agendas no país do Leste europeu com uma visita a um instituto de oncologia e a duas fábricas, uma de vacinas e outra de caminhões. A missão internacional começou na última segunda-feira (18), em Berlim, na Alemanha, já passou pelo Cazaquistão e será encerrada nos Emirados Árabes.

Casos de Covid disparam no Reino Unido e o País é 3º em número de novas contaminações na Europa

/ Mundo

Depois de sair na frente na corrida contra a Covid-19, o Reino Unido se destaca agora como um dos países com o maior número de novas contaminações na Europa, perdendo apenas para Sérvia e Romênia. Os casos diários estão na faixa dos 45 mil.

As vacinas chegaram depressa ao Reino Unido e grande percentual da população já recebeu as duas doses, porém, os britânicos acabaram com as restrições no dia 19 de julho, muito antes que outros países europeus, sendo que alguns ainda mantêm uma série de restrições.

Na Alemanha, Itália e Noruega o distanciamento social e o uso de máscaras continuam sendo exigidos. Na França e em outros países europeus, cobra-se o passaporte da vacina. Enquanto que no Reino Unido, não.

Em viagem internacional, Rui é recebido por secretário de governo alemão para tratar de projetos de energia

/ Mundo

Rui é recebido por Thomas Bareis. Foto: Daniel Senna/GOVBA

O governador Rui Costa foi recebido pelo secretário de Estado do Ministério de Economia e Energia alemão, Thomas Bareis, para tratar de financiamentos a novos projetos de produção de energia limpa na Bahia. Durante o encontro, nesta segunda-feira (18), Rui apresentou o potencial eólico e solar baiano e os planos para o uso desse tipo de energia no suprimento de sistemas de irrigação da agricultura familiar, bem como a possibilidade do aproveitamento de biomassa gerada por esses produtores.

”Precisamos de canais de financiamento mais ágeis e acessíveis, e o governo alemão pode nos ajudar permitindo que os pequenos agricultores baianos tenham acesso a essa tecnologia”, explicou o governador. Na reunião, também foram tratados possíveis financiamentos para instalação de usinas de hidrogênio verde que, de acordo com o secretário alemão, são prioridades dos europeus.

”Diante da importância que a Alemanha dá à energia renovável e às ótimas pré-condições baianas, são concretas as possibilidades de fazermos parcerias de financiamento a esses projetos. A Alemanha tem um grupo de trabalho governamental focado nesse tema e vamos levar essas propostas para construir uma cooperação muito estreita com a Bahia”, afirmou Thomas.

A comitiva baiana também se reuniu com empresas que têm interesse em investir no novo aeroporto de Porto Seguro. Entre elas, o grupo Hirmer, que cuida do aeroporto de Munique, reafirmou o desejo de participar da licitação e inclusive já está desenvolvendo um projeto para isso. ”Será um importante aeroporto que vai intensificar o turismo do extremo sul da Bahia. No início do ano que vem, faremos o leilão e licitaremos este grande investimento para o estado’,’ disse Rui.

Pela manhã, o governador se reuniu com executivos da Siemens Energy, líder do mercado de pesquisa, produção e transmissão de energias renováveis, que já investe na Bahia por meio da Siemens Gamesa. A empresa apresentou projetos de novos tipos de energia, como o hidrogênio verde, e pretende estreitar laços com o estado, que tem capacidade para receber projetos desse novo combustível.

A comitiva ainda foi recebida pelo embaixador do Brasil na Alemanha, Roberto Jaguaribe, que se comprometeu a ajudar a Bahia na consolidação desses investimentos.

Com vacinação lenta, Rússia tem recorde de mortes por Covid, 895 nas últimas 24h

/ Mundo

No dia em que a Rússia registrou o maior número de mortes por Covid-19 desde o início da pandemia, 895 nas últimas 24h, as autoridades locais demonstraram preocupação com o baixo índice de imunização. Apenas um terço da população tomou a primeira dose. Assim, os governantes sinalizaram que novas medidas de restrição podem ser anunciadas para conter o avanço do vírus.

Em números absolutos, apenas os EUA registram hoje uma média diária maior de mortes, 1.812, contra a média russa de 863, de acordo com o site Our World in Data, da Universidade de Oxford.

No entanto, proporcionalmente ao tamanho da população, a taxa de óbitos pelo coronavírus na Rússia é maior. Poucos países têm taxas mais alarmantes, entre eles Suriname e Bulgária.

Bolsonaro diz que Michelle se vacinou nos EUA; políticos e infectologistas veem desprezo ao SUS

/ Mundo

Jair e Michelle estão nos Estados Unidos. Foto: Alan Santos

O presidente Jair Bolsonaro afirmou em entrevista à revista ”Veja”, publicada nesta sexta-feira (24), que a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, se vacinou nesta semana nos Estados Unidos. Michelle integrou a comitiva presidencial que foi a Nova York por ocasião da Assembleia Geral da ONU.

Para políticos e infectologistas, a opção da primeira-dama de se vacinar nos Estados Unidos, e não no Brasil, é um ”absurdo” e um ”desprezo” ao Sistema Único de Saúde (SUS) e ao Programa Nacional de Imunizações (PNI).

Bolsonaro foi questionado pela revista se é um mau exemplo o fato de ele ter declarações contra vacinas e ter demorado para comprar imunizantes para o Brasil. Na resposta, o presidente contou que Michelle quis se vacinar na viagem ao exterior. Bolsonaro reforçou que ele ainda não se vacinou.

”Tomar vacina é uma decisão pessoal. Minha mulher, por exemplo, decidiu tomar nos Estados Unidos. Eu não tomei”, revelou o presidente para ”Veja”.

Michelle poderia, se quisesse, ter tomado a vacina no Brasil. Em Brasília, cidade onde a primeira-dama mora, a vacinação para a idade dela (39 anos) está disponível desde o dia 23 de julho.

O g1 publicou que entrou em contato com o Palácio do Planalto para saber por que a primeira-dama optou por não tomar a vacina no Brasil, com as vacinas compradas pelo governo Bolsonaro e ofertadas para a população através do Programa Nacional de Imunizações (PNI). Não houve resposta até a última atualização desta reportagem.

Repercussão

O presidente da CPI da Covid, Omar Aziz (PSD-AM), disse que a primeira-dama poderia ter se vacinado no Brasil, para dar exemplo aos brasileiros. Isso, segundo ele, seria patriotismo de verdade, e não patriotismo ”da boca para fora”.

”Primeiro, ela está de parabéns por ter se vacinado. A vacina salva. Fez a coisa correta. Isso é nota 10. [Por outro lado,] nota zero, porque a vacina que é aplicada nos Estados Unidos é a mesma que é aplicada aqui no Brasil. Então, ela poderia aqui ter se vacinado, mostrado aos brasileiros ela se vacinando, para dar um bom exemplo aos brasileiros e aí, sim, veríamos o patriotismo de verdade, não patriotismo da boca pra fora”, disse Omar.

O vice-presidente da CPI, senador Randolfe Rodrigues, afirmou que a atitude de Michelle é ”lamentável” e desvaloriza o trabalho da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), do Programa Nacional de Imunizações (PNI), ligado ao Ministério da Saúde, e de cientistas do país.

”Essa cena da primeira-dama se vacinando nos Estados Unidos é lamentável. O Brasil não merece isso. Desvaloriza a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, desvaloriza uma conquista do país nos últimos 30 anos, que é o Programa Nacional de Imunizações, desvaloriza o esforço de milhares de cientistas, de milhares de profissionais de saúde por todo país. Lamentável e triste. Mais uma página triste da história nacional”, declarou Randolfe Rodrigues.

O epidemiologista Pedro Hallal, que coordena o Epicovid, estudo epidemiológico sobre coronavírus no Brasil, disse que a atitude da primeira-dama de preferir se vacinar no exterior mostra desprezo ao SUS.

”Se confirmada, é uma notícia que mostra desprezo com o SUS e com os brasileiros. Demonstra falta de confiança no sistema universal de saúde, acessível a todos os brasileiros”, afirmou.

Magnata chinês, presidente do Sinic Holdings, perde R$ 5,6 bilhões em uma tarde; entenda o caso

/ Mundo

Magnata Zhang Yuanlin. Foto: Divulgação/Sinic Holdings Group

O magnata chinês Zhang Yuanlin, presidente do Sinic Holdings Group, conglomerado do setor imobiliário de Xangai, perdeu nesta segunda-feira (20) mais de US$ 1 bilhão (R$ 5,3 bilhões) em consequência dos temores de um provável colapso da empresa Evergrande, gigante da construção civil no país asiático.

O patrimônio líquido de Yuanlin derreteu de US$ 1,3 bilhão (R$ 6,9 bilhões) para US$ 250,7 milhões (R$ 1,3 bilhão) apenas durante a tarde de hoje. Os números foram divulgados pela revista Forbes. Ele havia estreado na lista de bilionários da publicação neste ano.

As ações do Sinic Holdings Group foram forçadas a paralisar suas operações em Hong Kong após uma queda de 87% do seu valor.

Subiu para 304 o número de mortes após um terremoto de magnitude 7.2 atingir o Haiti

/ Mundo

Mulher observa o que sobrou de uma casa. Foto: Duples Plymouth/AP

Subiu para 304 o número de mortes após um terremoto de magnitude 7.2 atingir o Haiti, na manhã deste sábado (14), segundo o serviço de Proteção Civil do Haiti. O tremor foi sentido em todo o país e causou danos materiais em diversas cidades.

Segundo o primeiro-ministro haitiano, Ariel Henry, em várias partes do país foram registrados óbitos e os danos são grandes. A situação fez unidades hospitais lotarem e tendas de emergência foram instaladas nos pátios. Ele declarou estado de emergência por um mês. Segundo Ariel, algumas cidades foram ”completamente arrasadas”.

O terremoto foi localizado a cerca de 12 quilômetros a nordeste de Saint-Louis-du-Sud e a 13 quilômetros de profundidade. Após o ocorrido, o presidente americano Joe Biden anunciou auxílio imediato ao país.

Quase mil pessoas são infectadas por Covid em festival de música na Holanda, segundo autoridades locais

/ Mundo

Evento ocorreu no início do mês. Foto: Festival Verknipt/Facebook

Cerca de mil pessoas foram infectadas pelo coronavírus em um festival de música na cidade de Utrecht, na Holanda, no início do mês, de acordo com informações de autoridades locais.

Elas acrescentaram que o número pode aumentar, pois 20 mil pessoas assistiram aos dois dias de shows em espaço aberto do Festival Verknipt, em 3 e 4 de julho.

Ao menos 448 pessoas se infectaram no primeiro dia do evento, e outras 516 no segundo dia. Os organizadores se mostraram chocados com o elevado número de infecções e disseram que seguiram todas as regras de higiene:

Os visitantes tiveram de apresentar certificados de vacinação ou testes negativos de coronavírus. O ingresso foi controlado para evitar aglomerações, disseram os organizadores.

Restrições

A Holanda retirou quase todas as medidas de combate à pandemia em 26 de junho, e voltou a permitir grandes eventos – desde que os visitantes apresentassem um teste negativo, ou comprovassem que foram vacinados.

Mas, desde então, o número diário de infecções subiu 500% no país, e está agora em torno de 8 mil por dia. Pesquisas mostram que a maioria dos holandeses considera que o governo agiu de forma irresponsável ao acabar com as restrições.

Sem Brasil, 62 países fazem nova proposta de suspensão de patente de vacinas

/ Mundo

Sem a presença do Brasil, 62 países apresentaram à OMC (Organização Mundial do Comércio) uma nova proposta para a suspensão de patentes de vacinas e toda tecnologia que possa ajudar a dar uma resposta à pandemia da Covid-19. Além dos co-patrocinadores, mais 40 países apoiam a ideia. As informações são do colunista Jamil Chade, do portal UOL.

Pelo novo projeto, a suspensão de direitos de propriedade intelectual seria válida por pelo menos três anos, tempo considerado como suficiente para permitir que laboratórios em todo o mundo ampliem suas produções e fabriquem versões genéricas das vacinas e outros produtos.

A proposta, liderada pela Índia e Africa do Sul, conta com o apoio da maioria das economias emergentes e que se queixam de estarem sendo deixadas à margem da operação de vacinação no mundo. Hoje, 90% de todas as 1,2 bilhão de doses administradas ocorreram nos países do G-20, enquanto os 40 países mais pobres receberam apenas 0,3% das vacinas.

Prefeita de Chicago, Lori Lightfoot anuncia que só dará entrevistas a jornalistas negros

/ Mundo

Lori Lightfoot enviou carta aos veículos de imprensa. Foto: Reprodução

A prefeita de Chicago (EUA), Lori Lightfoot, comunicou nesta semana que só concederá entrevistas a jornalistas negros. Em carta enviada aos veículos de imprensa da cidade, Lori disse que a sua decisão era para promover maior ”diversidade” no jornalismo.

”Ao observar a ausência de diversidade na comunicação da prefeitura e em outras redações, infelizmente, não parece que muitas das instituições de mídia em Chicago perceberam e realmente não abraçaram este momento”, disse a prefeita ao explicar que o país enfrenta um “ajuste de contas”.

”É uma pena que, em 2021, a equipe de imprensa da prefeitura seja predominantemente branca em uma cidade onde mais da metade da cidade se identifica como negra, latina, AAPI [asiática] ou nativa americana”, insistiu.

Violência na Colômbia se agrava e protestos contra reforma têm 19 mortos e 800 feridos

/ Mundo

O agravamento da violência durante os protestos na Colômbia contra um projeto de reforma tributária causou a morte de 19 pessoas, de acordo com a Defensoria do Povo, órgão público de fiscalização do governo do país. Segundo a estimativa, divulgada na segunda-feira (3) pela pasta, mais de 800 pessoas ficaram feridas, e, conforme o jorna El País, 87 estão desaparecidas.

O balanço ainda mostrou que desse total de mortos, 18 eram civis e um era policial. Em outra contagem, o Ministério da Defesa apontou 846 pessoas feridas nas manifestações, 306 deles, civis. Os protestos foram iniciados em 28 de abril e, desde então, 431 colombianos foram presos. Os militares foram enviados para as cidades mais afetadas e, com isso, ONGs acusaram a polícia de atirar contra civis e agravar a situação da violência.

Para o ministro da Defesa, Diego Molano, os atos foram ”premeditados, organizados e financiados por grupos dissidentes das Farc”. Segundo ele, os apontados como culpados pela onda de violência se afastaram do acordo de paz assinado em 2016. Ele também acusa o ELN, a última guerrilha reconhecida na Colômbia, pelo aumento da violência.

Em meio aos protestos, o ministro da Fazenda Alberto Carrasquilla pediu renúncia do cargo. Em comunicado, ele informou que a continuidade dele no governo iria dificultar a construção rápida e eficiente dos consensos para decidir por uma nova proposta de reforma. Ele será substituído pelo atual ministro do Comércio, o economista José Manuel Restrepo.

Brasil perde espaço no ranking de 250 maiores empresas do ”varejo” no mundo

/ Mundo

O Brasil ficou mais distante do topo da lista anual das 250 maiores varejistas do mundo elaborada pela Deloitte. Em 2020, a posição mais alta de uma empresa brasileira foi da Via Varejo, em 143º, que agora caiu para 168º.

Permanecem nesta edição a Magazine Luiza (209º), as Lojas Americanas (222º) e a Raia Drogasil (223º). Enquanto as Lojas Americanas caíram 11 posições em 2021, a Magazine Luiza subiu 27 lugares e a Raia Drogasil, 16.

Ainda conforme a Deloitte, o desempenho da Magazine Luiza foi impulsionado pelo crescimento do ecommerce, e a escalada da Raia Drogasil se deve à expansão de lojas físicas.

A receita média das empresas no ranking da Deloitte alcança US$ 19,4 bilhões. Todas somadas chegam a US$ 4,85 trilhões. No topo, estão as americanas Walmart, Amazon e Costco. As informações foram publicadas hoje pelo coluna Painel, do jornal Folha de São Paulo.